Agência Câmara

Lira convoca sessão para votar projetos em reação à prisão de Daniel Silveira

24.02.21 10:31

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, pautou para a sessão desta quarta-feira, 24, um requerimento de urgência para acelerar a votação de um projeto de resolução que muda o rito de apreciação da prisão em flagrante de crime inafiançável. Lira também incluiu na pauta a discussão de uma proposta de emenda à Constituição que regulamenta o artigo da Constituição sobre a imunidade e a inviolabilidade dos mandatos parlamentares. As duas iniciativas são uma reação da casa à prisão do deputado Daniel Silveira, detido desde o dia 16, por ameaçar e xingar ministros do Supremo Tribunal Federal.

Apresentado pela deputada Soraya Santos, do PL, aliada de Arthur Lira, o projeto de resolução prevê que, após a prisão em flagrante de parlamentar por crime inafiançável, ele será encaminhado à Câmara e permanecerá sob a custódia da Comissão de Constituição e Justiça até que o plenário decida sobre a manutenção da prisão.

Há ainda pedido de urgência para votar um projeto da deputada Celina Leão, do Progressistas, que também integra o grupo político do presidente da Câmara. O texto estabelece que o relator de um inquérito contra parlamentar não poderá atuar como relator da instrução de processos.

A pauta da Câmara desta quarta-feira inclui o debate sobre uma PEC que trata sobre prerrogativas parlamentares. De autoria do deputado Celso Sabino, do PSDB, o texto ainda não foi apresentado formalmente.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Amigos, façamos uma convocação às pessoas de bem desde país e, em 2002, vamos eleger, deputados e senadores ligados a Lava Jato. Que os procuradores que se aposentaram, como Carlos Fernando, se candidatem ao Senado, e os da ativa, se licenciem dos cargos e também se candidatem em todos os Estados. O grito para 2002 será: renovar deputados e senadores. Vamos divulgar nas redes os nomes de quem não se deve votar.

  2. Só uma revolta popular para dar um jeito nesses canalhas que legislam em causa própria, triste democracia que tem o nome emporcalhado por esses patifes envolvidos até o pescoço na corrupção.

    1. Fico sem palavras. Acredito que do jeito que vai isso aqui vai virar uma Colômbia dod anos 80. A lei vai ser a de Pablo a Escobar . Ou prata ou chumbo

  3. Legislando em causa própria e muito medo pois o Dep Lira responde a diversos processos assim como mais da metade dos nobres congressistas

  4. Para não correr o risco de ser processado ou preso, não vou escrever o que penso. Mas que estou muito envergonhado, ah, isso estou. Envergonhado em razão do executivo federal, do legislativo federal e das cúpulas do judiciário, afora as demais esferas.

  5. "Os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e penalmente, por QUAISQUER de suas opiniões, PALAVRAS e votos." De fato, é preciso regulamentar. Esse troço está muito confuso.

  6. Agora entende-se pq ele fazia questão q deputado QUEM continuasse preso.. Lira queria empurrar essa pauta com a maior urgência.. e nada como a cadeiazinha de um assemelhado pra fazer os outros se conscientizarem da necessidade de se precaver. Esse cara vai acabar com o q ainda sobra de br. Assecla part time do meliante mor, transforma até a bandeira do br, se preciso, pra não ir em cana. Única forma de pará-lo é CANA.. (tvez) e por isso.. vai pautar as m... q o livrem sem parar.

  7. AS Câmara Federal depois que se auto-dissolveu quer recuperar a estima e credibilidade. Agora é tarde. O estupro já se consumou. Muito desavergonhada.

  8. Nesse congresso, a maioria se cair de quatro nunca mais levanta! Somados à imprensa corrupta, e o resto omisso... o Brasil está perdido.

  9. E os corruptos se unem mais uma vez, para derrubar as leis certas e legislar em seu benefício. Esse país não tem salvação, enquanto perdurar a impunidade aos poderosos.

    1. Bando de covardes, tiveram a chance de responder ao supremo e se acovardaram, agora querem o que? Inês já é morta!

    1. Verdade Valter, verdade! Nenhum compromisso com a honestidade ou verdade. Este é o Bozismo nu e cru! E ainda há delinquentes que apoiam este governo imundo.

    1. Puxa, João.. que bom se desse pra sentir saudade.. Mas é tão igual.. Impossível. País só muda cor (será?) da diarreia.. as moscas, parasitas, larvas.. tudo a mesma coisa.. Tudo a mesma lesma lerda..

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO