Alan Santos/PR

Guedes: troca na Petrobras teve efeito ‘ruim’ do ponto de vista econômico

02.03.21 21:23

Paulo Guedes (foto) afirmou nesta terça-feira, 2, que a troca no comando da Petrobras, anunciada por Jair Bolsonaro, surtiu um efeito “ruim” do ponto de vista econômico, embora entenda a “lógica política” do presidente.

É compreensível do ponto de vista político. Do ponto de vista econômico, o efeito foi ruim, essa foi a nossa conversa interna. O presidente sabe o que eu penso, eu sei o que o presidente pensa”, avaliou durante entrevista à rádio Jovem Pan.

Bolsonaro pretende emplacar o general Joaquim Silva e Luna na presidência da Petrobras, no lugar de Roberto Castello Branco. O mandato do atual chefe da estatal chega ao fim em 20 de março, mas o nome do indicado do Planalto ainda precisa ser analisado em uma Assembleia Geral Extraordinária.

Guedes disse que a troca foi uma “satisfação” aos caminhoneiros, que se queixam da alta nos preços do diesel e são “eleitores típicos” de Bolsonaro. Além da mudança, lembrou que Bolsonaro zerou, por dois meses, os impostos federais incidentes sobre o combustível.

Para o público caminhoneiro, que é um público que é associado ao presidente Bolsonaro, são eleitores típicos, fiéis do presidente Bolsonaro, o presidente deu uma satisfação: ‘Tirei o cara que disse que não liga para vocês e tirei todos os impostos. Estou eliminando os impostos‘”, afirmou.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. E’ triste ver um cara como Guedes se rebaixar tanto. Eu confiava q ele tinha conhecimento e coragem pra fortalecer a economia, criar emprego, renda... etc. virou um capacho sem força alguma sem coragem de enfrentar JB. Triste ver no q se transformou.

    1. se fosse esperto não acreditaria num cara com 40 anos de estadismo nas costas. moro tb.

  2. Presidente do Brasil, de todos os brasileiros, ou só dos apoiadores? É SÓ para q eue entenda a cabeça do Presidente também, Guedes.

  3. Então o presidente governa com um único objetivo, vencer à próxima eleição. Por isso este antagonismo com os governadores; ele errou nas decisões de enfrentamento da pandemia, mas não pode voltar atrás, pois fazendo isso, perderá os votos para chegar no segundo turno, torcendo para ser o PT, e vencer novamente. Mesmo que essa falta de inflexão, signifique matar milhares de brasileiros. É uma estratégia macabra. O Brasil se torna duplamente refém: de um PR genocida e do humor dos caminhoneiros.

  4. Tudo q esse paspalhão fala é besteira. Está à frente da economia de um País q está indo pro fundo do poço e não faz nada. Aceita tudo q o presidente boca de fossa fala. Mais um cordeirinho incompetente com interesses próprios.

  5. Bolsonaro não para de errar , falta bom senso e capacidade para compreender que ele foi eleito para dirigir o país e para realizar as esperanças que ele vendeu em sua campanha. Bolsonaro é Dilma de calças.

    1. Atendendo o pedido do João obtuso. Bozo e Bozistas são genocidas. Precisam ir para a cadeia!

  6. Nenhuma novidade. Todo mundo sabe que o Bozo é refém dos caminhoneiros, da mesma forma como ele é refém dos milicianos, grileiros , garimpeiros, etc. E aí bozistas? Vocês estão orgulhosos da obra?

  7. É mesmo? Então tá Posto Ypiranga, continue compreendendo seu chefe, cedendo a pressão (desta vez) dos caminhoneiros. Ele percebeu que, embora não entenda nada de economia, poderá controlá-la abastecendo-se nas suas compreensões, desde que diga-lhe que confia em seu ministro da Economia e o mantenha no cargo. So lhe falta pedir que vista uma farda verde oliva.

    1. Guedes , trapaceiro, bobo da corte , mas levando tanta vantagem , que os palhaços somos nós . Va a puta que lhe pariu paulo capacho . Caia fora . Xô peste ruim

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO