Reprodução

Corpo de fundador do Sendero Luminoso é cremado no Peru

24.09.21 19:11

O corpo de Abimael Guzmán (foto), fundador do grupo terrorista Sendero Luminoso, foi cremado no Hospital Naval de Lima nesta sexta, 24.

A cremação foi um pedido das organizações de parentes de vítimas e sobreviventes do terrorismo no Peru, que queriam impedir que a sepultura se transformasse em um local de culto. Guzmán foi o responsável pela morte de 32 mil pessoas. Ele morreu no sábado, 11.

Para que o corpo fosse cremado, o presidente Pedro Castillo precisou promulgar uma lei específica. O texto determina que cadáveres de líderes e integrantes de cúpulas de organizações terroristas sejam incinerados. A hora e o local em que as cinzas serão dispersadas não serão revelados.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Muito pouco e honroso a um criminoso. Teria que jogar o corpo desse assassino aos abutres em praça pública como exemplo as esquerdas do mundo.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO