Foto: Pedro Ladeira/FolhapressO presidente da Câmara, Rodrigo Maia, continua o mesmo: ligado ao Centrão, ele age nos bastidores para abrandar as punições a políticos encrencados com a Justiça

O coronel da impunidade

Rodrigo Maia cria na Câmara – sem muito alarde – comissões de juristas que trabalham em sigilo para tornar leis já existentes menos rigorosas com os corruptos. Vale até limitar a liberdade de imprensa. Gilmar Mendes marca presença no colegiado: sua filha é uma das relatoras
30.10.20

O Rodrigo Maia que emergiu a partir da posse de Jair Bolsonaro sob a roupagem de “moderador” e como “o cara das reformas” pode até tentar, mas nem sempre consegue camuflar o velho e conhecido Rodrigo Maia, cria do Centrão e perito em facilitar a vida de políticos enrolados com a Justiça e a dele própria. Não raro, na calada da noite. Foi assim, sem fazer alarde, que o presidente da Câmara constituiu, na última semana de novembro do ano passado, uma comissão de 15 juristas escolhidos a dedo por ele destinada a elaborar uma proposta de lei com novas regras sobre o uso de dados pessoais em inquéritos criminais. Como em Brasília o diabo costuma ter casa e comida nos detalhes, é importante situar o leitor sobre as circunstâncias em que o colegiado foi criado: naquela semana, o placar na capital federal já indicava que o plenário do Supremo Tribunal Federal iria liberar, por goleada, o compartilhamento de relatórios do Coaf com órgãos de investigação, sem a necessidade de autorização judicial.

Juridicamente, o ato do presidente da Câmara estava respaldado pela própria Lei Geral de Proteção de Dados, que foi aprovada no ano anterior e determinava a edição de uma legislação específica para tratar do uso de informações sensíveis e sigilosas em casos envolvendo defesa nacional, segurança pública e combate ao crime. Politicamente, a formatação do time de especialistas, composto majoritariamente por advogados e sob a relatoria da filha do ministro Gilmar Mendes, virou um trunfo para resgatar dentro do parlamento, na forma de lei, o espírito da liminar cassada no STF na qual o ministro Dias Toffoli paralisou por quatro meses todas as investigações do país que utilizaram dados do Coaf sem aval da Justiça, acolhendo um recurso do senador Flávio Bolsonaro, filho 01 do presidente da República.

Conforme Crusoé revelou na última quarta-feira, 28, a Comissão de Juristas que discute a chamada LGPD Penal propõe restringir o acesso de investigadores a dados pessoais classificados como sensíveis e sigilosos, entre eles justamente os relatórios do Coaf. O colegiado ainda cogita criminalizar a divulgação dessas informações por agentes públicos – o que fatalmente constrangeria criminalmente autoridades que agem a bem do interesse público – e por particulares, leia-se veículos de comunicação, no que constituiria mais um atendado à liberdade de imprensa. Vale lembrar que foi uma reportagem sobre as movimentações suspeitas de 1,2 milhão de reais identificadas pelo Coaf nas contas do ínclito Fabrício Queiroz que deu origem ao escândalo envolvendo o filho e o amigo do presidente Jair Bolsonaro, em dezembro de 2018.

Os limites para o compartilhamento de dados no âmbito criminal estão sendo discutidos sigilosamente pela comissão presidida por Nefi Cordeiro. O grupo de trabalho coordenado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça convidado por Maia já redigiu a minuta da proposta que será entregue neste mês de novembro ao presidente da Câmara — que, por sua vez, deve incorporá-la a um projeto de lei a ser votado na casa. “O grande debate será quanto nós vamos permitir à polícia e ao Ministério Público invadir nossas vidas para investigar crimes”, disse Nefi a Crusoé. “Nós vamos fazer uma proposta. A Câmara é que vai dar os limites”, completou. A julgar pelo que foi debatido até agora na comissão, os juristas vão propor que dados do Coaf, hoje enviados ao MP a qualquer momento a pedido dos procuradores, só possam ser compartilhados com autorização de um juiz, restaurando a essência da liminar de Toffoli. Caberá aos deputados, diretamente interessadas no assunto, pois a maioria na casa responde a processos na Justiça, aprovarem a ideia ou manterem a regra atual, decidida pelo plenário do Supremo.

Divulgação/STJDivulgação/STJNefi Cordeiro, ministro do STJ e integrante da comissão de Maia: “A divulgação (de dados sigilosos) entra, sim (como crime), desde que seja feita dolosamente”
Sobre a possibilidade de tornar crime a divulgação de dados sigilosos, Nefi Cordeiro indica que a discussão pode ser levada para o campo da subjetividade – e é aí que reside o perigo. “Não propriamente só por divulgar, mas por divulgar com intenção de descumprir a lei, ou seja, divulgar para prejudicar alguém que está sendo submetido a um processo criminal. A divulgação entra, sim (como crime), desde que seja feita dolosamente”, afirmou.

Até o momento, afirma o presidente da Comissão, a proposta está “mais voltada” para criminalizar atos praticados por agentes públicos, o que já seria uma forma de intimidá-los, mas não descarta a inclusão de “particulares”, como a imprensa. “Até agora (o anteprojeto) está indo assim, vamos ver se termina ainda envolvendo só agentes públicos ou não”, completou. Hoje, a lei define que a violação ao sigilo judicial ocorre quando cometida por pessoas que têm acesso legal ao conteúdo protegido e dever funcional de preservá-lo, como servidores e advogados, e não prevê punição a jornalistas que publicam a informação sigilosa.

Em julho, o grupo realizou um seminário internacional para debater as regras aplicadas em outros países da Europa, da América Latina e nos Estados Unidos. Na ocasião, o ministro Nefi Cordeiro abriu o encontro virtual agradecendo o empenho de Rodrigo Maia para o funcionamento da comissão. Embora a minuta do anteprojeto que será votada internamente no próximo dia 9 ainda esteja mantida em segredo, justamente para evitar críticas antecipadas, o caminho traçado pelos juristas reflete o perfil dos integrantes do colegiado, indicados por Rodrigo Maia com auxílio de Nefi Cordeiro. Dos 15 membros, sete ainda exercem a advocacia e apenas dois representam o Ministério Público. Seis dos integrantes são ou já foram professores do Instituto Brasiliense de Direito Público, o IDP, fundado pelo ministro Gilmar Mendes. Entre eles, está Laura Schertel Mendes, filha do ministro e relatora do anteprojeto da LGPD Penal. No seminário internacional realizado pela comissão em julho, Laura moderou o painel de debate sobre “garantias constitucionais” no uso de dados em investigações criminais, a maior preocupação da comissão. “Não dá para imaginar, embora pareça sedutora a ideia, que a polícia e o Ministério Público podem tudo. Em nenhum lugar do mundo se pensa assim. Ninguém pode entrar no seu domicílio, invadir seu celular, ver os seus informantes sem uma delimitação legal. Nós precisamos desses limites como garantias mínimas”, afirma o ministro Nefi Cordeiro. Quem atua à frente de investigações já está com o sinal de alerta aceso: acredita que as restrições vão dificultar especialmente o combate ao crime organizado, em que o acesso a dados é fundamental para suprir a carência de testemunhas na produção de provas.

Essa não é a única comissão de juristas criada por Rodrigo Maia para propor regras que, ao fim e ao cabo, podem abrandar as punições para quem é flagrado em malfeitos. No início de setembro, o presidente da Câmara instalou um grupo de trabalho destinado a debater mudanças na Lei de Lavagem de Dinheiro. Sancionada em 1998, a legislação pune o criminoso que tenta ocultar ou dissimular a origem, a natureza ou a movimentação de recursos financeiros obtidos ilegalmente, com pena que vai de três a até dez anos de prisão. Pela natureza dos recursos, o crime de lavagem de dinheiro está quase sempre atrelado a um crime anterior, como corrupção ou peculato. Assim como na comissão da proteção de dados, o colegiado também é presidido por um ministro do STJ, Reynaldo Soares da Fonseca, e tem como relator uma pessoa ligada a Gilmar Mendes, o desembargador Ney Bello, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que já atuou como juiz de instrução no gabinete do ministro no STF. Também há predomínio de advogados no grupo de 44 juristas — são 24, além de 13 que integram o Judiciário e sete representantes do Ministério Público. Só que, neste caso, os conflitos de interesses são explícitos. Entre os integrantes, estão defensores de réus da Operação Lava Jato, acusados por corrupção e, acredite, lavagem de dinheiro.

Foto: Adriano Machado/CrusoéFoto: Adriano Machado/CrusoéGilmar Mendes está presente na comissão de juristas por meio de sua filha. Outros integrantes do colegiado criado por Maia atuaram em seu instituto
Logo na primeira reunião, realizada por meio de videoconferência com acesso restrito aos participantes da comissão, criminalistas conhecidos por defenderem notórios políticos acusados de lavagem de dinheiro escancararam suas intenções. Gamil Foppel, defensor do ex-ministro Geddel Vieira Lima, condenado a 14 anos e 8 meses de prisão pelos 51 milhões de reais encontrados pela Polícia Federal em um apartamento em Salvador, em 2017, propôs que a lavagem de dinheiro só deve ser alvo de ação quando o crime que a antecedeu já for objeto de condenação do investigado. Ou seja, por essa lógica, Geddel e seu irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, não poderiam ter sido condenados pela Segunda Turma do STF no ano passado por lavagem de dinheiro, já que não havia uma sentença anterior por corrupção. Já o criminalista Antonio Pitombo, que defendeu réus no mensalão e atuou na defesa do delator Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro, defendeu uma redução da pena máxima para o crime de lavagem de dinheiro de dez para seis anos de reclusão. Mas foi do juiz Marllon Sousa, que já atuou no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, a proposta mais ousada até agora. O magistrado é a favor da suspensão do processo para quem reparar o dano, ou seja, devolver o dinheiro ocultado, mesmo quando já foi formalmente investigado e acusado pelo crime. Após o pagamento da multa, a pena seria reduzida a serviços comunitários.

Caso sejam aprovadas pelo colegiado, as propostas integrarão um relatório a ser entregue a Rodrigo Maia para fundamentar um projeto capaz de alterar a lei de lavagem de dinheiro instituída há 22 anos. Mais uma vez, ao longo de sua trajetória política, Maia coloca em marcha um conhecido modus operandi: o de atuar nos bastidores, longe dos holofotes, para aprovar matérias de seu interesse e propostas capazes de atender às conveniências dos grupos que lhe prestam reverência, juram fidelidade e asseguram sustentação política. O grande problema dos debates dentro do Parlamento promovidos por Maia é que você sabe como eles começam, mas nunca como eles terminam. Em novembro de 2016, por exemplo, sob a presidência de Rodrigo Maia, a Câmara aprovou o pacote de medidas anticorrupção, defendido pelo Ministério Público Federal, com a inclusão de uma emenda votada durante a madrugada instituindo a punição a juízes e promotores por abuso de autoridade. Após muita pressão popular, os parlamentares até aceitaram criminalizar o caixa 2 de campanha, prática disseminada entre eles. Mesmo assim, o texto aprovado estabeleceu sanções a investigadores que, por exemplo, abrirem inquérito sem indícios mínimos de prática de algum delito ou provocarem dano moral ao investigado.

Em dezembro do ano passado, o roteiro se repetiu com a mutilação do pacote anticrime enviado pelo então ministro da Justiça Sergio Moro ao Congresso. Ficou de fora, por exemplo, a essencial prisão após condenação em segunda instância. Agora, Maia promete votar a Proposta de Emenda Constitucional da Segunda Instância até o fim do ano, quando encerra seu mandato de presidente, mas tem protelado o retorno da comissão especial da PEC, cujos trabalhos foram suspensos no início da pandemia. Para variar, há uma pegadinha em curso. Conforme mostrou O Antagonista nesta semana, sob os olhares complacentes de Maia, foi desencadeada uma articulação para desfigurar a PEC por meio da apresentação de emendas no plenário, os chamados destaques, vulgarmente conhecidos como “jabutis”, exatamente como foi feito há quatro anos com o pacote anticorrupção. Há propostas para restringir acordos de delação premiada, limitar o poder de investigação do Ministério Público e até para criar novos recursos contra a própria execução da pena após condenação em segunda instância.

Interessado em se manter na presidência da Câmara ou no mínimo eleger seu sucessor, que há quem diga que possa ser Baleia Rossi, do MDB, Rodrigo Maia não faz apenas o jogo do Centrão e de parlamentares enrolados com a Justiça, ao criar comissões de juristas capazes de amortecer as punições. A depender do ritmo de tramitação do futuro projeto da lei de lavagem de dinheiro, é possível que o próprio presidente da Câmara seja beneficiado pela alteração na legislação. Rodrigo Maia e o pai, o vereador carioca César Maia, são investigados pelos crimes de corrupção e lavagem em um inquérito aberto no Supremo em 2017, a partir da delação premiada de executivos da Odebrecht. Ambos são acusados de terem recebido 1,6 milhão de reais em pagamentos ilícitos feitos pela empreiteira entre os anos de 2008 e 2014. Em agosto do ano passado, a PF concluiu um relatório afirmando que “há elementos concretos e relevantes no sentido da existência de materialidade e autoria dos crimes investigados”. Segundo a polícia, Maia incorreu no crime de lavagem de dinheiro por ter recebido 350 mil reais em doações eleitorais da Odebrecht declaradas como recursos provenientes do Grupo Petrópolis, dona da cervejaria Itaipava, e duas distribuidores de bebidas usadas pela gigante da construção civil para dissimular o financiamento de campanhas políticas. Procurado pela reportagem, o presidente da Câmara não respondeu até o fechamento desta edição.

Em depoimento prestado em abril de 2018, Maia negou as acusações, mas o inquérito prossegue. Durante as investigações, a PF também avançou sobre os indícios de corrupção, como entregas de dinheiro em espécie feitas por um delator ao parlamentar num apartamento no bairro da Gávea, no Rio. Mas essa ação só foi possível porque os policiais conseguiram levantar dados como a propriedade do imóvel, os números de telefone usados por Maia à época e os registros de entrada e saída dele na sede da Odebrecht. E, veja só, é justamente esse tipo de dado pessoal que a outra comissão criada pelo presidente da Câmara pretende restringir. Apesar da roupagem moderna, Rodrigo Maia se comporta como um coronel. O coronel da impunidade.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Vivemos num país que insiste em considerar o politicamente correto - dar continuidade à impunidade e à corrupção, em todas as instâncias, principalmente nas esferas federal, estadual e municipal. Até quando aguentaremos tal situação?

  2. Lavagem de dinheiro tem crime ANTECEDENTE (dizer quase sempre é desonesto). No mais, essa paranoia pela lavagem de dinheiro é porque a POLÍCIA não consegue “provar” os crimes “reais” (ou prender pelos); ou seja, incompetência!!

  3. Este é o cerebro por traz da maior canalhice legislativa ja vista no mundo; tal como o ratinho do desenho Pink e o Cérebro; temos ai mais um plano maligno par dominar o mundo com a tática mais rasteira possível: a impunidade legalizada... se houver justiça neste mundo este cérebro aparecerá antes do fim de 2020. vamos ver se Deus é justo; porque os homens ja me provaram que o parlamento brasileiro não tem sido, então se Deus continuar deixando estes ratod nos governarem eu desisto da justiça

  4. Srs. já escutei de políticos e empresários sérios, com trânsito, o seguinte: NÃO ESPERE NADA DE BRASÍLIA. Está tudo claro, escancarado. Os poderes estão claramente triangulando por um Brasil que eles querem é que não pertence aos 210 milhões. Nunca esteve tão à mostra. A questão é esta *doente tolerância* nossa, das pessoas corretas, que estamos adoecendo e morrendo devido a esta triangulação. Estamos caminhando para entender que somente pelo voto não teremos a limpeza necessária.

  5. A quadrilha precisa ser parada urgente. E o povo brasileiro é quem deve tomar a iniciativa. porque não podemos contar com político algum. Todos tem as mãos sujas de corrupção, sangue e fome de muitos inocentes.

  6. Parece que teremos que esperar pela justiça Divina pois, neste mundo, quem pode de fato fazer algo para combater a corrupção, são pessoas da estirpe de um Rodrigo Maia e Gilmar Mendes.

  7. Eu sugiro um PDV em massa no congresso. Indenizar com um bilhão de reais cada parlamentar do congresso e todos os governadores, os vices, os deputados estaduais, os prefeitos e vereadores de todo o brasil. Isto feito, venderemos o que sobrar aos chineses.

  8. CRUSOE - realmente vocês estão preocupados com o Brasil pois o ANTASGONISTA esta preocupado com a eleição americana, penso que esta no momento da ruptura para uma leitura e uma reflexão mais apurada

  9. Esse Gilmar Mendes está sempre presente nas sombras, quando se trata de traficâncias do poder e de proteger bandidos, que geram grandes somas para pagar a esses mesmos advogados, sempre ligados ao crime organizado, que sustenta suas mordomias. Só está faltando nessa lista o grande jurista Dr. Kakay.

  10. Maia representa o Congresso Nacional. Representa essa casa sórdida que nunca representou o povo. Representa o que existe de pior nos homens públicos com a cumplicidade dos eleitores que reelegem esses corruptos. O que podemos fazer? Quase nada infelizmente. Entretanto se não votarmos em candidatos que respondem a processos na justiça já estaremos dando um grande passo em direção a moralidade dessa casa de putos governado por sacana.

  11. Nas eleições municipais chovem filhotes destas oligarquias políticas. O mínimo que podemos fazer é não eleger as proles e apadrinhados deste tipo de político. É pouco eu sei. Mas algo tem que ser feito. Parabéns a Crusoe por ser uma voz que não se intimida.

  12. É preciso que as pessoas se lembrem de nunca mais votar em maia, nem em nenhum político que tenha mandato atualmente, especialmente os mais influentes e poderosos

  13. com criminosos escrevendo as leis, e os juízes indicados por esses criminosos julgando, e todos sendo assessorados por advogados de bandidos, pode-se dizer como fernandinho beira mar; está tudo dominado

  14. Não à toa que QUADRILHA S de "adevogados" estão MILIONÁRIOS, principalmente os chamados "grandes". Grandes, que pra mim, ORDINÁRIOS. Isso sim! E mais, com esposas, filhos, amigos, vizinhos e alguns COMPARSAS que compõe nossos TRIBUNAIS. De Parlamentares então nem se fale, a grande maioria é de CANALHAS, BANDIDOS e CORRUPTOS. Pobre Brasil!

  15. Mas uma investida dos extraordinários contra os ordinários, que somos nós. Assisti algumas entrevistas de Maia na sua casa. Perambulava garçons uniformizados. O clube dos extraordinários, composto por políticos, juízes, super advogados, empresários não se importa com as desgraças dos ordinários. Desemprego, fome, morte em hospitais, diminuição de salários não fazem parte do dia a dia. Milhões, vinhos caros, serviçais, mordomias, esse é o mundo deles.

  16. No sub título o jornalista usa a palavra "juristas". Considero ofensivo aos verdadeiros juristas, o uso dessa palavra para denominar um bando de reles advogadinhos que venderiam seus próprios filhos por qualquer valor oferecido. O Brasil tem juristas vivos que duvido aceitariam participar dessa pantomima para abrandar leis e proteger criminosos..

  17. Parabéns a revista pela matéria! Um sinalizador importante para sociedade, e fiquem sabendo deputados "não iremos reeleger VAGABUNDOS!" Acordem para a vida, a sociedade não tolera mais CORRUPTOS! Rodrigo Maia, caia fora antes!

  18. Como podemos ficar livres destes trastes? Acho que só o voto não resolverá. Hoje, as eleições assustam mais do que dão esperança. Veja o caso do Calheiros e do Rodrigo...

  19. A lava jato tem um coveiro que se chama Bolsonero...esse MAIA é o dono da funerária.... mas o povo a ressucitará dos mortos... e vamos ver quem vai ser banido do cenário político brasileiro com se fez com o PT...chega de enganação e falsidade..

    1. Quem serão banidos somos nós pobres mortais. Esse povo que vota e acredita na propaganda política não aprende. Gosta de sofrer. Eu perdi as esperanças e as forças. Vou tentar sobreviver a esse discurso decrépito...

  20. Junto com essa tralha ainda tem do lado Gilmar Toffoli, que devem estar juntos em escândalos, é muito dinheiro para essa cambada. Enquanto isso 14 milhões estão na miséria

  21. O ministro Fachin acaba de autorizar a PGR prosseguir no inquérito contra esse vagabundo corrupto e sem vergonha, vulgo NHONHO/BOTAFOGO. Quando faz um jornalismo sério (o que é muito raro ultimamente, basta ver a fofoca de baixo nível contra a primeira dama), a Crusoé merece aplausos. Deveria se concentrar em combater quem realmente merece, casos de Alcolumbre, Doria, Rui Costa, Edinho Silva, Jacques Wagner, Aécio Neves, Camilo Santana, Flávio Dino e por aí vai. Nomes não faltam.

    1. A Crusoé deve continuar a denunciar malfeitos de todos que os praticam, para que continue a ser um exemplo de jornalismo sério. No dia em que ela for seletiva e acobertar os erros de alguns em detrimento de outros, vai entrar pro rol dos passapanistas, tão comuns nos dias de hoje...

  22. Acaso alguém seja muito amigo do "Homem" por favor manda uma peste daquelas para esse país, Bíblica de preferencia arrasadora para não deixar pedras sobre pedras, estou cansado, não me importo em morrer é melhor

  23. Até quando vamos cuidar do Estado produzindo e mantendo essas figuras para roubar até mesmo a possibilidade de sonhar? Quando chegará o dia em que o Estado cumprirá seu dever de cuidar do cidadão?

  24. É um câncer. Esse Maia e seus discípulos, Gilmar e sua raça podre. Enfim, o Brasil é um câncer. E na mais pura das realidades aqui deve ser um dos infernos de Dante. Entre o 5 e o 8. Com certeza Dante escreveu todos os seus infernos, baseado nessa merda de país. Só com muito sangue, explodindo todos esses vermes, com os futuros substitutos. Não esqueçam vermes: NADA É ETERNO, E TUDO TEM LIMITES.

  25. A conta é simples. O político se elege vendendo facilidades. Vai parar no Congresso. A dose se repete nas eleições internas. A conta chega com os interesses a serem atendidos.

  26. O que esperavam do Botafogo, honestidade? E ele foi apoiado pela pai do rei do habeas corpus e recursos, o senador Flavio Bolsonaro.

    1. Entenderam agora porque os bolsonaristas desistiram de se manifestar nas ruas contra o Gilmar e o Tóffoli lá em 2019? Eles viraram prata da casa pra familícia...

  27. Enquanto a população continuar votando nesse bando de ladroes do dinheiro público e vigaristas de todos os matizes, continuaremos lendo as escaramuças feitas para livra-los da cadeia, sem que ninguém faça nada para mudar o país. Dólar a 5,80. Generais tratados como moleques. O Ministro da Economia desmentido pela Internet, Leis para validar a corrupção. 14 milhões de desempregados. É A DEMOCRACIA MOÇADA...

  28. TODO PODER EMANA FI POVO! o único poder que vejo, é votar, para trocar seis, por meia dúzia. Hoje, os três poderes se respaldar. Além de leis que criaram e continuam criando e, com a indicação de parentes e amigos, o céu migrou para terra BRASILIS

  29. Essa bandaleira toda esta levando a que a população se levante, até aparecer um Dutarte da vida para fazer uma limpeza geral!! Fora disso nunca seremos uma democracia!!

  30. Nas alturas inatingíveis da corrupção toda essa corja se encontra, se enriquece, corrompe e é corrompida.Os Maias, Alcolumbres, Renans e seu Centrão, políticos de todas as matizes, juristas, escritórios de advocacia e suas causas milionárias, Mendes e seus tentáculos onipresentes, empreiteiras, conglomerados, bancos, celebridades sem cérebro, a própria imprensa incapaz de jogar luzes sobre essa sujeira toda, e sabe-se lá mais quem. Todos na posição de defensores do povo. Corja.

  31. E a pergunta q fica no ar: pq o coronel da impunidade, de alcunha Botafogo não é processado e condenado por seus crimes? Com a palavra os pares do Coronel, Aras, o PGR que quer corrigir os "excessos" (?) da Lava Jato e a corte da impunidade, também conhecida como Corte da Vergonha.

  32. Uma cambada de malandros corruptos mudando a lei pra se proteger. Uma vergonha. Um acinte. Toda essa gentalha canalha devia cair de cara num lamaçal cheio de estrume.

  33. Isso é golpe dos mais sujos. Mudar a lei para a impunidade de corruptos e do crime organizado é a gota da água! Se essas mudanças na lei passarem deixo de acreditar de vez em nosso "regime democrático".

  34. É minha opinião muito particular: só uma Intervenção Militar por 90 dias com convocação de novas eleições em todos os níveis e sem a participação de candidatos ficha-suja ou delatados de alguma forma. Creio que essa Intervenção não está muito distante em razão da forma como o "capitão" e seus "ministros" têm desmoralizado os generais e outros militares. A gota d'água poderá ser as mudanças nos ministérios onde, definitivamente, o Centrão abocanhará tudo.

  35. As matérias da Crusoé são ótimas, mas provocam no leitor os efeitos colaterais de náuseas e irritabilidade, entre outros!

  36. não ha o que falar....num país em que investigados por conduta criminosa podem " criar", " mudar", sancionar leis, o que se tem pra falar?

    1. Casta legislativa, Casta judiciária e Casta executiva. Se criaram no Brasil e não será fácil sufocá-las.

  37. É um absurdo que investigados por crimes tenham o poder de criar leis justamente sobre a apuração desses crimes! O Bolsonaro, o Maia, os políticos e certos ministros do STF vão acabar de vez com o Brasil!

  38. Matéria bastante investigada esclarecedora. ! Vamos permitir? até quando vamos ficar lendo? Desmando em todas as áreas do GOVERNO.!

  39. maia não vale nada, Janaína Paschoal falou que o bozo iria se arrepender de apoiar o maia (inicio do mandato) é que ninguém imaginava o qto SAFADO e discimulado o bozo seria, agora, mais trabalho para #impeachmentbolsonaro.

  40. Se for devidamente repercutida a tentativa de emplacar a LGPD Penal pelo Congresso Nacional, com certeza virará notícia mundial "A institucionalização do Brasil como estado corrupto criminoso"

  41. Brasil, terra fértil, abundante e generosa onde as milícias se proliferam e investem nos homens públicos e estes , na maioria “cristãos e patriotas”, se organizam em máfias que com seus métodos inescrupulosos têm por objetivo primordial a predominância de seus interesses pessoais e familiares .

  42. Querem restringir uso de dados de investigados na justiça com a desculpa de em outros países existir critérios no uso dessas informações. Minha dúvida: Noutros países existem corrupção endêmica como aqui?

  43. Um projeto idealizado por CANALHAS , elaborado por CANALHAS , para proteger CANALHAS. Parabéns CRUSOÉ! E o restante da Imprensa?

  44. Nhonho e Beicola, que dupla sinistra ! Reportagem essencial ! A luta comeca nas urnas, a partir de 3 de novembro ! Varrer o centrao eh essencial, nada de votar em candidato, temos que votar em partidos que tenham algum controle interno para eliminar partidos mercenarios como PP, DEM, PDT !

  45. Infelizmente, não temos lideranças politicas capazes de se elevarem desse lamaçal e liderarem a mudança que todos prometem em campanhas mentirosas. A cada quatro anos tudo muda e continuamos de mal a pior.

  46. A pizzaria da Orcrim não para de criar novos sabores pró corrupção para deleite das suas castas podres. Enfim, o que há de se esperar enquanto delinquentes votam e criam leis anti transparência que só lhes favorecem ? Brasil para poucos e não para todos, como se deveria esperar, até quando?

  47. Por este e outros motivos que engaveta os pedidos de impeachment do Presidente. Posa de defensor do povo, mas é outro que está acabando com nosso País. Pobre povo brasileiro!

  48. Cambada dos contra o povo, Maia e Gilmar, perderam descaradamente a vergonha na cara..traidores do povo brasileiro com tanta desigualdade.. pra salvar os ladrões !!

    1. O Brasil não tem mais jeito, com essa cambada de destruidores do progresso de uma nação contra a impunidade e corrupção. O povo tem que protestar.

  49. Coronel ou General, a verdade é que Rodrigo Maia faz o jogo sem pisar na bola. Singelas essas propostas dessa comissão de compadres, ou melhor, de Juristas, pois no Brasil a Lei penal nova pode retroagir para beneficiar o réu. Assim, alguns dos insignes juristas, advogados de muitos condenados por tantos crimes de corrupção e derivados, vão trabalhar para livrarem ou melhorarem substancialmente as penalidades infringidas a seus clientes. Assim essa comissão de notáveis soaria inidônea.

  50. Como é que o filho de um subversivo, sujeito este que no governo do segundo estado mais importante do País - RJ - ao invés de comandar o que seria de interessa da população vivia somente criando os famigerados "factóides", expressão que o próprio canalha criou, pode prestar? Tal pai, tal filho... são do mesmo barro, ops, da mesma m.rd.!

  51. até quando uma nação vai continuar assistindo passivamente a banda podre do judiciário se juntando com a banda podre do congresso e senado que são maioria , e continuarem na calada da noite ou a luz do dia transformarem nosso país num oasis para grandes marginais e virarmos uma terra de ninguém um puteiro onde bandido só precisa ter muito dinheiro ou virar político e contar com a cúpula do judiciário pra continuarem impunes e rindo do povo .

  52. Parabéns a Crusoe pela coragem de denunciar esta turma de políticos, advogados da pior espécie. Temos que retornar às ruas urgente e espero que toda a imprensa apoie pelo bem do país. Nunca vi tanto canalha reunido para prejudicar país

  53. o que fazer para livrar um pais da corrupção quando todo o entorno da corrupção tem todas as armas para neutralizar a justiça? Essa reportagem é um soco na cara, um chute violento no estomago do eleitor. Todos esses bandidos nojentos posam como estadistas, juristas honestos, estamos perdidos. Onde já se viu advogados que defendem bandidos condenados participar de redação de lei, escândalo no possível aqui.

  54. Excelente matéria! Parabéns para "Crusoé"! Mas fiquei enojada ao ler que um deputado federal do Rio de Janeiro lidera nojenta comissão. Tinha que ser do RJ! Figura tosca e ridícula como coronéis nordestinos. Sem preconceitos, mas é o que temos nesse Poder. Atitudes asquerosas levam a uma pergunta: Quem vota nesse tipo de político? Carioca que sou, pergunto-me, os cariocas sabem escolher seus representantes? Os últimos cinco governadores escolhidos mostram que não.

  55. Enquanto não acabar reeleição para cargos públicos, essa ladroagem não acaba. Todos devemos votar, essa omissão de cerca de 30% da população faz muita diferença. E mais, não devemos reeleger ninguém..! Já é alguma coisa. !!

    1. não é só políticos , o próprio judiciário vem apodrecendo , e de cima para baixo.

  56. Nem daqui a trezentos anos o Brasil vai endireitar. O crime ainda compensa, bastar ter dinheiro suficiente pra pagar aa bancas de advogados com conexões em Brasília.

  57. Mais um dos solapadores das leis e seus complementos que, em casos como os seus, trariam à luz procedimentos a margem dos princípios que deveriam marcar a vida pública, em todas suas esferas.

  58. É o Botafogo também chamado de Nhonho pelos intimos botando suas manguinhas de fora. Um indivíduo desses já deveria ter seu domicílio mudado para a Papuda. Mas, estamos no Brasil ...

  59. Liberem essa matéria para os cidadãos. Todos precisam saber das tramoias de Botafogo, Gilmar e juízes, além da filha do Mr. HC.

    1. V. tem razão, Rafael. Uma quadro muito ruim sempre pode piorar. E é o que tende a suceder, especialmente por causa da reeleição. Reeleição não é a mãe da corrupção política institucionalizada, que viceja no Brasil. Mas contribui para exacerbá-la. FHC, que foi o primeiro a se beneficiar dela, admitiu seu erro. A "Dra" Rousseff, a dos 39 ministros, teria dito que pela reeleição os políticos são capazes de fazer o diabo; teria sido mais precisa ao afirmar que pela reeleição eles se tornam capetas.

  60. "EXCLUSIVO: anteprojeto de lei impõe sigilo sobre dados de investigados, restringe acesso a relatórios do Coaf e dá superpoderes para ANPD" - Brasil 30.10.20 16:37 - em O Antagonista. É o seguinte: esses marginais corruptos acabarão muiiiito mal de tanto insuflar o ódio em milhões.... nem todos retribuem exclusivamente pela via da palavra escrita.... que o diga o broncossauro!....

  61. Este país é como uma rica e belíssima casa ocupada por porcos, hienas, urubus, baratas, cupins e formigas nos seus melhores cômodos.

  62. Política no País-Potência sem complexo de vira-lata, como dizem os Kumpanhêru, é isso: uma coleção de filhotes de Papai-Papaizão que se distinguem apenas pela falta de distinção. O modelo ideal para estudar o comportamento político do Brasil é a cleptocracia, o (des)governo aparelhado por ladrões com o propósito exclusivo de enricar a quadrilha, seus padrinhos e afilhados. Raramente sobrevive gente apta e hábil num regime cleptocrático. É a ambiance -- viciada pela impunidade institucionalizada!

    1. Não é paradoxal o Brasil? Extinguiu sua monarquia, mas lambe dinastias. Até os comunistas residuais, aturdidos desde a queda ruidosa do Muro de Berlim e a morte de Enver Hoxha, admiram a dinastia parruda da Coreia do Norte. Regimes cleptocráticos em contextos de subdesenvolvimento se estribam em núcleos de famílias dedicadas a assaltar sistematicamente o contribuinte, que a todos remunera, além de quitar as faturas do (des)governo. Unida, a imprensa poderia mapear tais núcleos no País inteiro.

  63. Não vejo a hora deste nescio vagabundo que preside a Câmara dos Deputados deixar o cargo, este verme estrangeiro até hoje só trabalhou contra o País, mas Fevereiro está perto e ele será chutado com um cão leproso do onde somente prejudicou os brasileiros.

  64. Porque a midia não cobra essas atividades nos bastidores quando o entrevista? Porque a midia não divulga pra maioria que não tem conhecimento do que está acontecendo? Se a maior parte dos brasileiros que não tem acesso a informações continuarem na ignorância ,não tem mais nada o que fazer, reclamar ou ficar de bla bla bla

  65. O excelentíssimo Maia é muito esperto, criou sua turma para fazer um projeto sua cara para livrar sua cara e dos amigos do rei e do parlamento, é fhoda, tamo fhudido.

  66. Maia,esqueceu de Gedel,Eduardo Cunha ?seja ético pense que seus filhos amanhã precisa do País honesto,não seja retrógrado,mesmo sem estudo como é.

    1. Na realidade aqui sempre foi assim ou pior. O Brasil está assim hoje justamente por isso. A diferença é que temos vários meios de comunicação que nos possibilita tomar conhecimento dessas falcatruas em todos os níveis.

  67. Rodrigo Maia é um bandidão! Quem colocou ele na presidência da Câmara foi Jair Bolsonaro através do seu testa de ferro Onix Lorenzoni. Espero que a parte boa do STF, consiga evitar esta tragédia!

  68. O que mais me espanta e que esse cara concede entrevista coletiva quase que diariamente para um monte de repórteres BM que não questionam sobre essas questões e outras e sempre deixam esses políticos pilantras nas suas zonas de conforto.

  69. A gente pode blasfemar , berrar . sapatear . Os bandidos que vicejam e se perpetuam no executivo e legislativo não surgem por “geração expontânea “ Nós os pusemos lá e lavamos as mãos , não exercemos o direito de cobrar o voto , que não é cheque em branco . Podemos errar , sermos ludibriados , é humano . Mas demonstrar diretamente a estes que vamos fazer campanha contra , denunciar , entupindo suas cxas de e-mail e mídia disponível , precisa ser estratégia diária ! Como ir prá rua, todo dia!

  70. É revoltante a leitura dessa reportagem, o brasileiro está de braços atados e com a mordaça na boca, as castas da corrupção e da impunidade estão unidas em desfavor do brasileiro pagador de impostos, a solução é uma revolução ou então um referendo para jogar no lixo a maldita CF 88, dita cidadã, porque a reforma política nunca sairá do papel com os políticos sanguessugas patrimonialista,usa o poder em benefício próprio.

  71. Incrível a corja de bandidos do Legislativo e Judiciário. A cada dia nos deparamos com uma SUJEIRA maior. Gilmar e Rodrigo nada decente poderá sair oriundo dessa comissão, escolhida a dedo p proteger os corruptos Povo carioca se tiver vergonha na cara não tem q eleger Rodrigo Maia, um P I L A N T R A defensor da impunidade e da S FA D E Z A q explora o povo brasileiro. MUITO NOJO desses cretinos !!!

  72. Mais revoltante do que ler a reportagem é saber que esses vermes só estão onde estão porque foram eleitos por um bando de gente que nunca vai ler essa matéria e nenhuma outra sobre o mesmo tema. Bastava os brasileiros esclarecidos serem maioria para nos livrarmos definitivamente de gente como Rodrigo Maia et caterva.

  73. A vacina contra o covid tem que chegar logo, para pararmos a av. Paulista, e de lá só sairmos quando esses safados fugirem de brasólia! Cambada!!!! Chega de safadeza!!!

  74. Digamos que nenhuma dessas comissões consigam aprovar uma nova lei, então estariamos no status-quo onde "ninguém será declarado culpado...etc" do STF 6x5. Se aprovarem não ficaria pior. Sem aprovar a PEC da prisão em 2ª. instância esse tipo de reportagem é TOTALMENTE inócua. Serve quando muito como recreação. rs

  75. Além disso ninguém deve se esquecer que tem um presidente pra chamar de seu que está sendo construído por ele é o centrão: Mandetta

  76. Bandidos legislando e suprema corte auxiliando a manter os corruptos fora das cadeias. Onde vamos parar? Que recado estamos dando à juventude?

  77. Salvar bandidos é explicitamente o objetivo do Presidente da Câmara e da quadrilha intelectual que o segue. Todo este processo é sombrio, cheio de contradições e fere mortalmente a Constituição. Na verdade, são todos implicados em crimes, com tentáculos nos vários poderes, com nepotismo explícito, elementos suspeitissimos tentando acabar com as leis sérias e a Constituição, visando defender criminosos que deveriam estar na Cadeia. Não irão conseguir. Viva Moro Presidente, Viva o Povo Brasileiro!

  78. Seis dos integrantes da comissão que discutem a LGPD Penal são ou já foram professores no Instituto de Direito Público (IDP), de Gilmar Mendes, e a filha do Beiçola é a relatora ??!! .... PODE PARAR

    1. Os VERMES se juntam,pra continuarem devorando as entranhas do POVO. Cabe ao eleitor do RJ,dizer não a esse bandido...Em 22 voto 0 no nhonho...Simples assim.

    1. O Brasil só se resolve com a inteligência, a ousadia, a coragem, a coesão, a lucidez, e a consciência de direitos e deveres de sua população cuja premissa é a prática de ambos, sempre, sem esmorecer, sem paixões vazias por políticos aproveitadores, corrosivos da dignidade, da moral, da saúde física e mental do povo. O Brasil só se salva com a força massiva e pacífica do povo nas ruas com pautas que exprimam suas necessidades seus anseios, suas vontades. A força de um povo define seu país.

  79. Eu ate dizia intervenção militar já! Hoje vejo que bobeira a maior parte dos militares são corrompidos facilmente pelo "poder" (Leia-se dim-dim)

  80. Mais uma vez assim como antigos assaltantes o presidente do congresso age pelas sombras não acredito que um dia conseguiremos mudar o Brasil com esse nível de velhos coronéis da política pobre Brasil

  81. PC. SAFADEZA EXPLÍCITA. Criminosos fazendo leis com auxílio de advogados de criminosos e outros com interesses pouco republicanos, sob a orientação de um investigado por corrupção.

  82. Tudo dentro da normalidade. Não foi nada! Os jogadores, juízes e platéia são os mesmos. Sem surpresas. Segue o baile? Mas, é claro!!!

  83. É REVOLTANTE VER QUE O INSTITUTO DO EMPRESÁRIO JUIZ ATUA DE FORMA ATIVA PARA INFLUENCIAR OS DESTINOS DAS AÇÕES DE COMBATE À IMPUNIDADE. QUE O NONHO ESCOLHE QUEM LHE FOR FAVORÁVEL LÁ NA FRENTE. COMO PODE ESSAS COMISSÕES FICAREM NAS MÃOS DESSA GENTE ENROLADA NA JUSTIÇA. TUDO JUNTO E MISTURADO PARA INDIGNAÇÃO DA SOCIEDADE BRASILEIRA AQUELA QUE ALMEJA UM FUTURO SEM CORRUPÇÃO. FORA NONHO E SUA TROUPE.

  84. O coronel da impunidade, o bandido camuflado do Parlamento, o representante do demônio assim considerado, por qualquer avaliação do ramo. traduzido do linguajar camoniônico. Um canalha a serviço do crime!

    1. Oi, Regina, esse absurdo tem acontecido muito por este país afora. Certa vez, professores petistas e seus alunos aliciados deram a honraria de Paraninfo da Turma de formandos ao Delúbio Soares, tesoureiro nacionalmente conhecido e condenado quadrilheiro do PT. Hoje, Unicerrado é o nome da instituição, situada em Goiatuba-GO. À época Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba. Se pesquisar vai encontrar a canalhice toda, homenageada!!!

    2. Só que eles AINDA rejeitam o "corruptos. " Daqui a pouco dirão sentir orgulho do termo.

  85. Licença para roubar ! Isso que o coronel quer instituir ! Como os comparsas também tem o rabo preso claro que darão o maior apoio ! O Brasil caminha a passos largos pra Idade Média ! Eles não evoluem !

  86. querem acabar com tudo isso ?? - "" MORO presidente, JOAQUIM BARBOSA vice "" e vamos aprovar mandato sem reeleição de vereador a presidente da republica !!

  87. CAMPANHA URGENTE: MUDA CONGRESSO CAMPANHA URGENTE: MUDA STF e STJ CAMPANHA URGENTE: REFORMA ADMINISTRATIVA NOS TRÊS PODERES.

  88. Ministro do Supremo dando expediente na Câmara para livrar corrupto da justiça, só no Brasil que acontece isso e ninguém fala nada.

  89. RODRIGO MAIA, o DEGENERADO MORAL que IMPEDE o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos!

    1. Se continuarmos a acreditar em salvadores da pátria lutando contra o establishment nada vai mudar. E não dá mais para fazer frente à proporção que tomou essa corja sem povo em massa na rua. Ao invés de palavras, vale antes começar a se organizar para a era de protestos organizados do pós vacina covid.

    2. Eu só acrescentaria MV que o executivo só colabora com eles e que qualquer Lei a ser aprovada Bolsonaro ficará fora de qualquer absolvição, ele é o laranja deles. Quando cair a ficha já estará linchado em praça publica.

    3. O problema aqui é o conluio entre o STF e a Câmara, o Executivo está de fora desta articulação por que está de rabo preso.

  90. Eu não temo a invasão de meu domicílio, de meu celular, de meus dados, porque sei da correção e legalidade de meus atos. Pela matéria da Crusoé concluímos a que nível chega o conglomerado de bandidos fazendo leis e mandando em nossas vidas e escondendo seus malfeitos e crimes do alcance da justiça... A PANDEMIA DE CRIMINOSOS QUE GOVERNA O PAÍS É MAIOR E MAIS MORTAL QUE A COVID 19!

    1. Concordo plenamente com você. Meus dados estão sempre à disposição de qualquer fiscalização. Quem não deve não teme, simples assim.

  91. O que esperar de alguém grosso, dissimulado e mentiroso que tem o nome de Nhonho Botafogo Maia!!!! Pobre Brasil!!! 😢😢😢🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  92. O Congresso (com ajuda dos Bozos) violentou o Projeto de Lei Anticrime do Moro. Agora se dedica a criar o Projeto de Lei PróCrime (para ajudar os Bozos). TRISTE BRASIL!!!

  93. Este tranqueira com cara de bom moço, com cacoete de balancar a cabeça devido o cabelinho na testa, não passa de um sem vergonha " trabalhando" para se ajudar e aos seus outros investigados na Lava Jato. Cadê a PEC da prisão em 2ª instância hein? Cadê o Batoré Hein?

  94. Como esperar algo diferente quando quem vigia o galinheiro é a raposa? Como se vê, eles estão fazendo o que lhes é peculiar e com o beneplácito do poder judiciário, por certo também enrolado em “tenebrosas transações”. Nada de novo no front!

  95. Como é possível acusados de crimes, procederem atualizações de leis, que versam sobre essa criminalidade, e/ou revisão da Constituição, através de PECs, e novas leis !?!? Só no Brasil !?!?

  96. O crime está no poder, no vértice. Isso já dura 500 anos. Gilmar, Toffoli, Maia , Aras, Lula, Bolsonaro.... são só os atuais agentes

  97. Fazer o que? A operação Lava jato foi tudo que o fino e eclético número do grupo de políticos corruptos não contavam que um dia poderia ocorrer no Brasil, é aconteceu. Escancarou a forma como políticos desviam os bilhões da nação. E pra que isso aconteça é continue a acontecer é preciso montar, adequar uma lei branda, singela que permita a dúvida, a interpretação da lei de acordo com a cabecinha de cada juiz. O resto é com a operacionalização dos ilustres advogados a exemplo desse " grupo".

  98. Parabéns pela reportagem, que corrobora a declaração histórica do encalacrado político Romero Jucá, sobre o grande acordo nacional, com STF e tudo mais.

  99. Se tem dedo de Gilmar e Maia juntos, bom para o Brasil não deve ser. Socorro, os três poderes querem acabar definitivamente com a nação brasileira.

  100. Quando e somente quando não puderem se perpetuar na politica, teremos a nossa libertação!! Inelegibilidade neles! Nossa carta de independência!

    1. Esse crápula, aliado ao pior da politica e no juduciário não é brasileiro e sim meio . Maldoso, no fundo um comunista travestido.de democrata.

  101. Políticos larápios legislando em causa própria sempre houve no Brasil. Culpa de quem os elege. Perigoso é o uso que os advogados do crime organizado fazem dessas mesmas leis.

  102. O que acontece na câmara é apenas uma amostra do que é o povo brasileiro, não na totalidade, mas na grande maioria. Somos corruptos, por isso aceitamos a corrupção. Está na nossa formação. Só precisamos de uma oportunidade. Olhem o que foi o auxílio emergencial. Por isso o povo não se indigna, pois se tivesse lá faria o mesmo. Essa é a verdade, apesar de negarmos. Vivemos de forma alienada, brigando apenas pelo futebol, onde podemos extravasar. Eta povo miserável. Acorda Brasil!!! 🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    1. Paulo concordo com todo o seu comentário. POVO NA RUA. Jáaaaaaaaaaaasssaaaaaaaaaaaa

    2. PAULO CONCORDO COM VOCE. MESMO PESSOAS MILIONÁRIAS ESTÃO ROUBANDO DO AUXILIO EMERGENCIAL E DO BF. INDEPENDE DO PODER AQUISITIVO. A CORRUPÇÃO É UMA DOENÇA. O RODRIGO MAIA E TODOS SEUS COMPARSAS E O GILMAR MENDES SSO MUITO INCOMODADOS PELA MÍDIA INVESTIGATIVA. POR ISSO QUEREM CALAR O ÚNICO MEIO DE SABERMOS O QUE SE PASSA NOS PODRES PODERES DO brasil.

  103. Quanta imundície, quanta sujeira, quantos crimes nesse legislativo com a conivência e ajuda do judiciário !! Nojento!!!!!!!

  104. Há quem tenha comentado aqui, que "a batata do Maia está assando". Pô pessoal, vcs acreditam mesmo nisso?. Além deste tema ser hiper-confuso, é óbvio que ao ser montado um aparato no coração do Legislativo, para, simplesmente, acobertar os malfeitos e livrar os parlamentares de qqer incriminação, e com o "consentimento" tácito dos demais poderes, nada mais vai acontecer. Que ninguém se iluda. apscosta/df

    1. Sou classe média baixa. Não adianta a mídia mostrar. Os pobres só querem saber de BF e agora Auxílio Emergêncial. Já nos acostumamos a ver mortes por conta da pandemia e antes dela não era diferente.Os pobres morrendo em portas de hospital por falta de atendimento. Nem todo pobre é ignorante ,porém a maioria sai por aí abraçando candidatos corruptos e os futuros

  105. Por mais que acredite na democracia, nossos políticos e seus asseclas estão cada vez piores e trabalhando sempre em proveito próprio.

  106. A Camara Federal teve uma renovação de + de 50%,onde estão os novos Congressistas? Assistindo tudo isto de camarote? Vamos pressioná los.

  107. É revoltante! É uma teia da qual, só nós contribuintes, não escapamos. O povo do meu querido Rio de Janeiro, precisa aprender a votar. Cassem nas urnas o mandato desses ratos.

    1. O rato do Eduardo Pães, está em primeiro na disputa como prefeito......

  108. Maria Onde esta o grande debate ,para verdadeiramente colocar a boca no trombone???? O Brasil precisa ser informado o que ocorre nas cortinas após serem fechadas ,após terminado o espetáculo!!

  109. Triste brasil um jair OLIGOFRENICO TRAIDOR na presidencia e um NHONHO chucky na camara. em 2022 temos de mandar essa escumalha pra casa.

  110. Na realidade é um quadrilheiro que acobertado pelo manto político arma as mais variadas formas de denegrir o país liderando comparsas pra criarem regras que legalizam crimes comumente praticados pela corja política.

  111. Só há uma maneira de consertar o país: população nas ruas. Sem isso, o Acordão suprapartidário não permitirá que Moro se candidate. E, por favor, afinem os objetivos das passeatas...entendam que os objetivos para irmos para a rua não podem ser difusos, é urgente organização por temas como: "Morro presidente"; "Fora Foro privilegiado"; "Apoio à Lavajato" e etc...; nada de misturar com questões partidárias e personalistas, do contrário, isso dispersa e divide a mobilização.

  112. E a pouca vergonha na república novíssima continua sob a batuta dessa constituição porcaria idealizada por mais um corrupto que sumiu sem deixar rastros um tal de Ulisses Guimarães .

  113. O nosso país está como sempre foi. Ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão e ladrão que rouba o povão não vai preso não. Somente c muita pressão popular isso seria revertido mas a articulação popular neste país não se efetiva porque os interesses pessoais são sempre superiores a necessidade coletiva. Um influencer digital consegue mobilizar numa live 1 molhado de pessoas para falar de maquiagem, ou d e algum jogo de titos, mas não há ninguém capaz de fazer isso para combater corrupto.

  114. Esse gordinho, junto com o Alcolumbre e a turma do STF vão terminar acabando com o Brasil, se as Forças Armadas deixarem, não é?

  115. Cadê os deputados da renovação? Eles tem que vir a público denunciar essas manobras, porque se for a plenário, onde eles são minoria, as mutretagem passam

  116. se elemento meticuloso é carioca o estado das quadrilhas mafiosas. Rio de Janeiro = escola do crime. até os eleitores do Rio São mafiosos

    1. Sua mãe deu para um carioca e você não sabe quem é o pai?

  117. Mas entao Rodrigo Maia cometeu crime. Apontou a dedo 15 juristas, cujos relatorios definem a mp ? Se foi literalmente entao é crime.

    1. Comparar Rodrigo Maia a um coronel é desprestigiar esta patente, isto não. Corornel, o título é até a morte, se for promovido neste interregno temporal, mais prestitigiado será Presidente da Câmara será para 4 anos, tempo suficiente para fazer um estrago, sem precedentes, façamos o seguinte, vamos usar um eufemismo, dando-lhe o título de " Promotor e aliados dos dilapitadores dos bens públicos". Estão vendo, trocou de nome mas os estragos serão os mesmo. Estamos conversados

    2. Nhonho. Chileno ex-croto. Descendente duma vaka. Crripto.

    3. Maria Onde estão os jornalistas da imprensa escrita e falada para colocar a boca no trombone e Salvar o Brasil 🇧🇷

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO