O ministro dos milhões

24.04.20

Nelson Teich não fala abertamente dos números de seus negócios privados, mas pessoas muito próximas ao novo ministro da Saúde juram que a venda da rede de clínicas que ele fundou em 1990 foi fechada por nada menos que 150 milhões de dólares – uma fábula que, se não estiver superestimada, o coloca certamente no rol dos homens mais ricos que já tiveram gabinete na Esplanada dos Ministérios (pelo câmbio atual, a cifra ultrapassaria os 800 milhões de reais). As cinco unidades da COI Clínicas Oncológicas Integradas foram vendidas em setembro de 2015 para a Amil, que três anos antes, após uma negociação bilionária, havia passado ao controle da gigante americana UnitedHealth Group.

DivulgaçãoDivulgaçãoO novo ministro em entrevista: com ele, o PIB da Esplanada aumentou

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. Quem paga a assinatura da Crusoé pros petelhos?

  1. Se o dinheiro foi ganho honestamente, qual o interesse jornalístico desta matéria? Isto é fofoca. Estou pagando uma assinatura para ler fofocas. Que ótimo.

  2. Há algum mal nisso, dele ser rico, pelo menos não foi com dinheiro público foi com o trabalho dele ...vcs estão achando ruim pq ele não dá bola pra jornalista, faz o trabalho dele caladinho , depois que ele entrou as coisas mudaram ali dentro , já enviou insumos , respiradores pra todos os estados , quem o acompanha a cada dia ele faz uma coisa, e o Mandeta era apenas preocupado com os holofotes , adorava a midia perversa , a máxima dele: "Fique em casa".. Vão cair todos à sua direita, à sua esq

  3. Fiquei envergonhado de ler isso, já que quem o escreveu não se envergonha de fofocar uma operação de venda legítima feita há 5 anos! Qual o propósito , não deixa de ser um elogio s um empresário de sucesso

  4. Crusoé uma ilha no jornalismo? Será mesmo? Estou procurando jornalismo sério investigativo, isento. Este artigo é de uma mediocridade e maldade assustadoras. Cheira a ódio e inveja. Por favor poupe-nos de fofocas, não estamos aqui para ler isto. Gostaria de saber quem escreveu para passar longe deste tipo de artigo.

  5. Mais um artigo digno de um blog de quatro linhas de imprensa marrom. Ele é rico, então não presta. Mas comunista, covarde e sem noção é impossível

  6. Trabalhei na Philips, quando a empresa holandesa tinha contrato com a Amil. As queixas eram generalizadas. Sei do caso de uma menina de 14 ano, filha de um colega "philipino", que foi diagnosticada como portadora de um câncer em uma das pernas. Inconformado, o pai da menina levou-a a uma consulta com um renomado ortopedista de São Paulo. Palavras que o pai da menina ouviu do renomado ortopedista: "Esta radiografia NÃO É de uma menina de 14 anos; É de um adulto! E, de fato, há um câncer.

  7. Isso significa que ele fez uma Clínica de Excelente padrão técnico e por isso chegou a esse valor e foi comprada pela Amil. A Amil também foi idealizado por um médico, que dava plantões e juntava dinheiro. Depois montou seu próprio negócio . Inteligência, habilidade gerencial....talento . Por que tratar dessa maneira ? Inveja ? Vai fazer matéria de quem enriqueceu de forma ilícita roubando dinheiro público . Não é justo isso, então abre os números dos artistas que enriqueceram também, talento

  8. Fica apenas a pergunta: qual a relevância dessa venda - e dos números por ela produzidos - com o fato dele ter sido escolhido Ministro? Isso o qualifica ou desqualifica? Gostaria de uma explicação sobre qual a lógica desta nota.

  9. “Pessoas muito ligadas” a alguém e que “juram” seja lá o que for são, agora, fontes confiáveis? Do mesmo jeito que “juraram” 150 milhões, estes podem ser 15 ou 300. Em resumo, nenhuma informação confiável.

  10. Daqui a pouco vão dizer que o Ministro não presta porque é um empresário bem sucedido e rico. Poupe-nos de notícias-fofocas.

  11. Nada contra o enriquecimento honesto, fruto de seu trabalho. No entanto, é no mínimo curioso um multimilionário abandonar seus negócios para ser um funcionário público ! ou será que esse cargo é conveniente para ele é seus sócios bilionários da medicina privada ....

  12. O comentario- dispensavel e sem interesse para a tarefa do novo ministério- exuda inveja e ressentimento do jornalista contra quem conseguiu ficar rico por competencia e muito trabalho. Cobiçar as coisas alheias , denegrir o sucesso do próximo, que atitude feia!

  13. E daí? ganhou trabalhando, não? merece os parabéns, aliás todo empresário merece os parabéns. Menos os empresários de jornais que se vendem, por propaganda.

  14. Nunca li nada sobre fortunas de jornalistas. Ou não merecem esse farol direto ? A muito tempo não ouço falarem em Pimenta Neves. Nunca ouvi seu nome ligado a um "belo exemplo" de feminicídio. Pimenta também vivia bem $$$, mas não recordo de ter sido citado. Ou alguém ficaria surpreso se "estrelas" da TV não tenham centenas de milhões que até passam despercebidos para 99% da população.

    1. Reportagem completamente idiota e sem necessidade . Houve desonestidade na sua forma de ganhar dinheiro por acaso ? Como não foi o caso deveria ser evitado esse tipo de reportagem populista !!!

  15. isso só reforça que não está ali por dinheiro, pelo histórico dele e aceitação da classe médica acho que fará um grande trabalho e é um nome pra ficar de olho para próximas eleições

  16. Que ridículo. Qual o interesse de ficar divulgando dados pessoais do ministro?? Não é da tua conta e nem de ninguém. Fofoqueiro

  17. Caramba! É só falta de assunto? Reduz a quantidade de ‘notas’ pra cinco em vez de seis! Fica menos pior. Crusoé nos atraiu porque a expectativa era a prometida: ilha no jornalismo, jornalismo isento, imparcial, útil. A continuar com postagens como essa, Crusoé vai definhar bem mais do que a economia brasileira pós-pandemia.

  18. A fofoca poderia ter tido enfoque positivo, como signo de competência, de sucesso. Mas acho que não é mais a pegada da Crusoé. Sinto saudades da Ana Paula Henkel. Até assinei a Revista oeste, melhor como editorial. Espero que se torne mais completa como noticiário, para que só restem esquerdistas na Crusoé.

    1. ministros da saúde bons foram os da era pt. Diminuiram leitos hospitalares do SUS, escândalos das ambulâncias e sanguessugas, etc

  19. Explorar fé e saúde são duas coisas que dão muito dinheiro, as pessoas estão vulneráveis emocionalmente. Parabéns ao Teich e ao Edir Macedo por serem bons em negócios.

  20. Pelo que vemos, Bolsonaro escolheu alguém que tem muito tem tem a custa de trabalho e competência. Não é um milionário a custa dos cofres públicos.

  21. e? parece q como médico e cientista bem mais preparado q o médico mais político q médico Mandeta. Tem mais conhecimento da área,os milhões não sei onde entra nessa história,mas toda pessoa em cargo público tem q ser monitorado.

  22. O que tem a Crusoe a ver com o patrimônio do Nelson Teich que não se enriqueceu ilicitamente e agora como ministro exerce cargo público? Qual o motivo? Viés esquerdista e invejoso?

  23. Noticia tendenciosa,pois a venda se deu anos atraz e que nada tem a ver com a atual funcao do Ministro.Pelo contrario mostra ser ,o Ministro um empresario inteligente e que criou e valorizouas clinicas e so deve ter vendido pelo preco que foi gracas a valorizacao de seu trabalho.Parabens Ministro.

  24. Incrível como a Crusoe hoje se alinhou à esquerda. Realmente o ministro Nelson é rico, mas não roubou de ninguém, assim como o Paulo Guedes. O interesse dele-se, até prova em contrário é servir a nação. Vou acabar deletando a Crusoe da minha vida. Uma pena. Qual o interesse real de vocês, editores.

  25. Lógico que foi maliciosa a intenção de tal artigo e de sua manchete, mas o efeito não atingiu seu objetivo, muito pelo contrário. Que maravilha ter no governo atual um grande e renomado cientista com um currículo empresarial bilionário e de sucesso na área da saúde para administrar a saúde do Brasil!!!

  26. E ruim, pernicioso que um executivo eficiente, de sucesso, seja impedido de exercer cargo Público? Pelo menos ele tá com a grana toda e não precisará roubar.

    1. Águia, o ministro enriqueceu devido a sua educação e trabalho e não em maracutaias políticas. Lembre-se: a inveja é uma merda. Quanto ao artigo, não entendi o seu motivo: tendencioso, fofoqueiro e sem dúvida mal intencionado.👎

    1. Maluf e Collor usavam o mesmo argumento nas eleições. " Não precisamos roubar".

  27. ¿Não tinha pauta mais relevante para publicar? É a coluna Nelson Rubens da Crusoé?!?! Semana que vem conta para o leitor o que o ministro Teich gosta de comer no café da manhã.

  28. Ter criado as clínicas e vendido bem é mérito dele. Parabéns! Os milhões que preocupam são os de testes, que ele não sabe quando chegarão, nem de onde se materializarão, mas trata como a solução pra crise da COVID.

    1. Cheira mal este acordo com o Dasa. O governo entra com os equipamentos e insumos que custam milhões e a Dasa com o pessoal. Como a familia Bueno e Romeu Cortes tem as portas nos governos. Acordos com Sérgio Cabral e agora com Mandetta/Nelson. A primeira fala do Nelson foi sobre o acordo com o Dasa. Resumindo, o governo vai doar milhões em equipamentos para o Dasa, Insumos e o Dasa entra com pessoal. A parte mais barata da conta. Quem vai controlar isto? Muito estranho tudo isto.

    2. Renato, os milhões de testes foram encomendados pelo Mandetta numa parceria com a rede Dasa. Grande parceria público/ privado!!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO