Filhotismo com dendê

18.12.20

Os desdobramentos da Operação Faroeste, que mira a venda de sentenças judiciais no Tribunal de Justiça da Bahia, revelaram como o modus operandi dos esquemas no Judiciário se repetem. Assim como nas cortes superiores, em que bancas de filhos de ministros atuam sem o menor pudor e ao arrepio da lei em processos milionários, na Bahia os filhos dos desembargadores  intermedeiam as negociatas. O magistrado Ivanilton Santos da Silva, por exemplo, se valia do filho Ivanilton Júnior para receber propina em troca de decisões judiciais favoráveis. A desembargadora Sandra Inês Rusciolelli tinha o filho Vasco Rusciolelli como o principal operador. Rui e Arthur Barata também atuavam em parceria com a mãe e magistrada baiana Ligia Ramos, atualmente em prisão domiciliar.

Divulgação/TJBADivulgação/TJBASegundo investigações da Operação Faroeste, o desembargador Ivanilton Santos da Silva, do TJ-BA, teria se valido do filho para receber propina

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Com o lixo de poder judiciário que temos (vergonhoso), esse país não tem a menor possibilidade de dar certo. Toda a podridão, corrupção, inoperância e ineficiência dessa porcaria de país começa no judiciário. VERGONHA NACIONAL

  2. No poder judiciário a punição a um magistrado envolvido em ilícitos é a aposentadoria compulsória com todos os vencimentos garantidos, ou seja recebe um prêmio pelos ilícitos praticados. É uma vergonha e este congresso que temos nada faz pra mudar a lei.

  3. Se o poder judiciário ( em minúsculas mesmo) não se regular rapidamente será regulado por lei e o resultado será lamentável para todos. Esse tipo de comportamento deveria seu punido com extremo rigor porque atinge o cerne do Poder Judiciário que é a credibilidade. Se qualquer um de nós, desafiarmos uma decisão judicial seremos punidos mas não vemos o mesmo rigor quando se trata de membros do PJ erodindo a credibilidade do PJ

  4. Além de corrupto, burraldo... por não ter escrúpulos ao atuar em parceria, jamais deveria ter tido a vaidade de dar ao próprio filho a denominação como Júnior... hehehe

  5. JUIZ QUE VENDE SENTEÇAS, BEM COMO OS ENVOLVIDOS, DEVERIAM SEREM FUZILADOS EM PRAÇA PÚBLICA PARA SERVIR DE EXEMPLO.

  6. Aí está um belo exemplo. O Desembargador é um cara negro (igual a mim e a tantos outros). Se, por suas ações, fosse homenageado pela Fundação Zumbi dos Palmares, agora estaríamos diante de um pepino. Retirar as homenagens? Mas o camarada não estava um modelo, uma referência para outros negros? Para evitar esses imbróglios é que, penso eu, homenagens oferecidas por órgãos do governo (e não me refiro as comendas, prerrogativas do Poder Executivo) DEVEM ser dirigidas as pessoas falecidas.

  7. Como pode , pessoas que deveriam servir de exemplos, são a escória do ser humano. Dá nojo !!! Tinham que morrer apodrecer na cadeia.

  8. São tantos os exemplos e tantos os riscos ... que a vitaliciedade do cargo de juiz deveria ser por determinado tempo; sujeito a concurso e entre os aprovados , sujeitos a voto a cada 04 anos, dependendo de sua história, o povo poderá destituí-lo. Sem direito a aposentadoria e demais vantagens.

    1. Meu chapa, não há como estabelecer "vitaliciedade" por algum tempo. Vitalício significa permanente, o tempo todo, até morrer. Substitua a palavra por: período, duração, temporariedade etc. apscosta/df

  9. Esses sao os piores criminosos que temos, eles tem o poder da caneta, todo e qualquer membro da justica pego em crime deveria servir de exemplo se ser punido de verdade, no minimo triplicar a pena, sem direito a nada e nao ter limite de idade. Soh assim para estancar essa sangria nas cortes brasileiras. Punicao severa, doa a quem doer. 2022 esta chegando, vamos dar uma boa arrumada no Brasil, nao falta informacao de como cada politico votou em cada pauta esta facil de acertar no voto agora.

  10. É urgente a CPI do Judiciário, pois entre uma maioria de juízes corretos e éticos, há muitos corruptos, anéticos, imorais e gananciosos!

  11. Qdo o judiciário está corrompido, não resta mais a quem recorrer. Qdo o STF (o principal, o mais poderoso) está aparelhado, é o fim! -- e o pior é que o bolso contribuiu pra torná-lo um pouco pior...

  12. Os DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! No EXECUTIVO e no LEGISLATIVO promoveremos a RENOVAÇÃO! E com este JUDICIÁRIO? O QUE FAZEMOS? Temos de ALTERAR a CONSTITUIÇÃO, exigir CONCURSO PÚBLICO para TODOS MINISTROS de TRIBUNAIS SUPERIORES e estabelecer MANDATO de 10 ANOS! Exigimos MERITOCRACIA, INDEPENDÊNCIA e ALTERNÂNCIA! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos!

  13. A corrupção no Judiciário é, talvez, a pior forma dela. Haja consciência, desprendimento, vontade e vergonha para se minimizar isso.

  14. Somos reféns dessa maldita CF 88, dita cidadã, um verdadeiro lixo remendado de oportunismo criou um sistema de casta familiar contra a maioria do povo brasileiro, eis que a nossa utilidade é de pagar impostos para manter as benesses da casa grande Brasília.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO