Aproximação delicada

03.04.20

A reunião de Gilmar Mendes com Jair Bolsonaro no último sábado, no Palácio da Alvorada, rendeu olhares atravessados e trocas ácidas de mensagens entre ministros de tribunais superiores. Oficialmente, o encontro foi para discutir como as lições do apagão no setor elétrico de 2001, quando Gilmar era chefe da AGU, podem ser usadas agora na gestão da crise do coronavírus. Foi Jorge de Oliveira, amigo do peito de Bolsonaro e chefe da Secretaria Geral da Presidência, quem marcou a conversa com Gilmar. Os colegas de toga do ministro veem problemas na aproximação porque Gilmar também é relator, no Supremo, de um recurso para travar as investigações da promotoria do Rio sobre Flavio Bolsonaro, o filho 01 do presidente.

Adriano Machado/CrusoéDe Lula a Bolsonaro, Gilmar sabe como e quando se aproximar de presidentes

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esse ser abominável, corrupto, que integra o STF, que solta tudo que é bandido, inclusive o maior deles, Lula, não merece ser recebido pelo Presidente da República. Mas Jair Bolsonaro tem o rabo preso por causa do seu filho Flávio...Isso cheira muito mal e denigre o Presidente! VERGONHA!!!

  2. Peraí Crusoé, quer dizer que de repente os membros do STF estão preocupadíssimos com possíveis irregularidades relativas ao Sr. Gilmar Mendes. kkkkkkkkkkkkkk

  3. Tanta gente mal intensionada no campo político desse país e a imprensa só tem olhos enviesados se for para o Presidente. Se tem algum fato, informe, se não tem, seja pelo menos imparcial ...

  4. Se o Bossanaro não conversa está errado, fechado para os outros poderes, se conversa está errado. Será que agora o Presidente vai ser culpado pelos atos desse Magnânimo Gilmar Mendes ? Francamente... Dá um tempo !

  5. Pegaria muito mal se o Presidente pedisse para o Flavio ir visitar novamente o Gilmar em sua casa. Então, inventar um motivo tosco desse (apagão elétrico) para que os dois se encontrem fica menos cabuloso. Mas não menos vergonhoso né Bolsonaro? Ainda tem mané que acredita no Napoleão de Hospício sentado na presidência....

  6. Gilmar e imparcial. Nunca julga com parcialidade.. lembrem que ele é padrinho de casamento sem ter qualquer relacionamento com as famílias dos noivos. Impressionante

    1. Rodolfo, na verdade você quis dizer que ele é "parcial". Mas é dessa parcialidade que o Bolsonaro está interessado...rs... Se a moeda de troca com o Toffoli foi a indicação do ARAS, o que será que o Gilmar vai pedir em troca agora? Aguardemos mais um conchavo...

  7. Gilmar está numa prisão chamada Brasil. Frequentador contumaz dos voos da TAP (a TAP fez até um voo Brasília-Porto direto exclusivo para o ministro beiçudo) para Portugal, onde o citado reside: ele apenas advoga no Brasil, sabidamente a favor de pessoas de índole duvidosa, mas mora em Portugal. Inclusive foi construída uma sala vip no aeroporto de Brasília para que os ilibados ministros não serem perturbados pelos passageiros menos favorecidos que pagam os seus salários.

  8. Pode-se deduzir que nosso presidente virou um BROWN NOSER (ass-kisser),talvez é uma boa ideia ele sempre usar mascara para nos eleitores nao vermos a ponta de seu nariz marron.

    1. kkk Aquela boquinha esta louca para encontrar com a Paula. Paula Tejano.

    1. Supondo que o Bolsonaro seja uma pobre galinha indefesa. SQN.

  9. Que Bolsonaro não deglute Gilmar Mendes, com certeza. Analise a vida pregressa de cada um deles. Diz por si só. Para aqueles que vêm Bolsonaro como um louco, chamo a atenção para a sua trajetória, ela foi construída na contra mão de todos estradas de pista única sem mão dupla. Ele não é tão bobo assim. Não almoçaria na mesma mesa com Gilmar Mendes (eu). Ele é presidente e, não conheço, até pode haver, uma frase na qual Bolsonaro atacasse alguém do STF. Errados estão Gilmar e Tóffoli, midiáticos.

    1. Esse Palhaço Bozo, como todo psololulopetista, deve estar sofrendo a falta dos agrados que o instituto do seu idolo lhe proporcionava. Vou lembrar a êle...60 milhões de votos em 2018 e 70 milhões em 2022 !!! Chora esquerdalha !!

    2. O cara foi lá para tratar de livrar o Flavio do processo e vc ainda defende o Palhaço Presidente? É muito gadinho mesmo esse Alvaro...

    1. Vcs tem dúvida ainda? Ele governa, COM OS FILHOS, PELOS FILHOS E PARA OS FILHOS.

    2. Se isso acontecer, o povo vai dar um pé na bunda dele!

  10. MDB, Aras, André Mendonça, Jorge Oliveira, Arthur Lira, Toffoli, Gilmar Mendes... Tirando os militares, Bolsonaro só se aproxima, só se orienta com bandidos.

    1. Robalo e furtos do mar (de lama que virou este país)

    1. Concordo Alexandre este traste não faz falta nenhuma ao Brasil até hoje ele só trabalhou contra a justiça e a favor do seu bolso, ninguém deseja mais este corrupto que jamais serviu a Pátria como magistrado.

  11. Precisa falar mais alguma coisa? Esta aproximação entre Gilmar Mendes e Bolsonaro já diz tudo. Por que Bolsonaro aprovou o Juiz de Garantias? Por que Bolsonaro não apoiou a Prisão em Segunda Instância? ...

    1. Meu primo Roderigo, que predisse a vitória arrasadora de JB, se diz decepcionado com a inesperada submissão do PR a figuras detestadas como Gilmar e Toffoli. As Rachadinhas, muito mais comuns do que se admite, não justificam tamanha subserviência, pondera, sendo menos oneroso deixar a justiça seguir o seu curso que adotar estratagemas desprezados por seus eleitores sérios e inteligentes. O ombro frio que JB oferece à Lava Jato, tão admirada pelo contribuinte, é tb inexplicável, diz Roderigo.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO