Matt AJSanders: o pré-candidato que se diz "socialista democrático" assusta os independentes ricos

O socialista no caminho

Bernie Sanders seduz os jovens americanos, mas a sua candidatura pode prejudicar os democratas na corrida presidencial
14.02.20

O pré-candidato democrata Bernie Sanders, de 78 anos, é pelos números atuais o mais provável adversário do presidente Donald Trump nas eleições de novembro. Sanders foi o vencedor da eleição primária do Partido Democrata em New Hampshire na terça, 11, com 26% dos votos. Uma semana antes, com a mesma fatia de votos, ele empatou com Pete Buttigieg nas primárias de Iowa. Na média das pesquisas eleitorais, Sanders tem 24%, quatro pontos percentuais à frente do segundo colocado, Joe Biden, em queda nas pesquisas.

O temor entre muitos moderados é que, se os delegados do Partido Democrata referendarem, na convenção de julho, o nome de Bernie Sanders para a disputa com Trump, o partido estaria enterrando o seu futuro próximo e distante. Sanders teria poucas chances de vencer o atual presidente e ainda é acusado de jogar contra o Partido Democrata.

O mais velho pré-candidato democrata, que teve um ataque cardíaco no ano passado, é apoiado principalmente por jovens. Trata-se do “Paradoxo Sanders”. Segundo uma pesquisa da Pew Research, 40% de todos os eleitores com menos de trinta anos aplaudem o senador. Eles estão insatisfeitos com o establishment democrata e clamam por mudanças radicais. Sanders encanta esse público dizendo-se um “socialista democrático”. Promete acabar com as dívidas estudantis e dar educação e assistência de saúde gratuita para todos — como se houvesse almoço de graça. Também apoia o Green New Deal, um projeto apresentado pela ala mais radical do partido para transformar a economia americana a partir de bases ecológicas — outro tema caro aos mais novos.

Reprodução/redes sociaisReprodução/redes sociaisO “Paradoxo Sanders”: aos 78 anos, o preferido dos jovens
Mais da metade desses jovens cultiva uma visão positiva do socialismo. Eles se incomodam com a desigualdade social e nutrem um ressentimento contra aqueles que já conquistaram seu espaço. Sanders promete elevar os impostos para os mais ricos. Esse é, aliás, mais um de seus paradoxos. Com os direitos autorais de três livros, investimentos imobiliários e o salário como congressista, ele acumulou 2,5 milhões de dólares em patrimônio. É parte de uma exclusivíssima faixa da população americana, o 1% que mais concentra riquezas no país – a mesma elite que promete combater.

A esperança dos democratas moderados está no fato de que não são os jovens que definem as eleições nos Estados Unidos. “O apoio ao socialismo pode até ser alto entre a juventude, mas os eleitores mais velhos são em muito maior número, e eles costumam comparecer às urnas em maior porcentagem”, diz o cientista político Bruce Miroff, da Universidade de Albany, que estuda o processo eleitoral americano. “É por isso que o time de Trump parece querer Sanders como opositor em novembro.”

Os eleitores mais velhos torcem o nariz para o radicalismo de Sanders. Eles estão satisfeitos com seus planos de saúde privados e temem perder o direito com o “Medicare for All”, a expansão pública do atendimento médico. Também se preocupam com os altos custos que os programas de Sanders poderiam gerar, com o consequente impacto nas contas nacionais.

A vitória de Sanders nas primárias democratas tem potencial para assustar até mesmo independentes que se inclinaram para o Partido Democrata recentemente. “Durante o governo de Trump, muitos eleitores mais ricos que vivem nos subúrbios passaram a votar em democratas por rejeitarem o estilo combativo do presidente”, observa o cientista político americano John Miles Coleman, da Universidade da Virgínia. “Esses eleitores poderiam se afastar do partido com a proposta de aumentar os impostos dos mais ricos.”

Tia Dufour/The White HouseTia Dufour/The White HouseTrump: para sua equipe, o democrata “socialista” seria o melhor rival
A desconfiança com Sanders dentro do Partido Democrata tem como base não apenas as propostas do senador, mas também suas ações. O senador, festejado pela esquerda brasileira (não faz muito tempo, ele se alinhou à turma que considera Lula injustiçado), até hoje não se filiou oficialmente à agremiação. É um independente buscando liderar o partido. Sanders não é visto como alguém que trabalha para o resto do time. Em disputas regionais, ele escolhe seus próprios candidatos, ignorando a linha partidária. Seus apoiadores chiaram quando a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, deu a largada ao processo de impeachment contra Trump em setembro. Para eles, Pelosi estava querendo prejudicar o senador na campanha das primárias, obrigando-o a ficar enfurnado no Congresso, em Washington.

Até a convenção partidária em julho, as prévias acontecerão em todos os estados. Caso Sanders se firme na dianteira, a maior parte dos eleitores democratas ganhará mais uma preocupação. Além de encontrar um nome para vencer Trump, eles precisarão de alguém para frear Sanders – o multimilionário Michael Bloomberg, que ainda entrará na corrida democrata, apresenta-se como uma alternativa. “É bem provável que muitos eleitores democratas acabem se unindo em torno de um pré-candidato anti-Bernie”, diz o cientista político americano Seth McKee, da Universidade Tecnológica do Texas. “Sanders realmente é um radical, mas a maioria dos eleitores não é.”

Na quinta-feira, 13, o site de estatísticas do New York Times, FiveThirtyEight (538 é o número de delegados no Colégio Eleitoral americano), dava que a probabilidade de nenhum pré-candidato conseguir a maioria dos delegados na convenção do partido era de 2 em 5. Bernie Sanders teria chance igual, de 2 em 5. Todos os demais candidatos, somados, disputariam com chance de 1 em 5 de obter a maioria dos delegados.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. A Esquerda sempre tentando destruir uma nação, com seu discurso socialista. A caridade perpetua a miséria. Bernie Sanders, assim como Luladrão, deveriam ser presos, tão somente por seus discursos comunistas/socialistas. Assim como discursar em favor do nazismo é crime, o mesmo deveria ser ao Socialismo/Comunismo. Uma vez que, o comunismo matou muito mais que o nazismo ao longo da história. Se os EUA, não se atentar, tornará em algo perecido com a França atual, e seu socialista Macron.

  2. A Nação mais cristã, mais poderosa, mais rica do Universo só poderia ter mesmo como candidatos à Presidentes DOIS BILIONÁRIOS: TRUMP E BLOOMBERG!!!!!! E agora, marxista socialista comunista BERNIE SANDERS, o que que você vai dizer quando chegar em casa????!!!! kkkkkkkkkkkkkkk

  3. Deve haver muito estudo a respeito: "por que os jovens tendem ao socialismo"? Para mim isso ocorre por insegurança quanto ao futuro, medo do fracasso e comodidade em dividir ao invés de conquistar. Esse Sanders é um aloprado!

    1. Bonito é ver as marinas de Cuba abarrotadas de iates de pequeno porte dos empreendedores locais. Para não falar do alto índice educacional do povo e sistema de saúde exemplar.

    2. Exato, adulto tem que entender que é para trabalhar por um salário de fome, sem nenhum direito trabalhista, sem aposentadoria ou previdência, até morrer, tudo isso para o patrão poder trocar seu iate por um maior.

  4. Sanders é a antítese do “American way of life”. A América teria que mudar radicalmente os seus princípios e ideais para abraçar um radical como Sanders. Trump ganha de lavada com ele como rival.

    1. Cara Lúcia, quem desrespeita, reiteradamente, os pilares da democracia americana é Trump. Trump atenta contra o “Rule of Law”, o respeito à constituição, a liberdade de imprensa, a separação entre os poderes, o sistema de freios e contrapesos... a lista é interminável. E principalmente ao espirito libertário e acolhedor de uma nação construída por imigrantes. Há um poema, aos pés da estátua da liberdade, que resume o “American Way of Life”. Dá um Google.

    1. Sem contar que não publicam todos os comentários Roze Silva

  5. Da série, notícias do Antagonista que a Crusoé esconde. Mais de 1.000 ex-procuradores federais pedem renúncia do PGR deles por ser capacho e cúmplice de Trump no favorecimento de um criminoso que ajudou Trump a ser eleito. Tipo a Dilma indultando o Zé Dirceu. Esse é o “Deus” desse povo que fala um monte de asneira sobre Bernie Sanders.

    1. Renato, você é apenas mais um que, diante da verdade, da própria ignorância, agride o mensageiro em vez de debater ideias. “Socialismo é a filosofia do fracasso”. Que socialismo? Duvido que você saiba as características e diferenças de social-democracia, socialismo, comunismo, liberalismo e conservadorismo. Você só sabe fazer afirmações genéricas, com base em suas opiniões estúpidas. “Vocês perderam”. Vocês quem, idiota? Não faço parte de boiada nenhuma. Você faz.

    2. Você é um enganador. Um palhaço com ego monumental e cérebro de minhoca. Vocês perderam, não só no Brasil, mas no mundo. Socialismo é a filosofia do fracasso, a crença na ignorância, a pregação da inveja. Sua maior característica é a distribuição igualitária da miséria. Menos para os líderes dessa seita maldita e deturpadora dos bons costumes e do progresso humano. Cresça e amadureça, cultivando humildade, que lhe falta. Ninguém acredita em você nestes comentários, sacou?

    3. Como assim não adianta discutir, Fábio? Típico inteligentinho? Eu só procuro me informar para contribuir com o debate e não falar besteira. Sabe como é. Por exemplo, só uma pessoa mal informada ou desinformada diz que Bernie é psicopata e apoia Donald Trump. Mas você prefere me atacar a se informar melhor. Culpa minha?

    4. É vilão, os bandidos estão sempre unidos, veja o pessoal da esquerda, do Centrão... É por isso que são chamadas “organizações criminosas”. Mas o que dói mesmo é ver gente defendendo bandidos como Trump e os republicanos. E não sou eu que estou falando mas a maioria do eleitorado dos EUA (Trump perdeu no voto popular e nunca passou de 49% de popularidade) e “só” 1.000 ex-procuradores federais. Vai dizer o que, que é fake news, que é tudo comunista?

    5. Ah não, agora este Eduardo vem defender o psicopata Sanders ahahaha. Mas o doente tem certeza do que escreve e defende, que nem adianta discutir. Afinal, ele é o típico inteligentinho. Parabéns pro Eduardo.

    6. Ta doendo né Eduardo, ver que a reeleição do Trump já está ganha. Democratas divididos, Republicanos unidos. Deve estar doendo...

  6. Eleitores mais velhos torcem o nariz para esse milionário ? Todos que trabalham e pagam impostos não votam nesse conversa mole que apoia Maduro e os Sandinistas e quer dobrar os impostos para todos. Não vai a lugar nenhum, e o partido que esta’ completamente dividido vai explodir na convenção - o tapete do Sanders vai ser puxado de novo, o Bloomberg vai comprar todos os apoios (ja’ gastou 350 Milhões de dólares) e o Trump vai atropelar todos. Análise ruim do articulista.

  7. Só incautos ouvem,campanha após campanha,esse cara!!! Ideias ultrapassadas daqueles livros que encantam adolescentes. Não vejo a hora do RETIRED dele da política americana Esse é um oponente fácil pra qquer um candidato

    1. Caro Gunther, obrigado pela sugestão. Já li o artigo, com o qual discordo, tanto nas premissas, como na lógica. Há inúmeras variáveis que interferem na economia e na sociedade europeia. Mas o próprio artigo cita Sociais-Democracias que funcionam, como Suécia e Dinamarca. Basta evitar excessos e distorções, mas o Bem Estar Social como ideia é uma conquista civilizatória. Sugiro o documentário “O Invasor Americano” de Michael Moore, da Netflix, em especial a entrevista com os donos da Ducati.

    2. sobre estado de bem estar: https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2724

    3. George Buster, quem ataca e ofende é você, mas aí pode, né? Cansei de ser xingado aqui por bestas como você. Apenas reajo à altura. Quem monopoliza é você, com comentários quilométricos e idiotas. Pare de dar uma de censor e debata ideias. Agora justiça social é coisa de nazista? Inteligentinho para mim é elogio, já você é burrinho, limitadinho. Só quer ouvir o que agrada. Vá plantar batata, rapaz!

    4. Lá vem este Eduardo novamente, o dono da sessão comentários. O cara ataca e ofende qualquer um que não pensa do jeito que ele quer. É o típico "inteligentinho", um petéba arrependido. Mas não adianta, a alma continua sendo petéba. O esquerdista socialista Hitler também atacava os mais ricos, atacava o capitalismo dos EUA e da Inglaterra, defendia a "classe operária explorada pela burguesia", era simpatizante de sindicatos, culpava os mais ricos pela pobreza etc.

    5. Saúde e educação gratuita, taxação de grandes fortunas... Ideias antiquadas? Só porque você quer. Nada é mais moderno que a Social-Democracia e o Estado de Bem Estar Social. Quer se matar de trabalhar para enriquecer os outros? Volte ao século XVIII. Fique à vontade.

  8. 🇧🇷 Socialista não passa de um comunista ☭ enrustido. 🇧🇷 Socialismo é o primeiro passo para miséria de um povo.

  9. Vive no bem bom de um sistema capitalista e quer fazer devaneios que nem deus Cumpanheiros da América Latrina.... É incrível como essa turma adora estragar a vida.. Vai dar SUS pra todo mundo?? Espero que não se espelhe na visão de mal estar brasileira...

  10. Ponto de ordem: o 538 não é mais vinculado ao NY Times desde 2013. Ele foi comprado pela Disney e agora faz parte do grupo da ABC

  11. Acho que o candidato do PT americano será o Pete Butt-não-se-o-quê, afinal como já estão dizendo alguns "progressistas": será o primeiro presidente gay. Isso é o tipo de coisa que empolga a esquerdalha.

    1. Qualquer um pode derrotar o Trump, principalmente se for o PB. Mas o Trump está torcendo para que seja o Sanders, pois aí é garantia de reeleição.

  12. Sanders deve ter sofrido muito bullying na escola. Como todo o socialista caviar, (ele é rico e aplicador na Bolsa) ele sabe que, enquanto os "capitalistas burgueses" tiverem a bolsa farta e os pobres um dólar ao menos, o socialismo sobreviverá. Depois, a utopia acaba, pois acaba o dinheiro dos que trabalham para manter os hipócritas sanguessugas no poder. O democrata ensandecido e radical só tem um projeto de poder pessoal, mais nada. Não lembra alguém mais ao Sul do Continente?...

  13. A cada dia + jovens doutrinados por professores esquerdistas, também nos EUA, mas nenhum quer saber de morar em Cuba, Coreia do Norte ou Venezuela. O Sanders é + 1 engodo socialista. Será que abre mão dos direitos autorais dos seus livros e do seu salário na política?. CLARO QUE NÃO. Juntou alguns milhões de dólares, nesse processo de doutrinação.

    1. A cúpula militar americana, muito mais radical no quesito anti socialistas, não vai aceitar jamais um psicopata como este no Poder, que não tem as mínimas condições de defender os interesses americanos. Esta cúpula militar vai pressionar muito os Democratas. E se considerarmos o efetivo militar, somando os da ativa e os reservistas, ultrapassa os 20 milhões. Considere estes e os seus familiares próximos, que carregam também um espírito militar muito enraizado. Sem chances para o Sanders.

  14. As chances do Trump ganhar aumentaram exponencialmente, caso seja confirmada a candidatura deste psicopata Sanders. Uma considerável parcela dos Democratas não suporta este psicopata, cujas intenções e perfil são anti patrióticas. Os radicais islâmicos, os foras da Lei e os invasores que querem entrar de qualquer jeito nos EUA, estão torcendo para o Sanders.

    1. Seu comentário certeiro merece aplausos. Sanders como todo esquerdista caviar, ganhou milhões de dólares c/ a edição dos seus livros e ñ os doou p/ caridade, nem o seu salário na política. É outro imbecil que cativa o eleitorado jovem de esquerda, c/ IPHONE 11, já aguardando o 12.

    1. Só aplaudi-lo. Ps. O Sanders pensa em doar à caridade, o dinheiro que ganhou c/ os seus livros e na política?. HIPÓCRITA e MENTIROSO como qualquer esquerdista, só ñ sei se é preguiçoso, a tríade que forma o comunismo.

  15. O problema do Sanders não tem nada a ver com marxismo, mas sim a falta de bases claras de seu programa e o foco em medidas populistas que não se sustentam a longo prazo, como taxação de grandes fortunas. Isso pode levar a um governo estilo o petista no Brasil, cujo grande problema foi manter a popularidade através de distribuição sem critério de benefícios, desde os mais pobres até os grandes empresários, sufocando a economia independente do governo.

    1. Gildo, leia as críticas aos meus comentários antes de falar besteira. Eu sou sempre ofendido primeiro. E de forma muito pior. O Jorjão, por exemplo, me chamou de retardado. Isso não te incomoda, né? Vira homem e seja honesto. E jornalista não precisa de baba-ovo. Eles são grandinhos e sabem se virar.

    2. Tenho observado os comentários e esse Eduardo é um mal educado contumaz. Não traz nenhum dado comprovado, só afirma baboseiras a favor do socialismo/comunismo. E xinga, xinga muito quem discorda com ele. Já começa suas críticas xingando o jornalista da matéria. Depois, se contestado, faz o que fez abaixo, chama de burro, de anta, quem não o ofendeu, apenas classificou suas idiotices. Lamentável.Deve ser pago pela esquerda caviar.

    3. George, tu é burro? Não viu que quem agrediu foi o Jorjão bobão é que eu apenas retruquei? Não sabe ler, anta?

    4. Notem que este Eduardo é um "petéba arrependido", mas a alma petéba ainda não saiu dele. O bicho ataca e ofende as pessoas aqui quando não pensam do jeito que ele quer e defende. É o típico "esquerdista tupiniquim" que se acha inteligentinho. Mas dizer o quê para um cara que afirma que Alemanha não é capitalista, o bicho fala que é uma "social democracia" ahahahahaha. O mesmo ele diz para os países nórdicos, só porque o serv. público básico é igual para todos. Um sem noção.

    5. Jorjão, tente usar o cérebro, se é que você tem um. Tente argumentar e não apenas ofender. Pela minha experiência, quanto maior a agressividade, menor a capacidade cognitiva. Sabe quem é assim? A Dilma, vejam só. Você é uma Dilma de calças.

    6. Quando não é Jose o oligão, temos que aturar Eduardo o abobado da enchente. Vai trabalhar e estudar um pouco, rato de mortadela. Socialismo é todo ele parasitário que nem você, retardado.

    7. Fernando, até pouco tempo atrás, a alíquota máxima de imposto nos EUA era de 45%. Isso já é taxação de grandes fortunas e nunca atrapalhou a economia americana. Além disso, saúde e educação gratuita são oferecidos por grandes países capitalistas, sem problema algum. As propostas de Sanders nada têm de populistas. São propostas de interesse do cidadão comum, perfeitamente exequíveis na maior economia do mundo. É só reduzir as despesas com defesa que sobra dinheiro.

  16. Inacreditavel!!!! Em 2020 ainda tem gente que acredita em socialismo nórdico! NÃO EXISTE SOCIALISMO E LIBERDADE, NÃO EXISTE! Uma coisa anula a outra! Tá difícil de entender isso?

    1. Leão, desista, os caras não entendem que há mais de um tipo de socialismo no mundo. Há o socialismo democrático europeu e o totalitário, leninista ou soviético. É muito para o cérebro deles. E o ponto nem era esse, mas sim o candidato democrata e suas propostas de governo e o cara fica enchendo o saco falando do “socialismo nórdico”.

    2. George, a grande diferença, que vc não leva em conta é que nos países nórdicos, os "pobres" tem muito mais oportunidades para se tornarem ricos, já que tem direitos básicos (saúde, educação, lazer etc) assegurados pelo Estado de bem estar social. Bem diferente do Brasil, onde 50 milhões são miseráveis desamparados.

    3. Esquerdolixos tupiniquins ainda vivem na ilusão que num país aonde tudo funciona, e que eles chamam de "socialismo nórdico", eles vão encontrar aqueles lixos de carros das décadas de 40 e 50 que existem em Cuba, por exemplo. Mas logo se deparam com um Aston Martin aqui, outro ali, vários MB AMG 's , mulheres com bolsas Hermès ("que, dependendo, custam de 2 a 3 salários de um trabalhador médio da Dinamarca"), restaurantes cujo couvert bem simples custa mais de 50 euros etc etc. Eles sofrem.

    4. Os esquerdolixos tupiniquins, especialmente aqueles mai sucedidos, quando chegam num país nórdico, na ilusão que vai viver um "socialismo" (ahaha), em pouco tempo vai voltar a brotar aquela inveja ao ver aqueles que têm coisas que eles não podem ter. Não adianta, estudam cursos cocébas, que não levam a nada, fáceis de passar, e depois ficam com inveja do bem sucedido médico, engenheiro, advogado, empresário, analista de mercado financeiro etc. Em qualquer lugar, sempre vão odiar a tal burguesia.

    5. Exatamente Rafael. Eu conheço bem a Europa Ocidental e o "socialismo nórdico", que a esquerdalha tupiniquim tanto vomita sem saber, ainda é um puro capitalismo. Por exemplo, a Dinamarca, onde morei 01 ano. Tem saúde, educação, segurança, saneamento e outros servs. públicos iguais para todos??? Claro, e isto é ótimo!!! Mas a pessoa, que fica bem sucedida$$$, pode usufruir do que o seu money pode comprar... carros caros, residência maior e melhor localizada, frequentar restaurantes mais caros etc.

    6. Não sou eu que falo em socialismo nórdico mas a extrema-direita que vê no Estado de Bem Estar Social, coisa do diabo comunista. E em socialismo francês, português ou espanhol, pode falar? E a Social-Democracia Alemã, não é democrática. Não seja bitolado, não tente impor, de forma malandra, seu ponto de vista.

  17. Duda Teixeira é mais um ignorante ideológico. Não acredita em “socialismo democrático” desprezando experiências de sucesso em vários países europeus. Acha que um membro da elite não pode lutar contra essa mesma elite, sendo que todos os líderes revolucionários da história, como Gandhi, Mao etc. saíram da elite. E critica o fornecimento de serviços gratuitos pelo estado com o surrado argumento de que “não há almoço grátis”, desprezando, também, países capitalistas como Inglaterra,França e Canadá.

    1. Ou seja, meu amigo, você me chama daquilo que é, me acusa daquilo que faz, não tem argumentos, dados, fatos ou fontes que embasem suas opiniões. E quando os tem não consegue compreendê-los. Mas é para isso que estou aqui amigo, para, dentro de meus limites, educar, informar desmistificar e esclarecer, para que você não se torne presa fácil de jornalistas sem caráter.

    2. Continuação... “Sobre o socialismo democrático ser uma camuflagem para a ditadura do partido único”, aí não é nem achismo, é uma tremenda sandice que despreza a realidade dos recentes governos socialistas de Portugal, Espanha e França; e a Social-Democracia alemã, que governou a Alemanha de 1998 até pouco tempo atrás. Ninguém falou em UK, nunca pesquisei o socialismo na Inglaterra mas, sobre a Alemanha, o fato de ser parlamentarista em nada impede o governo de maioria ou viés socialista. Cont...

    3. Vamos lá Raul, aos meus achismos. Mao Tsé Tung, à época da guerra de libertação já não catava sacos há muito tempo. Universitário, estudante de Filosofia e Pedagogia, era líder do Partido Comunista Chinês, ou seja, era da elite chinesa. Gandhi era advogado, o que para a Índia daquele tempo, era também elite. Não precisava ser um Kakay para ser elite. Mas o problema é que você não sabe o significado da palavra elite. E fica me enchendo o saco. Continua...

    4. Seus fatos são meros achismos. Socialismo democrático é a camuflagem da ditadura do partido único. O que dá estabilidade à Alemanha, p. ex. e ao próprio UK é o sistema parlamentarista; "puro" entre os britânicos e reapelidado entre os alemães, com a figura do chanceler.Mao não saiu da elite coisa alguma. Era ensacador de alimentos. Gandhi era um advogado obscuro. E mesmo que o jornalista minta, que não é o caso, não lhe dá direito a ofendê-lo. Mas para um mal educado e arrogante dá.

    5. Raul, ao invés de ficar com duelo de narrativa vamos ao que interessa. Questionei pontos do artigo com fatos, argumentos e exemplos concretos. Demonstre as inverdades de meu comentário. Para mim, um jornalista que distorce, mente e desinforma ofende seus leitores. Então, quem ofendeu primeiro?

    6. Não mesmo Eduardo! Você é quem primeiro ofende. Você atira ao vento supostas verdades - muito supostas - repete-as exaustivamente, mas sem citar dados, fontes nem sequer exemplificar com resultados, apenas opiniões. E ao tempo, xinga quem não pensa da mesma forma, como está fazendo com Duda Teixeira da Crusoé. Sua defesa irreal do socialismo "benéfico" (sonho) e seu ataque emocional e ensandecido a Trump, denotam, ou um objetivo para o qual é pago, uma desinformação planejada. Ou só leviandade.

    7. Jorjão, parafraseando Moro: “você não tem dados, não tem argumentos, só ofensas. Você é um desqualificado para a função...” de leitor/comentarista da Crusoé.

    8. O abobalhado pensa que é dono deste espaço para bostejar suas imbecilidades.

  18. Uma das mais importantes evidências de que o capitalismo americano é próspero, fato não enxergado pelos neo socialistas e pobres conformados, é o fato de milhões de imigrantes, vivendo à margem da cidadania plena (porque ilegais), conseguem ser relativamente prósperos e viver bem, pagando suas contas, como aluguel, telefone, internet, adquirindo bens, etc.

    1. IAS, obrigado pela gentileza, mas EUA e Venezuela, além de serem incomparáveis sob qualquer critério, não são as únicas opções que existem. Bernie Sanders, assim como eu, defende o a social-democracia ou socialismo democrático, sistema que deu muito certo na Europa. O candidato democrata, ao contrário da narrativa desonesta de muitos, nada tem contra a economia de mercado ou o capitalismo.

    2. Entendo seu ponto de vista Eduardo, mas vamos ser pragmáticos e voltar alguns anos atrás para comparar dois países prósperos na economia de mercado, os caminhos econômicos e ideológicos adotados por ambos, e os resultados advindos destas escolhas. Sabendo que você é um cara inteligente, saberá logo a resposta: EUA e VENEZUELA. No segundo país, hoje, nem as migalhas sobram para a sua população. Está tudo confiscado pela elite. As 'migalhas' americanas estão properando muitos venezuelanos.

    3. Mas a tendência, observada por muitos, é de aumento de miseráveis, da concentração de renda e da desigualdade. Ninguém gera riqueza como os EUA, mas a maioria fica com as migalhas.

  19. Nada de novo, lá como cá. A me lembrar da opinião de minha muito sábia e saudosa avó, sobre a diferença entre um político e seu discurso: “Por fora bela viola, por dentro pão bolorento”.

  20. Socialismo nos EUA é igual água na lua, não combina e não existe. Os EUA, q tantos bens oferece à humanidade, deve se orgulhar d sua história, mesmo com nódoas, e não seguir lunáticos aproveitadores

    1. Lamento informar: não dessa vez mas tal qual é impossível jogar a água da cachoeira pra cima não há chance de os USA não terem futuramente um governo socialista. Como em todo o resto do mundo onde já não existe. Não é o caso do Brasil, pois, aqui o socialismo já domina

  21. É inacreditável o nível de ignorância dos comentários. Há inúmeros casos de países ricos e bem sucedidos governados por socialistas. Socialismo e democracia podem conviver perfeitamente. É a tal Social-Democracia que muita gente desconhece, mas abomina. Nos EUA há cada vez mais desigualdade e concentração de renda. É isso que o “bicho papão” Sanders combate. Ele apenas defende que o governo deixe de trabalhar apenas para o 1% mais rico e aja em prol de todos. Só isso.

    1. É Rafael, não dá para chegar a um acordo quando cada um tem um conceito diferente de socialismo. Defendo o socialismo praticado em países europeus e proposto por Bernie Sanders, ou seja, o socialismo democrático ou Social-Democracia e não o modelo soviético. Mas vocês fingem que só existe um tipo de socialismo. Aí fica difícil.

    2. Socialismo é um coisa, liberdade econômica é outra. Não existe convivência harmoniosa coisa nenhuma. Isso é conversinha pra universitário rebelde. O próprio presidente da Dinamarca já respondeu Bernie Sanders: "Eu sei que algumas pessoas nos Estados Unidos associam o modelo nórdico a algum tipo de socialismo, mas eu gostaria de deixa uma coisa clara: A Dinamarca está longe de ser uma economia socialista planificada. A Dinamarca é uma economia de mercado.”

    3. João e Guilherme, Muita gente também quer ir para a França, Alemanha, Portugal e Espanha, países governados por décadas, por socialistas. Muitos dizem que países nórdicos com elevadíssimo IDH, têm políticas socialistas. Socialismo, hoje em dia, não é mais aquela fase de transição para o comunismo que aprendemos na escola, mas regimes democráticos não só na política como na economia. Hoje o socialismo se caracteriza pela defesa do Estado como agente de justiça social e não de concentração de $.

    4. Eduardo, o mais engraçado no seu comentário é que a maioria das pessoas que querem melhorar de vida, seja economicamente, profissionalmente, estudando, só pensa em ir para os EUA, não vejo movimentos para Cuba, Venezuela, Paris e outros. A durabilidade de uma social-democracia depende, majoritariamente, de dois fatores: tanto a tributação quanto a taxa de fecundidade têm de ser crescentes.A tributação tem de ser crescente porque os gastos sociais são crescentes! Se cresce e ñ tem quem pague tax?

    5. Gostaria de saber também quais foram os países que adotaram a taxação de grandes fortunas e obtiveram êxito, talvez eu mude meu conceito.

    6. Eduardo, é fato incontroverso que o socialismo (comunismo nunca existiu na prática) não deu certo em lugar nenhum do planeta terra. O socialismo não combina com democracia uma vez que Marx preconizava sempre partido único, logo ele era contra eleição que é uma característica da democracia.

  22. Uma pena !! Este lixo que é a ideologia revolucionaria está em todos os rincões como ferrugem a corroer o bem e a virtude em prol da barbárie e da destruição sob o pretexto de eliminar a insjustiça social.

  23. desejo que os americanos do norte acordem para o GRAVE RISCO que representa o SOCIALISMO , que DESTROI TODOS OS PAISES onde é implantado !!! SOCIALISMO é bom para os preguiçosos que conseguem TUDO às custas de quem trabalha, através da NEFASTA "distribuição de renda" !!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO