Divulgação"O papa tem um histórico de aproximação com os líderes populistas de esquerda da América Latina"

O papa e os populistas

Estudioso da relação da Igreja com a política, o liberal chileno Axel Kaiser diz que Francisco comunga das ideias dos convidados esquerdistas que recebe no Vaticano e tem aversão ao capitalismo
28.02.20

Professor visitante da Hoover Institution, um think tank da Universidade Stanford, nos Estados Unidos, o chileno Axel Kaiser, de 38 anos, foi surpreendido nos últimos dias com pichações em muros do Chile. Frases com os dizeres “Mais Axel Kaiser, menos Marx” começaram a aparecer em cidades do sul do país e fotos foram compartilhadas na internet.

Para ele, os autores das frases provavelmente são jovens que foram influenciados por seus livros e pelos cursos que tem dado em escolas e via redes sociais. “Nós criamos um movimento de pessoas que abraçam a liberdade e não querem o autoritarismo nem a demagogia populista de esquerda ou de direita”, diz Kaiser, que é formado em direito no Chile, tem mestrado em estudos americanos e concluiu doutorado em filosofia na Alemanha.

Coautor do livro O Embuste Populista, que escreveu com a guatemalteca Gloria Álvarez, ele dedicou um capítulo ao papa Francisco nessa obra. O pontífice também foi tema de outro livro de Kaiser, lançado em 2017, chamado O papa e o capitalismo: um diálogo necessário. Segundo ele, Francisco escolhe seus convidados, incluindo Lula, pela ideologia. “O papa tem um histórico de aproximação com os líderes populistas de esquerda da América Latina. Eles têm as mesmas ideias”, diz.

Nesta entrevista a Crusoé, além de falar sobre o papa, Kaiser comentou as manifestações em seu país, que já duram quatro meses. Para ele, a origem dos protestos está nas reformas da ex-presidente Michelle Bachelet, que elevaram os impostos e reduziram o crescimento econômico. Uma nova Constituição, cuja convocação será levada a um plebiscito em abril, só pioraria as coisas. “Estou extraordinariamente pessimista.”

O papa Francisco recebeu Lula no Vaticano. Isso o surpreende?
Não. O papa tem um histórico de aproximação com os líderes populistas de esquerda da América Latina. Eles têm as mesmas ideias. Francisco não se importa se o convidado foi acusado de corrupção, tanto que a argentina Cristina Kirchner também se encontrou com ele. Em 2015, ele recebeu até o cubano Raúl Castro. O ditador comunista saiu do encontro dizendo que, se o papa continuasse falando do mesmo jeito, ele voltaria a rezar e regressaria à Igreja. Francisco esteve ainda na Bolívia, para ver Evo Morales. Vários ativistas radicais da Argentina também já conversaram com ele no Vaticano.

Mas ele também recebeu o ex-presidente argentino Mauricio Macri, de direita.
Francisco, que também é argentino, nem sequer ligou para Macri, para parabenizá-lo por sua eleição em 2015. Ele esteve com o ex-presidente apenas 22 minutos na biblioteca do Vaticano. No encontro com Cristina, ele a convidou para uma refeição, e ela permaneceu em sua residência por várias horas. O papa não tem a mesma relação com as pessoas de direita. Isso é evidente.

Qual é o impacto que essas atitudes do papa têm nos países da América Latina?
O papa é uma figura influente, poderosa. Muitos fiéis católicos acham suas ideias relevantes. Francisco tem disseminado um discurso ideológico de ressentimento, de luta de classes e contra o capitalismo, que tem causado muito dano para a América Latina.

A Igreja Católica sempre foi contra o capitalismo?
Não. A Igreja tem uma tradição intelectual a favor do mercado. Foram padres espanhóis que lançaram as bases do liberalismo econômico moderno. O jesuíta Juan de Mariana (1536-1624) foi uma das figuras mais relevantes nesse sentido. Ele dizia que os funcionários do estado buscavam melhorar seu patrimônio à custa dos demais. Para tanto, eles se esforçavam em aumentar o poder do rei, ou seja, do próprio estado. A recomendação de Mariana era a de que se buscasse um príncipe que, tendo eliminado todas as despesas supérfluas, diminuísse os impostos. Além de Juan de Mariana, vários sacerdotes intelectuais desenvolveram muitas ideias da economia moderna. Eles acreditavam que o mercado funcionando com liberdade gerava mais bem-estar social para a população.

Como isso se perdeu?
A tradição libertária lamentavelmente foi sendo esquecida. O papa Leão XII (1810-1903) e, especialmente, o papa Pio XI (1857-1939) inauguraram uma tradição de desconfiança frente ao mercado e ao liberalismo, embora defendessem a propriedade privada e condenassem o socialismo marxista. Os papas João Paulo II e Bento XVI seguiram uma linha mais tolerante com o capitalismo. Eles não deixaram de fazer críticas, mas tinham uma visão mais favorável. Foi o capitalismo, afinal, que mais tirou pessoas da pobreza e mais ajudou a preservar o meio ambiente. Francisco rompeu totalmente com isso. Ele assumiu uma postura muito radical e pouco fundamentada. É o papa mais agressivo com o capitalismo.

DivulgaçãoDivulgação“Francisco tem disseminado um discurso ideológico de ressentimento, de luta de classes e contra o capitalismo”
A crítica do papa ao capitalismo perpassa a sua defesa do meio ambiente?
Francisco está legitimamente preocupado com a natureza, assim como muita gente. Mas ele não estudou o assunto a fundo e diz coisas exageradas, histéricas. Ele fala muito da cultura do descarte. Diz que as pessoas são descartadas assim como os bens de consumo no sistema industrial de produção, que é o capitalismo. É claro que ele se refere à economia de mercado e ao liberalismo econômico.

O papa já condenou o socialismo, o ditador Nicolás Maduro ou a ditadura cubana?
Nunca vi Francisco condenando o socialismo ou as ditaduras latino-americanas. Desconheço qualquer declaração desse tipo. Em 2016, ele chegou a dizer que são os comunistas os que pensam como os verdadeiros cristãos. Ele disse isso literalmente. Seria uma surpresa para mim se ele, sendo tão condescendente e favorável com pessoas de esquerda, emitisse uma declaração censurando regimes autoritários da região.

O Vaticano atuou como mediador nas negociações entre a ditadura de Maduro e a oposição. Ele teve algum sucesso?
Nenhum. A participação do Vaticano só serviu para que a ditadura de Maduro ganhasse legitimidade e tempo em momentos cruciais. A mediação do Vaticano tem sido um fator muito negativo na crise venezuelana. Muito negativo. Não consigo ver o Vaticano exigindo concessões reais desses líderes de esquerda, para restabelecer a democracia e os direitos individuais. Não vejo como a Igreja possa dar qualquer contribuição positiva para a cidadania.

O papa é populista?
Ele tem ideias clássicas do populismo latino-americano. É peronista. Foi muito influenciado por essa doutrina. E o peronismo é o populismo mais emblemático na região. Além disso, ele foi um seguidor da Teologia do Povo, a versão argentina da Teologia da Libertação que nasceu logo depois do Concílio Vaticano II, na década de 1960.

Qual é a relação entre essas duas correntes?
A Teologia do Povo é mais suave nos métodos que propõe para mudar a sociedade. Não defende a revolução e a luta armada como a Teologia da Libertação, mas tende a idealizar a pobreza. Os seus seguidores atribuem toda sorte de virtudes aos pobres, que eles chamam de povo. Enquanto isso, os poderosos e os ricos não têm nenhuma qualidade boa. São o que eles chamam de antipovo. A sociedade fica assim dividida em dois campos homogêneos e antagônicos: o povo puro e a elite corrupta. A Teologia do Povo acredita que existe um sistema social e estruturalmente injusto que precisa ser mudado.

“Ele (Francisco) foi um seguidor da Teologia do Povo, a versão argentina da Teologia da Libertação que nasceu logo depois do Concílio Vaticano II”
A Teologia do Povo distorce a doutrina católica?
A Teologia da Libertação, a Teologia do Povo e a ordem dos jesuítas nutrem a visão de que não é o comportamento individual que define se uma pessoa está ou não no caminho de Jesus Cristo. Para seus adeptos, não é o indivíduo que, exercendo o livre-arbítrio, escolhe entre o bem e o mal. Eles entendem que há uma dimensão anterior, que é a social. De alguma maneira, as estruturas sociais que eles consideram injustas impedem as pessoas de tomarem decisões livres. É essa a visão de Francisco e de muitos outros. Para eles, os verdadeiros pecadores são aqueles que mantêm essas estruturas. Os culpados são sempre os ricos e poderosos. Os demais, que podem cometer crimes ou delitos, são vistos até certo ponto como vítimas dessa estrutura social, da desigualdade, do mercado. Isso me parece muito subversivo. Até onde entendo a doutrina cristã, o livre-arbítrio é um patrimônio de todos os seres humanos, independente das nossas circunstâncias específicas. Para além da sua condição social, uma pessoa sempre tem a liberdade de escolher entre o bem ou mal. E isso está muito em sintonia com a filosofia liberal clássica.

Os protestos no Chile, que completaram quatro meses, são uma resposta à desigualdade, ao liberalismo ou aos planos de aposentadoria privados?
Tudo isso é falso. A desigualdade vem diminuindo desde os anos 1990 de maneira contundente. O Índice Gini (que mede o grau de desigualdade) caiu de 0,57 para 0,46. O Chile é menos desigual que Brasil, México, Paraguai, Costa Rica e Colômbia. Além disso, o Chile é o país com maior mobilidade social de todos os membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, a OCDE. É mais fácil um chileno que está entre os 25% mais pobres chegar ao estrato dos 25% mais ricos que um francês, um alemão, um austríaco ou um americano. A pobreza no Chile caiu de quase 50% nos anos 1990 para menos de 8% da população. É um recorde que nenhum país da América Latina exibe. E temos o melhor índice de desenvolvimento humano da região.

Qual é a razão dos protestos, então?
Ideologia. Há cerca de 20 anos, instalou-se uma narrativa segundo o qual o Chile era um inferno de desigualdade, de abuso, de injustiça social. Michelle Bachelet chegou ao governo para um segundo mandato e, em 2014, fez reformas que prejudicaram a economia e frustraram as pessoas. Ela subiu os impostos das empresas de 21% para 27%. As companhias chilenas hoje pagam mais taxas que as suecas. Bachelet também passou a impedir que os empresários descontassem do imposto pessoal o que eles já tinham pagado como acionistas ou donos de empresas. Com essa mudança, a taxa real efetiva que um empresário paga de imposto passou para quase 45%, o que é uma loucura. Para piorar, ela deixou tudo muito mais complexo, com normas difíceis de serem interpretadas. Foi uma reforma muito ideológica, que gerou caos. A economia, que antes crescia 5% ao ano, passou a crescer menos de 2% a partir de 2014. O investimento teve quatro anos seguidos de queda com Bachelet, o que não ocorria desde os anos 1960.

Qual foi o impacto disso na sociedade chilena?
Os salários pararam de aumentar, os empregos diminuíram e muitas pessoas começaram a trabalhar por conta própria. Sebastián Piñera, o atual presidente, prometeu tempos melhores. Mas ele não usou seu capital político para fazer as reformas necessárias e melhorar a situação da classe média.

Por que Piñera não o fez?
Um presidente liberal ou de direita naturalmente reduziria o tamanho do estado, baixaria os impostos, abriria os mercados, flexibilizaria o mercado de trabalho. Piñera não fez nada disso e fala muito em desigualdade. Ele diz que o estado precisa dar proteção social para a classe média. Nenhum presidente liberal falaria isso. Piñera, na verdade, é um social-democrata.

Piñera convocou um plebiscito para o dia 26 de abril, para decidir sobre uma nova Constituição. O que se pode esperar disso?
Nada de bom pode sair dessa Constituição. A América Latina é a região do mundo com a maior quantidade de constituições. Sempre que se mudam as leis, o resultado é um desastre. O Chile estava indo bem, só precisava de reformas pontuais. Mas o diagnóstico feito pelas pessoas foi muito equivocado. Uma nova Constituição deverá incluir ideias de esquerda, mais socialistas, que acabarão causando um enorme dano. Estou extraordinariamente pessimista.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Jorge Mário Bergóglio é comunista de carteirinha. Quando da visita de Macri ao Vaticano, Bergoglio deu um chá de cadeira vergonhoso,pra depois atendê-lo em 20 minutos. A derrota de Macri pra reeleição,tem a mãozinha do Sumo por trás,quem viver,um dia saberá.

  2. Portanto, o FATOR TRABALHO tinha muito mais RELEVÂNCIA na TAXA DE LUCRO do que a TECNOLOGIA, mas desde então esta RELAÇÃO se INVERTEU e se FIAR na EXPLORAÇÃO DA MÃO DE OBRA é só um ATALHO para a FALÊNCIA, pois em um SISTEMA COMPETITIVO, o VENCEDOR é quem dispuser da MELHOR TECNOLOGIA e MAIOR CONHECIMENTO.

  3. A PRÓPRIA TECNOLOGIA é uma PROVA de que nem toda RIQUEZA é FRUTO DA EXPLORAÇÃO, pois se ela GERA e CRIA RIQUEZA, isto AUTOMATICAMENTE INVALIDA o ARGUMENTO de que o LUCRO é FRUTO DA EXPLORAÇÃO DO TRABALHADOR. Até Marx, mesmo que de FORMA ENVIESADA, sabia disto. E em parte ele não estava TOTALMENTE ERRADO em dizer que o LUCRO era FRUTO DA EXPLORAÇÃO DOS TRABALHADORES. Há que se lembrar que na ÉPOCA dele o PROCESSO DE ACUMULAÇÃO DO CAPITAL só estava começando.

  4. Ao contrário dos ANIMAS na NATUREZA, o HOMEM não tem DESCULPA nem PERDÃO pq ele, além de ter CONSCIÊNCIA, tem condições de não RECORRER à RAPINAGEM. Agora, o DISCURSO de que TODO RICO é CORRUPTO e ESPOLIOU alguém é FALSO, pq dentro de uma LÓGICA PURAMENTE ECONÔMICA, se o LUCRO fosse só FRUTO DA EXPLORAÇÃO DO TRABALHO ALHEIO, não haveria AVANÇOS CIENTÍFICOS e TECNOLÓGICOS, seríamos como qq ANIMAL NA NATUREZA, tirando um dos outros sem nunca nos DESENVOLVERMOS ECONÔMICA e SOCIALMENTE.

  5. Deve-se ressaltar que CRISTIANISMO nada tem a ver com MERCADO, pois o BOM CRISTÃO é aquele que, diante da BONDADE e GRAÇA DIVINAS que lhe PERMITEM ter MAIS do que seus PARES MENOS AFORTUNADOS. deveria RETRIBUIR a BONDADE e GRAÇA DIVINAS com as quais ele foi AGRACIADO. Mas sendo o HOMEM um SER CORRUPTO, não só ele está INSATISFEITO com a BONDADE e GRAÇA obtidas, mas ainda quer TIRAR de seus PARES aquilo que é deles por DIREITO.

  6. IGREJA CATÓLICA e ESQUERDA são a MESMA COISA, elas FINGEM que DISCORDAM em um ou OUTRO ITEM, mas é só ESTRATÉGIA de DIVIDIR PARA CONQUISTAR. Como em uma DEMOCRACIA não se pode LUTAR CONTRA A NATUREZA e A REALIDADE sem APELAR para o POPULISMO, não é ATÍPICO que o Papa Francisco seja AFEITO a POPULISTAS e à ESQUERDA. Ele faz parte de uma INSTITUIÇÃO que antes da ESQUERDA existir já era de ESQUERDA.

  7. Não é basicamente isto que Darwin disse, que dadas as CONDIÇÕES AMBIENTAIS, alguns INDIVÍDUOS dentro de uma POPULAÇÃO (neste caso, de ANIMAIS) não serão MAIS "FAVORECIDOS"? Quem é que DETERMINA isto: os INDIVÍDUOS ou o AMBIENTE? Portanto, os VENCEDORES já estão DETERMINADOS e mesmo que a ESQUERDA (incluída IGREJA CATÓLICA) tente ALTERAR o RESULTADO, ela no MÁXIMO iria RETARDAR este ou FERRAR com TODO MUNDO. O que não raro ela faz?

  8. O PROBLEMA da IGREJA CATÓLICA e da ESQUERDA é a DIFICULDADE em aceitar a REALIDADE como ela é: a NATUREZA é CRUEL e não PRIVILEGIA todos com as MESMAS CONDIÇÕES. Mesmo que dois INDIVÍDUOS sejam COLOCADOS em CONDIÇÃO DE IGUALDADE, no LONGO PRAZO a TRAJETÓRIA e SUCESSO deles não são DETERMINADOS somente por FATORES ECONÔMICOS. Ou seja, se eles forem colocados para CONCORRER, aquele INDIVÍDUO mais CAPAZ e APTO se daria MELHOR que seu COLEGA.

  9. Nele VALE A LEI DA SELVA, SOBREVIVEM os MAIS FORTES e MAIS APTOS, não havendo LUGAR para os FRACOS, IGNORANTES, INCOMPETENTES, INAPTOS. É ÓBVIO que o MERCADO não BENEFICIA todos IGUALMENTE, pois há uma SÉRIE de CONDICIONANTES que estão além da VONTADE e ATITUDES dos INDIVÍDUOS, tal como FATORES BIOLÓGICOS, GEOGRÁFICOS, DEMOGRÁFICOS e SOCIAIS. E é exatamente aí que RESIDE o DIFERENCIAL do MERCADO na GERAÇÃO e CRIAÇÃO DE RIQUEZA, o que IMPORTA é o LUCRO.

  10. Se o PASSADO serve de LIÇÃO, a IGREJA CATÓLICA é de ESQUERDA DESDE SEMPRE. O PAPEL dela dentro do FEUDALISMO e do ABSOLUTISMO é o MESMO PAPEL da ESQUERDA dentro do CAPITALISMO: SOCORRER e CONFORTAR OS VULNERÁVEIS e NECESSITADOS. Claro que no MEIO DO CAMINHO o que não falta são ABUSADORES que se APROVEITAM da IGNORÂNCIA, NECESSIDADE e PRECARIEDADE daqueles que TEORICAMENTE deveriam ser PROTEGIDOS. O MERCADO vai na DIREÇÃO CONTRÁRIA do que a ESQUERDA PREGA (incluída a IGREJA CATÓLICA).

  11. Portanto, nada mais NATURAL que ambas façam o DISCURSO DO PADRE PEDÓFILO e se coloquem como DEFENSORAS DOS POBRES, pois é assim que colocam um CABRESTO NO POVO. O COMPORTAMENTO do Papa Francisco não é EXCLUSIVIDADE dele, mas PRODUTO DO MEIO no qual ele está INSERIDO, a CONDUTA dele é CONDIZENTE com o PASSADO da IGREJA CATÓLICA. O MUNDO mudou à REVELIA dela que, diante das RUPTURAS e REVOLUÇÕES SOCIAIS, se viu FORÇADA a se ADAPTAR A CONTRAGOSTO.

  12. Não que o CATOLICISMO e a ESQUERDA sejam a MESMA COISA, mas descendem da MESMA ÁRVORE. Inclusive, uma das TÁTICAS DA ESQUERDA adquiridas da IGREJA CATÓLICA não é o DISCURSO DO PADRE PEDÓFILO? Alguém já viu PADRE PEDÓFILO fazendo DISCURSO contra os POBRES, as MULHERES, as CRIANCINHAS, os IDOSOS, os DESVALIDOS, os PROLETÁRIOS, as MINORIAS? A TÁTICA é a MESMA, Quem quer ESCONDER suas INTENÇÕES, DISFARÇA o DISCURSO, IGREJA CATÓLICA e ESQUERDA DISPUTAM o mesmo PÚBLICO-ALVO.

  13. O PROTESTANTISMO não é CONSEQUÊNCIA da HIPOCRISIA da IGREJA? Na base da CONDENAÇÃO DA USURA não estava um SENTIMENTO ANTI-SEMITA, já que os JUDEUS desde antes do CRISTIANISMO já não eram conhecidos pela COBRANÇA DE JUROS? Os JUDEUS não tem um VÍNCULO NATURAL com o CAPITALISMO e o CAPITAL FINANCEIRO? Portanto, é SURPRESA que a IGREJA CATÓLICA tenha um PENDOR pelos DOGMAS e IDEOLOGIAS de ESQUERDA? Os DOGMAS e DOUTRINA CATÓLICA não são a FUNDAÇÃO dos DOGMAS e IDEOLOGIAS de ESQUERDA?

  14. A IGREJA CATÓLICA não era uma GRANDE SENHORA FEUDAL, sendo DONA de VASTAS EXTENSÕES de terra? Boa parte da FORTUNA que a IGREJA hj possui não é FRUTO DA EXPLORAÇÃO DE TRABALHOS FORÇADOS? A INQUISIÇÃO não foi uma RESPOSTA da IGREJA aos "HEREGES" que, diante da GANÂNCIA da IGREJA, ousavam QUESTIONAR os DOGMAS de uma INSTITUIÇÃO que CONDENAVA a USURA, mas tinha no COMÉRCIO DE ITENS RELIGIOSOS uma de suas GRANDES FONTES DE RENDA?

  15. Se o CAPITALISMO era a FORÇA DOMINANTE e completamente AVESSO aos DOGMAS e DOUTRINA CATÓLICA, restava o que à IGREJA? Não seria se AGARRAR ao SOCIALISMO, COMUNISMO e o MARXISMO? Ademais, há que se lembrar que a DOUTRINA CATÓLICA é essencialmente de ESQUERDA e a CONDENAÇÃO DA USURA era uma dos ESTANDARTE da IGREJA CATÓLICA na sua DEFESA DOS POBRES. Claro que errado era o COMERCIANTE COBRAR JUROS e OBTER LUCROS, mas não a IGREJA COLETAR TRIBUTO (ou algo similar).

  16. Aliás, sem o ESTADO, o que seria da IGREJA CATÓLICA hj? Diante deste RETROSPECTO, não seria NATURAL que a IGREJA CATÓLICA, após o FIM DO ABSOLUTISMO e a DISSEMINAÇÃO DA LAICIDADE, procurasse um NOVO MODO de continuar ASSOCIADA AO ESTADO? Além do mais, o MERCADO não seria um dos SOLAPADORES deste ARRANJO INSTITUCIONAL do qual a IGREJA CATÓLICA era um dos PILARES? Uma IGREJA ÓRFÃ do seu PAPEL NA SOCIEDADE faria o que? Não seria buscar RETOMÁ-LO sob OUTRA FORMA?

  17. A RELAÇÃO da IGREJA CATÓLICA com o ESTADO e a POLÍTICA não REMONTA ao IMPÉRIO ROMANO, quando o CRISTIANISMO se tornou a RELIGIÃO OFICIAL do IMPÉRIO? Ao longo da HISTÓRIA, este MÉTODO não se REPETIU, com a IGREJA se associando ao ESTADO, sobretudo no OCIDENTE? A IGREJA não era a BASE do ABSOLUTISMO, dando o SUPORTE DOGMÁTICO e RELIGIOSO? A IGREJA CATÓLICA não era uma das BENEFICIÁRIAS do ESTADO ABSOLUTISTA? Portanto, o ESTADO está no CERNE do que é a IGREJA CATÓLICA.

  18. Tem cara de humilde mas é um temível enganador(...) PAPA, significa pai dos pais, logo, pretensiosamente, (SUMO PONTIFICE), acima do próprio Deus(...) Nega tudo que caracteriza Deus, muito embora o confirme falsamente (...) É BOM LER O PAPA E O CONCILIO, tradução do grande RUI BARBOSA, para maior profundamento da verdade histórica do VATICANO.

  19. Admiro os católicos que, nos comentários abaixo, mantiveram a independência do senso crítico. Mencionei por alto a entrevista para um católico, que não teve a menor curiosidade em conversar sobre o assunto. Se fechou em absoluto silêncio ao ouvir algo negativo sobre o papa. Totalmente cego pelo dogma da infalibilidade do sucessor de Pedro. Uma pena...

  20. esse filho de Deus falou tudo que eu vejo nessa briga de ladrão x cidadão em nome da ideologia pode-se destruir qq país ou povo.

  21. Esperávamos bem mais do 1º Papa latino-americano... Está se saindo pior que um pároco mal preparado em uma republiqueta de bananas. Que pena! Entrevista excelente, Duda! Uma aula de história com um professor competente!

    1. E as indulgências , e a escravidão, queimar bruxas ... a IGREJA não pode ser confundida com as idéias tortas dos homem que estão à sua frente, mas como separar isto ...

  22. Igrejas!!!! A católica romana sempre esteve ao lado do capital apoiou os maiores sanguinários da história humana em nome do Senhor é hipócrita em sua origem.

    1. E as indulgências , e a escravidão, queimar bruxas ... a IGREJA não pode ser confundida com as idéias tortas dos homem que estão à sua frente, mas como separar isto ...

  23. Me pergunto com tanto socialismo papal,como ele distribui a riqueza da Igreja.Nós o povo de todos os continentes volta e meia ajudamos dentro das nossas posses ,África e outros povos em guerra,através das campanhas que se espalham pelo mundo.Só benzer e rezar é pura hipocrisia.Sou católica mas torço para esse papa ser deposto.

  24. Ótima entrevista, o entrevistado tem opiniões bem fundamentadas, lúcidas e com conhecimento do assunto. Felizmente minha fé está acima do Papa Francisco uma decepção imensa, ao receber com pompa e bajulação ditadores, políticos canalhas e corruptos, ele coloca sua ideologia torta, radical e viciada acima dos principios fundamentais para uma sociedade justa e decente, não roubar, não matar, não explorar o próximo

  25. Bela entrevista, opiniões bem fundamentadas, ainda que não se concorde com tudo. E o melhor: com dados pouco mencionados quando a mídia em geral aborda a questão do Chile.

  26. Esse papa está mais preocupado com os bilhões que esses esquerdopatas roubam do povo e depositam lá na Santa Sé , do que com os pobres coitados

  27. inadmissível um papa receber facínoras, ladrões do povo e safados em geral como se fossem herois ou bons ou importantes para o povo.Este papa está pisando na bola(para falar a linguagen dêle que gosta de futebol).É vergonhosa sua atitude e é por isto que a Igreja vai ladeira abaixo!

  28. Excelente entrevista, sou católica praticante, papas vem e papas vão a minha fé não será abalada. Respeito Papa Francisco mas não concordo com muitas de suas atitudes.

  29. Muito boa a matéria,quando é boa e bem feita elogio,sou católica,não gosto do Papa Francisco,tudo que penso o entrevistado falou ,excelente,aí que é jornalismo.

  30. Esse Papa argentino vai diminuir absurdamente o tamanho e a importância do catolicismo no mundo. O que se pode esperar de um Peronista?!

  31. brilhante posição, comungo o mesmo pensamento . Valorizar o trabalho, o mérito e esquecer está posição decadente esquerdista. O papa tem q se reciclar, o papo dele e bonitinho mas quem trabalha e faz as coisas acontecerem somos nós empreendedores q corremos o risco e acreditamos no progresso. Vai restar papa e Igreja, vcs já fizeram muita merda e produziram muitos tarados.

  32. Mais clareza nas colocações é impossível. Além de esclarecer os motivos reais que levaram o Chile a ter uma onda de protestos e a desnudar a cumplicidade da Igreja Católica para com criminosos.

    1. Sou católico mas nunca concordei com a visão torta da igreja que valoriza somente os pobres e desprezam os ricos, como se alcançar o sucesso fosse algo pecaminoso. O Papa precisa reciclar suas idéias e lembrar que a igreja não é composta só de pobres.

  33. Entrevista muito boa! Axel Kaiser revela ideias bastante arejadas e faz uma leitura direta e coerente da situação no Chile. A crise, de fato, é incompatível com a trajetória do país desde os anos 90. Fiquei interessado nas obras do autor.

  34. Um entrevistado que fala com propriedade, sem "achismos". Ótima escolha, Crusoé! Ratifico tudo o que ele propõe a respeito do Bergoglio.

  35. O papa é poderoso só para os imbecis que o têm como reptesentante do cristianismo/catolicismo. Ele não passa de um veículo de propaganda da esquerda e deve estar recebendo muito por isso, pois os esquetdistas/comunistas não têm religião, a religião deles é o dinheiro, muito dinheiro, no próprio bolso.

  36. Este Papa deve estar arrependido do que fez durante a ditadura na Argentina, onde colaborou com os militares, e com eliminação de pessoas, e agora vem se mostrando bonzinho. Tem muitos pecados à pagar.

    1. Isto mesmo, mas a maldita imprensa tendenciosa, nada comenta

  37. Se eu não me engano foi esse papa imbecil que disse, há alguns anos atrás, que a esquerda era ótima para acabar com a miséria e melhor ainda para manter o povo na pobreza, pois se tornava mais fácil de ser manipulado. Vejam só, a que nível chegou a hipocrisia desse argentino!

  38. Estive recentemente no Chile e fiquei impressionado com a insegurança que os chilenos estão demonstrando. Além da “tristeza” que os chilenos demonstravam, pude presenciar a balburdia que os mascarados ainda fazem na região central, inclusive extorquindo dinheiro dos motoristas nos semáforos, sempre com pedras na mão.

  39. Parabéns pela entrevista. Foi muito elucidativa Precisamos saber como funciona a cabeça de um "socialista" para lutarmos para que sejam extintos ou neutralizados

  40. A imagem deste Papa com os líderes esquerdistas dizem tudo. Assim, lamentavelmente a igreja católica começou há alguns anos perdendo fieis pelo mundo inteiro pelas tendencias comunistas. Ou já tinham na veia o sangue destes caras a maioria nunca percebeu...

  41. Esse papa (com p minúsculo) está dando a sua particular contribuição para afundar ainda mais a Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana. Aonde ja viu um papa peronista? De futuro, por que não um petista, então?

  42. Ora, vamos deixar de chorumelas. Esse papa aí nada mais é do que um picaretinha de uma seita decadente, que pulula de pedófilos, e como seu antecessor, apenas joga pra platéia. Essa organização empresarial, que é a igreja católica,perde terreno (mas preserva intacto seu fantástico patrimônio) a olhos vistos. Está nos seus estertores. Alvaro Costa (@brasília_urgente)

  43. Excelente entrevista com Axel Kaiser, um chileno quem tem muito a ensinar para os liberais brasileiros, principalmente pela sua sua visão prática e objetiva sobre aplicação do liberalismo na América Latina. Parabéns Crusoé. Olho nesse liberal Paulo Guedes.

  44. Gostei muito. Pelo que entendi o Papa Francisco e a Igreja Católica apoia os CORRUPTOS, LADROES E DITADORES, e justificativa é que a CULPA É DOS RICOS. Meu Deus se for isto ,realmente estamos no APOCALIPSE.

    1. Roberto, você está certíssimo a verdade é: O PAPA É COMUNISTA. Comunga com os governantes de extrema esquerda da América Latina, para eles manter a pobreza é crucial.

    2. Um Papa que escolhe Barrabás, então é o armagedon!!

  45. Então esta reportagem mostra que Brasil e Chile estão na mesma situação deixada por Governos anteriores e o PAPA em ?

  46. Coloco Hitler, lula e este maldito papa, no mesmo patamar de assassinatos da humanidade. O primeiro matou milhões e morreu. Os dois últimos continuam matando. Vamos ver se o corona vírus serve pra alguma coisa na Itália.

  47. EXCELENTE! A velha imprensa tem um medo mórbido de fazer qq crítica ao Papa e CNBB. Sou católica mas não aprovo esse ativismo político do atual papa.

  48. Por favor CRUSOÉ, envie esse artigo ao Papa e com todos os comentários. Quem sabe ele questione seu comportamento. Essa será uma atitude cristã.

  49. Exelente e esclarecedor artigo do preparado Axel Kaiser. Isto é jornalismo real. Abre as portas para o esclarecimento. Parabéns ao redator, entrevistador.

    1. Ocorre amigos, que para usufruir de um jardim colorido, agradável e benéfico (liberal e democrático) é preciso antes extirpar as ervas daninhas e os predadores, inimigos das boas flora e fauna. E essa limpeza não se faz sem sujar as mãos, enlamear os pés e arranhar o rosto. Caiam na real, numa guerra, primeiro se luta; ao vencer, se faz o rescaldo, o exaurimento da subjugação do inimigo e só depois se comemora e instala um novo governo.

    2. Assim penso também. E por pensar assim apanho dos dois lados.”seitas”...

  50. Muito clara a entrevista.. A questão do Chile é um exemplo de mal administração de quem sai do privado e vai para o público.. Zema,Doria,etc... Quanto ao sem vergonha do Papa sorte que Deus é Brasileiro..

  51. Otima a entrevista e o que precisamos para o nosso país também ideias claras e objetivas. Quanto ao Papa Deus sabe o que faz.

  52. O atual ocupante do "trono de Pedro" é de absoluta importância histórica, ao demonstrar, todo o tempo, o quanto um papa pode ser equivocado e com isso mandando a pretensa infalibilidade papal às cucuias. Aliás, seguindo essa vocação de expor a realidade, ele deveria manter o nome Jorge, o Bergoglio, não sacaneando com São Francisco, ao usar o nome de um dos maiores nomes da igreja.

  53. O papa comunga com bandidos, ladrões, entre eles a conterrânea Cristina e safado do Lula, um sujeito desse merece alguma confiança? De certa forma ele também é safado e o fato de ser papa não eleva o seu caráter.

  54. Excelente entrevista! O Papa não comunga das mesmas ideias que esses comunistas, é um comunista. O problema dos liberais é negligenciarem a relevância do mal, acabam sendo derrotados por não reagirem.

  55. Fiquei feliz ao ver Francisco ser elevado a Papa, mas aos poucos essa satisfação de ver um Papa de origem Jesuita, simples, humilde foi-se dissipando e hoje não o vejo mais como um bom homem, ao contrário, o vejo como um usurpador que usa seu prestígio para proteger quem quer que seja, sendo da Canhota. Triste vê-lo aos afagos com corruptos e assassinos como os Castros e outros. Que descanse logo para o bem do povo cristão e que seja substituído por alguém que, ao menos, tente ser neutro.

  56. Concordo plenamente com ele, esse papa é um fracasso, como pode ser contra o capital, se vive no luxo? Não cuida de seus fiéis e devia cuidar também da pedofilia na igreja, se mete com políticos encrencados e é um péssimo exemplo, pensando bem, que vá pro inferno!

  57. Francisco veio - entre tantas verdades ditas pelo entrevistado - deixar claro pra nós, católicos, que o papa, bispos e padres não nos lideram nem fortalecem nossa fé em Jesus Cristo e em Nossa Senhora. Ao contrário. Nossa fé não depende deles, mas continuará forte, apesar dos escândalos, da usura escancarada, do apoio a ideologias populistas e a corruptos.

    1. Depende sim. Sem eles, cristãos nunca prestariam culto à mãe bendita de Cristo Jesus, pois isso foi uma doutrina que até Santos como Agostinho e Atanásio jamais ensinaram.

  58. O papa comunista devia revelar ao mundo que os governos esquerdopatas escondem o faturamento da corrupção no Banco do Vaticano!!!!!

  59. O papa, com essas atitudes, vai afastar os fiéis de classe média e alta, mas não atrairá mais pessoas de classe C, pois estás já foram arrebanhadas pelas neopentecostais! Os jovens, sempre revolucionários, simpatizam com o Papa atual, mas não o suficiente pra frequentarem a igreja! Adeus dízimos!

    1. Acho é pouco. Eu há muito tempo não a frequento mais...

    2. Eis o busílis da Santa Madre Igreja: para além da pedofilia, enredou-se em sua própria narrativa esquerdopata.

  60. E a Bachelet vende a imagem de ser uma pessoa competente... os problemas do País parecem ter uma origem parecida ao dilmês...

  61. Papas corruptos e/ou imorais sempre foram a causa de cismas na igreja. O papa Francisco está perto de causar um grande cisma na igreja católica, lembrando que aqueles que saem quase sempre são mais católicos do que aqueles que ficam.

  62. O Papa está desrespeitando os 10 mandamentos com seus posicionamentos, será que sua Sua Santidade não sabe que corrupção mata exatamente o pobre? Ele está de acordo com roubo? Ainda bem que a Igreja de Cristo está acima desse Papa, ele é um homem e vai responder perante Deus por suas heresias

    1. Tá não. Daqui a pouco não tem mais ninguém frequentando a igreja... e aí?

  63. Impressionante, cristalino, límpido. O que ele fala desmente muita coisa e restabelece a verdade e dá aquela sensação: porque eu não percebi isto antes?

  64. O Papa simpatizar com ideias de esquerda é tolerável. Intolerável é o Papa fechar os olhos para a corrupção deslavada que é q marca de todos os lideres de esquerda populistas. Roubar é pecado grave e causa pobreza, desemprego, fome, doença e morte.

  65. Parabéns. Parabéns de novo D.Teixeira. Vc trouxe pra Crosue' um verdadeiro liberal e um dos mais honestos e competentespolitólogos latinoamericano. Conheço o Trabalho dele faz muitos anos( eu vivi na cidade onde ele nasceu por dez anos). 100% confiável tudo o que ele diz!

  66. O papa é simultaneamente chefe de Estado (o Vaticano é um país), chefe da Igreja Católica (escolhido no Conclave) e Vigário de Cristo (representante de Cristo). Francisco recebeu Lula recentemente. Cristo, vale lembrar, tinha uma predileção por pecadores públicos, haja vista Judas escolhido a dedo por Jesus e que o entregou pelo preço de um escravo. O Papa sabe exatamente o que fez Lula e os demais. Dessa forma, por representar Cristo, estar com os pecadores é função básica de qq papa.

    1. Estar com pecadores sim, Jesus esteve. Admoestou-os para que eles se arrependessem dos seus pecados. O que ficou evidente que não vai acontecer com Lula. Como o papa não é Jesus (único santo e perfeito), todo esse apoio a corruptos comunistas é natural, pois ele pensa e comunga da mesma ideologia dos esquerdopatas.

    1. Se ele correr do desafio é porque não sabe o que fala.

    2. Com certeza você tem muito mais embasamento sobre o assunto! Alô pessoal da Crusoé! Já temos o próximo entrevistado!

  67. Ele tem toda a razão, desnuda as boas intenções deste papa imbecil que já pode ser considerado um dos piores da igreja, desde Cesar Borgia. Joga o governo da incompetente populista Bachelet no lixo e atenta para os perigos de uma constituinte. Não nos esqueçamos que a famigerada constituição foi feita na sequência do regime militar, e deu no que deu: - um país ingovernável.

  68. Entrevistador e entrevistado estão de parabéns. As análises dos comportamentos papalinos e dos políticos do cone sul, frente às questões relevantes da igreja e dos países latinos, não brigam com os fatos e nos ajudam a entender como funciona a cabeça "imbrogliana".

  69. Excelente entrevista. Pra completar, leiam o livro citado “O engano populista” escrito por Axel Kaiser e Gloria Álvarez. GPS pra não enfiar um país na lama

  70. "São os comunistas os verdadeiros cristãos" (Sr. Bergoglio) - Uma Igreja decente já teria queimado esse batina preta na fogueira a muito tempo... (Sorry verdadeiros católicos).

    1. Essa extrema imprensa, toda alinhadinha com a esquerdominadora, nunca faz essa pergunta do aborto, ao correntino safado que se instalou em Roma e abençoa comunistas, corruptos, ditadores, genocidas e demais fauna. Protetor de pedófilos das igreja, já sabemos que é.

    2. Eu queria saber, do Papa, qto ao posicionamento dos comunistas (os verdadeiros cristãos, segundo ele) sobre o aborto!

  71. Excelente entrevista com Axel Kaiser.Desnuda com lucidez o momento atual, principalmente em relação ao comportamento do Papa Francisco que causa arrepio e afasta as pessoa da Igreja Católica.Aliado a ditadores e a corruptos descarados como Lula , e a um discurso de vitimização da pobreza ,explicam o vazio crescente das nossas igrejas.

  72. Eu não entendo o papa receber o Lula. Um politico corrupto, ladrão , onde suas ações calhordas ,levaram miséria a um povo, o recebe de braços abertos como um herói.

  73. As entrevistas tem sido o melhor que tenho encontrado na revista. Muito esclarecedora. Vocês poderiam ocupar mais espaço com materiais como esse.

  74. Excelente essa visão do Sr Axel Kaiser. Intelectuais dessa natureza é o que a América Latina precisa. Parabéns pela reportagem.

  75. Esse papa não me representa. Sou crítico dele. Fiz uma crítica a esse pontífice em meu livro: A CASCA DE NOZ EM VESTES DE ALGODÃO.

  76. Parece que alguns autores estão descobrindo o mito usado por Mises e companhia da escola austríaca, sobre a Igreja católica ser o nascer intelectual do liberalismo/anarcocapitalismo. Embora defendam o livre-mercado, os escolásticos de Salamanca jamais defenderiam a primazia do indivíduo sobre a primazia de nosso SENHOR. Coisa que o liberalismo, como pecado que é, faz em todos os aspectos da vida humana, inclusive na economia.

  77. Religião não combina com política, ciência, e ideologias. O Papa é humano, falível, corruptível, e pode ter suas posições pessoais, e políticas, corretas ou erradas, sem que isto se relacione à Religião.

    1. Concordo! O que chega para nós ,católicos praticantes ,são assuntos de ordem teológica e não política.

    2. O papa é, ao mesmo tempo, um homem de Estado e líder religioso. Suas opiniões não são como as minhas, vão influenciar muitos.

  78. Essa entrevista mostra muito bem o viés comunista do Papa Francisco e os péssimos resultados que os governos socialistas do Chile provocaram para a população. Muito esclarecedora, realmente.

  79. O comportamento desse Papa está enfraquecendo a Igreja Católica, que a cada dia perde muitos fiéis. É impossível confiar em quem tolera e afaga ditadores e criminosos.

  80. Eu sou católica. Mas nunca engoli esse Papa Francisco. Pra mim... o Papa do meu coração é o Joao Paulo II. Pronto, falei! Kkkk

  81. Ainda tinha alguma dúvida se o Papa estava entre a cruz e a jararaca. Hoje não tenho mais. Boa sorte católicos da América Latrina. Ótimo artigo! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼💯👌🏼

  82. A Igreja Católica sempre exigiu pobreza dos fiéis e condenava a riqueza, enquanto os Papas sentam em trono de ouro e usam roupas de ouro. A unica diferença é q o Francisco é franciscano, então pra ele todos devem ser pobres. É claro q ele veria no comunismo uma politica mais proxima das ideias dele. Porém, o nosso Estado é LAICO, e as pessoas devem aprender a separar politica de religião. O tribalismo e a falta de educação da nossa sociedade ainda faz as pessoas serem levadas por instituições

    1. Aiaiai... melhor ter internet e olhos vendo um monte de merda escrita do que ficar cego. Como é palpiteiro difamador!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO