Melhor não

17.01.20

Não é de hoje que delações premiadas com menção a magistrados encontram dificuldades para avançar. Por vezes, os obstáculos surgem até antes de os acordos serem firmados com os órgãos de investigação. Um caso atual da Lava Jato do Rio ilustra bem o problema. Preso por favorecer empresas de ônibus em laudos judiciais, um perito carioca decidiu que quer virar colaborador e, em reuniões à procura de um advogado para alinhavar o acordo, antecipou que pretende revelar o nome de juízes com os quais mantinha parceria. Tudo ficou mais difícil a partir daí. Até agora o perito não conseguiu um advogado. Os que foram consultados declinaram gentilmente o serviço, temendo arrumar inimizades com a turma da toga.

Sérgio Lima/FolhapressSérgio Lima/FolhapressA sede da PGR: em Brasília ou nos estados, delatar juízes é um problema

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esse talvez seja a parte mais difícil do combate a corrupção chegar aos bandidos de toga , os bons juízes que conseguem chegar a eles esbarram em todo tipo de dificuldade , do corporativismo até ameaças , e se continuar a termos bandidos intocáveis e protegidos pelo próprio judiciário e por leis feitas sob medida pra marginais grandes , nunca sairemos do esgoto de corrupção que viramos, e vamos continuar tendo toda a riqueza e a maior parte do nosso salário indo pra uma minoria de privilegiados

  2. Como há dúzia Rui Barbosa, a pior ditadura é a ditadura do judiciário. O país em que começar a se articular para acabar com isso.

  3. tem outra cocita: muita gente não quer que prova testemunhal tenha validade nos processos da lava-jato especificamente. Prestem atenção nisto.

    1. Sobre a Justiça ainda existe alguém tão inocente ??? Enquanto tivermos pessoas como os “indicados” para defender os corruptos e os q estão na defesa aguardando “indicação”, teremos Justiça ??? Já não temos esperança em Quase nada e ainda nos tiraram a Justiça. Qual a saída ???

  4. Que coisa, joga o podre na imprensa. Quero ver quem se sustenta, pense o quanto o Brasil vai crescer, não pense somente na vantagem que você iria adquirir. Pense num Brasil melhor.

  5. Esses ditos bacharéis, necessários a administração da Justiça (conforme CF/1988), são tão vermes quanto os que diz o perito querer acusar. Deviam ter sido ensinados pelos pais a ter firmeza de caráter, pois muitos fizeram suas graduações pagas pelo Estado. Hoje nem honram a toga que vestem, pois se omitem no dever constitucional. Tendem, pois, como os a serem delatados por sua representação jurídica imparcial e obrigatoria, desviar os olhos, as mãos e os bolsos, apenas para si. Eu delataria-os

    1. Com nome, prenome e OAB. Mas, não conseguem enganar ao SENHOR; um dia serão de qualquer modo chamados a prestar contas!

  6. Por aqui tudo caminha deste jeito mesmo. A turminha da toga intimida até o capeta. Com o aval de todos os cargos como Presidentes do Senado, Camara e algumas outras importantes, as barreiras para serem transpostas são impossíveis...

    1. Excelente sugestão. Precisa só viabilizar essa popssibilidade.

  7. "A grandeza de uma nação é diretamente proporcional à eficácia de sua JUSTIÇA" disse Adam Smith no século XVIII. Alguns aprenderam e são grandes, outros não querem ser grandes. A verdadeira Justiça precisa de Força, e a Constituição tem que garantir isto. Não sei para quê existe o Art.142, deviam retirá-lo de lá. "As raposas não legislam a favor das galinhas no galinheiro".

  8. Quando se quer entrar na Turma do bolinha, tem que ser convidado... Na força nada feito... Os pares de protegem! Isso é uma casta... STF, STJ, STE, OAB, Escritórios.... Isso é pior que sindicato...

  9. Aqui tem M da grossa. Vão mexer também? É todos os Rachid como vão ficar? Pau que quebra em Chico tem que quebrar em Francisco.

  10. Bom para um advogado que não iria mesmo decolar. Oportunidade de fazer um patrimoniozinho com um caso só. Depois muda de profissão.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO