Bruno Poletti/Folhapress

A vingança de Marcelo Odebrecht

O empreiteiro que fez a Lava Jato mudar de patamar conseguiu um troféu: a prisão do cunhado que virou seu arqui-inimigo. Agora, com sua ajuda, a operação pode chegar a segredos que os delatores da Odebrecht nunca contaram -- inclusive sobre o Judiciário
30.08.19

No auge das negociações do que à época era o maior acordo de colaboração com a Justiça já assinado no mundo, em outubro de 2016, o empresário Emílio Odebrecht alugou uma sala na cobertura do hotel Windsor, no Setor Hoteleiro Sul de Brasília, onde montou um escritório de crise para gerenciar a assinatura das 77 delações de seus executivos e o acordo de leniência de suas empresas. Enquanto analisava as propostas de penas e os benefícios oferecidos pela Procuradoria-Geral da República e definia os crimes a serem delatados, o patriarca da família dona da maior construtora da América Latina costumava comer sua salada caprese ao lado da filha, Mônica, do genro Maurício Ferro, vice-presidente jurídico do grupo, e de Newton Souza, então presidente da Odebrecht. A 1.400 quilômetros da sala bem arrumada e com buffet à vontade a partir da qual o patriarca guiava o acordo, Marcelo Odebecht, o herdeiro de Emílio, amargava havia mais de um de ano a prisão na carceragem da Polícia Federal de Curitiba. Comendo a quentinha servida pela PF e dividindo cela com outros criminosos, sem nenhuma mordomia como as de seus parentes bem acomodados no hotel da capital federal, Marcelo alimentava um ódio crescente por seus familiares. O motivo, dizem pessoas próximas a ele, era o sentimento de que havia sido abandonado. Afinal, era o único integrante da cúpula do conglomerado empresarial a estar preso e a assumir a maioria dos crimes cometidos pelo grupo criado por seu avô, Norberto Odebrecht.

A discrepância entre a situação dos quatro integrantes da cúpula da empreiteira – Emílio, Ferro, Souza e Mônica – e a de Marcelo resultou em uma briga familiar explosiva cujos desdobramentos nas últimas semanas trouxeram ainda mais problemas para o grupo. Ferro era visto como o fiel escudeiro de Marcelo e chegou a ser cotado por muitos para sucedê-lo no comando do grupo. A relação azedou, apurou Crusoé, entre julho e agosto de 2016, meses antes de a Odebrecht assinar seu acordo com a Justiça. O fato de Ferro ter ficado fora da lista de delatores foi um dos motivos, mas, segundo um ex-diretor da empresa, não seria apenas isso. “Há algo que só os dois sabem, porque foi uma mudança muito rápida, de um dia para o outro Marcelo passou a vê-lo como um inimigo”, conta.

A situação piorou ainda mais quando Marcelo deixou a carceragem da PF e foi para a prisão domiciliar. Foi quando ele teve acesso ao seu antigo computador e passou a pesquisar em seu banco de dados que guardava mais de 1 milhão de mensagens trocadas com outros executivos do grupo. Parte delas foi utilizada pelos investigadores para mostrar a participação de Ferro, o cunhado de Marcelo que virou seu inimigo figadal, em crimes que ainda não tinham sido devidamente mapeados. Em casa, o empreiteiro estabeleceu uma rotina para não deixar passar nada de importante. A partir de suas pesquisas minuciosas, ele separava o que considerava ser importante e, em seguida, enviava tudo para seus advogados, Eduardo Sanz e Nabor Bulhões. Os dados eram transformado em relatórios e encaminhados aos investigadores de Curitiba e de Brasília.

De Ferro para Serson: 2 milhões de reais por “serviços prestados” após “decisão favorável do STJ”
Antes um inimigo declarado da operação, Marcelo se transformou, literalmente, em um colaborador a fornecer informações a serem utilizadas nos inquéritos em curso. As investidas de Marcelo contra seu cunhado levaram a Polícia Federal e o Ministério Público a mirar as digitais da atuação de Ferro em crimes delatados pela empreiteira. Também como consequência da colaboração extra de Marcelo, a própria empreiteira e outras empresas do grupo foram obrigadas a conduzir investigações internas para apurar possíveis crimes. Uma dessas apurações, feita por um escritório de advocacia a pedido da Braskem, petroquímica do grupo em sociedade com a Petrobras, serviu como elemento para os pedidos de prisão da Carbonara Chimica, a 63ª fase da Lava Jato, deflagrada na quarta-feira, 21. Marcelo finalmente tinha conquistado seu troféu: entre os presos estavam Ferro, o cunhado dele, e o advogado Nilton Serson. Além de sacramentar a divisão interna na família Odebrecht, o avanço dos investigadores na direção de Ferro poderá transformar uma briga entre cunhados em uma frente de apuração sobre a atuação do ex-vice-presidente jurídico da empreiteira e de seu amigo Serson em processos milionários que tramitaram nas cortes de Brasília.

O caminho que pode levar a Odebrecht a explicar suas relações com o Judiciário está exposto no relatório produzido pelo escritório contratado pela Braskem. Anexado ao inquérito da Carbonara Chimica, o documento reúne e-mails e contratos relacionados ao repasse de 78 milhões de reais da petroquímica para o escritório Nilton Serson Advogados Associados – todas as contratações foram autorizadas por Ferro. Os pagamentos foram realizados entre 2006 e 2013 sob a alegação de que Serson atuaria em processos de interesse da Braskem. Até aí, tudo dentro da normalidade. Em tese, era um vice-presidente jurídico contratando um escritório de advocacia para trabalhar em processos. Mas a investigação interna foi além. A auditoria analisou os processos citados nos contratos com Serson e entrevistou advogados internos da Braskem para entender os motivos da contratação.

A conclusão foi a seguinte: “Não recebemos evidências de comprovação de prestação de serviços por Nilton Serson Advogados”. Ou seja, Serson recebeu 78 milhões de reais da Braskem, mas não há uma só prova sobre sua atuação em processos da empresa. Não bastasse, o atual diretor jurídico da Braskem, Maurício Bezerra, ouvido na investigação, disse que nunca esteve com Serson e creditou os contratos a uma relação direta com Ferro. “Informou que não sabia o critério de contratação utilizado por Maurício Ferro e que nunca tinha recebido qualquer trabalho elaborado por Nilton Serson”, registra o documento sobre o depoimento de Bezerra.

O relatório de auditoria da Braskem: “manutenção dos votos dos ministros do STF”
Embora na Braskem ninguém saiba responder para qual trabalho Serson foi contratado por dezenas de milhões de reais, o relatório detalha item por item os motivos alegados para os pagamentos. Além disso, o próprio Ferro em algumas trocas de e-mail com o advogado, explica a razão dos repasses milionários. Por exemplo, em 17 de dezembro de 2010, ele envia um e-mail para Serson pedindo as notas para efetuar um pagamento total de 12 milhões de reais. Desse valor, 2 milhões, diz a mensagem, teriam relação com um julgamento no Superior Tribunal de Justiça. “Referente a item b do nosso contrato de 30 de janeiro de 2008, concernente questão da Lei 8.200/91 da Copesul. Como tivemos decisão favorável do STJ, cujos embargos de declaração foram julgados favoráveis à empresa, achamos que os seus serviços estão devidamente prestados”, diz trecho da mensagem. A decisão do STJ resultou no perdão de uma dívida tributária de 500 milhões de reais herdada da Copesul, que havia sido adquirida pela Braskem.

Na lista de contratos citada na investigação interna da Braskem há mais menções ao caso Copesul em que são atreladas decisões em cortes superiores ao repasse de valores da Braskem para o escritório de Nilton Serson. Um pagamento de 1,5 milhão em 2008 seria efetuado “quando provido o recurso de apelação da COPESUL, no processo nº 2006.71.00.016819-7”. Outros 2 milhões de reais, de acordo com o documento, “quando da decisão final e irrecorrível favorável à Braskem do processo acima, ou, ainda, da decisão favorável do leading case no STF”. Um leading case é quando o caso gera um precedente a ser seguido em decisões futuras. Um contrato de 2011, por sua vez, cita o pagamento para Serson de 1,5 milhão “quando da obtenção de decisão favorável à Braskem, no Supremo Tribunal Federal, denegatória de seguimento do Agravo de Instrumento, independentemente da interposição de eventual Agravo Regimental pela Fazenda Nacional”. Não fica claro, exatamente, que tipo de trabalho Serson prestou no caso que corria no Supremo e interessava ao grupo.

O relatório também cita pagamentos relacionados a um outro processo de interesse da Braskem sobre a inclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da Cofins a ser pago por empresas. O contrato previa o pagamento de 2 milhões de reais “pela adoção do STF de alternativa” ou o mesmo valor “para monitoramento/manutenção dos votos dos ministros do STF”. O que une todos os casos é o fato de a Braskem apontar os pagamentos como efetuados, mas afirmar que não encontrou provas sobre a prestação real do serviço. Fica a pergunta: por que, afinal, Serson recebeu valores por motivos pré-estabelecidos se aparentemente não prestou os serviços? Se prestou, quais serviços são esses que, segundo a investigação interna, não estão em nenhum dos processos? Em depoimento na última semana, quando perguntado se assinou algum documento relacionado aos processos, Serson disse que “fazia o que Maurício (Ferro) pedia” e atuava como consultor jurídico dele. Afirmou ainda ter atuado para “resolver problemas da Braskem” e em processos de fusões e incorporações de empresas à Braskem. Ele confirmou ter recebido os 78 milhões e disse ter devolvido 30% dos repasses para o cunhado de Marcelo. Indagado sobre a razão pela qual Maurício Bezerra, então diretor jurídico da Braskem, não recebeu nenhum parecer seu, ele disse que não chegou a conhecê-lo.

Marcelo Gonçalves/Sigmapress/FolhapressMarcelo Gonçalves/Sigmapress/FolhapressMaurício Ferro preso: ele autorizou pagamentos de 78 milhões a Serson, que prestava “serviços de advocacia”, mas era figura estranha ao departamento jurídico do grupo
Se a ofensiva de Marcelo Odebrechet conseguir levar Maurício Ferro a contar detalhes sobre as relações do grupo Odebrecht com figuras ligadas ao Judiciário, um tema a ser explicado são os repasses de dinheiro para o codinome “Fórmula K”. Citado pela primeira vez na Operação Xepa, desdobramento da 23ª fase da Lava Jato, o codinome aparece atrelado a Flávio Lúcio Magalhães. A PF encontrou nos registros de pagamentos do departamento de propina da Odebrecht o local da entrega de 300 mil reais para Flávio. Como se tratava de um hotel, foi solicitada a lista de hóspedes na data do pagamento, 23 de outubro de 2014. O recibo da hospedagem está em nome de Flávio. Embora o codinome tenha surgido apenas na 23ª fase, Flávio já era conhecido da PF desde a Erga Omnes, a 14ª fase da Lava Jato, quando foi preso por sua ligação com a Andrade Gutierrez. Antes de atuar como lobista de grandes empreiteiras, ele foi bandeirinha de futebol e chegou a integrar os quadros da Confederação Brasileira de Futebol, a CBF, com participação em jogos do Campeonato Brasileiro no início dos anos 2000.

Na Erga Omnes, a PF apreendeu os celulares de Flávio. Crusoé teve acesso a essas conversas. Elas mostram mensagens em que o bacharel em direito (ele não tem carteira da Ordem dos Advogados do Brasil) se coloca como uma espécie de “resolvedor de problemas” em processos no Superior Tribunal de Justiça, no Tribunal Superior Eleitoral e no Tribunal de Justiça de São Paulo. Uma das conversas de Flávio Lúcio é com Joana Menezes Batista, advogada da Odebrecht que atuou na defesa de Marcelo Odebrecht e de outros executivos da empreiteira. Filha de Antônio Osório Menezes Batista, diretor de Administração dos Correios na época do mensalão do PT, Joana aparece como remetente de uma mensagem enviada em março de 2015 a Flávio. No texto, ela cita um mandado de segurança que tramitava no Superior Tribunal de Justiça e tinha relação com processos em que o pai figurava como parte devido aos desdobramentos do escândalo.

“Dra bom dia Me mande por email um memorial do seu pai ([email protected]) O ministro por incrível q pareça me ligou ontem e pediu p eu ir lá dia 31 (sic)”, respondeu Flávio após a advogada enviar o número do mandado de segurança. O nome do ministro que teria ligado não é citado na conversa. Após uma primeira decisão, a defesa de Antônio recorre e Flávio encaminha uma nova mensagem para Joana. “As contra razões foram juntadas e vai concluso amanhã para a vice presidência. É a Laurita a responsável”, diz ele em 20 de maio de 2015. No mesmo dia, Flávio envia uma nova mensagem. “Dra acabei de ler a peça eu acho q o relator deve ter lido outro processo. Esta tão claro Olha vamos trabalhar em cima Para mim as decisões esta sendo política e nao jurídica Tenho certeza que teremos outro resultado agora (sic)”, diz ele. “Por isso que tenho mais dificuldade em lidar com esse assunto”, responde Joana.  Dois meses após enviar o número do mandado de segurança, a advogada agradece a Flávio pela vitória conquistada em um processo que envolvia seu pai. “Conseguimos. Obrigada”, diz Joana em 29 de maio de 2015. “Parabéns. Mande seu pai tomar uma por nós”, respondeu ele. Na mensagem enviada por Joana para agradecer, ela cola uma parte da decisão da ministra Laurita Vaz, então vice-presidente do STJ.

O lobista Flávio Lúcio nos tempos de bandeirinha e, no detalhe, em foto mais recente: ele tinha laços no Judiciário e também recebeu da Odebrecht
As mensagens do celular do lobista e ex-bandeirinha também mostram sua atuação em uma disputa judicial envolvendo políticos de Cajamar, em São Paulo. As conversas entre Flávio e o vereador tucano Geraldo Aparecido Lacerda Ferreira, conhecido como Cidão, ocorreram no mesmo período em que o Tribunal de Justiça paulista discutia um recurso que poderia dar posse ao tucano no lugar de seu então adversário Marcos Roberto Carvalho Lima, também do PSDB. Mesmo após o resultado no Tribunal de Justiça de São Paulo, Cidão e Flávio mantiveram contato e, em algumas mensagens de 2015, conversam sobre o processo no Tribunal Superior Eleitoral que naquele ano julgava a situação do candidato eleito e da candidata que ficou em segundo lugar nas eleições de 2012, para definir quem poderia, de fato, assumir a prefeitura local. Na prática, a decisão na Justiça Eleitoral poderia acabar com o mandato de Cidão à frente da prefeitura. “Bom dia Ursão é o seguinte, acabei de sair de um café da manhã Aki em Bsb, precisamos marcar uma hora logo no começo da semana p podermos discutir a nossa estratégia do processo, pois agora o bicho vai anda. Mas fica tranquilo, está tudo sob controle é só uma questão de estratégia ok abs(sic)”, avisou Flávio.

O tucano responde apenas com “Ok”. Em outra ocasião, no dia 9 de junho, ele pede para Cidão mandar o advogado Cristopher, que defende o tucano no processo do TJ envolvendo sua posse, entregar um dossiê no gabinete de Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral. “Manda o Cristofer ir no gabinete do Gilmar Mendes, e entregar o dossiê do TR (Toninho Ribas) e tbem citar aquele artigo da lei orgânica q fala de eleição indireta. Já está aguardando e não estiver no gabinete ele pega no café do STF. Mas não fala p o idiota falar, já falaram c o Sr. E de preferência sozinho”, diz o lobista. Na troca de mensagens não há nenhuma resposta sobre se o dossiê foi entregue. Esses diversos casos em que o ex-bandeirinha aparece atuando em processos judiciais não guardam relação com a Odebrecht, mas podem ajudar a entender por que ele recebia dinheiro da empreiteira. Os investigadores podem averiguar, por exemplo, se ele também prestava “serviços jurídicos” ao grupo.

Na semana passada, logo após a prisão de Maurício Ferro, houve um certo frisson entre ministros de tribunais superiores conhecidos por apoiar as investigações da Lava Jato. Alguns apostavam que Ferro logo seria beneficiado por alguma liminar, dada a sua proximidade histórica com gente importante das altas cortes. Do outro lado, o clima era de preocupação, justamente com a possibilidade de, a partir da detenção do cunhado de Marcelo Odebrecht, a Lava Jato acabar chegando às relações, digamos, heterodoxas da empreiteira com gabinetes de tribunais. No dia seguinte à sua prisão, Maurício Ferro ainda teve seus endereços devassados em mais uma fase da Lava Jato, desta vez por obstrução de Justiça. Também com base em trocas de e-mails com Marcelo Odebrecht, a PF mapeou sua atuação numa tentativa de atrapalhar as investigações nos primeiros anos da operação. A trama envolveria o ex-ministro José Eduardo Cardozo, advogados e até o banqueiro André Esteves, também alvo da ação. Perguntado pelos investigadores, Marcelo Odebrecht disse que foi Ferro quem comandou as iniciativas de bastidores da empreiteira quando a ideia ainda era fazer de tudo para evitar que a Lava Jato avançasse. As tentativas se deram em várias frentes, mas se mostraram frustradas. A despeito delas, a operação avançou a ponto de levar para a cadeia o próprio Marcelo, algo impensável até então. A história, como se vê, continua em aberto. E agora é Marcelo quem está com buffet à vontade em sua casa em São Paulo, enquanto Ferro experimenta a carceragem da PF em Curitiba. A vingança demorou, mas veio. E pode render muito mais.

(Com reportagem de Mateus Coutinho)
Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Na França, a família Renault, traidora e colaboracionista dos nazistas, depois da derrota alemã, perdeu a empresa e foram totalmente alijados da mesma, passando-a para outros. O mesmo deveria acontecer c/ todos os empresários ladrões corruptos aqui no Brasil. Imorais, canalhas, sem ética, covardes, não enfrentaram os corruptos e aliaram-se aos mesmos. O Brasil deveria, nestes casos, seguir o exemplo da França.

  2. Em negócios com o governo e no próprio governo é tudo uma grande festa , regada a milhões dos pagadores de impostos do Brasil.

  3. Para salvar a si e os seus teriam que salvar tb traficantes e assassinos. Não que eles não se disponham a isto, a questão principal é o desgaste que tal coisa exigiria. O combate à corrupção não está só no desmantelamento e na punição, mas tb no custo que é imposto aos corruptos. É necessário aumentar o custo para eles fugirem da cadeia.

  4. Mata-se dois coelhos com uma cajadada só, tanto os corruptos quanto facções só podem sustentar suas atividades criminosas se forem capazes de lavar o dinheiro advindo delas. Se todas as informações sobre lavagem de dinheiro, tanto no plano da Lavajato quanto das facções, muito provavelmente haverá diversos elos. Seria uma frente nova contra a qual os BOLIVARIANOS não devem estar preparados e contra a qual teriam ainda mais dificuldade para se colocar contra o avanço das investigações.

  5. Aliás, não se trata de olhar os tribunais superiores sob a ótica da corrupção e do Petrolão, mas sob a ótica da lavagem de dinheiro. De certo modo, a Lavajato até hj não foi eficaz para atingir o topo no âmbito legal, com todas as ações já realizadas pela Lavajato e para minar o poder das facções, já parece haver elementos suficientes para que o combate à corrupção possa se dar através da perspectiva do combate à lavagem de dinheiro.

  6. Não há nenhum rastro que permita uma união de forças visando se atingir ao mesmo tempo a corrupção e o tráfico de drogas no quesito advogados e escritórios de advocacia? Esta intersecção não poderia ser dar sem os advogados fazendo o meio de campo, poderia até mesmo ser algo fora da Lavajato, focando somente na lavagem de dinheiro de todos os tipos. A base é mais ampla, ampliar o escopo permite que se possa tb aumentar o campo de visão.

  7. Pode até parecer falta de foco, mas se a corrupção em nível estatal estiver conectada à criminalidade e à violência, então isto deveria ser revelado o quanto antes, pois a maior parte da sociedade já está ciente de que paga a corrupção do próprio bolso. No entanto, se ficar provado que o custo social da impunidade é pago com o sacrifício de vidas inocentes, então o discurso dos corruptos se tornará mais inócuo ainda.

  8. A verticalização do crime traz maior eficiência e segurança, já que a concentração das atividades criminosas permite maior controle, reduzindo as pontas soltas. Mas, a partir do momento que a estrutura se provou efetiva para que o fluxo da corrupção transcorra sem gargalos e empecilhos, pq ela não pode ser aplicada além da corrupção pura e simples? Não há nenhum elo entre a corrupção e atividades criminosas com emprego de violência? Se houver, então ele deveria ter prioridade máxima.

  9. Uma das coisas dentro da questão da lavagem de dinheiro são as ramificações e diversificação dos serviços prestados pelos lavadores. A blindagem dada aos advogados é um elemento que torna a prática de lavagem de dinheiro por advogados e escritórios em algo praticamente impossível de se resistir. Se eles já estão fazendo todo a intermediação entre o judiciário e os corruptores do setor privado, então pq tb não ir além e agregar mais valor, o risco praticamente não cresce e a escala aumenta.

  10. Já os ataques à base seriam de ordem supressora e judicial. Inclusive, quanto antes a base for atacada, maior teria que ser o esforço dos BOLIVARIANOS para colocar tudo por terra. Até mesmo pq cada tentativa de se safarem e se blindarem implica em uma série de crimes que estão sendo cometidos, quanto mais gente eles tirarem de trás das grades, quanto mais obstruírem, maior é o rastro de corrupção que eles deixam. A base pode ser usada para que as pegadas dos corruptos do topo sejam inegáveis.

  11. Sérgio Moro e os procuradores se provaram ser exceções, mas e as regras, seus colegas de profissão corruptos? Nenhuma denúncia ou evidência chegou até eles? Sem a base, o topo da pirâmide não tem como se sustentar. Se a base for solapada e o topo atacado para não ter condições de reagir a tudo o que está ocorrendo. A diferença está no tipo de ataque, no caso do topo, os ataques seriam mais de ordem informativa, para que a população tenha ciência de como as coisas funcionam.

  12. Melhor do que matar uma ação nos tribunais superiores é matar elas nas instâncias inferiores. Os ministros do STF estão se sentindo muito importantes e achando que o alvo é eles, mas em um primeiro momento os alvos principais deveriam ser aqueles que estão mais expostos e fáceis de serem pegos, ou seja, quem não tem foro privilegiado e nem uma caneta para obstruir as investigações da Lavajato. O preço cobrado nos tribunais superiores é teoricamente mais caro do que em instâncias inferiores.

  13. Está demorando para ele ser solto, isto não pode ser boa coisa, certamente não irão ficar só nisto, se for para ter o trabalho de soltá-lo, então pq não anular logo a operação e as provas obtidas. Talvez fosse bom que informações mais contundentes sobre as relações de Maurício Ferro viessem à tona, para que não fique dúvida alguma qq ação que porventura os BOLIVARIANOS tomem. E quer dizer que se houver ministros envolvidos em corrupção, investigá-los é atacar o STF ou STJ ou o TST ou o TSE?

  14. Bolsonaro já está conchavado. Se perdeu por causa dos vergonhosos filhos. Só há um jeito de mudar: #moro2022 e renovação total da Câmara e do Senado 💪💪 Não vamos desistir

  15. Nunca me esquecerei da cena do depoimento ao juiz Moro. Arrogante, empertigado, desprezando o inquisidor, seguro que sairia dali em questão de horas. Qual não foi sua surpresa ao perceber que a casa tinha caído prá valer. Depois veio a depressão profunda, o peso da dura realidade contra sua face, o corredor até a cela, o colchonete e o "boi". Prá quem tinha o mundo nas mãos, foi o mesmo que acordar no inferno. Apenas mais frio.

  16. Impressionante o que acabo de ler, remonta àquelas intrigas palacianas de Reis e majestades e que nós pobres mortais, mal podemos vislumbrar. Chego à conclusão que, o desfecho de tudo, depende dos ódios despertados e não de investigações. Horror, Horrores!!!

  17. Queremos NOMES dos Ministros, Processos em que atuaram com parcialidade e valores recebidos pelos “favores” prestados. Que vergonha!

  18. A pergunta que não quer calar.... ...nomes dos ministros do STF, quais são? A PF, a imprensa e alta administração do país, terão coragem moral para agir? Cadeia neles, Moro...

  19. Se ele fizer uma delação com documentos, contra os juízes do STF e STJ, não tem como segurar mais esta turma do judiciário. Tem que ter a Lava Toga, não é possível não investigar estes juízes, com tantos pedidos de impeachment. Vergonhoso este judiciário. Não pode continuar blindado.

  20. Barbas de molho. Já vimos como as diversas orcrims reagem. Se não houver provas robustas, absoluto rigor processual, e nenhum telefone hackeado, não vai dar em nada. O sistema foi feito para se auto proteger.

    1. Com certeza toda esta grana estava destinada a pagamentos de propina no STF e STJ Vamos esperar as cenas dos próximos capítulos

  21. É.... enquanto nossa justiça for corrupta não há como nos tornarmos uma grande nação. Fico estupefato com todos esses fatos borbulhando. Talvez devêssemos declarar guerra e partir para a ação contra esses inimigos da nação. Nosso país está nas mãos de bandidos. Nós somos bonzinhos de mais.

  22. Quanta podridão. Mas, com o COAF engessado por decisão do STF, como a investigação poderá avançar? Quem investiga os Tribunais Superiores?

    1. O que é público e notório já não é suficiente não?

  23. estômago embrulhado, é isso que sinto ao ler algo dessa natureza sobre quem eu achava que era responsável por fazer justiça.

    1. É isso aí jogar, o dia há de chegar em veremos todos esses canalhas do STF pendurados nos postes de Brasília , A JUSTIÇA TARDA MAS NÃO FALHA

    2. É.... enquanto nossa justiça for corrupta não há como nos tornarmos uma grande nação. Fico estupefato com todos esses fatos borbulhando. Talvez devêssemos declarar guerra e partir para a ação contra esses inimigos da nação. Nosso país está nas mãos de bandidos. Nós somos bonzinhos de mais.

  24. Tanta hora de apurar a participação do judiciário nesse lamaçal. Até agora só apareceram membros de legislativo, executivos e empresários. Será q no judiciário só tem anjos?

  25. Tão ou mais importante quanto as evidências obtidas até agora, são aquelas que podem ser obtidas a partir de agora através das ações de combate à corrupção, pois elas estão frescas na memória da população e são difíceis de serem negadas. Está todo mundo vendo o que os corruptos estão fazendo para fugir da cadeia, quem nega isto é por puro cinismo, nem é por idiotice, pois há limite para a estupidez.

  26. Dependendo da quantidade de pontos vulneráveis na base, pode ser feito um ataque DDoS no alto escalão do judiciário. Quanto mais gente for presa de uma vez, mas eles serão obrigados a dar um jeito de soltar todos os presos e travar ainda mais o combate à corrupção. Aí é com o Senado e a sociedade para continuarem com a pressão, enquanto as instâncias de investigação monitoram a corrupção acontecendo em tempo real para coletar evidências fresquinhas.

  27. O objetivo principal da estratégia seria permitir que os corruptos, ao tentarem atacar, se expusessem e se desgastassem ainda mais. Se não estivéssemos vivendo uma situação atípica, todo este pessoal já teria ido para a cadeia. Diante de tudo o que se viu até agora, corrupção jorrando da máquina pública, tentativas de sabotagem pura e explícita, Lula ainda comanda de dentro da cadeia uma ampla base popular. Motivo pelo qual querem soltá-lo de todas as formas.

  28. Botar na cadeia só aqueles contra quem haja provas suficientes e que impeçam qq manobra, haja vista todo o teatro da defesa de Lula e de que, devido à natureza do crime, o discurso tem aderência junto de um setor da sociedade que preconiza a praticamente inexorabilidade da corrupção nas relações sociais quando acha que esta o beneficia. Neutralizar o topo enquanto se atinge os pontos vulneráveis da base da pirâmide da corrupção e se dá corda para os corruptos se enrolarem resume a estratégia.

  29. Maurício Ferro e Francisco de Assis e Silva são pontes que ligam a alta cúpula do judiciário à corrupção, mas certamente há outras que fazem o meio de campo, sobretudo no que tange as instâncias superiores. Se há material abundante quanto à qualquer uma destas pontes, então elas deveriam começar a ser presas. Claro que se advogados começarem a ser presos, haverá a gritaria que houve até agora, mas para que isto sirva só para desgastar os políticos, basta fazer como Sérgio Moro.

  30. Conforme os pontos vulneráveis da base forem sendo derrubados, é natural pensar que o restante da base, incluindo aquelas partes que estão mais encobertas e nebulosas, terá que se movimentar. Com isto, é possível não só se fechar lacunas da rede de corrupção, mas tb movimentar as ações dos corruptos para se ter acesso à mais evidências e provas. Se a armadilha for bem preparada, quanto mais os corruptos tentarem escapar dela, mais presos nela estarão.

  31. Manter os BOLIVARIANOS do STF sob ataque (Lavatoga, pedidos de suspeição, investigação de pessoas próximas e por aí vai) serve para que qq ação deles para impedir os avanços do combate à corrupção aja para denunciá-los perante todo país. Por último, e talvez o mais importante de todos, enquanto tentam livrar a si mesmos e aos seus de qq punição, os corruptos estão gerando uma quantidade imensa de evidências que podem se somar ao que já se sabe deles.

  32. Há elementos suficientes para que já se comece a prender membros do judiciário do baixo escalão e que não contam com foro? Se isto é possível então tb é possível que se prenda advogados que mantém relações escusas com tais indivíduos. Cabe ressaltar o efeito do desgaste gerado pelas inúmeras tentativas de se soltar Lula, todas as chicanas e o discurso farsesco que aos poucos vai sendo gradualmente colocado por terra. Mesmo assim ainda há muitos lulistas que continuam a negar a realidade.

  33. Na verdade, ciente de todos estes fatores, toda a tática pode ser desenvolvida para que a estratégia seja o mais efetiva possível. Qual é a região do topo da pirâmide mais exposta? São os BOLIVARIANOS do STF, não só são impopulares, como toda as medidas que tomaram até agora só depõe contra eles. Mesmo assim, é de se supor que eles não aceitarão cair sem oferecer o máximo de resistência, enquanto eles fazem isto, os pontos vulneráveis da base podem ir sendo paulatinamente solapada.

  34. Se a Lavajato tivesse se iniciado cinco anos antes, haveria boas chances de hj estarmos em um Venezuelão comandado por Lula, se quando a maré estava contra eles tentaram isto, imaginem com ele no auge da popularidade, imprensa e jornalistas dominados e cooptados, baixa penetração das redes sociais, permitindo que a disseminação de informações pudesse ser restringida. Toda a estratégia, consciente ou não, do combate à corrupção até agora não tem motivo para mudar.

  35. Só que ao longo deste processo, os mesmos que tentavam atacar acabaram por se queimar, sendo Lula o mais óbvio de todos. Há de se ressaltar que o sucesso da Lavajato se deu por diversos fatores que estão fora do alcance dela. Provavelmente sem as redes sociais, os corruptos de todas os matizes teriam sido capazes de abafá-la e dependendo até teriam prendido Sérgio Moro e os procuradores, já que a imprensa estava completamente cooptada e servia de propagadora do discurso farsesco.

  36. No caso do esquema de corrupção brasileiro, este padrão já está sendo seguido: Paulo Roberto Costa, Barusco, Eduardo Cunha, Lula e outros. Todos eles estavam vulneráveis, mas certamente o elemento mais decisivo foi o volume e abundância de provas materiais, elas impediram qq tentativa de bloquear os avanços da Lavajato e neutralizá-la. Qual foi a tentativa de reação dos corruptos? Na falta de argumentos, atacaram de todas as formas possíveis a honra e a imagem dos investigadores e do juiz.

  37. Os políticos e magistrados de tribunais superiores estão protegidos pelo foro privilegiado, mas e o resto, incluindo advogados? A Lavajato, apesar de mirar a classe política, não atingiu aqueles com foro exatamente devido à blindagem. Sendo assim, como se derruba uma estrutura piramidal consolidada e sólida? Faz sentido atacar o topo em três situação pelo menos: ele está desprotegido, a pirâmide não tem uma base sólida ou para permitir que pontos vulneráveis da base da pirâmide sejam atacados.

  38. Esta reportagem não deixa dúvidas, pedra sobre pedra, de que nossas "cortes superiores" são tão ou mais corruptas do que aqueles que elas botam em liberdade, claro mediante régio pagamento.

  39. Esses fatos aqui relatados são apenas pequenas facetas que envolvem a história não contada da justiça brasileira. Vendilhões do caráter e da honra se alastram pelos corredores da Justiça. Oxalá aqueles que ainda permanecem de pé, não se quedem.

  40. Parabéns a Crusoé! Fico feliz quando leio um verdadeiro trabalho jornalístico e não cobertura de fofoca política! É mantendo esse padrão que vocês vão conseguir manter os seus assinantes!

  41. Muito bom a reportagem. Vai nas vísceras sem endoscopia. É disso que precisamos, da verdade. Não é possível tantas decisões estranhas (para não falar diferente) nos nossos tribunais federais. Parabéns, gostei.

  42. Triste. Bolsonaro não está sendo firme contra corrupção. E está com ciúme do Moro .O supremo (em minúsculas mesmo) hoje é um dos maiores problemas do Brasil quase tão grave quanto à corrupção. Os políticos em sua grande maioria já sabemos e podemos não votar . E o supremo???? Mandato limitado! Eleição! Como nos EEUU. Que tal copiar??

    1. 1 O problema deve ter começado dentro da própria família! 2 Porquê não copiar o que está dando certo nos States?

  43. Com a Lava Toga (se o Alcolumbre malandro não arquivar outra vez o pedido dos 27 senadores) poderemos desvendar toda a podridão do nosso judiciário.

  44. É Gilmar e outros quanta arrogância e empáfia para cair em vala comum. Ainda teremos a certeza por que da sua intenção de acabar com a lava jato. Que os homens de bem salvem o Brasil.

  45. Espero que a imprensa de repercussão para este provável envolvimento de ministros ( Ex. Gilmar Mendes ) nesta corrupção. Agora parece que está chegando no andar de cima as investigações, e o ministro Gilmar Mendes deve ser questionado a se manifestar ( fizeram um estrago na imagem de Sergio Moro por informações ilegais). Vamos ver agora como as coisas vão se desenrolar.

  46. Pra cima desses bandidos de toga, Lava Jato. Povo querido, vamos fazer como o povo peruano fez! A cúpula do judiciário daquele país foi destituída!

  47. O judiciário em especial o STF, está envolvido profundamente nos esquemas de corrupção, praticados normalmente nos governos do PT/MDB e talvez até nos dias atuais. Vai ser difícil eliminar esse câncer

  48. IMPERIOSO investigar o JUDICIARIO, em TODAS as Instancias , nem que para isto tenhamos que convocar as Forças Armadas para assumirem o comando do pais. E como os eleitores de BOLSONARO não tem "bandido de estimaçao" como a ESQUERDALHA, Flavio Bolsonaro será INVESTIGADO e TUDO virá à TONA !!!

  49. O judiciário corrompido está sendo exposto. É o nosso tão sonhado banquete. Veremos a queda de um por um, começando pelo detestável G.Mendes. Avante, Lava Jato👏👏👏👏

  50. A Lava-Jato é interminável, os desdobramentos são incalculáveis, impossível falar em fim da Lava-Jato. Enquanto houver combustível - e gente correta nas investigações - a coisa toda continua... Será que a mídia não se dá conta disso?

  51. Crusoé eu gostaria de ver uma reportagem de capa indo a fundo nos esquemas dos irmãos Batista e as conexões do centrão e STF com Caixa Econômica, BNDES, bancões (Itaú, Bradesco). Vejo um terrível silêncio da Crusoé, Antagonista, Rede Globo...

  52. Parabéns à revista Crusoé, por nos informar o que acontece nas investigações da Lava Jato.Eu assisti vários filmes sobre crimes de Juízes de Suprema Corte.Hoje vejo que não era um enredo fictício.Há centenas de juízes corruptos que se beneficiaram dando "jeitinho"de criminosos não serem punidos.Nós brasileiros,não podemos nos calar diante de tanta safadeza.Temos que unir povo contra esse Judiciário que pagamos com nosso dinheiro

  53. Saber da podridão nos intestinos do judiciário brasileiro é dose, mas ver como advogados assassinam a língua portuguesa é muito triste.

  54. Excelente reportagem !!! Temos que acabar com a corrupção deste País e a Crusoé presta excelente serviço para que isso ocorra, diferente de folha, globo, Uol e Estadão !!!!

  55. As diversas tentativas de frustrar indiretamente o andamento da LV, e o desespero de certo ministro, mostra que tem mais gente com o rabo na ratoeira.

  56. Acho que esse STF continua atrapalhando as investigações, usando argumentos fajutos "que está dentro da legalidade" para tirar o "".. da siringa" Mais ninguém é bobo e sabe que onde tem fumaça tem fogo.

  57. Reportagem excelente. Obrigada aos idealizadores dessa revista. Até que enfim temos um jornalismo sério em quem ainda podemos confiar. Continuem assim e os seus leitores agradecem.

  58. Uma pergunta que nunca cala: Porque será que a grande mídia (Globo, Folha de São Paulo, Estadão, Veja, ISTO é etc... Não se interessam e não divulgam esse tipo de matéria??????

    1. Pobre nação brasileira, que desde o mais alto escalão até o cidadão comum, todos são corruptos na sua grande maioria. Parabéns Crusoe por estar fazendo um excelente trabalho em por futuro mais honrado desta pátria.

  59. Esse STF não serve pra nada. Quando é que nós através do “Antagonista” e CRUSOÉ vamos começar uma campanha pro STF tirar a bunda de cima dos processos dos políticos com foro privilegiado? Tem muitos Renans Calheiros para serem condenados!

  60. Não é possível que seja tolerado pelas nossas instituições e nosso judiciário a permanência de corruptos na posse e direção de empresas mediante acordos de leniência! São bandidos que roubaram durante décadas o dinheiro do povo brasileiro. Eles têm que devolver tudo o que roubaram em dobro! Não são aceitáveis tais acordos. Precisam ser punidos exemplarmente e perderem tudo que roubaram!

  61. Espero que chegue aos semideuses do Judiciário principalmente ao STF. Lendo a matéria fica claro o motivo desses ministros como Lewandovisk , GM, Toffoli e outros atacarem tanto a Lava Jato. É MEDO, não resta dúvida que temem, mais do que URGENTE a LAVA TOGA., seria a glória que fossem para CADEIA.

  62. Coisas estranhas acontecem na Crusoé. De manhã, a matéria aparecia assinada por dois jornalistas: Fabio Serapião e Mateus Coutinho. À noite, só aparece o jornalista que veio da Carta Capital, mas que esconde isso no seu perfil.

  63. Acho lamentável que o Serapião cometa tantos erros de leitura. Exemplos : Dra é óbvio abreviatura de doutora, " leasing case" lido tal qual quando é um termo em inglês e pior de tudo é falar heterodocha no lugar de heterodocsa ( heterodoxa, evidente) Braskem , lê-se Braskêm e não Bráskem. Lamento ter que corrigir mas acho necessário pelo bem da Crusoé.

    1. Como você é burro cara. Não é o Serapião que está lendo, mas é um aplicativo de leitura automático. Aff

  64. Gostei muito dessa reportagem e espero sinceramente que os desdobramentos dessa operação chegue aos "intocáveis" do judiciário.

  65. As investigações devem mesmo ter chegado a ilustres togados. Não por acaso, o celular do Diretor Jurídico da JBS Francisco de Assis continua guardado, sem autorização de perícia. Esses Ministros envolvidos em tamanha bandidagem vão mesmo ficar impunes, acobertados pelo silêncio de bandidos amigos, companheiros? Daí que esses bandidos querem ser respeitados, quando não merecem nenhum respeito. Marcola e Beira Mar são mais honestos que eles, pois são o que são.

    1. Verdade! Não podemos esquecer esse caso do celular do Francisco Assis. Muito bem lembrado porque ali tem coisa brava.

    2. Lourival,bem lembrado.Peço a vocês que traga o assunto à baila.Temos que pressionar pra que essa caixa preta do Francisco de Assis seja aberta.Uma punição aos que fizerem isso,será para nós brasileiros um ato de heroísmo. Afinal o que esta em jogo é a VERDADE ACIMA DE TUDO

  66. Crusoé, procure investigar dois ramos fundamentais e ainda intocáveis da Lava Jato: a atuação do sistema bancário e os "contatos de amizades " nos tribunais superiores. Sinceramente, um cidadão de bem pode acreditar na estrutura judicial desse país ?

    1. meu caro, sou um bebe na área politica, mas sempre disse e digo que o fundo do poço do Brasil é o STF, vampiros que recebem tubos de dinheiro defendendo interesses próprios, mesquinhos como deuses do Olimpo, que quando a LAVA JATO, chega perto dessa escoria mudam rápido de opinião para defender seus interesses mesquinhos, não são BRASILEIROS e não respeitam a CONSTITUIÇÃO.

    2. Costa, este país jamais teve algo próximo do que se pode chamar de jutiça. A Lava Jato é ponto fora da curva.

  67. A "lava toga" será só uma ferramentinha para manter os corruptos brigando entre si, enquanto a PF faz a sua parte de maneira confiável e discreta.

  68. Que beleza de reportagem, Serapião. A Crusoé manda bonito todas as semanas com reportagens que nos informam com rigor e vigor. E assim seguimos neste drama chamado Brasil, implorando para que a justiça seja feita.

  69. A EX MINISTRA ELIANA CALMON, JA HA ALGUM TEMPO PERGUNTA - SERA Q NENHUM DELATOR TEM NADA A FALAR DO JUDICIARIO? SERA Q LA SO TEM ANJOS? TA NA HORA DE MECHER NESTE VESPEITO. TA NA HORA DA LAVA TOGA.

  70. Vocês da Crusoé são 10! Ótima reportagem. Eu acredito que a PF e o MP já sabem direitinho quais são os ministros dos tribunais superiores que se renderam a corrupção, o problema é como pegá-los.

  71. Nenhum delator entrega os juízes de instâncias superiores, pois, no futuro eles poderão ter algum benefício nos julgamentos que lá vão ocorrer. Tudo deságua no STF. Isso os protege. O beiçola e companhia, tá tranquilo. O povo fudido!!!

    1. O julgamento de ministros corruptos do STF se dará no Senado, com impechment. Não tem outra instância.

    2. Vc disse tudo. "a verdade é apartidária ", e tem milhões de brasileiros esperando que ela venha à tona "doa em quem doer".

    3. Por isso que cabe a nós, sociedade , nos mobilizamos e pressionarmos cada vez mais. Somente a união das pessoas que querem a verdade pode prevalecer. E a verdade é apartidaria!

  72. PC. Essa reportagem expõe claramente os motivos de alguns ministros atacarem a Lava jato com tanta veemência. É preciso urgente assepsia nas altas cortes do Brasil.

  73. É uma trama tão bem tecida por esses corruptos, que nem o mais f*da dos roteiristas de Hollywood são capazes de imaginar. Se, apenas se, chegarmos a elucidação de todos os crimes, a história não vai caber num filme, será necessário uma série daquelas que duram mais de dez anos tipo LAW & ORDER. Avança Lava Jato! Estamos cansados de sermos roubados.

  74. É inegável a competência com que a operação Lava a Jato está conduzindo as investigações em todos os setores da nossa política corrupta

    1. A lava jato tem q chegar ao lava toga. Mta gente vai cair.

  75. Muitos advogados deixaram a Ética e passaram a ser facilitadores e lobistas de grandes negociatas. A briga dos Odebrecht é uma briga entre ladrões. Marcelo era o operador, mas o estrategista foi seu pai, Emílio, um grade amigo de Lula. Dessas relações começaram as maracutaias. Hoje o nome da família e da empresa é anátema. Em país realmente sério perderiam a empresa e toda a fortuna. Aqui, o grande crime ainda compensa.

  76. Sempre tem "ADEVOGADOS" no meio de tudo. Os "famosos", em sua maioria BANDIDOS, lavadores e esquentadores de GRANA PRETA. Inclusive, pra repasse aos parentes de pseudos "ministros". Estamos gritos!

    1. Gilmar Mendes; Lewandovsky; Tofoli; Carmen Lúcia; Celso de Mello e Março Aurélio

    1. Não existe salvador da pátria, não esqueçam. O que existe é um sistema corrompido, que somente o povo indo às ruas, poderá derruba-lo.

  77. Apenas uma pergunta; o Marcelo está com tornozeleira eletrônica? Porque se estiver, se depender do nefasto Gilmar Mendes continuará usando...

  78. Resumo da ópera: 1- Ganância pura; 2- Governança Zero na Odebrecht; 3- Como pode uma empresa deste porte desviar milhões e com poucos envolvidos?? Com certeza há mto mais gente lá dentro envolvida...

  79. Lavajato, sua Linda!!! Espero que não consigam te prejudicar! Sempre que esteve sob bombardeio, conseguiu virar o jogo, estou torcendo muito prá isso. Lavajato nosso Patrimônio.

    1. tem que chegar nos togados. lá o lamaçal é total. O boca mole, se acha rei absoluto do país. por este motivo manda soltar tantos bandidos. Está de todo envolvido na corrupção.

  80. O Marcelo Odebrecht tem nas mãos a chance de dar uma virada total em sua imagem que, de empresário corruptor, a herói contra a corrupção e ser aplaudido nas ruas, em restaurantes e onde puder sair com sua tornozeleira. Basta ele abrir o bico total. Entregar todos detalhes de tudo e fazer com que o cunhado sente no sobrenome: Ferro. Quente. E mostre ao país toda imundície do judiciário.

    1. Ele deve mostrar como e porquê se chegou a isso tudo. Entregue tudo e todos.

    1. Ao lerem o texto verão propina para um tal de fórmula K! A Odebrecht sempre muito certeira nos apelidos e seguindo a lógica deles concluí que: 1. A letra k no alfabeto é a de número 11 2. As letras k, w e y são tidas como elementos constituintes do alfabeto 3. A soma das letras do nome do presidente do STF é 11 Fechou ou não?

  81. Pequena correção: no final do texto o jornalista escreve “.... prisão do genro de Marcelo, quando deveria ser “cunhado de Marcelo” ou “ genro de Emilio”.

  82. Está sendo desnudado toda a podridão do sistema, ninguém vai escapar. A verdadeira Justiça tarda, mas não falha. Se não morrerem antes, veremos muitos figurões intocáveis pagando pelos seus crimes.

  83. Não há dúvidas entre todos as sociedades q esta endêmica corrupção está em todos os níveis, o Supremo vem mantendo poder absoluto tornando-o intocável. Provar o provável exigindo que se faça justiça tem sido ato de heroísmo, está claro não ser é o caso de MB e Dogge, já J. Barbosa, Zavaski, Barroso, Moro ,Dallagnol, Bretas,seus colaboradores. São estes os heróis q passam os dias impondo às suas e famílias riscos na, carreira,liberdade,vida, paz.No STF o que impera, a injustiça, a imoralidade.

  84. Os ministros da(s) corte(s) superior(es), são uma vergonha, por isso, o esquadrão de soltura de bandidos do colarinho, contendo 5(cinco) elementos + 1(um), esse sendo uma novidade muito recente. O pior é ouvir e ver essas figuras , denegrirem imagem dos procuradores,juízes a PF, sem contar o excelentíssimo Sr. Sérgio Moro. O cenário é tão desanimador pq temos um presidente do Senado e câmera de deputados em conluio com tudo que não presta, trocaram se algumas peças, mas já foram contaminadas.

    1. Destrinchei quem é o fórmula K! É só somar as letras dos nomes e vc encontra! É o que tem 17 letras! Melhor não citar o nome aqui! Kkkk

  85. Quem acreditar NA honestidade DE ADVOGADO é Melhor dá UM TIRO NA CABEÇA -VAI SAIR SÓ MERDA . Eu não sei OS MINISTROS do SUPREMO SÃO. FORMADOS. EM QUE. MESMO.?

    1. Concordo em tudo amigo... Creio que no atual caso não podemos nem só menos classificação de "justiça" a este grupo de bandidos...😠😠😠

  86. Aqui é o Brasil, meus caros. A Corrupção corre pelas veias de tudo. Sempre há alguma facilidade, algum jeitinho, à venda. O ataque à lava jato faz todo o sentido para a parte que quer se preservar e poder gastar tranquila seus milhões recebidos em propinas no esquema.

  87. Se as denúncias referentes ao judiciário andasse, as coisas no Brasil tomaria outro rumo. Mas, como tudo irá chegar no judiciaro onde seria a denúncia recebida, jamais a lava jato terá um desfecho real.

  88. Como perguntar não ofende, será que os ministros do STF, que já completaram o tempo necessário para requerer aposentadoria voluntária não tomam essa decisão porque não querem perder o foro privilegiado caso sejam alcançados pelas investigações? Será que suas decisões incompreensíveis não são apenas preparação para suas futuras defesas? Quem viver, verá!

  89. Dá para entender o temor e o ódio de alguns ministros do STF à PF, ao Coaf, à Lava Jato...Aí tem!!! Quem não deve, não teme!!!

  90. Vale relembrar o dito pelo saudoso presidente Itamar Franco, fruto da mineirice genética, “... ressentimento se guarda no freezer...” Neste caso ressentimento benéfico pois em muito contribui para a assepsia, e profilaxia, tão necessárias no sistema judiciário brasileiro.

  91. Cruzué, quem poderá investigar o Supremo Tribunal? quem tem este poder se tivermos indícios claro de que alguns deles estão envolvidos? Alguém poderia me dizer?

  92. Comecei ler a reportagem e confesso ter ficado um tanto frustrado ao não me deparar com os notórios ministrecos "supremos" logo no início do texto. Mas, no penúltimo parágrafo ocorreu o esperado. BINGO ! Lá estava o nome do articulador-mor, o histriônico, despreparado, histérico, invejoso, e, porque não admitir... o poderoso "laxante" dos maiores bandidos da República, o conhecido "beiçola". Só espero ter vida para ver esse verme ser conduzido algemado no "xadrez" de um camburão da PF.

    1. O Gilmar faz o que quer. inventa artigos que não estão na lei.Rasga a Constituição ,chama a lava jato de quadrilha.Acha que será punido? duvido.

  93. Sempre escrevi aqui e no Estadão que, em algum momento essa tal de segunda tchurma ( com raríssimas exceções) teria o troco. Falta pouco!! A se confirmar, cá entre nós, que gente escrota, podre sob todos os aspectos.

  94. Ainda sonho com o dia em que verei gente como Gilmar Mendes e Tofolli entrando num camburão com a cabeça abaixada, fugindo dos flashes.

    1. Compartilho do seu sonho, mas temo que não o veremos realizado. Bom, ninguém nos proíbe de sonhar, certo? Sonhemos. Vai que...

  95. Parabéns pela reportagem. Precisamos ter tudo esclarecido. Separar o joio do trigo no Judiciário. O cidadão de bem precisa voltar a acreditar nas instituições.

    1. Parabéns pela excelente reportagem. Muito esclarecedora e indicativa de novos caminhos para a lavajato!!!

  96. Definitivamente, Marcelo Odebrecht tem que sair do lado negro da força e entregar tudo que puder com grande estardalhaço, a fim de que dificulte as decisões "mal iluminadas do STF ".

  97. que balaio de gato. agora tem que juntar as peças, ai vem o STF, é da um basta. só esqueceram que está digitalizado as provas.

  98. Infelizmente, contamos com uma Forças Armadas também corrupta, ou conivente com a corrupção. Caso contrario já teriam dado um fim nessa bandidagem. São todos bandidos, isso não e um pais. E um monte de merda, com uma população de merda. Justiça aqui, só com as próprias mãos. Só mesmo um IRA. pra explodir esses canalhas, e são muitos.

  99. Com tanta podridão nova, o Marcelo Odebrecht deveria voltar para a prisão, tendo em vista ter escondido quase tudo que sabia sobre a corrupção generalizada do país. Não entregou nenhum juiz do STJ e STF, que estão visivelmente envolvidos com vendas de sentenças. E o STF continua trabalhando contra o Brasil e nada acontece.

  100. Parabéns pela reportagem... excelente trabalho. Ainda há luz no fim do túnel, em algum momento estes togados corruptos serão alcançados. Graças a Deus.

  101. Sempre foi muito estranho tanta delação, desde o inicio da Lava Jato, Zelostes, etc.. que nunca chegaram nos togados. Espero que seja o inicio ou simplesmente puxar a pena para achar a galinha.

  102. Tomara que os Senadores leiam essa notícia é seja implantado a CPI da Lava Toga. Pode apostar que tem muita toga enlameada desfilando nas altas cortes de BSB e pelo Brasil afora.

    1. Sonia de que senadores vc esta falando, de qual país? Aqui são todos bandidos. Será que vc acredita em Papai Noel, Fada Madrinha........

  103. O cerco está se fechando, a Lava Jato é mais forte do que se imagina. Muitas cartas na manga, as cortes superiores pensam que estão no controle mas é assim que a Lava Jato funciona. Leva toda a corja para um lado e, quando a corja pensa que escapou, vem a coisa grande sem tempo de reação.

  104. Crusoe cada dia fico mais feliz por vcs existirem,gostariamos q tudo isso fosse levado ao povo brasileiro ,nao apenas aos seus leitores .bbbbbjjjjjssss

  105. Entende-se perfeitamente porque Toffoli, Gilmar, Lewandoowisk, Maia e Bolsonaro querem acabar com a LavaJato. TODOS estão com seus respectivos pescocinhos quase na forca da PF e do MPF, com exceção de Bolsonaro, que coloca o Brasil abaixo dos interesses do filho Flávio e do Ministro do Turismo que está de mãos dados com Flávio no laranjal do PSL. CADEIA para essa corja toda!! Que esse esgoto seja limpo.

    1. Rogemon, o Messias também fez cagada. Não se trata apenas de proteger o filho.

    2. Colocar o nome do Bolsonaro nesse balaio sinceramente é muita cretinismo. Se Bolsonaro perdas na lista cheiroso afim prensa toda vai dizer que ele culpado pelo buraco na camada devo

  106. Esperemos pela delação do sr. Ferro. Deverá vir daí o pouco que falta pra chegar ao Olimpo dos deuses de areia. Por que afinal as cortes superiores da justiça brasileira caminham na contramão da Lava Jato? Em breve saberemos... Obrigada, Crusoé! É mt reconfortante contar com a qualidade da sua informação, da sua investigação.

  107. A trama está se fechando em torno do STF e STJ. está claro que todos estão envolvidos. vem muita sujeira por aí e não vai escapar nem a professorinha Carmem Lúcia.

  108. Alguém ainda duvida que o empenho do STF em acabar com a Lavajato tem a ver com a exposição de ministrécos das Altas Cortês envolvidos em corrupção!!?? Está última ação da 2a turma, "legislando" para anular o processo do Bendibe, evidência esse ataque desesperado ao combate à corrupção, representado pela Lavajato. A sociedade precisa e vai reagir a esse escárnio!

  109. Parabéns pela reportagem ! Parabéns Crusoe por fazer o verdadeiro jornalismo ! É o STF delatado na lava jato !!!!! Por isso a reação que temos visto !!!!

    1. Parabéns pela reportagem. Muito esclarecedora. Conto os dias para que as investigações finalmente cheguem ao STF.

  110. A impressão que fica é que quanto mais elástica a impunidade, mais longa se torna a redação da denúncia, algo como quão mais desorganizada a sociedade, mais espessa é a sua Constituição, ou ainda, quanto maior a ânsia em criar sanções de natureza penal, mais volumoso o seu Código de Processo. Vale dizer, a virtude (de legisladores, juristas, redatores...) termina sempre onde começa o excesso. É excessivamente fatigante.

  111. Excelente reportagem!!!! Fui lendo e me lembrando do caso Pedro Collor entregando o irmão ...PC Farias... Muda apenas o elenco mas as quadrilhas não desaparecem. São protegidas por quem deveria nos defender.

  112. Parabéns Crusoé. Ah,sabia q. a água batia no bbum de meritíssimos e estavam apavorados-- e devemos apoiar a lava jato. Qto mais descobrirem e com mais informações podemos nos defender,desses Chefões.

  113. Fazer Jornalismo é como um pianista:. "quanto mais executa uma Peça mais aperfeiçoa a sua performance". Parabéns, Equipe CRUSUE!!!!

  114. Andei muito deprimida com os ataques a lava jato e Moro, mas vejo a resiliência deles e respiro um pouco mais aliviada! Pensei em não ler mais nada para não me angustiar mas vendo a continuidade não só do trabalho deles , mas das forças e violência dos ódios colocados em movimento ao nosso favor ! Não a mal que sempre dure!!!

    1. os investigadores e promotores são muito bons, tem ética e índole intocável.

  115. Excelente reportagem. Parte da justiça deve estar comprometida, lembremos do nosso grande brasileiro que com muito trabalho e dedicação iniciou tudo: Sergio Moro👏🏻🇧🇷

  116. Que se investigue o judiciário. Quem não deve não teme. Mas está cada vez mais difícil de acreditar que determinados componentes do judiciário não estejam envolvidos com a corrupção.

  117. Prebendas, mordomias, salários astronômicos e privilégios acintosos: de acordo com a OAB comunista tudo isso é imprescindível para a imparcialidade e a independência do judiciário. Só que não... tem também que rolar aquela propininha básica pras coisas acontecerem.

  118. Justiça é cega? Usa venda para não ver nada. A atuação dos ministros do STF acabando com a Laca JATO, aparece com muita clareza. O primeiro nome de quem? Bocão Gilmar Mendes. #STFDAVERGONHANACIONAL #STFLIXO

  119. A operação "abafa" teve mais um avanço com o caso Bendine. Agora os "ST" vão rasgar de vez a Constituição e o Direito para continuarem com seus lautos cafés da manhã. Deus nos ajude!

  120. Fico até com náuseas. Se eu encontrar um ministro do STF, principalmente Sr Gilmar, lewan e Toffoli, não sei nem o que faço. Essas pessoas devem ser tratadas como tratam o povo brasileiro: sem nenhum respeito, consideração ou clemência. Se acham os donos do Brasil e se tem dinheiro na frente, a justiça fica à mercê de seus compromissos financeiros. Cambada de crapula. Que vem a CpPI DA LAVA TOGA e a cassação dos laxantes do STF.

  121. Contra tudo isso, virão arquivamentos, segredo de justiça, declarações judiciais de que os réus não conseguiram fazer provas de suas delações.... Eles ninguém pega. Esqueçam.

    1. Infelizmente o senário apontado pode acontecer. Contudo, esperamos o contrário!

  122. vingança é um prato que se come frio. Nós ainda teremos a nossa quando finalmente a banda podre do judiciario experimentem a hospedagem carcereira

  123. Parabéns a Lava Jato. Que Deus nos proteja!!! Porque o babado e forte! É parabéns a matéria...pela qual podemos chegar a este mundo que nós pequenos mortais nunca imaginávamos existir.

  124. como é possivel que os srs gilmar, tofolli e lewandowisk ainda permaneçam em seus cargos, um minimo de atributos e já teriam se demitido,um nada de seriedade e ja os teriamos demitido

  125. Essa caixa preta do judiciário deve conter fatos de corrupção que estão além da imaginação de qualquer cidadão de bem. Vamos aguardar, quem sabe um dia também teremos nossa vingança, vendo esses togados atras das grades da PF.

  126. A lava jato entrou em um terreno mt espinhoso agora q ela se fortalece pq se tentarem acabar c ela agora vai ficar claro q o leva o beicola e torrofa estao envolvidos e mais gente do judiciário vamos aguardar e torcer avante PF e MPF

  127. Leis feitas por bandidos, dificultando o trabalho de brasileiros honestos, apenas para beneficiar bandidos infiltrados em todos os poderes. Essa farta mesa vem sendo mapeada por um novo Brasil q não recuará ainda q a resistência ainda esteja queimando florestas e mirando barragens. O bem sempre venceu e vencerá o mal. O judiciário brasileiro começou a pouco uma auditoria e só esse poder devia-nos satisfação. João Alves ganhar 23 X na mega, não tinha como guardar tanto $.Cadeia é para todos

  128. A reportagem é longa e com muitas informações que abrem novos caminhos. As pontas estão soltas mas estão expostas. Trabalho insano e difícil da Crusoé montando um lego gigante cuja forma é ainda uma incógnita e sem nome. Tomara que evolua. Parabéns pessoal

    1. Parabéns! É isso mesmo: Se a LJ morrer, morre o Brasil!

  129. Deve-se investigar os patrimônios dos Juízes corruptos e pegá-los por sonegação de impostos, como foi feito com Al Capone.

    1. Parabéns Cruzoé, a insistência da revista em busca da verdade, é um bálsamo na vida estressada que o brasileiro tem experimentado durante anos. Hoje somos o Marcelo Odebrecht, com um gostinho de vingança sobre as possíveis provas de implicações de alguns juízes... será o manjar dos deuses para o povo!

    2. Vergonha dessa justiça porca e desavergonhada, por isso querem acabar com a Lava-jato.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO