FelipeMoura Brasil

O ciclo do poder

10.05.19

Rodrigo Maia disse à Jovem Pan que o tucano João Doria “pode ser o candidato do DEM a presidente” da República em 2022.

Para Maia, o DEM tem hoje “um espaço melhor na política brasileira” que PSDB e MDB e, portanto, “as melhores condições para liderar esse processo pós-eleição municipal de incorporar outros partidos”.

Nisto, ele está certo. Seu partido, no momento, tem a presidência da Câmara e do Senado — além do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni — e, apesar de um ou outro investigado, não tem um réu do peso do atual deputado Aécio Neves ou do ex-presidente já encarcerado Michel Temer para chamar de seu.

A imagem da sigla – que, segundo Maia, “acabou crescendo em relação à eleição anterior porque exerceu um papel mais de centro-direita” — está menos manchada que as de PSDB e MDB, embora, para uma eleição presidencial, ainda falte ao DEM um candidato carismático que vocalize os sentimentos da população, ou seja: o avesso do tucano Geraldo Alckmin, apoiado pelo partido em 2018.

“A nossa candidatura do Geraldo, que seria um ótimo presidente, acabou representando esse esgotamento da agenda do ciclo dos últimos 30 anos. Claro que depois da facada (de Adélio Bispo de Oliveira em Jair Bolsonaro) foi mais rápido (o esgotamento).”

De acordo com Maia, porém, esse “centro/centro-direita” – que priorize “sempre a agenda econômica, de reforma, de geração de emprego, de melhoria da qualidade de serviços públicos, uma coisa assim mais objetiva do que entrar nesse debate de valores” — “vai continuar existindo”.

“A gente não pode imaginar que, na democracia, as pessoas tenham vitórias absolutas. Na democracia, o diálogo, ouvir a sociedade, construir uma maioria, o consenso, é o caminho correto. E acho que esses partidos vão acabar reorganizando isso. Porque nós fomos ao extremo pelo fim do ciclo. Se o ciclo de fato teve esse pico para uma posição mais à direita, naturalmente — depois de se conhecer isso — a sociedade vai procurar algo mais com equilíbrio, com diálogo, uma posição menos radicalizada do que foi a posição construída e liderada pelo presidente Bolsonaro.”

O Bolsonaro que a sociedade está conhecendo é o chefe de um governo ancorado na rigidez econômica de Paulo Guedes, detonado por parlamentares desinteressados em fortalecer o governo com o equilíbrio fiscal; na intransigência moral de Sergio Moro, detonado por parlamentares que temem ser alvo da Justiça; e no pragmatismo técnico dos militares, detonados por Carlos Bolsonaro e outros bolsonaristas na internet.

Enquanto esses aliados do presidente se digladiam nas redes, o Centrão já conseguiu não só desidratar a reforma da Previdência na CCJ, mas retirar o Coaf do Ministério da Justiça, limitar poderes da Receita Federal e ganhar duas pastas (Cidades e Integração), recriadas pela comissão mista da MP da reforma administrativa.

Os alertas estão dados.

Na Argentina, onde Mauricio Macri não conseguiu debelar a inflação, a esquerda voltou a ganhar força com a liderança de Cristina Kirchner nas pesquisas. Na França, onde a Frente Nacional se queimou com o radicalismo de Jean-Marie Le Pen, a sociedade procurou “algo mais com equilíbrio” no alegado centrismo de Emmanuel Macron.

Se Bolsonaro não deixar de lado seus Steve Bannons para focar na construção possível de indicadores positivos na economia (como tem Donald Trump, que celebrou a menor taxa de desemprego desde 1969 nos EUA) e no combate à corrupção e à criminalidade, que também demanda apoio e verba, o poder tende a sair da direita na direção contrária.

Seja na esquerda ou no Centro, entre militares ou mesmo liberais não conservadores, bastaria alguém com maior carisma que Alckmin e Rodrigo Maia.

Felipe Moura Brasil é diretor de Jornalismo da Jovem Pan.
Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Estranho a transcrição de toda uma entrevista com o 🐷 Rodrigo Maia. Felipe, o presidente tem sido honestíssimo com a população e seus propósitos durante a campanha. A imundície está tentando impor-se... o Presidente precisa somente ajustar o vôo, turbulências acontecem mas não necessariamente determinam a queda do avião! Acredito que o vôo será muito bom! Chegaremos ao nosso destinações sucesso🌟🌈🇧🇷

  2. Ou melhor, Maia nem sabe o que é carisma e tampouco sabe o que ou quem é o povo. Maia parece q anda dentro de uma bolha e em frente a um espelho e se acha popular.

  3. Votei no Alckmin no primeiro turno baseado num raciocínio primário: se foi eleito 4 vezes governador do maior (não geograficamente) estado da Federação, deve ser um bom gestor. Perdi. Acho que perdemos todos. Só ganhamos com o expurgo dos petralhas.

    1. Este tipo de debate não traz nada de construtivo, em soma, faça como jeans, caia fora.

  4. Este Maia não só é uma um filhote de corrupto é tbm uma raposa velha, apesar de não ser tão velho assim! Realmente Bolsonaro teria sim que rever algumas posturas! Esta picuinha envolvendo seus filhos, Olavo e os militares já deu florzinha! Agora este centrão nojento que se formou que aguarde, pois o que é deles está guardado! O povo tá se mobilizando e vai dar o troco que eles merecem! Se não for agora, vai ser nas próximas eleições!

  5. Felipe. Seu prognóstico é tão preciso como dois mais dois são 4. O bate cabeça do governo e a incapacidade da direita de organizar vem pavimentando o caminho para um novo "Lula" em 2022.

  6. ótima analise! Falta assessores como você neste governo! A demonstração com os chocolates foi deprimente. Acorda Bolsonaro!!!!

  7. Felipe, nem tudo o que você diz está de fato acontecendo. O centrão está TENTANDO desidratar tanto a reforma da previdência como o Sérgio Moro. Não sei se conseguirá porque, como você deveria saber, isso só ocorrerá se essas propostas de desidratação e enfraquecimento do Moro forem aprovadas em plenário. Não sei se isso vai acontecer. Eu acho que a pressão sobre os deputados pelas redes poderá reverter muita coisa dada como já certa. Vamos aguardar.

  8. Pois é FELIPE..... vejo que você continua não entendendo o que está acontecendo na nossa política. Como acontece desde o começo do fator Bolsonaro, os ladroes se unem pra desidratar as propostas de Bolsonaro e sua equipe - aliás, a mais qualificada e decente já montada por um governo, que se tem notícia - e essas propostas são as nossas propostas, e nós estamos cada vez mais enfurecidos com esse bando de ladroes fdp...e o Bolsonaro cada vez mais fortalecido dentro do grupo, porque esta Cerato.

  9. Quem manda é o congresso, a nossa constituição foi construída assim, temos um parlamentarismo disfarçado de presidencialismo. Todos os presidentes que quiseram comandar, tiveram que comprar o congresso, isto é o que chamam de articulação, ou seja, toma lá da cá, não tem outro jeito. A maioria que chega no congresso, não são pessoas “buena gente “ da sociedade e sim profissionais do desvio, que cresceram politicamente desde a liderança do bairro até o congresso no toma lá da cá.

    1. Vc esta no país errado. Dito isso acredito que seu pessimismo responde por vc. Se está sem articulação até agr é pq presidente não arregou. Presidente só precisa para de ser infantil em algumas atitudes, inocente em outras e falar mais em rede nacional. Mostrando resultados e explicando da maneira mais simples

  10. É isso mesmo. Opção de não formar base fisiológica é corajosa, mas apanhar dos seus nessa burra disputa por poder vai dar a leitoa pra oposição.

    1. Presidente ok. Moro vai para STF. Mais fácil Paulo Guedes virar presidente, Joice até o Doria do que Moro

  11. Espero que a conduta contra os interesses nacionais no cabo de guerra pró interesses dos políticos (não confundir com "interesses políticos, nestes tempos em que se buscam confundir as instituições com as pessoas e os interesses privados com os públicos) derrote Rodrigo Maia, Davi Alcolumbre, o DEM e todo o séquito do Centrão nas próximas eleições. O desserviço público que estão prestando é de dar nojo.

  12. Moro não tem 'rigidez moral'. Ele só tem mais inteligência do que a média dos brasileiros. Porque a ética não é um mero 'adereço' comportamental - ela resulta em economia de energia e maior produtividade social; o crime é entrópico, a ordem eleva o nível de complexidade (e, portanto, de produtividade existencial) de um povo. Ser brasileiro é uma sina infernal...

    1. Bolsonaro e os filhos colocam todos os dias uma bomba no colo. Parece que faz questão de complicar a batalha

    2. Concordo com o Thiago. Bolsonaro está se mostrando terrivelmente fraco e decepcionante

    3. Nao com Bolsononaro levando filhos e Olavo de tira colo numa proxima eleição.

    1. Tivemos im tigre de papel no passado, mas o Dória é um tigre de aço, ele vai dar a vida para ser presidente, vc vê todos os dias este objetivo nele. Doria já se vê como presidente.

  13. O Presidente Jair Bolsonaro precisa assumir as rédeas de seu governo. Não pode se deixar levar pelas intrigas e futricas do Olavo de Carvalho. Como bem definiu o Diogo Mainardes: " Olavo é um parasita que, hospedado no governo, poderá matar o seu hospedeiro".

  14. Bom Felipe Moura. O Rodrigo Maia e também principalmente ele David Alcolumbre estão esquecendo rápido a eleição da Câmara e do Senado, devem muito aos apoiadores diretos do Bolsonaro. Rodrigo teve votação inexpressiva no RJ e sua atuação na câmara não é nada espetacular, logo não nos surpreende em nada. Além disso, os dois são investigados....

    1. O centrão com sr Maia, sr Lira e outro nomes. Tera muito trabalho para voltar ao congresso! Esses políticos ainda não entenderam q a sociedade mudou. "Intransigência moral"?? é exatamente de homens como Sr Moro e Sr Paulo Guedes é q a maioria dos brasileiros desejam. Queremos mais como eles.

    2. Maia é um câncer. E precisa ser extirpado da vida pública. Espero que os cariocas aprendam isso é nunca mais votem nele.

    3. Sao politicos experientes, sabem jogar o jogo quando necessario, o crescimento em força deles se deve a fraqueza política de nosso presidente em dar ouvidos a seus filhos e ao guru da Virgínia ao invés de seguir com a agenda militar que de fato o elegeu. Mas fanático olavético vai dizer q a culpa do enfraquecimento governamental é culpa dos "militares comunistas globalistas". Pior é vermos nosso presidente abraçando esses ideais torpes e distorcidos.

  15. Que absurdo o Rodrigo Maia falar sobre eleições de 2022 já dando nome de possível candidato, quando estamos a apenas ,cinco meses do novo governo democraticamente eleito pela sociedade.!!!!!!!!!Agora é hora de arregaçar as mangas e trabalhar para que o país ,saia do buraco em que os desgovernos socialistas comunistas do FHC, Lula e DIlma jogaram o Brasil.Não é hora de mergulhar em sonhos tresloucados e voltados para o próprio umbigo.Estes medíocres políticos enojam e envergonham a Nação.

  16. Não é Steve Bannons que irá impedir Bolsonaro de governar, e sim esse inqualificável Rodrigo Maia. Está na hora do Presidente convocar a população e partir para o enfrentamento. Zé Dirceu tinha razão quando aconselhou Lula a não praticar o toma lá dá cá. Deu no que deu. E em lugar de seus líderes, melhor seria o Romero Jucá, pelo menos sabe trabalhar e é fiél.

  17. Como sempre, brilhante! O Bolsonaro deve entender que os militares são excelentes técnicos! E péssimos políticos. Normalmente. E que, nesta terra de Santa Cruz, a menor distância entre dois pontos nem sempre é uma linha reta!

  18. A situação está muito preocupante!!! Ainda existem muitos corruptos UNIDOS dentro desse congresso, com o firme propósito de acabar com o governo e com o Brasil!!

  19. Rodrigo Maia não te caráter!!!! Carisma depois de tudo que vem articulando... não vai conseguir mesmo porque está estampado em suas2caras a falta de ética O DEM também acha que não está se escancarando com todas as artimanhas montadas para fazer a política do toma lá dá cá??? Vão se achando. .... 2022 com certeza nem DEM , nem PSDB nem MDB ... e outros do CENTRÃO da corrupção!!!

  20. O protagonismo de Maia é fruto da falta de liderança de Bolsonaro. O crescimento do Centrão decorre da desarticulação da base do governo. Bolsonaro disse para Morão após serem eleitos que não podiam errar, mas é só o quê ele fez até agora. Só caneladas.

  21. Mas o que esse Bolsonaro está esperando? Eu acho também que está mais do que na hora de Bolsonaro assumir o seu papel para o qual ele foi eleito , pelamordedeus! Abra essa boca Bolsonaro e mande esse Olavo e seus filhos saírem de campo!🤐🤐🤐🤐🤐🤐

  22. Se as investigações sobre o Botafogo futebol Inca Maia forem intensificadas , o principal inimigo da Nação brasileira poderá ser abatido, Bolsonaro precisa dar sinais de força. O mal de montão, o bem a prestação. É antigo mas não perdeu a validade. Vamos lá Eduardo, põe a roda pra girar.

  23. O Brasil nunca teve uma elite de pensadores, só de espoliadores, os doutores de Brasília e deste país. E o povo se acostumou a eles viver implorando favores, nunca se levantando sobre seus próprios pés. Decência foi uma vez imposta pelos generais, mas nunca verdadeiramente conquistada. Por isso passou, murchou, esvaeceu. Assim, na continuada lavra dos desvios éticos impulsionada pelo voto dos ignorantes, os germens da corrupção vão renascendo revigorados, nada de novo, nada inesperado.

    1. Eles estão certos, muitas pessoas que votaram no Bolsonaro por causa do discurso anti-corrupção dele, estão desapontadas por vê-lo se ajoelhar perante o Congresso, em vez de se manter firme com seu ideal de "nova politica" essas pessoas com certeza não vão querer votar novamente no Bolsonaro, porque se sentiram traídas por ele... e isso abra brecha para o retorno do PT novamente...

    1. Ok Marlon, só posso desejar que tua confiança seja comprovada com melhora na economia e saúde, uma educação que forme cidadãos com conhecimento e produtivos, métodos eficazes para combater a correção. É isto que quero mas infelizmente vejo a possibilidade de acontecer cada vez mais longe.

    2. Mas o Olavo não é parte efetiva d governo, ele, como qualquer outro, pode criticar à vontade. E mesmo que Bolsonaro fosse essa vazelina que o "centrão" quer, Bolsonaro Estaria sempre nessa sinuca de bico, pq Esse fisiologismo viciado da máquina pública é difícil de sanar. Confio no Bolsonaro!

    3. Ah sim, faltou Olavo...mas pela sua relação com ele é compreensível mas não perdoável.

  24. Este traidor está se achando! A pauta do Governo foi apoiada pela maioria dos eleitores e não há como respeitar a quem sobrepõe o interesse pessoal ao do País. Atitude CANALHA de Maia e seus bandidos do Centrão. Estamos de olho e não vai ter perdão para estes crápulas que se opõem ao combate à criminalidade e ao desenvolvimento do Brasil.

  25. Primeiro, o partido dele fez aliança com o PT na Assembléia Legislativa de SP. Agora, candidatura pelo DEM? Teria meu voto se fosse pelo Partido Novo. Pelos demais partidos, jamais terá meu voto.

  26. O governo precisa dar menos atenção ao decrépito guru auto-exilado e mais , bem mais ao combate a violência que continua a dizimar milhares de brasileiros e fechar milhares de postos de trabalho.

    1. Mas é isso que ele quer: um Brasil destroçado para em 2022 ele se apresentar como salvador da pátria, aquele que irá juntar os pedaços. Para Maia e seus apoiadores, quanto pior melhor. por que é que ele escolheu também o Moro como alvo de suas malvadezas, porque ele teme que Moro seja um virtual sucessor de Bolsonaro.

  27. com todos os problemas que o pais enfrenta, eles só pensam em 2022. Doria precisa e SP, e não acredito que votemos em Doria. Quem consertar a economia leva......se Moro não se candidatar. Se derrubarem Moro, seremos solidario, e ele fizer o trabalho dele, seremos gratos. Mas prefiro Moro no STF.

    1. Eu também. Esse Rodrigo Maia é um moleque, e o Davi Alcolumbre também! Ficam falando em pacto federativo e por trás ferrando o governo. Mas o melhor de tudo isso é que os brasileiros estão conhecendo quem é quem. Se eu fosse o Rodrigo Maia teria mais cuidado, ele pode está preso em 2020.

  28. Uma análise irretocável da situação política, resultante do total despreparo e falta de liderança de um presidente dominado por extremista de direita com ideias ultra conservadoras, chamado Olavo de Carvalho.

  29. E como é que você quer que JB combata a corrupção, o déficit fiscal e a insegurança pública se o Congresso não ajudar? Pelo contrário, parece que a intenção é mesmo a de atrapalhar a governança e até mesmo destituir mais um presidente. Me parece que os únicos Steves Bannons de Bolsonaro são seus filhos e Olavo de Carvalho, porque até os militares parecem estar jogando contra. Que filho que, percebendo seu pai sendo traído ou vilipendiado, fica calado ou inerte?

  30. Rigidez econômica de Paulo Guedes e intransigência moral de Sérgio Moro....soou como uma crítica. FMB sugere abrandar em que pontos? Carlos Bolsonaro e internautas bolsonaristas tem mesmo todo esse poder? Atribuir responsabilidades ao núcleo do governo pelas atitudes lastimáveis do Maia, ofusca a realidade dos fatos. Rodrigo Maia não se importa com pautas econômicas, mas sim, cercear a justiça e usufruir da enorme fatia do orçamento para fortalecer o DEM e garantir aliados nas próximas eleições

  31. Realmente os sinais indicam que o homem mais poderoso do país hoje é Rodrigo Maia, sendo o DEM o partido com maior viabilidade. O DEM irá buscar maior consistência ainda nas eleições de 2020, trocar apoio com o PSDB (e outros mais), e formar uma forte coalizão partidária para 2022. Resta um candidato presidenciável (Dória, talvez). Conclusão: Bolsonaro já foi engessado (muito graças à própria incompetência). Jogo jogado. Já estamos em 2022.

    1. Concordo com Diego. Só pode ser brincadeira...o único que teve coragem de puxar o fio da meada enlameada da rapinagem. Intransigência moral? É disso que o país precisa.

  32. politicamente correto ... falou de Bannon e não de Olavo que é a verdade inconteste de tudo que governo não deveria seguir...

    1. Eu ach qe nã é precso fala tods as ltras par q se entend as cosa.

  33. João Doria é uma nova versão de Fernando Henrique Cardoso (que abertamente apoia Lula). Seria mais do mesmo socialismo e sabemos como terminou.

    1. Basta dizer que nomeou os ministros de Temer. É mais do mesmo, com perfume francês e camisa engomadinha. outro parasita vaidoso.

  34. Se continuar nesse ritmo, meu voto em Bolsonaro em 2022, só se se apresentar o mesmo panorama em que o PT represente real ameaça, o que eu duvido!

  35. O artigo começou excelente e esqueceu de dizer de forma clara o que as pessoas realmente querem. O que se quer é tentar eliminar a corrupção na política. Até aqui o DEM não mostra querer isso ao contrário. Portanto, pode-se concluir que esse partido sem apoiar medidas contra a corrupção não conseguirá cacife para almejar a presidência.

    1. Especialmente o Legislativo, e colocados por pessoas "de bem", que votaram nessa cambada do "Centrão", assim como votariam no Ciro achando que ele é um cara "moderado".

  36. Excelente alerta. Felipe, manda um recado ao Olavo, seu amigo, é diz pra ele parar de criar crises. O livro dele que tu organizaste é tão bom, que acaba sendo uma decepção o boicote do Olavo, que está implodindo o Bolsonaro. Nesse ritmo, o PT, ou, o que é pior, um PSOL, poderá vir em 2022.

    1. Concordo que Olavo muitas vezes perde a oportunidade de ficar calado, porém há uma tentativa mais do que velada de distorções de opiniões dele e uma força tarefa para assassinar sua reputação !!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO