Deus: use com moderação

15.11.18

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem.

500
  1. Excelente artigo> Ufa, um jornal inteligente que nos da de presente um artigo de tirar o folego! Vivo nos USA mas, como de longe tambem se ama eu continuo ligada ao Brasil. E penso, que estamos no amanhecer de um novo inicio da etica e seus valores. Parabens a todos os comentaristas de Cruzoe, todo lucidos e inteligentes. Foi a melhor coisa que fiz foi dar-me de presente uma assinatura da revista.

  2. Matou a pau, Sabino. Como sempre. Sou ateu, mas considero-me profundamente cristāo, porque o cristianismo é uma filosofia e nāo há necessidade de crer em um deus imaginário nem em um profeta salvador, para ser honesto, humano e reconhecer e repensar os próprios erros. Bom demais!!

  3. É preciso usar com moderação também símbolos nacionais como Hino Nacional, bandeira brasileira. Nos jogos de futebol entre times brasileiros toca-se o nosso Hino. Não vejo necessidade disso.

  4. Lamentável. Deus como “ideia” ou “criado” é o maior absurdo publicado por Crusoé. “Use com moderação”. Deus não é objeto para ser usado, muito menos criação humana. Uso da minha liberdade constitucional para afirmar: 1. O texto é ridículo; 2. Se a humanidade vivesse os ensinos do evangelho, o mundo não seria o caos que é; 3. Só há um Deus verdadeiro, Jesus Cristo, que morreu e ressuscitou, inclusive pelo Sabino, por mim, e por vc está lendo.
    Questão de fé? Sim. E isso é o mais racional.

    1. Fábio “çábio”… ele já escreveu sobre um milhão de coisas antes de escrever isso aqui. Então refaça seu comentário asnático para “jamais escreva sobre isso, Sabino”

  5. Até para fazer os comentários quem não se apetece com a esquerda mostra o grau de diferença. Não tem a miséria na qual os comunistas alicerçam suas palavras para convencer o tíbio, como pano de fundo para seu discurso . Sabem porquê? O capitão mesmo citou em vários de seus discursos: “E CONHECEREIS A VERDADE E ELA VOS LIBERTARÁ.” Portanto, de fato, DEUS começa a ser conhecido, ainda que, COM MODERAÇÃO.

  6. Continuação.
    Somente o fato de se crer em Deus já nos faz diferentes dos comunistas, que o execram, desrespeitam, não permitem que n’Ele se creia e ainda fazem crer que as instituições que ensinam a Seu respeito sejam tidas com “ópio” do povo”. As esquerdas, por onde tentam fincar suas malditas unhas têm, no diabo, sua principal aposta. Recentemente vimos a ex-presidente dizer que é (não seria) capaz de fazer com ele aliança para voltar ao poder. Como poderíamos ser uma grande nação?

    1. Lourival vive em outro planeta.
      No ocidente, só em países católicos (incluindo católicos ortodoxos) o comunismo vicejou. No Brasil, a Igreja Católica criou a Pastoral da Terra, o MST (guerrilha católica), Comunidades Eclesiais de Base, CNBB, Teologia da Libertação, etc.
      Não se esqueça do Socialismo Cristão, de Thomas Morus e dos próprios ensinamentos do carpinteiro farsante a demonizar ricos. Está na Bíblia: as comunidades paleocristãs eram socialistas.

  7. A Bíblia – o Código de Conduta que Deus deu aos homens para que estes não ficassem ignorantes quanto aos Seus preceitos e Mandamentos – é bastante clara no sentido da assimilação da humanidade pela Divindidade, e qual a diferença entre a que A tem e a que A despreza. Diz assim:”BEM AVENTURADA É A NAÇÃO CUJO DEUS É O SENHOR.” Nessas palavras já se encontram as razões de ser, dos homens. Se é fato que se pode ter como aposta dessa bem aventurança que nos animou a votar no capitão, prefiro assim.

  8. Ótimo texto, só acho curioso como a crença na não existência de Deus já é Default entre os mais instruídos, quase um objetivo primário do sistema educacional Ocidental, o mais inteligentes e experientes (Como Mario Sabino) precisam achar argumentos para “conceder méritos” a Deus mas possivelmente não necessitem do mesmo cuidado para colocar sua Fé abstrações racionais e simplificações grosseiras em nome da ciência ou ideologia. Os menos experientes estão sendo privados desta Sabedoria.

  9. continuação 2
    A multiforme sabedoria divina nos proporciona o ‘ser’ e o ‘não ser’ para que possamos, fazendo uso de nosso ‘livre arbítrio’, escolher que caminho seguir…
    Eu fiz minha opção: sou Teísta!
    Deus confiava em Jó…
    Deus pode confiar em mim…
    Quanto Deus pode confiar em você?

  10. continuação…
    Logo, Não acreditar em Deus é a parte divina do não Ser, para que outros possam Ser, a partir do conhecimento do Não ser…
    Não faria sentindo uma criação divina exigir que todos pensassem a mesma coisa…
    A própria natureza humana vive a adversidade
    A possibilidade da existência de ateus ou agnósticos permite que observemos, avaliemos e tomemos a decisão do que queremos ser… se essa face de Deus não existisse, não teríamos como optar em sermos Teístas ou Ateístas…

  11. Interessante como as pessoas se posicionam em sua espiritualidade, sem nem mesmo darem-se conta que estão “espiritualizando”
    ‘Eu sou o Alfa e o Ômega… Eu sou o princípio e o fim… Eu sou o que está em cima e o que está embaixo… Eu faço a ferida, Eu curo a ferida… Eu sou o que sou…’
    Todas estas ‘máximas’ são muito conhecidas, mas poucos dão-se conta de que elas encerram uma grande verdade: Ele é Tudo…
    Isso também quer dizer que ser Ateu, é ser Ele, já que Ele é… e Ele também não é..

  12. Deus não artigo de uso humano para ser manipulado com moderação ou não. É transcendente, não se confunde com a criação. Aliás, só a intervenção divina explica como a situação política do país mudou de água apodrecida para vinho de primeira qualidade. O lulopetismo era poderio imenso, não havia nenhum partido ou coligação capaz de removê-lo do poder. Só a misericórdia do Deus vivo poderia movê-Lo a levantar homens do MP e da Justiça para enfrentar corajosamente essa grande organização criminosa.

  13. *

    Excelente texto. Destaco o trecho:

    “… não teremos nenhuma importância enquanto as exportações e importações brasileiras significarem apenas 1% do comércio mundial.”

    Ou seja, é a economia, babaca, o que importa de forma preponderante. Uma economia que distribua riqueza pra todos.

    Se alguém espera resolver a situação no nosso país apenas urrando sem parar “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, não vai a lugar nenhum.

    É urgente tratar de resolver as principais promessas de campanha.

  14. Quase uma revisão bibliográfica para defender uma tese, pré concebida.
    Se fosse para defender o contrário o texto teria o mesmo formato.
    Poderia se argumentar inclusive que os animais e até mesmo as feras , também convivem em harmonia entre si e com seu ecossistema, mas somente o homem precisa de Deus para ter um código de ética.
    Admite-se como verdade que Deus surgiu a 14.000 anos atrás!!!
    Penso que é tudo uma questão de crer!
    O crer pode apenas ser vivenciado, experimentado e é inexplicável.

  15. Eu achei o texto do Mario Sabino simplesmente extraordinário. Como ateu que sou e humanista também. Que beleza de argumentação, que clareza nas interpretações. Como se não bastasse é anti-petista também. Pra ser uma unanimidade, só falta ele ser palmeirense.

    1. Todo mundo tem mãe, alguns tem esposa, alguns tem filhos. Ninguém acha errado o presidente agradecer aos pais, a esposa, aos filhos, aos professores, aos amigos. Acham errado agradecer a Deus. Mas é a mesma coisa. É uma relação que a pessoa tem. Deus é como mãe: todos tem mas alguns não conhecem. Não conhecem a generosidade que os deixa existir. Mas qualquer ateu pode entender que tudo que o homem sabe é muito, muitíssimo menor, do que tudo o que desconhece.

  16. Apesar da sua definição de ” Deus como uma excelente ideia” seria preciso definir o que é uma IDEIA. No seu texto vai de norte a sul e leste a oeste falando de quase tudo que faz com que os homens (mulheres) – seria melhor falar em pessoas- se comportam. Seria muito interessante conhecer (saber) por que as pessoas se comportam. Em Ciência e comportamento humano de B.F. Skinner (parece que este autor é detestado por Mainardi) há alguns indícios das causas do comportamento. E se não formos às …

  17. Esse argumento de que suecos e dinamarqueses provam que é possível uma ética sem Deus é muito usado, porém precipitado. Essa que observamos é a primeira geração de suecos ateus; mas eles foram educados eticamente por seus pais e avós cristãos. Esperemos duas ou três gerações e vejamos se a Dinamarca que conhecemos ainda existirá. Se essas nações tiverem sobrevivido, e ainda com os índices de desenvolvimento e moralidade pública de hoje, aí sim será possível dizer que ética sem Deus é possível.

    1. achei muito pertinente sua ideia de esperarmos por mais duas ou três gerações de suecos criados por pais,avós ateus.
      Gostaria de viver para ver….

  18. O problema maior é o fanatismo, algumas crenças e seitas gostam de usar pessoas com baixo conhecimento cultural e com certa deficiência mental para propagar suas ideias, aqui mesmo no Brasil já aconteceram incidentes em que alguns “crentes” invadiram igrejas católicas e depredaram imagens, agrediram pessoas que cultuam as religiões afro, não vou generalizar, mas alguns “pastores” pregam abertamente este tipo de violência.

  19. Acho fundamental que se traga o assunto da Origem, do Superior, do Eterno, do Infinito, do Bem, da Compreensão, da Lei, para a vida nossa de cada dia e todos têm o direito e a liberdade de se expressarem sem críticas. Fantástico, aprovado na sua iniciativa.

  20. Sabino é ótimo jornalista, tem bom senso, é sério mas não tem profundidade intelectual (nem os próprios intelectuais têm no Brasil) Não leu nem conhece nada de Heidegger mas fica citando à moda paulista, de 2a 3a mão. Para com isso. Confio mais no seu bom senso escrito por extenso do q nessas fundamentações invocando espíritos. Não existe Espírito Santo de orelha, meu caro.

  21. Fantástico !! Excelente !! O artigo é inteligente e bem conectivo ao monento que vivemos. parabéns Rabino. uhhhh . Arrasou! O antagonista ta “lacrando” kkkk. Beijos Sabino.
    Sandra Portella de Salvador-Bahia

  22. Deus!!! Na verdade… Use sem moderação! com essa corrente cristã, que deu até margem ao seu título esperava argumentos que envolvesse ambos os lados, mas vi apenas raciocínio mono!!!

  23. Esse é o preço de expressar seu ponto de vista , vocês com certeza sabiam que não ia ser fácil levar uma revista dessas adiante falando o que pensam , me parece que houve mais comentários contra do que a favor nesse artigo , de qualquer maneira assinei essa revista exatamente por isso porque em outras mídias já deu no saco , já cansou , não tenho tido tempo nem saco pra ler ,ver e ouvir muita coisa , nesse caso aqui nem Deus nem o Diabo se sentiram agredidos , tá tudo certo.

  24. Prezado, só você disse que não é possível haver ética sem Deus. Ninguém disse isso… além de vc (?) Você é excelente jornalista, todavia, da próxima, fale uma língua da qual saiba ao menos umas parcas palavras, ainda que escolhidas ao acaso para imaginarem que entende do assunto. E da próxima, entenda que o porco Hitler é próximo do burro Mussolini, mas Savonarola nada tem a ver com Torquemada… Nessa, você torturou Jerônimo.

  25. Mário Sabino, pessoalmente compartilho da mesma visão que tens e descreves sobre deuses e religiões. Contudo, acho que elas servem para dar sentido e direção a povos que aí contrário do sueco, ainda estão longo de atingir um grau de racionalidade, minimamente aceitável.

  26. Toda minha vida escutei: …”como é possível fazer guerra e matar por causa de religião?… ” Portanto, a maioria de guerras foi em nome de Deus. Por isso concordo com Sabino, com fé ou sem fé, use com moderação.

    1. Pensei que meu celular é que tinha problema! Realmente a navegação da Crusoe é pouco amigável, qualquer toque na tela e já pula pra baixo, volta pra pagina anterior….também sinto falta de um Fale conosco, justamente para apontar essas falhas!

  27. Você me surpreende sempre, Mário. Consegue fazer jornalismo de primeira linha, críticas sutis com um texto intelectual junto a humor bem brasileiro. É um prazer ler toda semana o que vc escreve.

  28. Nao acredito em Deus e nao sou comunista. O Deus que muitos acreditam, serve mesmo e’ para perdoar pessoas sem carater das sem-vergonhices que cometem a rodo, em suas vidas. Acho que em vez dessa baboseira de Deus, espiritualidade, etc, etc, deveriamos seguir apenas uma maxima: faca aos outros aquilo que queres que seja feito a ti. Precisa de mais alguma coisa?

    1. Essa parte faça aos outros o que queres que façam a ti são palavras de Jesus Cristo. Portanto se olhar ateu de fato não existe

  29. Sr. Mario. Qual a razão para não instalar a Embaixada do Brasil na Capital de Israel? Porque os árabes não querem? Que vassalagem é essa? Chega de submissão a esses cortadores de cabeças; explosivos ambulantes; opressores de mulheres, e por aí vai. Os Jebuseus e os Tamoios não mais existem, não há nada a devolver.

  30. Sabe Mário, li Blaise Pascal, um cientista da matemática que decidiu provar a existência de Deus. Isolou-se de tudo e de todos, e finalmente antes de morrer, muito cedo por sinal, ele concluiu que nada se perde se acreditarmos em Deus. Li Blaise Pascal e descobri o segredo de manter uma boa amizade, Deus existe, Jesus não é uma lenda. E Bolsonaro, bem, acho que realmente ele é guiado por uma força divina.Nunca soube de ninguém no mundo igual ao Bolsonaro.

  31. Penso que problema de muitos é a ingratidão, o homem tudo recebeu, sozinho é incapaz de se levantar da cama, incapaz de pensar. Pombas, Jesus disse sem mim nada podeis… Nos recebemos tudo o que somos, sem condicionamento algum, para que demonstrássemos apenas gratidão. O orgulho não deixa o Homem pensar direito, quando a gente tem um filho recém nascido nos braços e ainda assim somos incapazes de orar e procurar por Deus que nos deu tal presente, só prova ingratidão e isso que valerá lá no fim

  32. Bah, desde que virei ateu, ficou bem mais fácil enxergar a imbecilidade do bicho-homem.
    Matam e morrem milhões e milhões em nome de um(ns) suposto(s) deus(es), que, se existir mesmo, deve dar gargalhadas (ou morrer de desgosto) sobre o que se faz em nome dele.
    Melhor é trabalhar, que quem tem que pagar meus boletos sou eu. E não um deus qualquer.

  33. Um artigo que oscila momentos, mas destaco o que de mais importante ficou: o Brasil é um imenso desfile carnavalesco. Precisávamos apenas não continuar seguindo o desfile rumo ao abismo. Ajustando essa direção, nosso povo já se dará por satisfeito e retornará ao bundalêlê.

  34. O que importa é trocarmos o materialismo pelo espiritualismo. Deus existe e está dentro de seu coração. Seu EU maior. O dia em que trocarem o amor pelo poder pelo poder do amor, então a Terra toda terá a paz. Verdade, Justiça, Liberdade e Paz!

    1. Sim. Um comunista diria: Quando implantarem verdadeiramente os ensinamentos de Marx, todos trabalharem uns pelos outros, sem propriedade privada, sem ganância, seremos todos prósperos e felizes.
      kkkkkk
      Só que isso jamais acontecerá.
      De igual modo, o “dar a outra face” e o “amar o inimigo” é bom para gerar pecadores. Porque com isso é impossível contar, na prática. Aí os absolvidores, os administradores do pecado, entrarão em ação. Para os comunistas, a polícia secreta, os gulags, etc.

    1. Avanço da medicina.
      Se Tancredo tivesse sido salvo pelos médicos, teria sido Deus.
      Se Bolsonaro tivesse morrido, é porque foi a vontade de Deus.
      Muito fácil e parvo dizer isso depois que aconteceu.
      Satanás foi mais eficiente com Haddad. Impediu que ele fosse esfaqueado… kkkkk
      Deus, como a PF, foi incompetente e depois teve que contar com a medicina dos homens para consertar a M* que fez… kkkk

  35. O artigo é bom em alguns momentos. Em outros há uma divagação desnecessária.
    Mas, ao final gostei da ratificação de que não é a ideologia do novo Chanceler q vai alterar algo. Conter e acabar com o PTismo no seu pedaço já será bastante bom. Essa questão sobre Deus é muito, mas muuuuuito pessoal. Vamos ao que interessa..

  36. Houve tempo, se é que se lhe pode chamar “tempo”, em que Deus habitava só. Não existia o céu, a terra, os anjos; não havia nada, nem ninguém.Este “tempo” pertenceu a uma eternidade insondável, na qual Deus esteve só: completo, suficiente, satisfeito em Si mesmo e de nada necessitando. Ou seja: Deus é honrado e desonrado pelos homens; não em Seu Ser essencial, mas em Seu caráter oficial Saudações, Mário Sabino!

  37. Gosfei muito do artigo. Sempre inteligente E irônico (no bom sentido). Que pena que nem todos os leitores tiveram a capacidade de compreender. Obrigada por nos trazer textos tão. Nos todas as semanas.

  38. E quem jogou a Big Biribinha 4 bilhões de anos atrás, Anta? Uma coisa é certa: nós somos TODOS pequenos, limitados, falhos, TODOS NÓS. Mário Ateu atrás do armário, vá ler um pouco de Edmund Burke, vá. A Declaração de Independência dos EUA também serve.

  39. Se crer em Deus é questão de fé, porque não posso provar que Ele existe, então não crer em Deus também é uma questão de fé, porque o ateu também não tem como provar que Deus não existe. Portanto, é tudo uma questão de fé. Agora, se você acha idiota se alguém disser que um Boeing 747 tenha surgido por acaso, mas acha que algo infinitamente mais complexo como por exemplo as interações entre os corpos celestes tenha surgido como obra do acaso, então eu sugiro: pense melhor.

    1. Não é uma questão de pensar melhor, como você mesmo disse é uma questão de fé e acho importante respeitá-la, até porque vem numa mensagem sem ódio, muito pelo contrário.

  40. Mário
    O artigo é muito muito bom. Mas curiosamente para mim ele parece (de longe, é verdade) com a personagem do Machado de Assis, a Capitu, ela traiu ou não o Bentinho?
    Comparando: Você acredita ou não em Deus?

    1. Ele não acredita. mas considera que a “idéia” de Deus é bem vinda para evitar que as pessoas saiampor aí Se matando. O problema é que a idéia de Deus tb faz com que as pessoas saiam por aí se matando😀

  41. Quem continua falando em um Deus único é o povo judeu, embora o Genesis se refira a Elohim, uma pluralidade. E também o povo árabe, com Alah. O que se observa, no Ocidente, é que não existe um único templo dedicado ao Deus Criador. O homem passou a cultuar-se a si mesmo, elegendo um homem como sendo o Deus e a mãe desse homem como sendo a mãe de Deus. Aliás, uma mãe de Deus multiplicada por milhares, cada uma delas a “Santa Mãe do Criador”. L’amour de soi.

  42. Estou em casa tentando ler a Crusoé enquanto um pastor histérico entra pela minha janela como Lúcifer transportado por seus pontentes berros e microfone,certamente tenta introduzir o deus dele tímpanos estourados abaixo dos seus fiéis,mas acaba deixando seu vizinho agnóstico aqui de saco cheio. Deus deveria ser um assunto particular.

    1. Desde Criança, minha família, evangélica , me dizia q os Países como Suécia tinha mais da metade de sua população protestante , e por isso eram prósperos , o que os tornava diferentes e se destacavam em sua moral, ética e prosperidade. Foi de lá que vieram missionários e implantaram e fundaram no Brasil a maior Igreja protestante no Brasil: a Assembléia de Deus . Então , hoje pode ter muitos ateus , mas sua essência sócio-cultural e religiosa protestante faz desses países o q são hoje .

    1. “A Bíblia é a palavra de Deus” Assinado: algum escritor da Bíblia.

      kkk
      Muita burrice citar Bíblia para defender existência de Deus.

      Seria como eu citar um texto grego para defender a existência de Zeus…

  43. Deus continua sendo ideia e doutrina,pa
    da aqueles que não o conhecem. O Jesus
    histórico não é negado nem pelos ateus
    qto a divindade só pode ser atestada por
    aqueles que fizeram uma experiência pes
    soal São Francisco é um dessas testemun
    has,entre tantos, qto a ter uma conduta correta todos trazemos a lei do criador inscrita em nosso ser, mas somos livres pra escolher e se tivermos a felicidade de vivermos em países onde as leis são res
    peitadas o bom exemplo passa a ser refe
    rencia.

    1. O universo sempre ter existido é tão absurdo quanto deus ter sempre existido. melhor parar no universo. senão daqui a pouco inventarei o supra-deus, que criou deus e de fato sempre existiu. kkk

  44. O que seria “Use Deus moderadamente”?
    Deixa eu ver se entendi: A demonstração da fé alheia agora é passível de questionamento,de críticas e de se medir para que não transborde o as pessoas têm por razoável?
    Pra quem tem o Deus como Senhor de sua vida, como o chanceler, não existe isso de “Use Deus moderadamente” e muito menos “Use Deus”.
    Nós somos usados por Deus e não o contrário.Quem não entende isso não entendeu nada do Cristianismo.
    Num país laico,o chanceler pode livremente falar de sua fé.

    1. Sim. Fale o que quiser, mas não molde o mundo pela sua forma de visão sobre Deus, sobre o que chamou de globalismo e o metapolítico.

  45. Considero-me conservador e cristão. Tal entendimento, entretanto, não me faz ficar cego para as leis naturais. Fé e ciência não se anulam, humildemente penso assim. Só acho que é covardia tentar criar deuses “pessoais”, somente para se amoldar à lógica de cada um. No tocante à conclusão do seu artigo, concordo em parte. O problema, a meu ver, não é o uso “moderado” de Deus. É o seu uso em vão, ou pior, o seu uso de forma hipócrita.

  46. Não sem razão, o próprio Deus determinou que não se invoque o nome dEle em vão. Traduzindo: momentos “laicos” são legítimos e necessários na vida social. A César… o que é de César.
    No mais, Deus não é uma ideia: é uma pessoa mesmo, independentemente do que pensam as demais pessoas.

    1. Lula é uma ideia.
      kkk
      Deus é um meme que varia de acordo com os povos e com o tempo.
      já foi mais severo e vingativo.
      hoje é um ser panteísta meio budista, bonzinho e que ama todo mundo.
      amanhã será apenas mitologia judaica. kkk
      hoje é consenso que Odin não existe apenas porque não há vikings a reclamar sua existência…

  47. Desculpe Sabino, mas o texto parece covardia de criticar por subentendidos as ideias e a escolha de E. Araújo, novo chanceler brasileiro. Sabemos que vc é de direita, não esconde isso, mas tem que ter a clareza de criticar os de direita com igual clareza. Significa: aqueles, de direita ou de esquerda, que querem moldar os fatos as suas ideias. Leiam o blog do novo chanceler e compreendam a total falta de bom senso do homem sobre o “globolismo”, Deus, cultura e meta-político.

  48. Pelo andar da carruagem voltaremos à Idade Média. Só falta escolher o Richelieu caboclo na CNBB. Talvez um pouco melhor, copiando Israel e Irã, farinhas de sacos religiosos distintos. Pelo visto o novo chanceler vai vender santinhos, rosários e catecismos no exterior. É do que entende melhor. Commodities, bens de maior valor agregado, etc, são grandes demais para ele. Falta o viés religioso. Mas pode mudar, porque basta jogar um pouco de água benta nos produtos exportados que tudo se resolve.

  49. Mais JUNG e menos FREUD;
    mais Heráclito, menos Aristóteles.

    O Santo Graal (expressão também usada pelo futuro Chanceler, em ‘Trump e o Ocidente’) talvez esteja nisso, convergindo ao paradoxo da limitação e do extravasamento por Deus.

    O Brasil é dos mais paradoxais. Nesse aspecto não se nega a sua relevância!

  50. SEM COMENTÁRIO. TEXTO PERFEITO. PARABENS. JÁ VIVI BASTANTE TENHO 79 ANOS DE IDADE PERTO DO DESENCARNE. TENHO ESPERANÇA HOJE DE VER UM BRASIL MELHOR COMO DOS MEUS TEMPOS DE CRIANÇA.SOU UM DELEGADO DE POLÍCIA APOSENTADO.VIVI O MOVIMENTO REVOLUCIONÁRIO DESDE O DIA 31 DE MARÇO DE 1964. OS FATOS NÂO OCORRERAM COMO OS COMUNISTAS NARRAM. ENFIM PARABENS MÁRIO ¨SABIDO

  51. “Só sei que nada sei”. É assim que me sinto após a leitura de seus brilhantes textos, Mário Sabino! Você motiva o leitor atento a buscar informações na literatura clássica da religião, da política e de muito mais. Obrigada por sua honestidade intelectual!
    Elisa Cristina

    1. Mário! Deus é necessário no coração dos homens em qualquer latitude.
      O homem precisa aprender a reverenciar algo maior!
      enquanto isso não for aceito viveremos somente aspectos de humanidade!
      Existe Divindade dentro do ser humano !

    2. Jesus é necessário no coração dos homens?
      Jesus é condenador.
      se antes dele bastava ser bom para ser salvo, e agora tem que ser bom e aceitá-lo como deus e mediador, então ele é apenas um atravessador. um condenador de bons que não creem nele. mas se ele não condenar bons que não creem nele, então ele é INÚTIL! kkk

    1. Concordo com o Sabino, não é Ocidente, tá mais pra Oriente, um bazar de mil e uma coisas de todas as origens! É isso que somos, acredite!!

  52. Um demônio sabido desse deve ser ateu. E isso não pode ser considerado uma acusação mas mera constatação, pois não parece intelectualizado crer ser desonroso não crer. Se eu não fosse crente, vislumbrado, passaria a ser devoto do diabo do editor. Meus ingênuos irmãos expressam suas convicções na frente de sua ética, para eles não é ético esconder suas convicções, acabam perdendo os aplausos naturalmente concedidos a quem apresenta uma ética oposta a do PT e a do PCC.

  53. Excelente, Sabino. Penso exatamente assim. Sou umprofundo estudioso de grandes religiões mundiais e defendo a tese da Metareigião, gostei quendo você mencionou a Metapolitica. Dentro do meu conhecimento que tenho sobre Deus tendo como fonte os livros, que chamo de Celestiais.

  54. Muito bom! Acho curioso que haja tantas críticas negativas dos leitores neste e em outro artigos da Crusoé. Na verdade eu os parabenizo por deixar este espaço aberto para a opinião direta e sem filtro dos leitores, algo que muitos canais de comunicação deixaram de fazer (de fato algumas discussões partiam para a baixaria). Eu aprendo tanto com as notícias quanto com os comentários, que me ensinam diariamente sobre a diversidade e natureza humanas. Keep up the good work!

    1. Marx disse: o que eu escrevo é a verdade.
      Ah, então é verdade… kkk
      O mesmo vale para passagens bíblicas a defender as escrituras…
      argumento circular não falseável Portanto apenas mais uma fé em meio a milhares de outras fezes mundo afora, milênios afora.
      Todas religiões se pretendem verdadeiras e únicas.
      Então são todas falsas menos uma.
      E mais provavelmente todas falsas.

    1. Mario, por favor peço que doravante use o termo autista de forma mais adequada e elegante, assim combinará mais com você. Obrigado

    1. Qualquer uso não moderado da RELIGIÃO leva a destruições. Deus não tem nada a ver com isso, As religiões têm a ver com Deus, mas Deus, nada tem a ver com elas, é o que aprendi após muito estudo sobre o tema,

  55. Perfeito e brilhante, Mário, mas os histéricos do outro lado da força, o dito hegemônico, não vão gostar de seu artigo: seria engraçado se começassem com terrorismo histérico, imagina, íamos dar boas gargalhadas, afinal, o Brasil não precisa mais de humoristas, já tem essa gente!

  56. Basta escolher uma Câmara de Vereadores de qualquer cidade do interior (ou de várias capitais também). Quando a falta de preparo e/ou de conteúdo e ética ameaça transparecer, alguém evoca o nome de Deus, o consenso se estabelece e nada evolui. Tomara que Deus deixe de ser escudo para maluquices e bobagens como as propaladas pelo Sr. Ernesto.

  57. Lavou minha alma! Deus não é propriedade de religião nenhuma, ainda que elas tenham se apropriado dele e os únicos escolhidos por Ele são os que se conduzem na vida permeados pela ética , pela honestidade e
    acima de tudo pelo respeito ao próximo.E o mais importante : Deus , sendo “quem/o que é” obviamente a tudo vê, enxerga muito além das limitações e das bandeiras humanas das aparências e da hipocrisia!

  58. Olha só, a verdade das verdades. Fácil chutar cachorro morto, não é, seu Sabino, corruptela de quem tudo sabe. Não há dúvidas de que o Brasil é insignificante para o mundo ocidental. Concordo. Continue batendo, mas se estás nessa posição de visibilidade, procure ver onde podes ajudar e não apenas afundar. Seremos melhores se houver apoio de quem torce por um País melhor, ou vc não se enquadra nesse objetivo? Abs.

  59. Brilhante texto Mário…e eu, acreditando em Deus, espero MESMO que Ele nos abençõe! Ainda sobre a questão: o q aconteceu com o censo q a China estava realuzando no ano passado para saber qtos Cristãos existiam no país? Algo novo? E Putin dando aval para a prática Cristã?…Estados laicos? Os nórdicos…e quem mais???

  60. Eu não li o artigo do novo chanceler sobre T, mas pelas suas falas, tenho a impressão de que trata-se apenas de um crítico do multiculturalismo e do relativismo cultural, que desbancam naquela mesma sentença fatal, ” então, tudo é permitido”. Em lugar disso, o chanceler apresenta-se como um ocidentalista que parece encontrar no Deus judaico-cristão um resgate de uma civilização que em sua perspectiva apresenta-se erodida pelo relativismo.
    Essa perspectiva me parece bem interessante.

    1. Esqueci de uma coisa: o chanceler tem uma visão teleológica sobre a história e a política. Imagino que para aqueles que acreditam em Deus, a gde maioria da população do país, essa visão tenha lógica, ou será que o sujeito pensa assim, Deus age apenas

    2. ou será que o sujeito pensa assim, Deus age apenas na vida privada, falar em Deus na política não pega bem… e o Estado Laico? O pensamento do chanceler me parece portanto coerente, se levarmos em conta que se trata de um alguém que acredita em um Deus que age no mundo, esse não é o meu caso, mas não deixo de ver coerência para aqueles que creem.

  61. Mario, gosto da maioria de teus textos, esse também me agradou, porém hoje você se esmerou no palavreado e citações… me lembrou um pastor falecido, graças a Deus, que adorava falar difícil e muitos não entendiam e até dormiam, no teu caso, o google nos ajuda a elucidar o palavreado 😀
    Concordo com a moderação do uso de Deus e que o Mesmo não seja motivo para nos matar e discordo quanto a mudança da embaixada de Israel para Jerusalém, sua capital.
    Ah! Não precisa ir para o inferno ;D

    1. Concordo. Confesso que abandonei a leitura na metade do texto. Meus conhecimentos são insuficientes para alcançar metade das citações.

    2. A ideia do texto é justamente essa. Deus vai servir pra gente não se matar e tornar à barbárie, mas é preciso usar com moderação. Insistir nessa mudança da embaixada só pra agradar a ala religiosa e sofrer um baque econômico por causa de retaliações de nossos parceiros comerciais (de longa data) árabes, é usar Deus demais. Em política externa é preciso ser mais pragmático e menos ideológico. Estados Unidos não vai nos salvar.

  62. Concordo com você. Que se use Deus com moderação. Senão não sobrará tempo nem cabeça para acompanharmos a politica e as suas malandragens. Temos que estar atentos, vigilantes para garantirmos o nosso arroz com feijão e a satisfação de outras necessidades. Sou uma dinamarquesa, pois, pois?

Mais notícias
TOPO