Band TV"Bolsonaro falou que não queria usar a velha política e usou. Deu 30 bilhões de reais em emendas ao Centrão e, agora, reclama que não tem dinheiro"

‘A polarização é uma coisa estúpida’

O apresentador José Luiz Datena, que deve disputar uma vaga no Senado no ano que vem, diz acreditar nas chances da terceira via e conta como o PSL o escanteou da corrida presidencial
05.11.21

Depois de vários ensaios, o apresentador de TV José Luiz Datena pode, enfim, estrear na política em 2022. Recém-filiado ao PSD, depois de uma passagem relâmpago pelo PSL, Datena aceitou o convite de Gilberto Kassab para concorrer ao Senado por São Paulo. Seu plano era bem mais ambicioso. A almejada candidatura à Presidência foi implodida tão logo o seu antigo partido anunciou a fusão com o DEM, que resultou na criação do União Brasil. Só fiquei sabendo da fusão do PSL com o DEM pela mídia. Pediram para eu me lançar candidato à Presidência e dar entrevistas como candidato.  Depois, me disseram que a coisa tinha zerado”, afirmou Datena, que chegou a anunciar o ingresso na política em 2018, mas acabou recuando.

Conhecido por sua eloquência, Datena procura poupar pessoalmente o presidente do União Brasil, Luciano Bivar, de quem diz não guardar mágoa, mas afirma rejeitar as práticas da velha política, baseada nas “barganhas” feitas pelos partidos. Quem não escapa da língua afiada do apresentador é o presidente Jair Bolsonaro. Para o apresentador, se não tivesse distribuído emendas ao Centrão, “para frear o impeachment”, o governo não precisaria “furar o teto de gastos”, para bancar o Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família. Ele diz que é preciso encontrar um nome capaz de pôr fim à “estúpida” polarização entre Bolsonaro e Lula. Eis a entrevista:

Por que o sr. decidiu sair do PSL e se filiar ao PSD?
Só fiquei sabendo da fusão do PSL com o DEM pela mídia, quando já estava praticamente fechada. Fui pego de surpresa. Eu tinha um acordo com o PSL, mas a atitude do PSL comigo mudou. Primeiro, pediram para eu me lançar candidato à Presidência e dar entrevistas como candidato. Depois, quando houve a fusão, (Luciano) Bivar e (Antonio) Rueda me disseram que a coisa tinha “zerado”. Ficou tudo incerto. Partido político faz muita barganha, e não quero fazer parte de barganha. Essa é a velha política da qual não quero participar.

Pelo relato, o sr. se sentiu usado pelo PSL como moeda de negociação.
Aprendi uma coisa na política: é relativo você dizer que está sendo usado. A diferença é que a minha vontade de entrar na política vem de um dever cívico e público, e não de fazer barganha. Não é culpa das pessoas, mas do conceito no qual a política está inserida. Não posso chegar à leviandade de dizer que fui usado. Só que decidiram seguir um caminho que não é mais o meu. Se Bivar disse que “zerou“, zerou mesmo. Não ficou mágoa.

O sr. usou o termo “velha política” ao falar de sua saída do PSL. Bolsonaro também usou essa expressão na eleição de 2018. Ele faz parte da velha ou da nova política?
Bolsonaro falou que não queria usar a velha política e usou. Deu 30 bilhões de reais em emendas ao Centrão e, agora, reclama que não tem dinheiro para bancar o auxílio emergencial. Se não tivesse dado esse dinheiro para o Centrão, não precisaria furar o teto de gastos ou coisa parecida. A história mostra que Bolsonaro distribuiu emendas para frear o impeachment.

O Brasil está fadado a conviver com essa relação promíscua entre Executivo e Legislativo?
Não. O Brasil precisa justamente renovar a classe política, para mudar esse estado de coisas que sempre viveu. Por isso, gente nova precisa entrar para a política. O Brasil necessita mudar. E vai mudar.

André Lessa/Estadão ConteúdoAndré Lessa/Estadão Conteúdo“Tem que aparecer uma terceira via, seja ela qual for. Temos que dar alternativa para o povo escolher alguém que não tenha contribuído para mergulhar o Brasil nessa situação em que está”
Como avalia a condução do combate à pandemia pelo governo Bolsonaro?
Bolsonaro também entrará para a história por ter tido uma postura negacionista na pandemia. Ele não usa máscara. Está na cara dele o negacionismo. Além de outros fatores, como a negação da vacina.

Com a saída do PSL, o sr. será mesmo candidato ao Senado por São Paulo pelo PSD?
Tenho total apoio do partido e do (Gilberto) Kassab para ser candidato ao Senado por São Paulo. As tratativas se iniciaram antes mesmo de eu ter contato com o PSL. Portanto, volto à condição de antes. Só não serei candidato ao Senado caso Kassab queira que eu seja candidato a outra coisa, mas duvido, já que ele já lançou Rodrigo Pacheco (à Presidência) e Geraldo Alckmin deve ser candidato ao governo do estado. Acho o Senado uma boa forma de ter o primeiro contato com a política, aprendendo pelo Legislativo. Quem sabe mais para frente vou para outro cargo no Executivo.

Com a sua candidatura ao Senado pelo PSD, o sr. passa a fazer parte de uma frente anti-Doria em São Paulo?
Deixo essa história de “frente” para presidentes de partidos. O que me interessa é seguir meu caminho como senador e prestar serviço ao povo. Só espero que, desta vez, se forem fazer frente, verso, trás ou fusão, me avisem antes. (Max) Weber dizia: se for entrar na política, esteja preparado para se aliar ao diabo. Posso entrar na política, mas não quero me aliar com gente que pense diferente do que seja pensar no povo.

Antes de anunciar a filiação ao PSD, partido predominantemente de centro-direita, o sr. estava em tratativas com o PDT, de centro-esquerda. Não é um contrassenso?
Dirigentes dessas duas legendas é que estão conversando sobre a possibilidade de aliança. Eles propuseram isso. Se propuseram, é porque estão conversando. Ciro Gomes (até esta semana presidenciável do PDT) já falou publicamente sobre a possibilidade de aliança PDT-PSD. O contrassenso não é meu. Eles estão se adaptando. Dizem também, e eu não sei de nada concreto, que o Kassab poderia se aliar ao Lula no segundo turno ou coisa parecida. Só vou saber desses detalhes quando estiver dentro do partido.

Em caso de segundo turno entre Lula e Bolsonaro, quem o sr. apoiaria?
Não tenho preferência nenhuma por Bolsonaro ou Lula. Essa polarização é uma coisa estúpida demais. Tem que aparecer uma terceira via, seja ela qual for. Temos que dar alternativa para o povo escolher alguém que não tenha contribuído para mergulhar o Brasil nessa situação em que está. E Lula e Bolsonaro têm participação nisso. Ainda acredito que alguém da terceira via vai aparecer para dar mais opção ao povo brasileiro.

André Lessa/Estadão ConteúdoAndré Lessa/Estadão Conteúdo“Partido político faz muita barganha. Essa é a velha política da qual não quero participar”
O ex-juiz Sergio Moro anunciou nesta semana que vai ingressar na política e se filiar ao Podemos. Como avalia a candidatura dele?
O Moro não é a freira que entrou na boate. Para mim, ele acabou ajudando a destruir a Lava Jato. Com a bandeira de anticorrupção, meteu-se, pelo menos por definição jurídica e decisão do Supremo, em relação incestuosa com procuradores da Lava Jato. Uma relação que não deveria ter. Por isso, propiciou que o presidente Lula obtivesse uma vitória atrás da outra nos processos nos quais já havia sido condenado. Moro é uma série de contrassensos: ajudou a defender a bandeira anticorrupção, mas também a acabar com a Lava Jato. Independentemente de qualquer coisa, que Moro seja julgado pelas urnas, não por mim.

Como avalia a possível candidatura de Rodrigo Pacheco, atual presidente do Senado e agora seu colega de partido?
Conheço muito pouco o Pacheco. Estive com ele apenas uma única vez pessoalmente. Mas, pelo que me consta, é bem-sucedido politicamente. É um político jovem que venceu todas as eleições que disputou. Nenhum ingênuo chega a presidente do Senado à toa. Kassab, que é político experiente, vê no Pacheco credenciais para ser presidente da República. Espero que esteja certo. Em relação a Pacheco e em relação a mim.

Ao ingressar na política, o sr. pretende abandonar a TV?
Em princípio, pretendo conciliar as duas atividades. Se não houver condição de conciliar, vou traçar meu caminho na política mesmo.

Caso seja eleito senador, como pretende fazer para não se contaminar com os velhos hábitos do Congresso?
É só permanecer com o velho hábito que meu pai me ensinou: o mais malandro é o honesto.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esse Datena jamais voto nele. Crítica Sérgio Moro, que é um brasileiro honrado e mudou o País pra melhor e ao mesmo tempo está junto com Kassab etc. Estou fora.

  2. Se não é o Datena, é o apalermado do Suplicy, ou a sexóloga prática do mesmo nome, ou o mumificado Zé Serra. São Paulo não consegue eleger ninguém que preste para o senado.

  3. Datena ou Da Pena! Que tristeza essa figura usar a argumentação de Gilmar Mendes, Lewandovski e KKK - Kássio Kopia e Kola para tentar denegrir a imagem de MORO e da LAVA JATO. Estejam certos, DaPena e sua turma de indivíduos como Kassab se merecem, mas nós não merecemos figuras como essas. Sou mais o Sérgio Moro, Deltan Dallangnol, Carlos Fernando Lima e toda sua equipe na Lava Jato, para faxinar esse Congresso podre.

  4. Gilberto Kassab entende muito de política: tanto Datena, quanto Rodrigo Pacheco têm zero chances de serem presidentes do Brasil, kkk! Pacheco é um homem muito educado e carismático, sem dúvida, mas ninguém deve se esquecer de que ele não passa da versão Gourmet do Centrão... o mesmo Centrão que usa Bolsonaro como fantoche e está loteando os cofres do Brasil... É isso que queremos no futuro para o Brasil? Eu não quero!

  5. O Procurador da República Moro ajudou a prender criminosos, recuperar dinheiro público, coisa nunca vista antes na República das 🍌. Merece nosso respeito e voto

  6. A narrativa do gilmar mendes é difundida por todos q se apoiam no poder corrupto. não leu uma única linha das sentenças do Moro. Mas abraçou o q Gilmar Mendes defendeu. este é o termo certo GM defendeu a tese proposta pelo Lula. Nao foi julgador isento.

  7. Sujeito mentiroso! Na primeira oportunidade vai se juntar ou ao Lula ou ao Bolsonaro. A maneira como se referiu ao Moro não deixa a menor dúvida! Ele vai fazer aliança com pilantras da pior espécie porque não demonstra nenhum ideal de honestidade ou seriedade. Além do mais, pelo programa de tv que apresenta é um imbeciloide sem cultura.

    1. Exatamente, a entrevista ia bem até ele criticar o Moro. Perdeu qualquer chance de eu votar nesse cara. Moro colocou o Lula na cadeia e ele ainda diz que Moro ajudou o Lula, é um lunático.

  8. Moro, Moro, .....um milhão de vezes! Incrível como tentam desvirtuar a realidade por interesses pessoais. Que os eleitores deem a resposta em 2022.

  9. Aqui em Mato Grosso esse Datena é conhecido como cavalo paraguaio. Só tem arrancada e logo depois morre carreira antes de chegar aos 150 metros. Ainda duvido que enfrentará a candidatura ao senado ou a qualquer outra coisa. É um falastrão, boquirroto. Ah!!! Ele precisa lavar a boca com detergente antes de falar o nome honrado do SERGIO MORO.

  10. Esse aí é o rei em falar merda. Só vai com a maré. Era lulista quando Lula tava bem, foi bolsonaro quando este tava bem. E vai ser quer for que estiver bem.

  11. Moro , ajudou a acabar com a lava?, expôs o maior mecanismo e organização criminosa do planeta , recuperou diversos bilhões de reais da sujeira , colocou na cadeia diversos chefões desse sistema podre, e hoje todos se juntaram para destruir não só o legado mas todos que o construíram, mas o Brasil mesmo com os poderosos manipulando a verdade e insultando a inteligência do brasileiro, se surpreenderá.

    1. Infelizmente, Luiz, essa não é a primeira nem será a última falácia dos velhos e novos candidatos a corruptos nesse nosso bananão contra Sérgio Moro.

    2. Datena exagera nas palavras, e pra mim ele já está fazendo campanha pra Pacheco. usaram as conversas de Mouro com procuradores, que na minha opinião é muito singela se comparada com as do Mististro do Supremo Gilmar Mendes. mas vale tudo, até mudar entendimento de leis pra garantir o desejo fisiológico. Ex: ouvir primeiro suspeitos delatados, antes dos delatores.

    3. Conheço outras narrativas falaciosas sobre Moro, mas essa desse cidadão superou todas as outras. Moro ajudou a acabar com a LJ? Realmente estão desesperados com a possível candidatura dele. Esse "Dapena" já mostrou pra que veio. Mais um do mesmo. O pior é que nós, os bananeiros, iremos acreditar.

  12. Parece o típico populista com esse papinho de estar sempre com o povo. Ainda por cima, devido a publicidade gratuita de anos como apresentador de TV (de um péssimo estilo de programa, diga-se) quer chegar logo ao senado sem qualquer tipo de experiência. Deixo uma crítica a Crusoé e suas entrevistas políticas: menos intriga político-partidária e mais projeto e ideologia, por favor. Eu já sei que os meandros da política são um esgoto, permita-me menos conhecer o projeto político do entrevistado.

  13. Sou do tempo em que esse senhor era repórter de campo em partidas de futebol. Um dos patrocinadores era uma fábrica de trenas. Ele tinha de medir a distância entre o local de onde o jogador teria chutado a bola até a linha do gol. Por isso era chamado pelos colegas de "José Luis da trena". Se está acreditando na narrativa do STF, que não é do STF, mas de três juízes do STF, começou mal.

  14. Cansou de babar ovo do JMB. K gão que fugiu das eleições anteriores. Melhor assim pois passamos a conhecer sua grande ignorância cobre os fatos da destruição da Lava jato. Desconhece que a dinâmica foi a chegada dela ao psdb e ao Temer? Puxou tanto o sako do jair que perdeu o rumo

    1. Mais do mesmo mesmo, mas nada de belo discurso

  15. DATENA NÃO PASSA DE UM OTÁRIO QUE USA A TELEVISÃO PARA PARECER UM CORAJOSO HONESTO PORÉM É MAIS UM FALASTRÃO QUERENDO FAZER NOME NA POLÍTICA. ANDOU MAL QUANDO TENTOU DESQUALIFICAR MORO, PRIMEIRO PQ NÃO TEM MORAL NEM HISTÓRICO COMBATIVO CONTRA A ORCRIM, É MAIS UMA VOZ DA ESQUERDA QUE AINDA CONTAMINA ALGUNS E NÃO GANHARÁ PARA O SENADO ASSIM COMO OS DEMAIS AFILHADOS DE KASSAB POIS SÃO USADOS APENAS COMO BUCHA PARA FAZER AUMENTAR O MILIONÁRIO FUNDO PARTIDÁRIO DESSES CACIQUES. RESUMO: NUNCA SERÃO 🚔⚔

    1. Nenhum dos dois, apenas mais um político brasileiro. Que nojo desse povinho. Será que um dia este país passará a ter jeito?

  16. Bom começo!!! Criticando os honestos, bajulando os malandros. Vangloriando a si mesmo. Fez-me lembrar um velho amigo que certa vez em uma roda de amigos, para aparecer saiu-se com essa: "âgua dura em pedra mole, tanto fura até que bate". Continue...

  17. Datona, vai um conselho: - não entra na onda de bater no Sérgio Moro e acusá-lo de acabar com a Lava Jato. Moro foi o que de melhor ocorreu no Brasil, na última década. Seu colega de TV o ALBORGHETE, já profetizava, muito tempo atrás, da competência e do destino de SÉRGIO MORO.

  18. A avaliação sobre Sergio Moro é das mais estúpidas que eu tenha visto. Com certeza não terá meu voto. Esse papo que está olhando para o povo é cantilena velha e surrada.

    1. HIHI Datena no senado e tiririca na presidência da república. Assim o Brasil decola até o final de um “poço sem fundo”. Estou igual à Dilma quando disse que “não tinha meta e quando alcançasse a meta dobrava a meta” HIHI

  19. Datena é tudo aquilo que o Brasil não precisa. É um demagogo convicto que usou a TV para viver da desgraça alheia. Não votem em personagens da imprensa ou religiosa!

  20. DATENA, não foi o MORO quem destruiu a LAVA JATO e sim o STF, que soltou Lula e o outros ladrões do dinheiro público. O STF anulou os processos, mas nunca disse que Lula é inocente. Ele está solto mas continua ladrão. cadeia no Brasil é só pra negros e pobres. A JUSTIÇA prende quem rouba um miojo e solta um ladrão canalha como GEDDEL VIEIRA LIMA das malas com 51 milhões, para prisão domiciliar. Agora pergunto, cadê a JUSTIÇA???

    1. Sempre digo: #POBREESEMJEITOBRASILEPIORANDO

  21. A opinião de Datena sobre Sergio Moro é tão ridícula quanto a apresentação de seu programa na TV. É um pavão deslumbrado e mentiroso. Nunca teria o meu voto, nem para síndico de prédio. É um despeitado e invejoso, por isso que fala mal de Sergio Moro.

  22. Fica onde está, Datena, pois mais um despreparado fanfarrão, ruim de cabeça e ruim das ideias, no Senado, seria o caso de se perguntar: PORQUE SÓ NO NOSSO?

    1. Seu comentário a respeito de Moro foi perfeito "não era feira entrando na boite". No mais, não precisamos de Datena na política. Nem de Moro

  23. Datena é um sujeito oportunista e imbecil. Eu já ouvi muita merda, mas essa de que o Mor🇧🇷 ajudou a acabar com a Lava Jato, é foda. É padrão Haddad e Guantánamo, Kakay e prisão perpétua. ENTÃO DATENA, VAI TOMAR NO C*. Mor🇧🇷 fez um brilhante trabalho à frente da Lava Jato. Foi alvo de hackers que adulteraram às msgs, vendendo às mesmas para o MECANISMO. Se não fosse as msgs seria outra coisa, pois o MECANISMO é Onisciente, Onipotente e Onipresente. "Um Brasil justo para todos." Mor🇧🇷

  24. a polarização sr. DAPENA é apenas a ignorância de uma nação de excluídos há 500 anos de sua real riqueza . que gerou monstros como VOCÊ a manipular a miséria para se dar bem .. contra outra cara.

  25. Pensei que o Datena fosse mais esperança mas já vi esse filme, dizer que o Moro não é freira, e que ajudou a destruir a Lava jato ora seu Datena como pegar esses bandidos sendo certinho com essa justiça no Brasil? Tem um filme que retrata bem isso "Sicário" para lidar com essa gente tem ser igual a eles, bonzinho e dentro da Lei, os interesses livram eles das garras do judiciário, alguém tem alguma duvida.

  26. " relação incestuosa" é o que se pratica no STF mancumunando-se com advogados de réus, com políticos em jantares, etc. Essa tática de desmoralizar a lava-jato é furada. São Paulo precisa elevar o nivel intelectual do Senado em vez de mandar esse populista sem noção.

  27. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” O Brasil finalmente terá Um Governo Fundado no “IMPÉRIO DA LEI!” Não seremos LUDIBRIADOS com o “Velho Truque de MELHORAS na ECONOMIA!” Triunfaremos! Sir Claiton

  28. Ah, sim! Moro acabou com a Lava Jato e Pacheco é uma boa indicação para Presidente. Total inversão de valores! E alguém ainda irá votar nesse Ratinho...Quem não o conhece, compra!

  29. Datena deveria continuar onde está, porque se deixou iludir por conversas não periciadas obtidas por Hackers criminosos a pedido do próprio Lula (que usou a entrevista a Greenwald para pedir uma "delação premiada" contra Moro e Dallagnol 20 dias antes da divulgação das tais conversas). Como jornalista, Datena deveria ser menos "manipulável" e verificar que não existe nada de errado nessas conversas, inclusive. Desse jeito, será devorado pelos políticos mais experientes...

  30. O Brasil é uma polarização roubalheira x Fome, cartão corporativo x chacota , mansão x aumento da selic e jornalista sensacionalista só começa a bater em presidente bandido quando vira candidato, por isto que este país no exterior vira piada !!!Antes de tudo , toma vergonha na cara e escolhe qual partido tu vai defender??????

  31. o maledeto se diz jornalista mas nao viu o que fizeram com coaf, nao viu o bolsonaro se orgulhando de ter acabado com lavajato, não viu a ascenção de aras pelas maos do jair JUDAS-não viu estripulias de lindoura, mas o sabe-tudo-do-arrabalde sabe julgar moro e lavajato. JÁ NASCE MORTO STRONZO.

  32. Mais um despreparado que quer ser político. E quer, nada mais, nada menos, o paraíso dos políticos: o Senado. Oito anos mamando nas tetas do Governo.

  33. esse é o cara que não tem criticas ao bivar mas tem na ponta da lingua crítica ao Moro. esse é o cara que já nasce mostrando que não tem coluna vertebral..

  34. Mentiroso , demagogo , populista , impostor e , acima de tudo , desonesto. O que ele fala da Lava Jato ou do Sérgio Moro é só mais uma mentira , mais uma versão , coincidentemente , a versão dos inimigos da Lava Jato , que são os bandidos.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO