MarioSabino

Eu tive um sonho

29.10.21

Era uma vez um jovem operador que, na mesa de um grande banco de investimentos, mostrou tino extraordinário na compra e venda de ativos. Ambicioso acima da média de ambição já muito alta na profissão, ele juntou-se a outro colega, e a outro, e a outro, para derrubar os patrões e tomar o controle do banco. Objetivo alcançado, o ex-operador de mesa, agora banqueiro, começou a se livrar de todos os colegas que o haviam ajudado a derrubar os patrões — e ficou dono do pedaço inteiro.

O agora banqueiro percebeu, então, que o maior negócio que ele poderia fazer na vida era aproximar-se de poderosos da política — e auxiliá-los nos seus projetos de poder e de enriquecimento ilícito. Em troca, ele se regalaria com bons nacos de empresas estatais e, principalmente, se beneficiaria de informações privilegiadas que fariam o seu banco bombar no mercado de juros futuros, câmbio e ações.

O novo amigo dos poderosos da política começou, então, a saber antecipadamente se a taxa básica de juros subiria ou baixaria, se a moeda nacional se valorizaria ou desvalorizaria frente ao dólar, bem como outros movimentos do governo que poderiam repercutir no seu terreiro cada vez maior. Uma tremenda vantagem competitiva em relação aos concorrentes que continuavam a operar dentro dos larguíssimos limites das regras que regem o mercado financeiro no país — mas que não eram largos o suficiente para ele, o agora banqueiro e novo amigo dos poderosos da política.

Em momentos capitais (e bota capitais nisso), ao mandar que os seus operadores comprassem ou vendessem qualquer ativo, com base nas informações que recebia antecipadamente, o banqueiro (agora sem o advérbio agora) sentia-se tão imune à lei, tão protegido pelos seus amigos da política, que justificava as suas ordens aos subordinados — dadas com horas de antecedência em relação aos anúncios governamentais — com a seguinte frase sorridente: “Eu tive um sonho”.

Quando uma marola de moralidade avançou sobre o sistema político, ele também foi pego. Mas, graças aos amigos que fez igualmente no Poder Judiciário, acabou solto. O sistema concluiu que era preciso tomar providências para evitar que uma segunda marola pudesse atrapalhar os negócios. Um outro sujeito que atua no mesmo ramo do banqueiro, já metido com espionagem, teve uma ideia bárbara em mais de um sentido: que tal hackear os celulares dos responsáveis pela marola e, com base nas conversas, construir uma narrativa que os deslegitimasse? A ideia foi bem recebida — e muitíssimo bem executada. Tanto é que a culpa inteira acabou recaindo sobre os hackers chulés que foram usados à devida distância para perpetrar o crime que compensou.

E tudo voltou à anormalidade anormal, com o banqueiro continuamente abastecido com informações privilegiadas do governo — não importa o governo –, mas não só. Ele passou a orientar a política monetária, o que é ainda melhor.

Qualquer semelhança com a realidade é coincidência. O relato acima é inteiramente ficcional. Eu tive um sonho e o transcrevi como artigo.

PS: a editora Topbooks acaba de lançar Me Odeie pelos Motivos Certos, em versão impressa. Quem quiser adquirir o livro, com desconto, pode clicar neste link. Obrigado aos que já compraram e agradeço antecipadamente aos que vierem a comprar. Ao contrário do banqueiro do meu sonho, o meu valente editor merece um lucrinho.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Sensacional Mario! Mas além dos hackers tuniquins, você também podeia ter mencionado que uma das últimas do Ministro Teori foi determinar a prisão do banqueiro. O destino do Ministro, todos conhecemos... Depois de embarcar em vôo particular com um piloto que voa há 20 anos na região, sabe-se lá porque este piloto insistiu em um pouso inviável...

  2. Pois é Sabino, pura ficção. O meu sonho agora é ver um dos líderes da marola chegar a presidência e transformar o sonho desse e de outros "visionários" em pesadelo, ou que pelo menos eles voltem a sonhar atrás das grades, de onde nunca deveriam ter saído.

  3. Até quando vcs vão colocar link que não funciona? Enviei dois emails avisando e pedindo o link correto, mas não obtive resposta.

  4. E o povo atacando a lava jato,os procuradores e Moro foi a cereja no bolo,da qual os poderosos, já esperavam,pois conhecem bem como manipular a estupidez desse povo.

    1. Povo estúpido!! Por isso o sistema não quer que eles tenham uma educação , instrução de qualidade, para ser possível ter censo crítico!!!’

  5. O país desse sonho é Brasil. Somos o país dos sonhos. Há muitos desta espécie.Uns mais afortunados. Outros menos. No parlamento há muitos sonhadores, como no judiciário. Estes sonhos não são prerrogativas para todos. Em primeiro lugar, para sonhar, tem que ter ideias de poder. Experiência de corrupção são os primeiros passos no consciente, para sonhar. Vale apenas sonhar no Brasil Aqui, sonhos se tornarem realidade é muito prováeis.

  6. Mário!!! Como você pode ter um sonho desses, não vivemos essa realidade, você tem MUITA imaginação, ainda MUITO fantasiosa, imagine, essa "ficccccção" é impossível para nós que vivemos num "país" cério e onexto como o brasil. (nem risadas consigo mais dar; Parabéns sempre)

  7. Obrigado Mario! Não sei como consegues, não vejo paralelo no jeito que escreves. Sintético, preciso, claro, e por aí vai. Parabéns!

  8. Isso não é sonho, é pesadelo, Mario. Esse banqueiro que não se sabe quem é, é um Midas às avessas: onde toca, apodrece, é só uma questão de tempo para essa constatação. Corrói de dentro para fora.

  9. Acho que a maioria sabe os problemas do Brasil, a pergunta: como mudar isso, sem ferir as leis, qto tempo vai levar e o Brasil, ainda vai estar de pé??

  10. O Mapa brasil sem MORO é tão bizarro que alguns anos depois é o ministro da economia que liga para esteves e na manhã seguinte , Paulo palestra declara : ontem eu tive um sonho.

  11. O seu sonho é real e sabemos disso. Mas aqui no Brasil ainda que se tenha provas quando se tem Gilmar Mendes no judiciário de nada valem, pois dá-se um jeito para dizer que houve excessos. Afinal, onde já se viu prender corrupto?

  12. Eu tive um pesadelo. A cegonha estava me trazendo e me deixando com uma família do Brasil. E só vou acordar quando eu morrer.

  13. Já que justiça não há, nem haverá, mesmo no Brasil, quero apenas viver o suficiente para poder ler as biografias e memórias que procuradores, Moro e alguns jornalistas publicarão algum dia…

  14. O personagem é conhecido e competente. Tem laços estreitos com um dos candidatos à presidência. Destruir o outro é uma tarefa que está sendo cumprida à risca da melhor maneira, enviesada. A imprensa mais antenada finge apoiar uma candidatura, enganada que foi, por hackers comandados por um gringo neófito em Brasil. O Brasil parece complicado, mas é simples. Destruir um, elege o outro. Esse banqueiro vai ganhar de novo.

  15. Marião, vc comentou um dia lá com o Cláudio sobre o caso dos mandantes dos hackers né! Com certeza tem gente grande por trás disso! Basta ver quem utilizou essas montagens p/ dinamitar a LJATO! Tudo feito sob medida, ou melhor, sob encomenda...

  16. C. O Brasil não vai melhorar. O Brasil não vai piorar. Palavras de um banqueiro. O Brasil vai continuar a ser roubado pelos verdadeiros donos do poder e seus cúmplices. Palavras de um cidadão comum. Esse pesadelo não terá fim.

  17. Ahh esses sonhos., e tudo tem a ver com aquela mirabolante época em que a dinheirama do BNDES servia pachorrentamente a insuflar as privilegiadas empresas que abasteciam os propinodutos dos governantes de plantão. Pouca coisa mudou, apenas assumiu outra quadrilha, essa menos esperta que aquelas. Tudo não passa de “ficção” com base na realidade.

  18. 1- Mario Sabino, pela sua coragem com este texto, eu tenho vc à partir de agora, como um benchmark. Isso pode não valer nada para os outros, mas vale muito para mim. Mor🇧🇷, Mainardi, Carlos Fernando, Villa, William Waack, e agora vc. Tive um sonho parecido, de um garoto prodígio que na verdade era um pervertido. Foi para o UBS depois da venda do banco, com a pretensão de chegar a CEO, mas os suíços logo ñ entraram na dele, sobretudo pela falta de caráter.

    1. 2- Este pervertido foi preso no governo petista, que implementou no Brasil o capitalismo de compadrio. E agora, esse mesmo sujeito, pavoneia em lives dizendo que manda no atual governo e no congresso. UM BANQUEIRO, TAL QUAL O DA SÉRIE ROUND 6 (sacada do Villa). Batatinha frita 1, 2, 3... e bala nos brasileiros pobres. E o jogo macabro da série coreana, tal qual o jogo jogado no nosso Brasil, termina com o Jogo "do" LULA. Acho que o meu sonho foi bem real. Mor🇧🇷 2022.

  19. Comprei seu livro mas a TopBooks enviou outro.: As Sinhas Pretas da Bahia- Antônio Risério. Telefonei para editora e eles não sabiam do que eu estava falando nem quando eu citei o nome de Mário Sabino qual era o livro comprado. Essa editora é uma vergonha.

  20. Caraca Mário!!! O senhor está(va) inspirado acima da inspiração e/ou indignado acima da indignação! Arrasou!!! 👏👏👏👏

  21. Sabino, você esteve sonhando muito? Naquela enciclopédia colossal, ainda consta o Paulo como um dos fundadores desse banco dos sonhos da usura.

  22. Nessa roda, todos são iguais em caráter, ambição e hipocrisia. Fome e miséria de milhões fazem suas fortunas. Sociopatas por escolha. Gente abjeta. Nojenta, mesmo.

  23. os EXEMPLOS EXECRÁVEIS que uma SOCIEDADE tão CORRUPTA é capaz de produzir! São DEGENERADOS MORAIS que IMPEDEM o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. Saber, saber... eu não sei. Mas acho que sei. rsss Talvez um senhor alto, forte, que já atuou nos 3 poderes (isso é pra poucos) e que de uns tempos pra cá está no mesmo ramo do banqueiro.

  24. belíssima fábula do menino que queria dominar o mundo sonhando... seu sonho é o meu pesadelo ! sua crônica me faz lembrar que a minha realidade é angustiante! continuo te odiando pelos motivos certos, grande abraço! até sexta!

  25. Seu sonho revela que certos pactos de roteiros de filmes entre banqueiros, políticos e poderosos atingem objetivos pontuais.

  26. Esse sonho deve ser por influência de uma história antiga na qual um senador em exercício, sem saber que era gravado, planejava uma fuga mirabolante de um preso de Curitiba. Nessa gravação ele falava sobre como um certo banqueiro tinha acesso à delação daquele preso, com anotações manuscritas de detalhes que impressionavam até o"experiente" senador...

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO