Bolsonaro e o fogo cruzado na PF

24.08.18

A Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal fará uma rodada de encontros com os candidatos à presidência para ouvir os planos para a corporação e se eles encampam as demandas da categoria. Todos sinalizaram que topam conversar com os delegados. O primeiro da fila foi Geraldo Alckmin, que já prometeu nomear o próximo diretor-geral a partir de uma lista tríplice. Um candidato, contudo, segue em aberto e não confirmou presença: Jair Bolsonaro.

Não que o candidato não tenha interesse na PF. Mas uma disputa entre categorias pode dificultar a ida. Explica-se: há uma rixa de anos entre delegados e as outras carreiras da polícia. E o filho do candidato, Eduardo Bolsonaro, é escrivão da PF. Além disso, ele é uma das estrelas da “frente de agentes”, grupo de policiais que tenta a eleição neste ano e que tem 28 nomes. Nenhum é delegado.

Fábio Pozzebom/Agência BrasilFábio Pozzebom/Agência BrasilEm nome do pai: dois filhos de Bolsonaro serão candidatos, no Rio e São Paulo. Eduardo Bolsonaro tenta a reeleição na Câmara

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Nada contra filhos que seguem o caminho de seus pais desde que passe pelo caminho do voto,sem maracutaia e as claras e sempre colocando os interesses da nação acima dos particulares,pois é isso que acontece nesse país,confundem o privado com o público e tomam posse como se fossem donos

    1. Concordo plenamente, mas agora que o povo esta descobrindo a força que tem é só por pra fora quem não cumpri o que promete!

  2. Peixão há tanto tempo na política e não soube de nada que ele tivesse votado em favor do Brasil e agora tem os peixinhos como herdeiros. Brasil, socorro!!! Esta política não vai mudar nunca com os descendentes ocupando os cargos para se perpetuarem no poder. 😰

    1. Nota-se que voce nao entende nada de Camara dos Deputados e do Senado Federal. E, digo mais, os filhos de Bolsonaro sao muito melhores que os filhos do Lula, ou voce fecha os olhos para isso?

  3. JA VI ESSE FILME. . Começo do Lula na política . Igualzinho o povo idolatrou. UM ídolo de barro . E deu nisso . O país um caos .

    1. Nada disto Paty. Vc parece não entender nada com nada.

  4. Só uma observação pra vcs corrigirem: o link q chama essa matéria é a nota da semana "o centrão flerta com Bolsonaro". Ou seja, vc clica na reportagem, e vem parar, de forma equivocada, aqui. Corrijam pfv

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO