RuyGoiaba

Nas garras da Gestapo Tabajara

04.12.20

Eleições são uma ótima ocasião para a gente constatar o quanto nossas redes sociais são mesmo uma bolha, pela simples comparação com os números do mundo lá fora (que no Brasil não tem nem saneamento básico, quanto mais conexão à internet). Na minha bolha, por exemplo, Guilherme Boulos e Manuela D’Ávila ganharam no primeiro turno suas respectivas disputas —por aclamação, salvo engano meu. Tem também um pessoal que acha o Collor engraçadão por causa de seus tuítes, e já houve até uma espécie de reabilitação de Paulo Maluf, depois de circular por aí o antigo “Roda Viva” em que o então prefeito defendia a proibição de fumar em restaurantes. (Vejo essas coisas e só penso “meu Deus, como deve ser bom ter nascido ontem. Ou anteontem”. Fecha parêntese.)

A última da bolha, porém, não teve a ver com eleições —não diretamente, pelo menos. Foi o “mapa de influenciadores” revelado pelo repórter Rubens Valente, colunista do UOL. Resumindo, uma agência de comunicação contratada pelo governo federal analisou posts de 77 jornalistas e “formadores de opinião” sobre Paulo Guedes e o Ministério da Economia em maio de 2020, separando os tais influenciadores em “detratores”, “neutros informativos” e “favoráveis” e sugerindo medidas que vão desde “monitoramento preventivo das publicações”, para os críticos, até “parceria para divulgar ações da pasta”, para os puxa-sacos. (Para ser “detrator”, pelo visto, basta achar ruim Guedes prometer a venda de nove estatais em 2021 quando não privatizou nenhuma nos dois anos anteriores; depois o ministro reclama quando é chamado de Eike Batista ou Beato Salu.)

Esse tipo de monitoramento não tem nada de inédito: é corriqueiro em agências de RP, por exemplo. Também não é “novidade politica”: todo mundo sabe que o PT tinha sua lista de jornalistas indesejáveis, assim como o gabinete do ódio de Carluxo tem a sua. Mas, acima de tudo, o tal mapa de influenciadores é tosco —coloca ao menos três pessoas na lista dos “detratores” e na dos “favoráveis” (sim, ao mesmo tempo), mistura aleatoriamente jornalistas com youtubers com outros, inclui desde Felipe Neto e seus milhões de seguidores a gente que não deve ser relevante nem para a própria mãe. O critério de escolha parece ter sido tirado daquele mesmo lugar de onde o Bátima Feira da Fruta tirava seu escudo. E tudo pago por você: segundo a reportagem de Valente, a agência que entregou essa lista xexelenta tem contrato de 2,7 milhões de reais com o governo federal.

No entanto, na bolha das redes, o tal mapa provocou algumas reações na linha “meu Deus, estou sendo perseguido por esse governo totalitário” (deve ser uma delícia brincar de Resistência Francesa sem sair do sofá da sala) e outras de gente genuinamente chateada por não ser lembrada na lista dos “detratores”, como aquela influencer loira (“como é que essa lista tosca desse governo pífio ousou me ignorar?”). O ego do pessoal quer validação, não importa mesmo de onde venha —até de um governo odiado. E ainda acha que Jair Bolsonaro, capaz de estragos em inúmeras áreas, tem tutano e capacidade técnica mínima para implantar um regime fascista real por aqui. Uma gestão em que o general chefe do Gabinete de Segurança Institucional expõe ELE MESMO, de moto próprio, seus dados pessoais na internet pode no máximo aspirar a uma Gestapo Tabajara: como sempre digo, às vezes é a esculhambação que salva o Brasil.

Em suma, o melhor comentário sobre as redes sociais em 2020 continua sendo aquele do Eclesiastes em 200 a.C.: vaidade das vaidades, tudo é vaidade. O que, aliás, daria bela legenda no Instagram. Deixe aqui seu like, curta e compartilhe!

***

As pessoas preocupadas com a dificuldade de importar a vacina da Pfizer para o Brasil —principalmente porque o imunizante precisa ser conservado em temperaturas baixíssimas— estão subestimando o empreendedorismo do brasileiro. Posso apostar que muito em breve teremos ambulantes nas praias do Rio de Janeiro carregando a vacina dentro do isopor (“é derreal duas dose! Por quinze leva Viagra também! Fica vacinado e deixa a patroa feliz!”) e algumas doses guardadas em geladeira de padaria, ali meio escondidas atrás das caixas de Eskibon. Como disse um amigo, daí para um “drinque do verão” misturando vacina pra Covid-19, Viagra e Corote será um pulinho. Aguardem e confiem.

***

A GOIABICE DA SEMANA

A última eleição para o Congresso presenteou o Brasil com algumas das pessoas mais JENIAIS, com J mesmo, que já ocuparam cargos de deputado ou senador nas democracias ocidentais em todos os tempos (é claro que o nível intelectual antes disso já era altíssimo). Nesta semana, porém, o troféu tem que ser entregue a Bia “Tarja Preta” Kicis, a bolsonarista que tentou —e por algum tempo conseguiu— censurar a Crusoé. Nesta quarta (2), Kicis se mostrou muito preocupada com as vacinas contra a Covid-19. Transcrevo aqui, ipsis litteris, o pensamento vivo da deputada no Twitter: “(…) algumas inclusive trazem inovações desconhecidas em seres humanos (,) como as vacinas NRA, que podem afetar o DNA”.

Não sei o que é pior: a nota zero em biologia —Kicis deve achar que a vacina “muda o DNA” de quem a recebe e pode transformar o vacinado no Homem-Corona, assim como Peter Parker virou o Homem-Aranha depois daquela picada da aranha radioativa— ou a confusão de “RNA”, a sigla em inglês de ácido ribonucleico, com “NRA”, a National Rifle Association americana. Só se a bolsonarista estiver mesmo querendo matar o novo coronavírus a tiros.

Maryanna Oliveira/Câmara dos DeputadosMaryanna Oliveira/Câmara dos DeputadosBia Kicis, essa inteligência brilhante que só abre a boca quando tem certeza

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Goiaba, eu fico com a bagunça do brasileiro; quem sabe ainda não vamos ver o Jair, que não é o furacão da copa, virar o vendedor da bagunça com sua caixa de isopor na praia a gritar: Vacina do cora por 10 rial

  2. Ela está certa! Vc está desinformado. Toda vacina altera sim, seu quadro genético. O que vc está tentando fazer, é um desserviço ao país. Lamentável....

    1. Mais um chupa rola do BolsoLula 🤦🏻‍♂️🤦🏻‍♂️

  3. Pois é, e essa senhora é advogada, procuradora aposentada e, pior, deputada federal. Com gente como ela, com o cargo que tem, preocupadíssima em se alinhar com bolsonaro e não com a cultura ou realidade dos fatos, qual a esperança no futuro do Brasil?

  4. Sempre maravilhosa essa sua coluna! Me solidarizo com todas as opiniões. Bia Kicis (Kisses) só beijinho-beijinho e pau-pau! Nunca assistiu aulas de Biologia , nem no Ensino Médio. E não sabe ler... Dizer algo assim, realmente é surpreendente! E nos representa no Congresso tamo ferrado😱

  5. Bom texto! Muitas vezes advoguei que a esculhambação é a grande “arma” do brasileiro. No mais, até onde vai meu conhecimento em biologia, o RNA interage com o DNA (falando em termos genéricos, sem considerar especificidades de caso algum... e considerando q sou leigo em bioquímica celular).

  6. Excelente! Humor inteligente misturado com ironia e sarcasmo. Não perco a sua coluna. Muito obrigado por nos dar momentos alegres, leves e divertidos todas as semanas. Forte abraço!!!

  7. Para além da burrice nessa classificação , é saber o custo para o nosso bolso. Essa fita " consultoria " ainda passou o recibo de incompetência metodológica misturando alhos com bugalhos. Cômico e mto trágico pra Democracia Brasileira!

  8. Saudades do tempo em que o 'nosso astronauta' só vendia travesseiros, em vez de gastar, em tempos de pandemia, milhões de reais dos pagadores de impostos,em lista de secos e molhados. No Brasil, tudo que já é péssimo pode ainda piorar.

  9. 🤣😂🤣😂 A nossa política produz diariamente situações bizarras e deprimentes , fazendo com que se torne fonte inesgotável de inspiração para críticas bem humoradas, e o Ruy faz isso com maestria...

    1. Boa, Renata! 👏😅 É saudável criar sobre as sempre ótimas tiradas do Ruy Goiaba!

    1. Esse é o nojo mais bem pago do universo kkkkk. Essa figura de nome estranho que pode ser confundido com nome de remédio pra dor menstrual é a figura mais comprometedora da espécie reptiliana do planeta..quaquaqua.. tua assinatura tá renovada hem reptil do deboche? Kkk

  10. Caro Ruy Goiaba. Humor ferino e mordaz. Como sempre, genial. Quanto a confusão entre NRA e NRA, não é um simples anagrama. É apenas um ato falho kkkk

  11. melhor de tudo, a vacina no isopor: "é derreal duas dose !" Posso imaginar isso.. é bom demais. jejejeje (tô rindo assim em homenagem aos hermano q já vão receber vacina). Quanto à tarjapreta.. tenho nem mais vontade de rir dos políticos. Eles são nosso retrato.. do povo. Socorro.

  12. "Beato Salu" ficou bem ajustado pro Paulo Guedes. Ainda bem que incompetência é também uma faca de dois gumes. Voltaremos no tempo mas talvez menos de um século. Isso perto de milênios da humanidade, não é nada. Não sei bem quem é Bia Kicis mas fiquei com vergonha.

  13. Paulo Guedes tem uma revista de papel só pra ele, a que mais vende. Por enquanto ela infuencia mais que vocês. Assim como Datena influencia mais 777 influenciadores digitais (segundo Jairo Nicolau, até o episódio da facada, 50 p. cento do eleitorado não conhecia Bolsonaro).

Mais notícias
Assine
TOPO