A EBC e os atestados de ineficiência

27.07.18

Causou espanto, dias atrás, o número de atestados médicos apresentados ao longo deste ano por funcionários da EBC, a empresa de comunicação do governo federal: foram 3.061 de janeiro até a última quarta-feira. Mas o quadro geral é ainda pior. De 2015 a 2017, os atestados usados pelos empregados para justificar faltas ao serviço somam nada menos que 12.359 — uma média de 4.100 por ano. Com 2.300 funcionários e orçamento de 250 milhões de reais, a EBC é responsável, entre outras coisas, pela produção da Voz do Brasil e pela programação da TV Brasil, o canal estatal que registra audiência próxima do traço. A situação é tão gritante que até o governo Temer se deu conta de que é preciso acabar com a empresa. Mas isso não será agora. O presidente pretende sugerir a medida ao seu sucessor. A ideia de deixar a providência para depois tem uma explicação. Enquanto Temer estiver no Planalto, a EBC tem uma utilidade: a exemplo do que fizeram Lula e Dilma, o emedebista e seus aliados aproveitam a estrutura para empregar dezenas de apadrinhados. A empresa dos atestados em série é também um generoso cabide de empregos.

Agência BrasilMarcello Casal Jr./Ag BrasilA sede da EBC em Brasília: recorde de faltas

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Até agora, sabemos que o único pré-candidato a se manisfestar a respeito de privatização - como ela deve ser - é o João Amoêdo. Todos os outros falam de forma parcial. Não querem perder o quinhão de eleitores e o apoio dos partidos comparsas. Enquanto isso vamos tendo que pagar a conta e continuarmos intrigados com a falta de entendimento de uma grande parte da população.

  2. João Amoedo nestes cabides de emprego... uma sugestão, vamos todos virar funcionários públicos e ver de onde virá o $$ pra nos sustentar!! 🤔

  3. Espero eleger um presidente que tenha claro a necessidade de acabar o a EBC. A Voz do Brasil ninguém ouve, o canal Brasil é um lixo de pauta, som e imagem. Privatização para esse cabide de emprego e ralo de dinheiro público.

  4. É ilusão pensar que o próximo presidente acabará com a estatal do traço pelo mesmo e único motivo. O serviço público ineficiente não vive sem o cabide de emprego.

    1. Com João Amoêdo acredito no fim de empresas, cabides de empregos, como esta.

  5. Ate qdo vamos precisar aguentar esses conchavos q apenas denunciam a imoralidade sem nengum benefício para a população? Como assim o Temer não toma já uma providência sobre esse assunto?

Mais notícias
Assine
TOPO