Adriano Machado/CrusoéEunício de Oliveira, o "Índio" dos arquivos da Odebrecht: autopresente no apagar das luzes

O refúgio de Eunício

O presidente do Senado repete que já não tem mais nada a ver com a Confederal, a gigante de segurança enrolada com a Lava Jato com a qual fez fortuna, mas seu apartamento em Miami está registrado em nome da empresa
27.07.18

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, gosta de dizer que já não tem mais ligações com a Confederal, a empresa que comandou durante anos e que está no centro de investigações da Lava Jato por ter recebido dinheiro suspeito de empreiteiras. Mas quem o conhece de perto sabe que o vínculo ainda é estreito. Na semana passada, mais uma vez Eunício teve de deixar o Brasil para não ter que assumir a cadeira de presidente da República, com a viagem de Michel Temer — por lei, se assumisse o posto, ele ficaria impedido de se candidatar nas próximas eleições. Sua fuga, como de hábito, foi para Miami. O senador cearense adora a cidade americana. Lá, ele é dono de um confortável apartamento no St. Regis Bal Harbour, um complexo de luxo encravado entre a badalada Collins Avenue e o mar verde-esmeralda da Flórida. A praia contígua ao condomínio, bem mais tranquila que Miami Beach, serve de refúgio para os milionários — Bal Harbour é conhecida como uma das regiões mais exclusivas de Miami. O apartamento de quase 270 metros quadrados foi comprado em 2012, um ano após o complexo ser construído, e hoje seu valor é estimado em nada menos que 3,6 milhões de dólares, ou 13,2 milhões de reais. Detalhe: está em nome da Confederal Vigilância e Transporte de Valores, a empresa da qual Eunício tenta a todo custo se desvincular.

A Confederal é uma pedra no sapato para Eunício. O presidente do Senado é duplamente acusado por delatores, tanto da Odebrecht quanto da Hypermarcas. Ele foi apontado como destinatário de 2 milhões de reais da construtora como contrapartida por atuar no Congresso Nacional para beneficiá-la em medidas provisórias. Nas planilhas do setor de propinas da Odebrecht, Eunício leva o codinome “Índio”. Um dos delatores da empreiteira, o lobista Cláudio Melo Filho, apontou o sobrinho de Eunício como o “operador” destacado para receber propinas em nome dele. Trata-se de Ricardo Lopes Augusto, que vem a ser presidente da Confederal. Segundo o delator, Ricardo era “preposto” do tio e recebeu orientações de onde buscar pagamentos, com detalhes de senha e local.

ReproduçãoReproduçãoA entrada do complexo em Miami, que tem hotel e unidades residenciais: o apartamento de Eunício no resort à beira-mar vale 13 milhões de reais
A Confederal, aliás, já foi alvo de mandados de busca e apreensão na Lava Jato, assim como o próprio sobrinho de Eunício. Aos investigadores, o ex-diretor da Hypermarcas, Nelson Mello, afirmou que pagou 5 milhões de reais ao presidente do Congresso, por meio de contratos de fachada, durante a campanha dele ao governo do Ceará em 2014 — o emedebista acabou derrotado no segundo turno. De novo, a Confederal entra no circuito das investigações. De acordo com o delator, foi por intermédio dela que o dinheiro chegou a Eunício. Apesar do esforço para se desvincular da empresa, o senador fez fortuna como empresário do ramo da segurança, e a Confederal era o seu carro-chefe. O apartamento em Miami é só a cereja do bolo. Desde 2013, a companhia recebeu mais de 160 milhões de reais em contratos firmados apenas com o governo federal.

A Crusoé, primeiro Eunício afirmou que está afastado da Confederal “há muitos anos, desde 1998” e que não é mais acionista. Indagado sobre a razão pela qual o apartamento que utiliza em Miami está no nome da empresa que diz não ser mais sua, o senador rapidamente mudou a resposta. Disse que, na verdade, ainda é acionista. E explicou que a Confederal foi vendida para a Prosegur, mas a transação ainda depende de aval do Cade, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Enquanto isso, não haveria problemas em continuar usando os bens registrados em nome da companhia. “Vendi a empresa, mas não recebi. Se a empresa for embora, o patrimônio que estiver no nome dela vai embora tudo”, declarou, por telefone, a partir da Flórida. Em Brasília, como se vê, não há declaração que não mude ao sabor das evidências.

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Estava brincando com um amigo sobre quem irá para prisão logo após o dia 01/10/2019. Eunício será um deles com certeza...!!!

  2. olha que o nariz cresce . O Índio não é só proprietário da Confederal . No Ceará é proprietário da Corpvs Segurança. Será que ele tá preocupado com a violência e o roubo de veículos ?

  3. Crusoé precisa ser mais lida e reconhecida pela concorrência. Está melhor a cada reportagem! É de jornalismo investigativo dessa qualidade que o Brasil precisa. Sou assinante e divulgador. Parabéns!

  4. Já ESTÁ NA HORA DE SE ACABAR COM ESSAS RIDÍCULAS SAÍDAS DO PAÍS, DOS PRESIDENTES DA CÂMARA E DO SENADO, PARA NÃO SE TORNAREM INELEGÍVEIS. BASTARIA UMA DECLARAÇÃO FORMAL DECLINANDO DA INVESTIDURA TEMPORÁRIA NA PR, CONVOCANDO-SE QUEM ESTIVER NA PRESIDÊNCIA DO STF PARA RESPONDER PELA PR, NO BRASIL. NÃO CREIO QUE O STF OU OU TSE VENHAM A REJEITAR ESSA FÓRMULA, QUE NÃO AFRONTA A CF E PÕE FIM A ESSAS BIZARRAS "SAÍDAS DE EMERGÊNCIA"

  5. O interessante é a Justiça agilizar os processos, a fim de que se tornasse inelegível. É preciso investigar, a fundo. O Brasil não suporta mais os CORRUPTOS que tem.

  6. E o povo do Ceará ainda vai reeleger esse larápio! O povo não aprende a votar mesmo, por isso o país continua esta draga e as pessoas comendo capim.

    1. Maria, divulguem por todos os meios, aí no Ceará, a verdadeira história do Eunício Índio Oliveira....

    2. Sou cearense e repudio com veemência o senhor Eunicio Oliveira desde 1988.Era um Zé ninguém, casou com a filha de Paes de Andrade,senador que fez fortuna na política, já morto. Seu caráter ou falta dele é conhecido. É nós não votamos nele. A prova é que perdeu as eleições para governador.

    3. Exatamente! E o pior, não apenas ele. Em Alagoas Renan será reeleito; Em Pernambuco Humberto Costa (PT) tenta a todo custo a reeleição.

    4. É por este motivo que a educação no Brasil é uma porcaria, para manter o povo ignorante sem senso crítico aceitando migalhas de inúmeros Programas que só servem para desviar dinheiro.

  7. O pior de tudo e que continuam soltos e roubando. E nada lhes acontece. Justiça de merda. País de merda. Povo de merda. Enquanto não se mostrar os dentes, nada mudará.

  8. Só um povo burro como o brasileiro pra continuar elegendo esses bandidos, milionários às custas de roubo. Parabéns cearenses por eleger essas desgraças. Vamos pôr os Gomes no poder também idiotas.

  9. A que ponto chegou o poder publico brasileiro! O presidente do Senado e Câmara têm de sair do país quando o Presidente da República sai, pois estão na linha sucessória imediata e são proibidos de assumir a presidência por variadas razões políticas e judiciais, só nos falta a presidente do STF também se enredar nesses impedimentos. Que bosta de país é esse?

  10. Quando vejo ele se movimentando pelo Senado, parece estar vendo um lorde. Um lorde da caatinga. Interessante ver como o poder na casa que representa os estados se concentra há muito tempo nas mãos dos representantes das regiões mais atrasadas do país.

  11. Já é tempo de se acabar com essa coisa no mínimo esquisita, de os presidentes da CD e do Senado terem de inventar viagens artificiais, saindo do País, para não ficarem inelegíveis, se tiverem de assumir interinamente a PR. E a solução é simples a mais não poder: basta uma declaração formal de que não assumirão a PR, durante o afastamento do titular, investindo-se no cargo quem estiver presidindo o STF. Não creio que o próprio STF e o TSE venham a rejeitar essa solução. Vale pagar para ver.

  12. Este indivíduo é conhecido como corrupto de longa data. Todas as licitações de Brasília,Minas e outros rincões do Brasil eram ganhas por sua firma de segurança e Limpeza investigue e descobrirão muito mais coisas.

  13. Não tem mais jeito. Sai um gabirú Renan e entra outro Eunício. Quem será o próximo? Provavelmente outro do mesmo partido. É uma esculhambação!

  14. É fácil fazer bonito com dinheiro dos outros!!! Esse ladrão tem o rabo preso, e não pauta o impeachment do gilmar mendes! Crápula!!! Alô Ceará não votem nesse ladrao! Vamos tirar esses velhos e babacas corruptos da política!!!

  15. Simples. Eles roubam. Compram, vendem e nenhum órgão vê. Experimente sacar 5 mil. Tem uma chuva de perguntas. Esses bandidos fazem o que querem. Que paí é este?

  16. Uma coisinha que ainda ninguém investigou sobre o bilionário índio . Na sua primeira campanha para deputado federal , ele declarou ao TSE um patrimônio de 549 mi , depois na campanha para o senado declarou somente 20 mi . De que adianta esta informação ao TSE se ele não manda investigar nada

  17. Precisamos acabar com a farra da ejaculação précoCIA, com o cheiro mas não inalo, no fumo mas não trago, no só a cabecinha. Vamos incendiar a Brastilha, não por menos que prefeito da baixada ameaça ao vivo e a cores a grobis, depois de ser incriminado de pagar propina a chefete de cumunidade que trafica fruência drogado por pó Supremo !

  18. O safado tem a tranquilidade de quem está na lista dos "democraticamente eleitos pelo voto livre e direto" das urnas do Min. Beiçola. Que Deus se apiede de nós!!!!!

  19. Essas matérias precisam ser traduzidas para o inglês e entregues às autoridades americanas que combatem lavagem de dinheiro. Usar os EUA para lavar dinheiro é crime LÁ! Quem sabe se numa viagem dessas ele vai e não volta.

    1. Seria cômico e vergonhoso para a justiça brasileira, se é que ainda existe a justiça e a vergonha dos seus componentes,

  20. Miami está recheado de bandisdos brasileiros, Eunicio Índio é só um deles. A Presidência do Senado tem sido ocupada pelo que há de pior na política. É de suma importancia nos dedicarmos com lupa na escolha dos nossos eleitos para o Senado e Câmara dos Deputados. Se quisermos um Brasil melhor terá que ser apartir do Congresso. Presidente da República sozinho não muda nada com esse nível de Congressistas. A Crosue e o Antagonista tem que nos ajudar nessa limpeza pesada do Congresso.

    1. concordo absolutamente. Aproveito para recomendar o ranking dos políticos do site politicos.org.br - bastante informativo e muito interessante.

    1. Bolsonaro pode não aparecer como corrupto. Já honestidade é um termo mais abrangente. Não pago pela sinceridade dele, nem no que diz ou já disse, nem no que faz ou já fez. Não sou do tipo que hoje se ilude facilmente. Já cai em alguns golpes e enganações. Agora fiquei mais esperta, rsrsrs.

Mais notícias
Assine
TOPO