FelipeMoura Brasil

Imprensa e dinheiro do povo

27.03.20

“Percebe-se aí um contraste lamentável com governantes que preferem dar dinheiro para a imprensa do que fazer o certo.”

O comentário é de Eduardo Bolsonaro sobre o relato de Abraham Weintraub de que o Ministério da Educação cortou 450 milhões de reais da TV Escola e de que este recurso pode ser usado agora no tratamento do coronavírus.

Eduardo omite que um dos “governantes que preferem dar dinheiro para a imprensa” é seu pai, Jair Bolsonaro.

Em primeiro lugar, o presidente prometeu extinguir a empresa estatal EBC (que administra a TV Brasil, uma rádio e uma agência online), o que resultaria em economia anual de centenas de milhões de reais dos pagadores de impostos, mas a manteve. Na enorme lista de profissionais na folha de pagamento (em março de 2019, eram 1.992), há vários jornalistas com mais de 30 mil reais de remuneração cada um, ainda em janeiro de 2020. Detalhe: a audiência, que já era ínfima (conhecida como “traço”), caiu 22% em doze meses: de 0,33 ponto em fevereiro de 2019 para 0,25 em fevereiro de 2020.

Em segundo lugar, a Secretaria de Comunicação do governo Bolsonaro – à qual está vinculada a EBC – distribui verbas a emissoras privadas de TV e rádio que topam fazer “jornalismo” chapa-branca. Em outras palavras, a Secom (como direi?) não curte noticiários inconvenientes, nem críticos incômodos na programação, especialmente em horário nobre, que dirá em cargos de poder, como sabem os donos desses veículos.

Silvio Santos, que criou o programa governista “A semana do presidente” ainda na ditadura e cortou a opinião de uma apresentadora crítica do governo do PT no ano eleitoral de 2014, quando Dilma Rousseff buscava a reeleição, também soube se aproximar de Bolsonaro. A parceria rendeu 511% de crescimento do faturamento publicitário do SBT já no primeiro trimestre de 2019 em relação a 2018. Só para a segunda fase da campanha da reforma da Previdência, a emissora levou 5,4 milhões de reais do governo, atrás apenas da Record, que embolsou 6,5 milhões de reais. A emissora do bispo Edir Macedo teve 659% de crescimento do faturamento publicitário junto à Secom no primeiro trimestre do ano passado.

Na safra da reforma, a RedeTV!, que não alcançou sequer 1 ponto de média de audiência em 2019, recebeu 1 milhão de reais do governo Bolsonaro. O programa de Marcelo de Carvalho, um dos sócios da emissora, ganhou 290 mil reais para merchandising, sendo que cada testemunho dele pró-reforma custou 7 mil reais de cachê. Coincidentemente, Carvalho defendeu com maiúsculas no Twitter o chefe da Secom, Fabio Wajngarten, das suspeitas de corrupção em razão de sua própria empresa receber dinheiro de empresas beneficiadas por suas decisões no governo.

(Aliás, a quem quiser descobrir outras emissoras beneficiadas pela Secom, recomendo pesquisar os dias das notícias de jornal sobre o escândalo de Wajngarten e verificar se os principais programas noticiaram e comentaram o escândalo, ou se os donos preferiram proteger o parceiro comercial dando ordem para omitir. Também recomendo conferir se o gueto virtual governista celebrou a saída de algum crítico incômodo do governo da emissora, daqueles que não topam descer junto na lama.)

Assim como Lula preferia dar entrevistas a blogueiros financiados com verba de publicidade das estatais então controladas pelo PT, Bolsonaro prefere dar entrevistas, em emissoras beneficiadas, para apresentadores pagos pelo seu governo na campanha da reforma, como José Luiz Datena (cujo programa recebeu 331 mil reais, sendo 12 mil reais ao apresentador por cada fala favorável), Ratinho (915 mil reais ao programa por quatro elogios) e Luciana Gimenez (153 mil reais ao programa por seis). Naquela segunda fase da campanha, o total gasto pelo governo com merchandising, que ainda inclui cachês de outros apresentadores (como Otávio Mesquita, Eliana, César Filho, Ana Hickman e Milton Neves), foi de 4,3 milhões de reais.

Apesar de todos esses números, a Secom de Wajngarten usa as redes sociais para divulgar até manifestação em meio à pandemia, como o coronapalooza bolsonarista de 15 de março. Mas não divulga uma listinha mensal com as verbas destinadas a TVs e rádio, o que dirá com a verba polpuda de publicidade federal das estatais hoje controladas pelo bolsonarismo.

Os brasileiros não sabem o valor total dos gastos do governo federal com a imprensa amiga; e, embora as narrativas governistas em noticiários e comentários estejam ainda mais constrangedoras durante a crise de saúde, os mais ingênuos ouvem e assistem ao fantástico mundo dos panos, sem saber que se trata de uma “Voz do Brasil” repaginada. 

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) tem um projeto de lei (n. 7, de 2020, assinado em 4 de fevereiro) que veda “o uso de recursos públicos em publicidade e/ou propaganda governamental e institucional em todo o estado de São Paulo”, exceto em campanhas de esclarecimento sobre questões de saúde, por exemplo, como se faz agora com o coronavírus. Dos 9 artigos, destaco esses três itens consecutivos, que o deputado federal Eduardo Bolsonaro poderia copiar e colar em projeto de lei para todo o país:

“§3º [do artigo 1º] – O responsável por gerenciar os recursos públicos investidos em campanhas educativas, informativas, ou de orientação social, fica impedido de ter qualquer participação, com ou sem poder de gestão, em empresas potencialmente beneficiadas na contratação.

Artigo 2º – Fica vedado o uso de recursos públicos em financiamentos a empresas de publicidade e/ou propaganda, bem como a veículos de comunicação de toda e qualquer natureza.

Artigo 3º – Fica vedado o uso de recursos públicos para pagar qualquer veículo de comunicação, jornalista, artista, comunicador, blogueiro, youtuber, apresentador de programa de rádio ou televisão e formadores de opinião em geral, para promover agentes políticos, com ou sem cargos, ou programas e realizações de governo e instituições.”

Das dez páginas de justificativa do projeto, que deveriam ser lidas por todos os jornalistas, parlamentares e consumidores do mercado brasileiro de comunicação, destaco alguns trechos:

“Ao possibilitar que um eventual candidato se utilize dos poderes de Estado para favorecer sua imagem perante a opinião pública, coloca-se em risco a equidade que deve marcar as disputas eleitorais em sistemas democráticos de governo.”

“(…) interessante notar que a Lei Federal n. 9.504/97, que dispõe sobre as regras para as eleições no país, prevê inúmeras restrições para a publicidade oficial no período próximo às eleições. Ora, não faz sentido proibirem-se tais medidas apenas às vésperas das eleições, mantendo-se, contudo, durante todo o mandato, autorizadas diversas condutas que podem até mais gravemente desequilibrar o pleito eleitoral!”

“Maria Helena Rolim Capelato, na obra ‘Multidões em Cena: propaganda política no varguismo e no peronismo’, bem aponta que, na era Vargas, ‘a cooptação do jornalismo deu-se por meio das pressões oficiais, mas também houve concordância de setores da imprensa com a política do governo… Muitos jornalistas não se dobraram às pressões do poder, mas, segundo Nelson Werneck Sodré, foram raríssimos os jornais empresariais que não se deixaram corromper por verbas e favores oferecidos pelo governo…’ (2a. Ed., São Paulo: Unesp, 2008, p. 87).”

“(…) em país em que sobram problemas nas mais diversas áreas, desde saúde e educação até segurança pública, autorizar que vultosos gastos com publicidade sejam realizados, diminuindo-se o orçamento de campos que deveriam receber maior atenção do governo, é revoltante!”

“(…) faz-se necessário zelar para que os recursos públicos, o dinheiro oriundo dos impostos pagos pelos cidadãos não seja utilizado em área inócua e não sirva para fragilizar a Democracia, seja por favorecer alguém que tem quatro anos para se promover, seja por conferir a esse alguém forte instrumento para controlar a Imprensa.”

“Há notícias de que conhecidos apresentadores de TV receberam verbas para defender programas de governo, o que fere a ética e, sobretudo, a confiança da população, que não pode ser manipulada por aqueles que gozam de sua mais pura confiança. Quando um cidadão assiste a um programa de TV, ouve um programa de rádio, ou lê um blog, acredita que seu apresentador ou escritor favorito está se manifestando em um sentido, ou outro, por efetivamente pensar da forma que diz pensar. Não é justo, com os cidadãos, admitir que o dinheiro dos impostos seja utilizado para a vil finalidade de comprar apoio a uma pauta governamental, por mais justa que seja.”

E finalmente:

“Àqueles que já estão ensaiando dizer que este projeto cerceia a Imprensa, aduz-se, sem medo de errar, ser o contrário, pois a censura se dá pela força e também pelo dinheiro.”

Se Eduardo Bananinha se revolta com governantes que financiam a imprensa, deveria propor um projeto de lei na Câmara dos Deputados (agora que a pandemia pesa contra seus passeios no exterior com dinheiro público), para vedar a distribuição de verbas federais a veículos de comunicação e blogueiros, com ou sem crachá – como fez Janaina, que trabalha mais que ele, na Alesp; e, como fez, ao menos pontualmente para o período de crise, o deputado federal Kim Kataguiri, ao incluir em suas propostas contra o coronavírus o item XI: “Limitação nos gastos de comunicação e publicidade pública para estabelecer finalidade exclusiva no combate e prevenção de pandemia”.

Seria bem mais coerente para Eduardo (e bem-vindo para o país) do que ele passar o dia nas redes sociais, com cinismo reacionário, atacando (e estimulando sua militância organizada a atacar) os jornalistas que não se dobraram às pressões do poder do papai.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Dra. Janaína Paschoal e Dr. Sérgio Moro, dentre outros que poderia citar, são reservas de conhecimentos e da moralidade. Diferencia-se apenas no modo de se expressar. Dr. Moro é mais reservado e a Dra. Janaína não, expansiva e dotada de uma capacidade incrível de colocar no papel tudo aquilo que pensa. Os ataques que ambos continuam sofrendo é entendível, mesmo porque, são baluartes, maiores defensores da justiça, do republicanismo e da democracia, queiram ou não. É a resistência do bem.

  2. PARECE QUE VOCÊS TAMBÉM PERDERAM O RUMO...??? DEIXARAM DE SER ISENTOS, POIS SÓ PUBLICAM COISAS CONTRA NOSSO PRESIDENTE HONESTO E BEM INTENCIONADO QUE LAMENTAVELMENTE É XINGADO DIA E NOITE E PARECE QUE O CRUSOE/ANTAGONISTA TAMBÉM ADERIU. INFELIZMENTE APESAR DE TER PAGO ASSINATURA ANUAL VOU DEIXAR DE LER ESTRE PANFLETO.

    1. Realmente, saiu uma quadrilha e assumiu outra, parece que bem diplomada. Além do mais, formaram um bando de idiotas.

  3. Comentário sem noção, assim como está se tornando a Crusoé. Achei que mudaram e olhem, seus assinantes não estão cancelando as assinaturas.

  4. Assinei o combo Crusoé e Antagonista + hoje. Já estava pensando nisso, mas após assistir a entrevista com Danilo Gentili, bati o martelo. Porque eu acredito no jornalismo independente e corajoso que se faz aqui. É essencial para o Brasil, e nessa era da pós-verdade, está difícil encontrar. Penso que estou mais apoiando uma causa, que consumido um serviço. Abraços a todos, e força!

    1. Assinei e estou vendo como a sinceridade passou longe daqui!

    2. Foi isso que sem dúvidas me levou a assinar. Como podemos defender uma mídia ética, um jornalismo de qualidade, se não contribuímos efetivamente com a manutenção daqueles que sobrevivem e mantém a ética? Somos (em casa) aversos à verba pública destinada aos veículos de comunicação, claro exceto quando se trata de saúde pública. Mas é um absurdo este desperdício de recursos que poderiam muito bem estar aplicado na saúde, na segurança pública e na própria educação.

  5. Não me dei o trabalho de ler sua extensa reportagem,além de enfadonha e cheia de parcialidade,lembrando que lamento sua rançosa mudada de viés,concordo totalmente com quem quer que evite pagar qualquer empresa de comunicação para além do estritamente necessário.

  6. Ainda sou pró-Bolsonaro, mas adorei sua coluna. A verdade tem que ser dita e escrita. Ais que Bolsonarista, sou patriota e reconheço a premente necessidade de ajustes nessa conduta. Parabéns!

  7. Perfeita suas colocações. O projeto de Sra, Janaina deveria ser aprovado, imediatamente, e aplicado para todo o país. É muita bandidagem política fazer propagando de quem tem a chave do cofre.

  8. O país pegando fogo e o Felipe preocupado com um tema de menor importância. Isso é só uma forma de contra-balancear a hegemonia jornalística da Globo, Folha e etc. Deixe de mesquinharia rapaz, isso faz parte da guerra cultural. Em condições normais isso até seria condenável. Mas em um cenário de guerra assimétrica, o governo não pode ser tão puro e inocente como você acha que ele deveria ser.

    1. Alexandre, essa retórica da guerra, do nós contra eles, já gastou. Só o Bolsonarismo está em guerra, contra tudo e todos, incessantemente. Agora que é Governo, deveria estar trabalhando para construir, e não destruir. Mais trabalho, menos retórica vazia!

    2. Concordo meu amigo. Estamos em guerra cultural. E entramos nesta guerra 40 anos atrasados.

    3. essa foi a maior passada de pano que já li recentemente. depois não gosta quando chamam de gado

  9. Felipe concordo com você, até a segunda página. quem te viu e quem te vê. imagina seus cumpanheiros da mídia que diferentemente de você, odeiam o Bozo antes, durante e depois que ele se elegeu. tá com dó da globinho tá ? faz plim-plim e relaxa

  10. FMBrasil Quem te viu... Quem te vê... Se apequenando e mostrando as unhas da esquerda enrustida e travestida da fala fácil e do politicamente correto. Triste fim.... Já cancelei minha assinatura... Lamentável....

  11. Excelente artigo!! Infelizmente, mais uma promessa de campanha que não foi cumprida.... triste com o Presidente e com o seu rol de “auxiliares” e familiares que metem o bedelho em tudo... votei nele pra ACABAR com esse tipo de coisa...

    1. Abra uma empresa e contrate só pessoas que não têm afinidade com você, ou com o seu projeto.

  12. A EBC,- Empresa Bras. de Comunicação , a TV Câmara, a TV Senado, a TV Justiça, e a SECOM - Sec. de Comunicação Social, são verdadeiros buracos negros que disfarçam a distribuição das "mamatas" para os "amigos do rei" e encobrem os "cala bocas" para os "profissionais" que alugam as suas opiniões ao mandante de plantão. Em bom português, numa tentativa inútil para controlar a opinião pública, a EBC e as TVs públicas servem apenas para desperdiçar e malversar os recursos do erário.

    1. É exatamente isso que o comunismo quer, e você está indo direitinho pro caminho que eles estão traçando pro Brasil...

  13. A reportagem é a favor ou contra o uso do dinheiro pública para propaganda na imprensa? Digo o seguinte: não sou capacho do governo, bolsonarista nem lulista, mas seria que impossível se fazer QUALQUER reportagem sem se iniciar com codinome Bolsonaro? Folha, Globo, Crusoé, Isto é, Veja, Estadão sem contar os veículos que não tem nada a ver com política. Fiquem em casa, não entrem em minha casa. Vinte quatro horas falando de corona virus e bolsonaro.

    1. Eles querem derrubar o presidente através do vírus, não entendeu ainda?

  14. Legal, estou esperando agora você falar sobre João Dória, porque em termos de gasto com a imprensa e empresas de marcketing digital numa edição seria pouco não? Pare de proteger Dória e o PSDB, seja imprensa, seja imparcial!!!

  15. Sua falácia Felipe Moura, não se baseia em fatos e fatos são documentados. Jornalismo que não se baseia em fatos, não é jornalismo é fofoca de marocas. Falou muito e não disse nada. Preferi ler os comentários, como uma espécie de resumo pra não me cansar com o seu tom repetitivo. Seja mais técnico ao escrever.

    1. A reportagem aponta fatos: a EBC não foi extinta (fato), é um cabide de empregos (fato), e os programas e apresentadores mencionados receberam dinheiro público (fato facilmente verificável nos empenhos publicados pelo próprio governo). E o que dizer desse comentário esdrúxulo? Está baseado em que fatos?

  16. Por favor Felipe, não seja parcial. Faça-nos o favor de colocar o que se gastava com publicidade governamental na era dos canhotas e agora. Você é muito cretino. Fadado a falir com essa postura.

    1. Rubens Antonio, concordo contigo. Não estou entendendo esta postura do Felipe. Me pareceu "falando" a pedido de "outrem", não convicto do que escreveu.

    2. Felipe M Brasil, tenho muitas diferenças com voce ma definitivamente temos a mesma linha de pensamento quanto a manter a coerencia,,,,,,perfeito,,,,quem acha que vc esta sendo parcial é incoerente, ou..........

  17. Sendo tudo isso for verdade, concordo em gênero, número e grau! O governo não pode usar o dinheiro público para promoção de seus ocupantes de plantão.

  18. Esse carinha ai ligou para o Walter Mercado a cobrar e disseram para ele que ele era jornalista, uma coisa eu tenho certeza se pagarem bem ele fala até verdade.

  19. Felipe, ainda bem que você saiu da Jovem Pan... É uma das únicas emissoras que ainda busca, de forma isenta, informar a população... No princípio, quando você comandava o "Pingo nos is", até parecia que você procurava ser isento... Hoje podemos ver que sua máscara caiu... Você, o Villa e o Edgar não faz falta nenhuma no noticiário da boa imprensa... Só não cancelei minha assinatura da Crusoé porque o contrato inicial, que a gente sempre acredita que é justo não veio com a informação justa.

  20. Como seria bom, só para variar, sermos governados pelo bom senso. Ñ votaria jamais em alguém como Bolsonaro, bem.como jamais votei em candidatos do PT. Tínhamos boas opções no 1 turno, mas só enxergaram Bolsonaro como solução.. agora temos novamente essa bela situação: desgovernados pela ignorância, desorientados pela insensatez.. nossa única salvação é contar com ministros q, sabe-se lá por q, ñ abandonaram o navio e têm demonstrado alguma competência, ainda q o chefe maior os desautorize.

    1. 100 % certa. O eleitor que elegeu Bolsonaro foi o voto útil. E é esse eleitor que o bolsonarismo mais ataca hoje. Não soube coaptar esse eleitor mais exigente que critica que não dão cheque em branco, os isentões como eles colocam. Os isentos de lavagem cerebral.

    2. Ministros com alguma competência !!! Deve ser você uma sumidade, o que esta esperando para assumir alguma pasta, genia !!!!

    3. Finalmente! um comentário lúcido e equilibrado nesse espaço de tantas besteiras e agressões.

  21. Felipe Moura. Você me desanima de ser assinante deste canal. Qual é a sua o PT que dava milhões para esta imprensa maldita e agora vem com esta denuncia barata. Faz me o favor, no próximo vou pensar bem antes de renovar

    1. O que é mais grave? O PT dar milhões para os meios de comunicação, ou o Bolsonaro, que se elegeu criticando isso, fazer o mesmo?

    2. Faça como eu fiz, entre na 'Central de Ajuda' e peça o cancelamento automático de renovação de assinatura, até lá vc usufrui o que já pagou e aguarda...

  22. Felipe, bastante graves essas informações que você passou. Entretanto gostaria de ver esses números em algum registro oficial. Você usou percentuais tão precisos que eu imagino que os números (antes e depois) estejam publicados. Onde?

  23. Quando o Felipe Brasil vai falar algumas coisa que Bolsonaro fez, ao invés de ficar apenas o criticando. Penso que ele poderia ir trabalhar na Globo News, ou melhor Globo Lixo.

  24. Interessante, vocês falam dos valores alto pagos a SBT, RECORD,REDE VIVA , mais não dizem os, valores irrisórios recebidos no governo passado, vocês falam que determinado comunicador(a) recebe entre R$ 7 e 12 mil reais mais não dizem quanto comentaristas chapa branca da globo recebiam por palestras com o dinheiro público, vocês omitem os valoreis escandalosos e imorais que a rede Globo recebia juntamente com pessoas ligadas a ele, sejam mais claros, transparentes e menos tendenciosos.

  25. O jornalista só esqueceu de mencionar (ou faz de conta que não vê) que o que ele chama de papai recebeu 57 milhões de votos para mudar o rumo do país. Quer o jornalista goste ou não. Democracia significa "vontade da maioria", jornalista.

    1. Mais da metade votou nele porque não queria que o Haddad ganhasse. O que é muito diferente de realmente apoiar o Bolsonaro. Essa gente agora está batendo panela pedido para ele sair. Isso também é democracia!

  26. Grande FELIPE MOURA, que pena que você sofreu a picadura do Reinaldo Azevedo, e vai se tornar inclusive PORTA-VOZ do GILMAR..... O fato é que BOLSONARO está gastando ZERO com propaganda. Somente a conversa com o povo no portão do ALVORADA todos os dias já garante manchetes e notícias o dia inteiro, e ainda a repercussão nas REDES SOCIAIS. FELIPE, volte ao jornalismo sério, somente com notícias verdadeiras e úteis.

  27. Reportagem fraca e direcionada a um incomodo pessoal com Eduardo Bolsonaro...cache de 12 mil pro Datena foi forte!...fraca pois vc citou milhões e não bilhões...faltou vc citar como funciona a distribuição publicitária entre todas as emissoras (e que merchandising é uma mo)...não fez um paralelo do passado recente e como é hoje...faltou citar que nenhum presidente conseguirá governar sem falar na televisão...faltou citar que provavelmente estes valores são os menores dos últimos 50 anos...

    1. Exatamente! Identicos! Inclusive no modo de agir com a imprensa...

  28. Nascedouro do ódio humano...talvez inversamente proporcional ao orgulho contrariado, quando não se tem razão......?! quem o sabe? os cegos de si ou os mais sábios?

  29. A imparcialidade não deve ser prioritária, mas norteadora. O mesmo jornalista de potencial grandioso deve ater-se mais a razão. Os filhos do presidente da República, e mesmo ele, deviam fazer um voto de silêncio. Os poucos jornalistas de caráter que persistem neste pobre Brasil, não se devem vender à besteira.

  30. Sobre o financiamento de Dória para conseguir o apoio da sua Pan, nada! Sobre Dória mandar na tv cultura, ter comprado o passe da Verba Cagalhães, também, nada. Sobre o ativismo político esquerdista e anti Bolsonaro, também, nada. E, por fim, ninguém precisa de suposto gabinete do ódio para odiar filho da puta!

    1. Caracooo.. fica aqui meu radical protesto! A figura aí tem seu comentário publicado mesmo cancelada a assinatura, e eu que continuo pagando esse treco, tenho meus comentários volta e meia rejeitados. Que diabos é isso? Rs.. alvaro costa

    2. Ué.. fica aqui meu protesto radical: cancelou assinatura e continua dando palpite? E eu que continuo pagando vez em quando observo meus comentários serem rejeitados? Que porra é essa? Alvaro Costa bsb/df

  31. uma excelente visão crítica de como estão sendo direcionados dinheiro público com publicidade. na verdade, estamos diante de uma cópia dos governos petistas

  32. Quando assinei essa revista eletrônica tinha uma expectativa, que a propósito, me foi vendida na época: ter acesso a um jornalismo imparcial e independente. era vendido, inclusive, que sequer teriam anúncios de Órgãos públicos. Preciso saber sim o que o governo faz de errado, mas preciso saber onde ele está acertando. Infelizmente hoje vemos matérias como a desse militante travestido de jornalista. Esse "moura brasil" parece que é trabalha na globo. % não dá informação nenhuma. Compare números

  33. Parece dorzinha de cotovelo. Qdo babava ovo pro capitão, esperava um carguinho no governo. Não deu certo e agora mete o pau. PS. Aqui não pode me bloquear como no @twiter. Aqui eu pago teu salário.

    1. É isso mesmo. FMB caiu na narrativa da mídia recalcada e não traz nada de útil para nós.

  34. To bem Lembrado das promessas de campanha, onde a tal TV pública iria ser extinta, mas daí acabou tendo o mesmo uso do anterior partido que perdeu o poder. Pena, pois poderia moralizar e acabou continuando a imoralidade.

  35. Agora ficou claro, Felipe. Sua saída da JP (que me entristeceu muito), é exatamente porque virou a casaca. Quer mais dindin na conta... Putz, eu achava que você era verdadeiro, mas não passa de uma fraude. Começo a crer que essa revista que assino há dois anos, está vendida também. Afinal tudo tem preço. Não sei qual foi o seu. Vou continuar com o Augusto Nunes, pelo menos até que ele se venda como você. Ahh, não leio mais sua coluna, vendilhão.

    1. Perfeito, Claudia, você tem sorte....eu só me livrarei em novembro 2020.

    2. Concordo com você, esse Felipe vira casaca já foi tarde!!! Pior diretor que a Jovem Pan já teve!!! Aliás, jovem pan já era!!! A turma vermelha está destruindo tudo!!!! O 3 em 1 da nojo!!! Já cancelei a CruzoÉ mas tenho que receber até 05/05!!! Estou muito feliz com a OESTE do grande jornalista J.R.Guzzo, Arnaldo Nunes e outros jornalistas não militantes!!!

  36. Uma pergunta que não quer calar: por que a China ao invés de divulgar vídeos de obras faraônicas para exibir seu desenvolvimento ao mundo, não divulga vídeos de combate ao comércio de animais vivos e exóticos nas diversas feiras no seu país, que são os causadores das últimas duas pandemias e milhares de mortes no mundo?

  37. como e´facil neste Pais ser pseudo-jornalista! Vcs se dão ao luxo de prolixar ad infinitum e ñ vao ao cerne verdadeiro da questão. Vc. ñ tem puta ideia do que e´ CONSECUTIO RERUM e CONSECUTIO TEMPORUM! Vc ainda ñ entendeu que a força de inercia faz continuar as barbaridades de um governo para o sucesor. As pessoas precisam de FATOS! fatos,do latim FACERE e o Bolsonaro demonstrou que e´um ¨HOMO FABER ¨ . vc ñ sabe dar o valor especifico aos fatos e produz uma insignificante ensalada de dados!

    1. Vá se informar, e se possível leia o significado. Hoje quem paga a conta do FMB é a China

  38. Muito bom! Direto, objetivo e correto no pensar. Essa EBC era uma cabine de empregos dos governos anteriores e continua, impávida, sua sina.

  39. Do lado do Bolsonaro! Quantos respiradores ele poderia comprar fora máscaras e outros itens se o mesmo buscasse parcerias com o setor privado para produzirem e pagasse com a verba citada acima? Ele ainda manteria vários empregos aprenderia finalmente, algumas das regras básicas do liberalismo que ele abraçou a contra gosto!

  40. Sugestão: Vocês podem criar um indexador; respirador mecânico! Todas as vezes que Bolsonaro ou Dória fizerem propaganda eleitoral calcula se os custos. Na Veja e na Isto é dessa semana ele contratou duas páginas oficiais e tantas outras para divulgação de seus empreendimentos! Quantos respiradores poderiam ser comprados e instalados nas AMA’s de SP onde já morreram muitos? Se os mesmos fossem instalados em hospitais onde já existe a tubulação de oxigênio! Quanto seria economizado?

  41. Bolsonaro admitiu, estão copiando, ponto por ponto, o comportamento de Trump, republicanos e FoxNews; e rumamos para o abismo. Por que vocês escondem isso do público? Como ainda protegem Trump e sua gangue?

    1. 60 milhões de votos. Em 2022, 70 milhões. A caravana passa !!!!

  42. Sem querer ser indiscreto, mas já se nota que FMB assumiu o munus de crítico do governo, do PR e dos seus filhos. Não escreve mais sobre outro assunto. Uma espécie de Reinaldo Azevedo que ainda não foi flagrado em conversinhas privadas com corruptos. Pelo menos, ao contrário deste, ainda não começou a vociferar conta Olavo de Carvalho, fonte na qual bebeu e se apoiou para chegar onde chegou. Por enquanto.

  43. Muito bem. Quando você vai escrever uma matéria sobre os jornalistas que se dobram ao regime comunista assassino e ditatorial que quer comprar o Brasil?

    1. Apoiado!!!! Estou esperando essa matéria dos nossos políticos com O embaixador da China!!!!

  44. Então vamos lá fazer comentários, Ok? Saibam vocês desta Revista, que eu e meus familiares, preferimos que o Bolsonaro gaste em Tvs e rádios fazendo propaganda decente, do que saber que o CARNIÇA levou nosso dinheiro a países de ditadores e enfiou nos bolsos de seus filhos vagabundos!

    1. Uma canalhice não justifica a outra. Pau que bateu no 9 dedos tem a obrigação de bater no Bozo.

  45. AVISO MEU AO SITE, SE MEU COMENTÁRIO NÃO FOR PUBLICADO, DEIXAREI DE ASSINAR ESTE PASQUIM OUVIRAM E AINDA FAREI COM QUE OUTRAS PESSOAS DEIXEM DE ASSINAR!

  46. Felipe, só se sabe realmente o contexto é quando temos um comparativo, portanto já que você detém informações faça uma simples comparação entre o que o governo petista gastava e o que o atual gasta. Sem esse parâmetro é criticar por criticar. Acredito que este governo realmente ainda esta fazendo coisas erradas neste assunto, o importante é saber houve avança ou retrocesso e isso só sabermos num comparativo. Por favor seja honesto na comparação, se você o fizer.

  47. Que triste figura! Que denúncias sem base e sem fundamento. Cheiro a intriga de comadres A recompensa deve ser volumosa e muito polpuda para virar a casaca e se tornar ferrenho opositor de um governo sério que visa o reerguimento de nossa Pátria. Parece que a Crusoé se transformou num reduto de jornalistas dispostos a entregar nossa Pátria nas mãos de seus algozes que visam a chave do cofre. Que pena né? Mas irá fracassar. Vida breve para Crusoé!

  48. Sr. Felipe Moura Brasil. Opinião tenho eu a minha e o Sr. a sua. Jornalismo são os fatos, jornalista trata de fatos. Penso em cancelar a assinatura... Assista os seus cegas australianos exicando quem é o titular da OMS, e o que a ditadura da China não fez desde o surgimento do COVID 19. Guarde para si sua opinião.

  49. Sinto falta de seus comentários no Zpingos nos Is. E insuportável ver o gaga e puxa saco do Bolsonaro, Augusto Nunes e Zé maria.

    1. De acordo Solange. Cortar o dinheiro da Globo e passar para o SBT e Record dá no mesmo: desvio da finalidade do recurso público.

  50. Felipe Azedo sem assunto. Cara como Você é petralha! Até pouco tempo era governo, que bicho te mordeu? Está a $oldo da esquerda, do Dória?

  51. Eita?! quanta mudança hein?! senti muito, mas muito veneno hein! os percentuais são vultosos mesmo viu mas.... quando se gasta hoje com publicidade mesmo?? em números e não em %?? basta ver o quanto se gastava antes... entendo que esse governo é o necessário para o momento e, transitório... teremos outro governo de 22 - 26 se Deus assim permitir, podendo ser com o Bolsonaro ou com outro, mas que nenhum seja extremista (dir/esq) e que pense no Brasil, no povo. Aos poucos entraremos nos trilhos.

  52. Parabéns!Pela coragem,de expor a sordidez desses governantes,que não medem esforços quando se trata de manipular a opinião pública. Mudam os personagens,mas os vícios continuam os mesmos.

  53. Felipe Moura Brasil...seu discurso mudou?.. Cadê aquele Felipe do Pingo..? Que tristeza ao ler o seu artigo.. Gostaria de acreditar de que não se trata de um artigo com viés ideológico..mas tudo conspira o contrário.. que Decepção 😔

    1. Foi uns dos artigos mais ideologicos que já vi, com um claro intuito, desconstruir a imagem Dep Eduardo Bolsonaro, basicamente uma opniao sobre o mesmo uma vez que nao informa crime direto de alguem mas sobre o pretexto de informar mais uma area publica que temos má administracao do nosso dinheiro. Lamentavel.

  54. o jornalista, demitido da rádio Jovem Pan, ressentido como aqueles dependentes do dinheiro do povo, volta-se contra o governo porque não lhe deu uma boquinha. só continuo pagar à assinatura desta revista porque ela não suspende o pagamento e portanto tenho que esperar o fim dela. Sem renovação.

  55. Pela catarata q seu atavismo ñ permite correção digo, cansei ao ler enfadonha coluna. Concordo com final da EBC não cumprido etc. Ademais nem vc nem ninguém da Crusoé e Oantagonista jamais escreveram uma linha qdo a Globo levava dez vezes mais q as outras. Daqui a pouco veremos aqui propagandas do Le Monde ou qq jornal de Veneza. Saco, estamos no BR. Quero q Veneza se afogue, q Paris se exploda em sua fedentina e q a Itália fique com a sua literatura não ensinada ao infectologista chefe. Cansei.

  56. Parabéns pelo artigo. Como jornalista, sinto orgulho de ler algo assim. E tristeza também, claro. Restam poucos da nossa classe que, como O Antagonista e a Crusoé, não se curvam às sacanagens do poder.

  57. O artigo versa sobre um tema importante e sério para a administração estadual e federa. Agora, usar expressões jocosas e apelidinhos de baixo nível quebra o nível da matéria.

  58. Perfeito, Felipe, conte sempre com o apoio dos cidadãos de bem. Pau nos safados de qualquer ideologia, foca o holofote neles.

  59. Confirmado, ele se chama Jair; nao é Sao Pedro nem o capeta barbudo! Interessante a meu ver é publicar o volume de $ gasto com publicidade e afins de todos os governantes

  60. Caro Felipe Excelente seu texto. Não assisto mais os Pingos nos Is desde a sua saída. Votei por exclusão, porém, apesar do presidente estar fazendo coisas louváveis, velhas práticas não tem fim. Confio em você, mais uma vez, seja bem-vindo por aqui.

    1. Também deixei de ouvir, não dá para aguentar o Augusto Nunes dando saltos duplo escarpados para defender a loucura e canalhice da família bolsonaro

    2. Veronica, você não fará falta ao “Pingos...”...

  61. Felipe, eu estou chocada com a JP, é constrangedor assistir os pingos nos is, já cancelei minha inscrição em todos os programas, é inacreditável, até os vídeos que os ouvintes mandam estão totalmente diferentes. O programa 3 em 1 está escandaloso, emponderaram o Constantino depois que ele fez a cobertura da viagem de Bolsonaro no USA e encontrou com o chefão do gabinete do ódio (Secom). O Josias e a Taís são dois peixinhos fora d'água, acho que não vão durar muito tempo não.

  62. Quando assinei a revista, acreditei no que o reclame prometia: jornalismo de verdade, sem escolher lado. inda bem que minha assinatura está no fim.... Esse Moura Brasil bem poderia assinar-se como Moura PT.... torce tudo pra ficar de mal com o país, só porque não gosta do presidente.... que tal ele deixar de lado um lado, e ficar só no jornalismo??? Cavou meu ano, cancelo. Volto pro Globo... ali sem de que lado os marinhos estão.

  63. É esse tipo de matéria que deve ser publicado constantemente na mídia independente, denunciando as mazelas do poder público, não ilegal, mas imoral, em um país com tantos sacrificados financeiramente. Restou falar que a mídia (leia-se globo, folha, etc) que não recebe ou recebe muito menos que antigamente, desce o pau no governo.

  64. Texto bem pertinente, mas difícil acreditar que a Jovem Pan também não tenha participado ou ainda participe de esquema semelhante. Claro que Felipe não quer escrever contra o próprio patrão, mas não devemos esquecer que tais esquemas ocorrem não só no âmbito federal, mas também no estadual e no municipal.

    1. ele fez um longo parêntese falando justamente da jovem pan.

  65. A TV Escola - que durou pouco mais de 20 anos - foi uma criação unilateral, sem que a maioria dos professores sequer soubesse. Foi uma boa surpresa, mas grande parte das escolas não teve recursos humanos nem aparelhagem (antenas, vídeos, televisores) para fazê-la funcionar na sala de aula, efetivamente. Um bom conteúdo se perdeu em meio à ingerência. Pérolas aos pobres. O que menos funcionou foi toda a coleção do Telecurso 1º e 2º Graus, Fundação Roberto Marinho. Que grana aos Marinho, hein???

  66. parabéns pela reportagem e parabéns pra Janaína Pascoal, quem vê os discursos do Bolsonaro tem a falsa impressão que ele é diferente dos outros

    1. Parabéns ao fabio leite pela reportagem.sobre o lulinha Milionário que logo logo vai nos mandar enfiar as panelas no cu....eles voltaram, Felipe. Continua xingando o bolsonaro

  67. O certo era o fim do $ público para a imprensa! Sem propagandas, somente campanhas em momentos como o atual ( sem pagamento) ! Hj em dia tudo pode ser feito pela Internet sem pagar nada! Bom, a JP apoiou a reforma da previdência e vc era o Diretor, receberam $ para isso? Duvido que o independente Augusto Nunes aceitaria! O seu erro foi tratá-lo como subordinado no Pingos,ñ foi humilde diante de anos de experiência e comando de várias redações!Veja a postura de admiração e colaboração do SNavarro

  68. A guerra de "desinformação" da mídia tradicional obrigou o governo a manter algumas ferramentas temporariamente (EBC, etc). A artilharia diária na mente dos brasileiros pelas "Grobo" da vida precisa ser combatida para a verdade triunfar. Daqui 1 ou 2 meses veremos se Trump e Bolsonaro acertaram.

    1. Alexandre, as medidas usadas pelo Trump não são as mesmas usadas pelo Bolsonaro, para de ficar se idiotizando nos blogs bolsonaristas e busque informação de verdade. Trump está trabalhando firme pelo isolamento de 4 a 6 semanas, além de uma injeção de 2 trilhões de dólares para segurar empregos e empresas no período de isolamento. Aqui temos um palhaço presidente incentivando o povo a ir para as ruas e se furtando da responsabilidade de ajudar economicamente o país.

    2. EBC como ferramenta? mas ninguém vê aquela merda! Aquilo é claramente cabide de emprego.

    3. A guerra de "desinformação" da mídia tradicional foi a justificativa usada pelo PT para derramar milhões de reais mensais nosso em blogs de apaniguados. No fim, o PT "perdeu" a guerra, como ele mesmo disse, pois foram as notícias sobre corrupção na Globo, Folha, Veja, Estadão, etc, que colocaram o povo nas ruas contra a Dilma e pressionaram pelo impeachment.

  69. BRAVO. BRAVO. BRAVO. felipe parabéns. não tenha medo de ser sincero. Leal a sua consciência. escravo da sua liberdade. Que sua mente traduza aqui, a realidade cruel do que se passa e nos estimule a PAVIMENTAR o caminho da mudança. já somos mais de 100 milhões de brasileiros que estão consumindo boas informações. já somos mais de 100 milhões de brasileiros que não tem político de estimação. já somos mais de 100 milhões de brasileiros que já sabem que o Brasil está em mãos erradas.

  70. Felipe, você é a prova viva dessa situação! Enquanto foi apoiador de Bolsonaro, era um ídolo para os comentaristas. No momento em que mostrou sua independência, não houve mais espaço para você na Jovem Pan. E eu, assídua no jornal que você comandava, fui parando junto, ao perceber que nem crítica positiva é permitida por lá. Foi uma grande decepção.

  71. Esse direcionamento preferencial de recursos é inconstitucional por violar o princípio da impessoalidade da administração pública (CF, art. 37). Dá para montar um impeachment em cima disso também. Mas, por outro lado, pode ser encarado como uma política contra a formação de monopólios na imprensa, ao fortalecer os menos robustos para a concorrência. Se descer aos detalhes fica uma discussão jurídica e ética complexa. A grande questão é que o conteúdo não deveria ser afetado pela grana oficial.

  72. Meu caro Felipe, mudam as moscas mas a bosta continua a mesma. A diferença é que a atual, além de gastar fortunas com a imprensa chapa branca, também gasta com brucutus na internet que, às vezes, se quer sabem sobre do que se trata mas vomitam ódio. São burros porque falam para eles mesmos. Gente inteligente argumenta, burro vocifera.

  73. Todos prometem modernizar o Brasil, mas em tempo de comunicação gratuita e individual. A MALDITA HORA DO BRASIL ESTA LA A SECULOS PARA ATORMENTAR -NOS

  74. Bolsonaro distribui, más nada como o PT, que só para a Globo deu R$6,5 bi em 12 anos, R$1,48 mi, todo santo dia, 365 dias por ano, por 12 anos. Não é de graça que o JN até hoje tenta derrubar Bolsonaro.

    1. O PT distribuiu dinheiro pra Globo e depois culpou a Globo pelo impeachment.

    2. Rapaz, usar um ato sujo para justificar um ato mal lavado é de uma mediocridade sem tamanho. É defender o que se está combatendo e, portanto, de enorme estupidez.

    1. Compartilhe esse conteúdo utilizando as ferramentas de compartilhamento oferecidas na página ou pelo link: https://crusoe.com.br/edicoes/100/imprensa-e-dinheiro-do-povo/. Nossos textos, fotos, artes e vídeos são protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo da revista em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Mare Clausum Publicações Ltda.

  75. Parabéns Felipe, não ter se dobrado ao poder e buscar se manter independente. Só reforça a independência q busca O Antagonista. Parei de assistir "Os pingos", constrangedor as piruetas de Augusto Nunes e Zé Trindade em seus comentários. E o espaço q um tal Constantino ganhou na emissora, só reforçando o q publicou. Segue firme.

  76. Felipe, seria interessante você publicar a reportagem com as planilhas, da mesma forma que você publicou as do PT no passado. Traria mais credibilidade.

  77. Quanto mais bozomerdas e petralhas atacam a Globo, maior fica a audiência. Ser atacada por essa gentileza é o maior atestado de honestidade

    1. Tu és mais do que um pato manco, "seu" imbecil. Tu és um hiper otário e único a ter "coragem" de vir aqui ousar defender a globo lixo. Volta pro teu buraco, rato de esgoto..

    1. Chorem de raiva gadonhos raivosos... pois é só isso que podem fazer. Afinal, dizer que é mentira seria atestado de gadismo completo.

    1. Pago essa revista com muito prazer e alegria parabéns pra você Felipe Moura Brasil

    1. Chora mesmo verinha, pois é só isso que os gadonhos raivos podem fazer com relação a essa reportagem. Afinal, fica impossível taxar de mentirosa uma reportagem baseada em fatos concretos.

  78. A sanha por dinheiro público da família Bolsonaro para fazer auto propaganda é a mesma do PT; é a mesma dos Lulas. Um descaramento e uma falta de seriedade política. Ando cansada desta corja de gente desqualificada e gastadeira. Basta!

  79. Parabéns Felipe, Por isso assino a Crusoé e O Antagonista+. Quem deve financiar a imprensa são seus leitores. E não ligue para o gado que infesta a caixa de comentários. Devem ser militantes lotados no gabinete de algum deputado que mantêm a assinatura somente para passar a impressão de que há leitores (independentes) que não estão satisfeitos com o trabalho de vocês. Acham que enganam alguém.

  80. Caro Felipe, troque um pouco de assunto, procure por uns dias outra pauta, vai lhe fazer bem meu caro. Ao estudar outras realidades descobrirás que suas críticas são necessárias mas com outro tom.

    1. Toda vez que se publicava alguma maracutaia do governo, o Lula falava pra imprensa mudar de assunto e falar das realizações do governo dele.

    2. Gabriel, chora mesmo, mas chora muito! pois é só isso que os gadonhos raivosos podem fazer com relação a essa reportagem toda baseada em fatos concretos.

    3. Parabéns Felipe, Por isso assino a Crusoé e O Antagonista+. Quem deve financiar a imprensa são seus leitores. E não ligue para o gado que infesta a caixa de comentários. Devem ser militantes lotados no gabinete de algum deputado que mantêm a assinatura somente para passar a impressão de que há leitores (independentes) que não estão satisfeitos com vocês. Acham que enganam alguém.

  81. Excelente, Felipe. Captei a mensagem da lama e tudo o mais. Parabéns pela integridade e ética. Você está lo lugar certo agora, com Os Antagonistas.

    1. mimimi de gadinho idiotizado. Parem de chorar que ta ficando feio já.

  82. Imprensa Favorável X imprensa Contra. Simples assim. Quem financia a globolixo e suas afiliadas? Ainda tem uma grana preta do governo ( concessão) para essa turminha...

    1. Vai cair na JP e não vai divulgar o que o PT pagava para a ele também...que parou de receber

    2. Chora gadinho bozomerda! Chora de raiva e chora de desolação. Pois vocês estão com os dias contados...rs...

    3. Mais um bozomerda brigando com os fatos. Ser atacado por essa gentalha só aumenta a credibilidade de qualquer profissional. Parabéns Felipe !

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO