Foto: Alan Santos/PR

Após infecção de Queiroga, Anvisa recomenda isolamento para Bolsonaro e comitiva

22.09.21 09:00

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária recomendou que os integrantes da comitiva presidencial que desembarcaram de Nova York na madrugada desta quarta-feira, 22, fiquem em isolamento por um prazo de 14 dias. A orientação também é válida para o presidente Jair Bolsonaro.

A medida deve ser adotada por conta da confirmação da infecção do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O cardiologista testou positivo ainda nos Estados Unidos e terá que ficar no país por duas semanas, antes de voltar ao Brasil. A Presidência incluiu na agenda de Bolsonaro desta quarta-feira uma reunião com o subchefe para Assuntos Jurídicos, Pedro César Sousa. Não há informação sobre o local do encontro.

Antes de fazer teste de Covid, Marcelo Queiroga acompanhou o presidente Jair Bolsonaro em eventos com autoridades como o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson. Eles trocaram apertos de mão no início da solenidade.

O ministro também participou de um evento com investidores brasileiros no consulado brasileiro em Nova York e teve duas reuniões na representação permanente do Brasil junto à ONU. Poucas horas antes de testar positivo, Queiroga circulou pelo salão principal das Nações Unidas, onde Bolsonaro e os outros chefes de Estado, como o americano Joe Biden, discursaram.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Alguém sabe dizer quando o exame foi colhido ? O paciente está sintomático ? Pelo que sei o teste para Covid ( PCR) é necessário para a entrada nos EUA e deve ser colhido até 3 dias antes da viagem .A comitiva deve ter apresentado os exames negativos para a entrada .Está meio esquisito este fato mas mito é mito ...

  2. Será verdade? Eles são tão mentirosos, talvez ele não tenha vindo porque a repercussão do gesto que ele fez na van para os manifestantes foi grotesco, representa bem o governo atual. Toda vez que algo acontece a pessoa sai de cena se dizendo com Covid. E como mentem até mesmo em diagnósticos? Acho estranho.

  3. Estamos nos tornando uma sociedade de bárbaros. Me causou nojo assitir ao discurso do sociopata na ONU, como bem colocado pelo ex-embaixador, similar a de um candidato a vereador falando para os seus num botequim pé sujo. Agora o ministro da Saúde, q tem se mostrado incompetente e submisso, se contamina por negligência. Como é um inútil, ñ vai fazer falta. Mas vai ficar de férias nos EUA, sendo as despesas pagas por nós contribuintes. Moro 🇧🇷

  4. Sou inteiramente favorável a que Bolsonaro permaneça completamente isolado da civilização humana pelos próximos 15 meses. E sem falar nada!

  5. Já pensaram esse povo todo fazendo quarentena em NY com nosso dinheiro? E alguém acredita que vão ficar confinados? Haja pizza na calçada.

  6. A Anvisa deveria,-tendo em vista que sua recomendação não vai prosperar- ter emitido apenas um alerta. Aliás, a viagem para miami, no ano passado, trouxe 22 multiplicadores de vírus que estiveram a bordo da aeronave presidencial paga pelo contribuinte.

  7. O que levou Bolsonaro e Boris Johnson trocarem um aperto de mão? Tem algo em comum além de detestarem a ciência e terem banalizado a Covid sempre que puderam? Sim! É Steve Bannon, ainda naquela toada de formar um exército global de “líderes” da ultradireita. Depois do fracasso de Trump, esses dois são os próximos a cair. Em todo o caso, Bannon ainda tenta extrair mais algum dinheiro desses patetas. De qualquer jeito sai dessa ganhando muito dinheiro.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO