Amanda Perobelli/Estadão ConteúdoFrancisco de Assis diz que o celular contém segredos profissionais protegidos por lei

Tudo pelo segredo

O esforço para evitar que policiais e procuradores tenham acesso ao celular-bomba do ex-diretor da JBS ganha novos capítulos. Até a OAB entrou no circuito para que o Supremo mantivesse o aparelho bloqueado
17.05.19

Há dois anos guardado na Polícia Federal, o iPhone 6S do ex-diretor jurídico da JBS e delator Francisco de Assis e Silva segue mobilizando as estruturas de poder em Brasília. Nos últimos dias, o esforço para evitar que os investigadores tenham acesso aos arquivos contidos no aparelho ganhou novos capítulos e chegou ao Supremo Tribunal Federal depois de uma controversa intervenção da Ordem dos Advogados do Brasil.

Era noite de segunda-feira, 13, quando chegou à corte um pedido da OAB para impedir que deputados da CPI do BNDES burlassem a liminar que vem impedindo policiais e procuradores de terem acesso ao iPhone de Francisco. Um requerimento que seria votado no dia seguinte pela comissão, com grandes chances de aprovação, pretendia finalmente quebrar o sigilo do aparelho.
O habeas corpus caiu para a ministra Cármen Lúcia, que no dia seguinte acolheu o pedido. Faltava pouco para o início da sessão quando o presidente da CPI, o deputado paulista Vanderlei Macris, do PSDB, foi informado da decisão. Foi a própria Cármen Lúcia quem telefonou para o parlamentar para dar a notícia.

Começava ali uma ruidosa confusão. O habeas corpus havia sido impetrado pelo Conselho Federal da OAB, presidido pelo advogado carioca Felipe Santa Cruz. Só que, horas depois, ao ser informado do assunto, Santa Cruz fez saber que não havia dado aval para que fizessem o pedido ao Supremo em nome da OAB — e ainda ordenou que os advogados da entidade desistissem da petição, o que foi feito em seguida.

ReproduçãoReproduçãoRenata Araújo, a advogada: os investigadores querem avançar sobre as mensagens suspeitas
Com a desistência da OAB, Cármen Lúcia cancelou a decisão anterior. A CPI, então, ficou liberada para quebrar o sigilo. Só que já era tarde. Os deputados não tiveram tempo de levar o requerimento a votação. Não haveria sessão naquele dia nem no dia seguinte – a próxima reunião da comissão está marcada para terça-feira, 21. Enquanto isso, o celular continua intocado. E a operação para mantê-lo longe do alcance dos investigadores continua ativa: até lá, advogados do ex-diretor da JBS devem apresentar um novo pedido ao Supremo para barrar a intenção dos deputados da CPI de ter acesso aos arquivos.

O interesse sobre o conteúdo do aparelho surgiu após virem a público mensagens de WhatsApp trocadas por Francisco com a advogada Renata de Araújo Prado, contratada para ajudar a JBS nos tribunais de Brasília. Algumas das mensagens indicavam que a advogada, filha de uma desembargadora do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, atuava de maneira não muito ortodoxa para destravar interesses da empresa nos processos que corriam na capital. Ela tinha acesso facilitado, inclusive, a gabinetes de ministros de tribunais superiores. Em reportagem publicada em março, Crusoé mostrou a gravidade do caso.

Algumas das chaves para entender as mensagens trocadas entre Renata e Francisco dependem do acesso ao aparelho do ex-diretor da JBS. Daí o interesse dos investigadores – e, agora, da CPI – em ter acesso ao aparelho. A medida, porém, vem sendo dificultada de diversas maneiras. Logo após a descoberta da existência das mensagens, uma intensa operação de bastidores foi deflagrada para manter o celular intocado. A pedido de Francisco, uma liminar foi concedida por um desembargador do TRF-1 – o mesmo onde atua mãe de Renata – para impedir que os investigadores tentassem desbloquear o iPhone. A decisão está em vigor até hoje.

Macris, presidente da CPI do BNDES: a comissão tem poderes para desbloquear o aparelho
Crusoé descobriu que a Polícia Federal chegou a dar início a uma operação exclusiva para avançar nessa frente de investigação. O caso corre até hoje, em sigilo, na primeira instância da Justiça de Brasília. Durante a Operação Unlock (Desbloqueio, em inglês), os policiais chegaram a pedir a prisão preventiva de Renata Araújo. O pedido foi negado pelo juiz, que autorizou uma outra medida considerada crucial: a perícia em um HD entregue aos investigadores pelo ex-marido de Renata, responsável por denunciar a relação suspeita da advogada com a JBS.

Nesse HD estão centenas de mensagens trocadas por Renata com Francisco e com outros personagens. É de lá que surgem as suspeitas sobre relações impróprias da dupla com magistrados das altas cortes de Brasília. Só que, também nessa frente, a iniciativa dos investigadores foi frustrada. Se já estavam impedidos de ter acesso ao celular de Francisco, eles também acabaram esbarrando em outra liminar, desta vez para que a perícia no HD, autorizada pelo juiz de primeira instância, fosse abortada. O pedido foi feito pela própria Renata. E, novamente, foi um desembargador do TRF-1 quem expediu a ordem.

Os diferentes obstáculos enfrentados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público mostram o quão sensível é o caso. Em um ano, os investigadores depararam com dificuldades incomuns para realizar até as diligências mais básicas. A batalha deve prosseguir na Justiça, mas por ora a esperança está depositada na CPI — que, ao investigar as relações escusas da JBS com o BNDES, quer também avançar sobre os laços da companhia com o Judiciário, algo que passou ao largo do acordo de delação firmado pela turma de Joesley Batista, o patrão de Francisco.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Mais uma vergonha essas relações espúrias entre o poder judiciário, representado pelo TRF 1 com o escritório de advocacia da Sra. Renata, advogada filha de uma desembargadora do próprio tribunal retro citado, não somente contribuem, mas também estimulam os crimes de colarinho branco e total impunidade. Pobre Brasil.

  2. Esta matéria mostra como os bandidos estão espalhados nos altos níveis de poder . Por isso , acho que é necessário o apoio do povo ao Presidente Bolsonaro .

    1. Na Dinamarca? Não, com toda a certeza! No Brasil? Sim, com toda a certeza!

  3. Se tem até Ministro do Supremo se envolvendo nessa questão aparentemente pequena, então é grave, muito grave mesmo, a informação que está contida nesse celular. E até a OAB? Que papelão? Uma instituição defendendo crime! Neste país, há momentos em que respeitar a lei só favorece os vagabundos e seus defensores. Eu não acredito mais que os problemas do Brasil possam ser resolvidos pacificamente. Nesse ambiente de paz e respeito às leis apenas os criminosos e ladrões saem ganhando.

    1. A OAB trabalha a favor de si mesma. Uma instituição que não declara o que ganha, só pode ser a favor de si mesma.

    2. Sem duvida que OAB também deve ser extinta... o próprio presidente da entidade desconhece o que os "subalternos" fazem... lugarzinho zoneado, nao?

  4. Precisamos pegar os canalhas de toga.A corrupção, a bandidagem e crime organizado não é uma exclusividade da classe politica. Os bandidos de toga tem que ser investigados. Eles são muito mãos criminosos que os criminosos comuns.

    1. O andar de cima é igualmente composto pelo povo. O PT fez um bom trabalho separando nosso povo em castas. Dai eu entendo seu comentário, mas não concordo com ele.

  5. Mais um VERGONHA nacional !!! Abre logo este celular...nada, mais assusta, o Moro já abriu o cominho para iniciar a cultura do CERTO e JUSTO no Brasil. #ABREoCELULAR #JBSempresaSUJAdoBRASIL

  6. O que mais incomoda é ver a passividade das forças armadas pois somente elas podem mudar esse estado de coisas. Porque não fecham logo esse judiciário e legislativo que são a base de tudo que impede a verdadeira libertação da pátria? Saudade de outros tempos onde os generais eram mais patriotas e honrados. Só nos restam a indignação e a decepção.

    1. Depois das últimas que escuto sobre os militares que estão no Planalto, não confio nos militares. Não existem mais militares como os do tempo de Geisel e Figueiredo. Morreram pobres de marrédeci, comparados a um Luiz Inácio, FHC, Sarney. Militares querem poder hoje. Leia aqui mesmo na Crusoé sobre Santos Cruz.

  7. A OAB é apenas uma das instituições que foram aparelhadas pelos petistas e, como tal, não defende nenhum interesse republicano. Se não DESPETIZARMOS este país não há futuro.

  8. Por acaso alguém acha que os protetores dos corruptos e criminosos vão liberar o acesso ao celular? Nem em sonho, eles sabem que a casa cai se isso acontecer!!!

  9. Que chance temos de mudar esse país se a corrupção corre solta no Judiciário e eles se tornaram intocáveis. Estão blindados até os dentes. Só uma intervenção militar pode dissolver essa máfia.

  10. ...o "buraco" é muito maior e muito mais em cima!...por conta disso vão tumultuar a vida pública nacional pelo máximo de tempo possível.Aceitam até uma "guerra civil".Aí,os arquivos desaparecem.

  11. Faço votos que a PF, responsável pela "operação unlock" já tenha copiado o conteúdo e o mantido em arquivo bem guardado, juntamente com o HD entregue pelo ex marido da advogada, para possibilitar a elucidação das suspeitas, visto que ninguém deve estar acima da lei, muito menos os advogados e togados. Mais cedo ou mais tarde, "a casa vai cair" nessa seara carregada de obscuridades convenientes.

  12. Quando derem autorização para quebrar desbloquear o celular , ele vai sumir. Querem apostar quanto? Vivemos no Brasil, onde o que prevalece é a lei do mai$$$$$ forte.

  13. O que queria saber é como este bando de desembargadores e desembargadoras corruptas nas mais variadas regiões (1ª,2ª,3ª,4ª,5ª,6ª,7ª,8ª,etc.) chegam nestes cargos? Eles não deveriam passar antes pela cadeia?

  14. País sem lei... Terra de ninguém... Aqui a democracia tem outra conotação: Eles mandam. Pena que o povo aceita tudo calado, como gado mesmo. Temos que acordar...

  15. Acho que esse pessoal do Judiciário, estão brincando com a nação. Onde tudo é válido para manter seus privilégios. Até quando?

    1. Parei de ler na metade do artigo, porque compreendi como a CPI da lava-toga não tem como ser tocada em frente enquanto houver este "estamento" controlando o judiciário para manipula-lo como bem o quer. Um golpe branco se faz necessário para derrubar estas instituições podres que jazem nas mãos imundas da elite corporativa e do "centrão", o qual lhe é subserviente, junto com a oab e s.t.f e stj, uma só corja de subservientes.

  16. É uma batalha ferrenha pra manter os corruptos togados livres da cadeia. Quanta desonestidade! Enquanto isso,... a delação do dono da Gol foi para a geladeira.

  17. Algo muito grave está para acontecer, agente sente no ar, as conspirações contra o governo, as pressões de todos os lados, mídia corrupta, deputados e senadores ladrões, juízes e ministros do STF. Se preparem. Bolsonaro deve estar preparado para o que estão armando. Tudo o que é bom para o povo está sendo bloqueado por essa corja. Pois que aguardem.

    1. Wilson, eu falo isso a mais de 20 anos, o Brasil tem dois cânceres: Brasília e Petrobrás.

    2. Concordo!! Quem leu os Donos do Poder do Faoro sabem bem como o estado patrimonialista se entrelaça em Brasilia com a sujeira. Brasília, lugar onde a capital do Brasil JAMAIS devereia ter sido transferida, enfiaram no cerrado o Brasil, isolaram la os vagabunfos da pressao popular, e para piorar chamaram um comunista para projeta-la; observe como a arquitetura da cidade isola o povo do poder. Fosse a capital. em SP ou RJ o Brasil seria outro!

  18. Uma vergonha. Neste País a “justiça” nas altas cortes, atolada até o pescoço na lama da corrupção, vai se protegendo como pode. Só um Intervenção Militar salva nosso País desse mar de lama.

    1. Eu não sei quais são os porquês exatamente- me conta.

    2. As interrogações aí são da mais pura ironia e zombaria, não de inocência, pois todos estamos carecas de saber, com a mais pura exatidão e sem sombra de dúvidas, quais os PORQUÊS, né pô???!!!

  19. Este é o país do faz de conta. Como o judiciário pode ser contra a uma investigação criminosa, que lesou o estado. É duro conviver com isto, de uma forma democrática.

  20. Onde fica guardada essa preciosidade? Não dá para uma alma iluminada dar uma passadinha lá, copiar e vazar todo o material?

  21. TODA ESSA DIFICULDADE É PORQUE QUEM ESTÁ NESSES ARQUIVOS DE FORMA CRIMINOSA É NADA MAIS NADA MENOS QUE O ESPÍRITO IMUNDO TRAJADO DE MAGISTRADO VSª EXCREMÊNCIA JOÃO PLENÁRIO, VULGO BEIÇOLA-SEBOSO. ELE É A GRANDE VEDETE DO CELULAR ATÔMICO DA JBS.

    1. Libera o phone, estamos ansiosos, por um infinito Brasil de corrupção, traidores da Pátria amada🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    2. Vossa Excremência o Plenário e Beiçola Sebosa valeram o comentário. Duas das melhores definições que já apareceram sobre esse "puder". .

    1. Pois é! Qual a razão de não exercer o poder que lhe foi conferido? Medo?

  22. Pois é, a Ministra Carmem Lúcia, também atrapalhando investigação, como se aceita um HC no STF, que não está assinado por quem tem poder para isto, ninguém verifica. A ministra aprova um HC sem se certificar do básico? Ou o objetivo é acobertar mal feitos? E ai tudo vale!

    1. Exatamente! Estamos no “vale tudo” desde o julgamento do mensalão, em que se confundem criminosos e todo o seu “entorno”!!! Só com o que foi divulgado, já estão comprovadas as medidas ilegais da tal advogada. Tanto que até o ex-marido não aguentou e a acusou. Os desdobramentos protelatórios são tipicamente brasileiros, de uma ditadura do Judiciário que estamos vivenciando. Num país deste, nem Cristo daria jeito!!

  23. No caso, o interesse público deve prevalecer sobre o privado e o sigilo profissional que o corporativismo invoca, em verdade procura acobertar intensa, notória e contumaz atividade de organização criminosa, imensa.

  24. Quanta burocracia para se ter acesso a informações que são vitais para entender o funcionamento de todo um sistema. Tenho minhas convicções que nesse HD e celular podem conter provas contra ministros do STF. Essa CPI precisa ter força e apoio do povo para que conceda o acesso.

  25. Como assim? Não abrir o celular de um delator nem o HD da comparsa? O que está em jogo é o BNDES ; instituição pública. Dinheiro público. Quem é contra a investigação é pessoa honesta? honrada? tem o rabo preso? É comparsa? levou grana? O Brasil precisa parar de ficar na mão de bandidos do "colarinho branco". Já estou cheio, pô!

  26. O judiciario de hoje é o cancer que destroi a edtrutura do Estado Brasileiro. Ou nós acabamos com esta bandidagem ou estes bandidos acabam com o Brasil. É caso de Segurança Nacional e possivel utilizaçao do Art 142 pois a defesa das instituiçoes é necessaria para evitar a destruiçao do Estado dominado por uma ORCRIM q se sustenta na impunidade garantida por setores e membros do Judiciario.

  27. Aqui é assim quem tem dinheiro, toga e caneta na mão para usar como instrumento de Poder transformam a justiça, criam escapadelas, criam burocracias, normas e leis que escondem e protegem seus interesses numa redoma blindada assim a verdade demora para aparecer.

  28. Quanta curiosidade. Vamos tirar foto do celular e do HD e da Renata e dono do celular e colocar assim (Aqui podemos encontrar crimes mas o judiciário não deixa porque parece ter algo muito grave e querem ocultar senão permitiriam) É isso, aposto que tem nomes importantes do judiciário que estão protegendo não tem outra explicação para evitarem tanto e por tanto tempo.

  29. A bandidagem impera nas mais diversas esferas de poder no país. Dá nojo de ver como gente que devia ser espelho de bons costumes e não passam de escroques.

  30. Muito fácil alegar segredo profissional, desculpa esfarrapada pra justiça não fazer seu papel de justa e aplicar a lei. Muito peixe grande envolvido.

  31. Resumindo, este maldito iPhone é a "Caixa de Pandora" do judiciário brasileiro! Se o STF vive utilizando nossa constituição como papel higiênico, não vejo nada de mais a PF chutar o balde, acessar o aparelho e jogar tudo no ventilador!! Os "buracos" do Brasil ficam mais embaixo, bem mais embaixo!

  32. Hoje as redes sociais são mais bem aproveitadas pelos eleitores patriotas do que pelos Parlamentares. Ontem na CPI BNDES, deputado da esq, não sabia pq a Ministra CARMEN LÚCIA suspendeu a liminar que favorecia o advogado diretor da JBS. Mas nós sabíamos. Em contrapartida temos MACRI, PAULA, KIM, GIRÃO, e outros muito antenados e muito bons na missão.

  33. A cleptocracia continua firme e forte e com intensa campanha contra o atual governo, enquanto este se mantiver com essa mania de combate à corrupção.

  34. Se o nosso judiciario cumprisse com a finalidade de coibir as ilegalidades que ocorrem em todo o nosso PAIS ja fariamos parte do G 9 a algum tempo. Por isto nao querem permitir que se que se cumpra a maxima de SERGIO MORO SIGA O DINHEIRO.

  35. As organizações criminosas comandam o país. Órgãos fiscalizadores e investigadores não podem se submeter a estes. A PF deve desbloquear este celular a qualquer custo. Quem não deve não teme. Espera-se prisão imediata para muitos advogados, juízes ministros e grande parte do congresso.

  36. Pelo andar da carruagem a "moçoila" tem, no TRF1, um grande guarda-chuva de proteção nas suas andanças jurídicas. A CPI do BNDES tem de fazer chover granizo para derrubar a sombra que protege a moçoila.

  37. Pelo jeito, a Justiça 'tem que manter isso aí, viu?' Se a Justiça não quer justiça, há que se achar um outro meio de encontrá-la.

  38. Parece que as mulheres entraram de cabeça na estrutura de " maus feitos " até então protagonizadas por homens políticos. É o " empoderamento feminino " também presente no judiciário ,infelizmente no mau sentido , e com defesas ferrenhas de seus pares poderosos femininos.

  39. O mundo mudou, os paraísos fiscais acabaram, as ORCRIMs foram pegas com as calças na mão e com batom na cueca. E o STF "resiste"... E o Brasil sangra.

    1. Sr. Marcos, infelizmente, o mundo continua o mesmo, desde que o homem imigrou da mama África para a Ásia e para a Europa. Leia mundo como sendo o homem; está muito bem descrito e analisado na literatura universal.

  40. A maquiavélica ministra, songamonga e sem atitude, permite uma aberração como essa. Está demonstrado claramente que é preciso fazer uma devassa no Poder Judiciário. Alguém tem mais alguma dúvida que tem peixe grande na rede?

  41. Fernando Santa Cruz, dirigente da APML- Ação Popular MarxistaLeninista, em PE. foi valente combatente pela implantação da ditadura do proletariado no Brasil. O filho dele, Felipe, presidente da OAB, herdou a ideologia do genitor: A história se repetindo como farsa.

  42. Anos 67 do Século XX, este escrevinhador foi tarefeiro de base do PCBR instalada no Colégio Estadual de Pernambuco, no Recife. A hegemonia do movimento estudant era disputada pelo próprio PCBR, PCdoB e APML- AÇÃO POPULAR MARXISTA LENINISTA. Fernando Santa Cruz, dirigente da AP, destacava-se ali pela defesa da luta armada como única forma de implantação da ditadura do proletariado no Brasil. Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, é lídimo herdeiro da ideologia do genitor dele. Vade retro !

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO