Cleia Viana/Câmara dos DeputadosAnões do Orçamento em versão 2.0: o deputado Josimar de Maranhãozinho é a estrela da investigação

O mercadão das emendas

Uma investigação em curso no Supremo Tribunal Federal mira congressistas que estão, literalmente, vendendo as emendas liberadas pelo governo. Crusoé mapeou alguns dos casos sob apuração
15.10.21

Corre em sigilo no Supremo Tribunal Federal uma investigação que joga luz sobre uma modalidade nova, para não dizer criativa, de corrupção. Segundo as apurações preliminares, pelo menos três deputados e um senador são suspeitos de participar de um esquema de “compra e venda” de emendas parlamentares no Congresso. O esquema funcionaria da seguinte forma: o parlamentar paga uma espécie de “pedágio” para que seus pares destinem suas emendas para os municípios que ele controla. Quando o dinheiro chega na ponta, ou seja, na prefeitura, ele é desviado por meio de contratos fictícios para empresas ligadas ao político comprador das emendas. E assim a roda gira para que polpudas verbas públicas parem nos bolsos tanto do parlamentar vendedor quanto do que adquiriu as emendas e, ao mesmo tempo, retroalimentem a engrenagem da corrupção. As verbas negociadas fazem parte do orçamento secreto, abastecido pela emenda de relator criada pelo governo para compra de apoio político. Mas não só. São obtidas também por meio das tradicionais emendas impositivas, às quais todos os congressistas têm direito, e do “pix orçamentário”, uma modalidade em que o dinheiro cai direto na conta das prefeituras a partir da indicação de aliados.

Um dos parlamentares investigados é Josimar Maranhãozinho, do PL do Maranhão. Investigações do Ministério Público e da Polícia Federal mostram que, logo depois de chegar nas prefeituras indicadas por ele, o dinheiro das emendas é repassado a empresas de fachada pertencentes ao grupo político do deputado. Na sequência, o dinheiro é transferido para a Construtora Madry, uma empresa que está em nome do próprio Maranhãozinho e de sua irmã, Irismar Cunha Rodrigues, também investigada. O caminho do recurso – desde a saída do Orçamento da União até as empresas do deputado do PL e de seus aliados – está registrado em relatórios do Conselho de Controle de Atividades Financeira, o Coaf, em poder dos investigadores. A Madry é o que o MP e a PF chamam de “companhia-sol”. É como se fosse a “holding da propina”. A empresa é a destinatária final da verba desviada por outras dez firmas satélites vinculadas ao grupo. Da Madry, o dinheiro é redistribuído para contas do próprio político e de seus parceiros. Em uma operação de busca e apreensão recente, a PF encontrou carros vinculados à Madry na casa de Maranhãozinho, além de diversos cheques em branco também em nome da empresa.

De todos os recursos federais manejados pelo deputado maranhense – tanto os provenientes de emendas dele próprio quanto os que vêm de emendas de outros parlamentares que topam negociar as suas em troca da devolução, por fora, de uma parte do dinheiro –, a Madry é quem domina os contratos da área da construção. Outra firma do deputado, a Águia Farma Distribuidora de Medicamentos Ltda, é usada quando estão em jogo recursos de emendas da área da saúde, segundo as investigações. A Águia tem como sócios dois assessores de Maranhãozinho.

Marcos Oliveira/Agência SenadoMarcos Oliveira/Agência SenadoO líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes, chancelou 30 milhões de reais que foram parar nas empresas do esquema
Para facilitar a fraude, ainda de acordo com a apuração, o deputado indicaria até os pregoeiros – responsáveis pela condução das licitações dirigidas – das prefeituras aliadas. Há casos em que o mesmo pregoeiro atuou em quatro municípios diferentes. Segundo os investigadores, os desvios chegariam a mais de 160 milhões de reais. A declaração de bens do deputado ao Tribunal Superior Eleitoral, o TSE, é apenas um recorte dessa farra com dinheiro público. Em apenas quatro anos, o patrimônio do deputado sextuplicou. Entre 2016 e 2020, saltou de 2 milhões para 12 milhões de reais. “Sabemos que o patrimônio não declarado é infinitamente maior. As casas do Maranhãozinho e seu grupo são palacetes. Eles têm carros de luxo, barcos e esbanjam dinheiro”, afirma um investigador.

O parlamentar, que virou um dos mercadores do dinheiro federal logo no primeiro ano de mandato da Câmara, em 2019, foi deputado estadual entre 2015 e 2018. Segundo o MP, as empresas usadas para desviar recursos foram criadas já nos tempos em que Maranhãozinho reinava na política local. Quando ele entrou na política nacional, em 2019, já contava com uma estrutura montada no Maranhão para captar e manejar os recursos públicos. Quem o conhece de perto diz que, à boca miúda, ele se gaba de ter o controle de mais de 60 prefeituras no estado – é justamente para onde ele costuma enviar os recursos de modo a ter controle sobre a maneira como serão gastos. O modelo tem se mostrado eficiente até hoje. Tanto é que o esquema persiste.

O caso é produto direto do fisiologismo escancarado em que se transformou a relação do Planalto com o Congresso, de quem Jair Bolsonaro é cada vez mais refém. Recentemente, o presidente tentou lavar as mãos, dizendo que, se há algum esquema, não é problema dele. “Se tiver roubalheira no meu governo, num ministério qualquer, porque pode haver… Se não se sabe o que acontece por lá, pode haver. Se Deus quiser, não vai ter. São mais de 20 mil obras, muitos convênios com municípios. Pode acontecer algo de errado? Pode. Pode acontecer algo de errado no ministério lá do Tarcísio (Gomes de Freitas), no DNIT? Pode haver, porque ele faz obras no Brasil todo. Pode, na ponta da linha, alguém fazer uma coisa esquisita”, disse. É um sofisma. Na prática, ao terceirizar para os congressistas a atribuição de gerir o orçamento, o governo abre caminho para que seus aliados façam o que bem entendam com os recursos públicos. É uma espécie de terceirização da corrupção, a partir da ideia de que, se o roubo ocorre lá na ponta, longe de Brasília, o governo federal não é mais responsável. Não é bem assim, evidentemente.

O ofício em que Eduardo Gomes, do Tocantins, destina as verbas para sete municípios maranhenses sob influência do deputado Maranhãozinho
No esquema operado por Maranhãozinho – e que, neste momento, tem sob a mira do Ministério Público Federal pelo menos outros três parlamentares – há digitais visíveis do Palácio do Planalto. É que, para virar um mercador de emendas, o deputado contou com a ajuda expressa da Secretaria de Governo. Era de lá que saía o aval para a destinação de recursos que, liberados para o próprio deputado e para outros parlamentares que topavam a parceria, acabavam nas prefeituras controladas por ele e, depois, nas empresas do esquema. Somente no ano de 2019, técnicos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, a Codevasf, controlada pelo Centrão e campeã da destinação de verbas do orçamento paralelo, identificaram 22 pedidos de empenho, totalizando 75 milhões de reais, feitos por parlamentares de outros estados, em nome de Josimar de Maranhãozinho.

No Congresso, o deputado encontrou outro aliado de peso, também ligado ao Planalto: o líder do governo Eduardo Gomes, do MDB do Tocantins. Documentos obtidos por Crusoé mostram que a dupla mandou mais de 100 milhões de reais para seis municípios do Maranhão ainda no ano de 2019. A parceria está explícita em um documento interno do Ministério do Desenvolvimento Regional. No dia 16 de outubro de 2019, Eduardo Gomes mandou um ofício para o então ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, solicitando que a pasta empenhasse 30 milhões de reais para cidades maranhenses administradas por políticos ligados a Maranhãozinho, que faziam parte do esquema de desvio de recursos por meio das empresas de fachada.

O documento, assinado pelo líder do governo, detalhava o valor exato que deveria ser aplicado em cada município. Ao perceber que havia algo de estranho na papelada, técnicos do orçamento do Ministério do Desenvolvimento Regional seguraram a liberação do dinheiro. Inconformados com a demora, Maranhãozinho e Eduardo Gomes foram juntos ao gabinete do ministro, para pressionar pela liberação da verba, que acabou ocorrendo em 27 de dezembro daquele ano. Para despistar os órgãos de controle, o dinheiro passou primeiro pela Codevasf, antes de cair nos cofres das prefeituras indicadas pela dupla.

Ao chegar nos cofres municipais, os recursos seguiram o modus operandi tradicional do esquema. Foram usados para pagar as mesmas empresas satélites que, em relatórios do Coaf, aparecem enviando dinheiro para a Construtora Madry, do próprio Maranhãozinho. Para o município maranhense de Zé Doca, Eduardo Gomes mandou empenhar 5 milhões de reais. A ordem de pagamento aparece registrada no sistema do governo federal, com a observação “indicação de Maranhãozinho”. O próprio deputado acrescentou aos 5 milhões empenhados por Gomes outros 19 milhões de reais, em 30 de dezembro de 2019. A verba também saiu do orçamento do Ministério do Desenvolvimento Regional. Desse total, 12 milhões de reais irrigaram o caixa da Atos Engenharia, firma que, segundo os relatórios do Coaf, enviava dinheiro para a Madry, a “companhia-sol” de Maranhãozinho. Segundo a investigação, outras duas empresas que receberam juntas 26,6 milhões de reais do município, a Terraplan e a Tencol Terra Nova, também abasteciam a holding do deputado. A responsável direta pelos contratos com as três companhias era ninguém menos que a irmã de Maranhãozinho, Irismar Cunha Rodrigues, chefe de gabinete da prefeitura. A parceria entre o líder do governo e o deputado do Maranhão seguiu o mesmo padrão em outros cinco municípios do estado.

Nelson Jr./SCO/STFNelson Jr./SCO/STFLewandowski é o relator da investigação que corre em sigilo no STF
Nessa versão repaginada do escândalo dos Anões do Orçamento, apelido dado aos parlamentares do baixo clero que, nos anos 1990, foram investigados e punidos por realizarem fraudes orçamentárias em troca de propinas, há também casos de parlamentares que, ainda que não tenham comercializado emendas, reproduziram o esquema de enviar dinheiro para prefeituras amigas que desviavam recursos para suas empresas particulares. Integrantes da bancada do Maranhão, eles contavam com a influência de Maranhãozinho sobre setores estratégicos do governo federal para conseguir liberar o dinheiro.

Ao ajudar os deputados aliados a amealhar recursos do orçamento federal, Maranhãozinho tenta repetir uma prática adotada por Eduardo Cunha, ex-todo-poderoso da Câmara, que tinha uma bancada no Congresso para chamar de sua. Um dos parlamentares do grupo é Júnior Lourenço, do PL, que recebeu do Ministério do Desenvolvimento Regional a cota de 13 milhões de reais, em dezembro de 2020, graças ao trabalho de bastidor de Maranhãozinho junto ao MDR. Desse valor, 3 milhões de reais foram parar na prefeitura de Miranda do Norte, que é comandada por sua mãe, Angelica Maria Sousa Bonfim, do mesmo partido. Uma operação do Ministério Público local, batizada de “Laços de família”, concluiu que Lourenço, que foi prefeito da cidade até 2016, pôs o pregoeiro da prefeitura para criar as empresas de fachada que receberiam o dinheiro desviado por meio de contratos fictícios.

De 2018 para cá, as mesmas firmas seguem fechando contratos com a prefeitura de Miranda do Norte. Entre as companhias mais beneficiadas com a verba federal está a Souza Vieira Construções e Serviços, que, segundo o MP local, participava ativamente das fraudes em licitações. Outro parlamentar que tem colocado dinheiro em prefeituras administradas por familiares – e que, coincidência ou não, também faz parte do grupo político de Maranhãozinho – é o deputado Pedro Lucas Fernandes, do PTB. Nas negociações para a eleição de Arthur Lira à presidência da Câmara, Fernandes levou sozinho 25 milhões de reais e distribuiu a verba para municípios aliados. Desse total, 4 milhões de reais foram para a cidade de Arame, da qual o seu pai, Pedro Fernandes, também do PTB, é o prefeito.

Pedro Ladeira/FolhapressPedro Ladeira/FolhapressO ministro Luiz Eduardo Ramos: uma parte dos recursos foi liberada quando ele era o chefe da Secretaria de Governo
Quem chamou a atenção para o escândalo da compra e venda de emendas pela primeira vez foi o ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário. Em audiência na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara, no último dia 7, o ministro afirmou, sem citar nominalmente os parlamentares, que o órgão vem se empenhando para investigar o assunto. “Sobre vendas de emendas, nós estamos investigando vários casos. Claro, estão todos em sigilo porque já fazemos esse trabalho em convênios, em geral. Estamos com trabalho bastante forte nisso aí, em parceria com a Polícia Federal”, afirmou. Na Polícia Federal, os casos estão sendo investigados pelo Serviço de Inquéritos Especiais, o Sinq. A Procuradoria-Geral da República acompanha. No STF, o relator dos inquéritos é o ministro Ricardo Lewandowski. Nos autos há imagens do deputado Maranhãozinho recebendo dinheiro. A PF tem partido de relatórios da CGU para esmiuçar as denúncias de desvios de recursos públicos. Em breve devem ser deflagradas novas operações.

Procurado por Crusoé, o senador Eduardo Gomes afirmou que, como relator setorial do orçamento do Ministério do Desenvolvimento Regional no ano de 2019, encaminhou recursos via Codevasf a pelo menos seis estados. Sobre o ofício pedindo a liberação dos 30 milhões de reais que depois foram parar nas empresas que estão agora no centro da investigação sobre o mercado de emendas, ele diz que o documento foi elaborado só para atender a uma solicitação do deputado. “Eu não posso responder pelo Maranhãozinho”, alega. Sobre a reunião com o então ministro Gustavo Canuto para pressionar pela liberação da verba, o senador justifica: “Eu estive com o Maranhãozinho e com vários parlamentares que foram atendidos pela liderança do governo. Não foi só com ele”. Eduardo Gomes ainda diz ter conhecimento de que a Polícia Federal fez operações nos municípios que receberam os recursos, mas argumenta que auditorias feitas pela Codevasf não encontraram irregularidades. A companhia, por sua vez, preferiu se eximir de responsabilidade. Em nota, afirmou que “decisões sobre a responsabilidade das indicações de recursos descentralizados à Codevasf são externas à companhia”.

Indagado sobre as razões pelas quais as verbas iam parar nas suas empresas, o deputado Josimar de Maranhãozinho disse que “todos esses recursos foram destinados às prefeituras de forma legalmente constituída no orçamento da União”. “Caso haja depósitos efetuados, estes são no âmbito privado, todos devidamente comprovados mediante contratos entre as empresas privadas envolvidas e emissão de notas fiscais de aquisição de produtos ou bens, bem como dos serviços prestados e pagos”, prosseguiu, tentando explicar o caminho do dinheiro.

Em breve, o Congresso Nacional terá que decidir o que fazer com os novos anões.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. A Câmara Federal não faz com os seus ladrões o queria impor ao Ministério Público -- controle político absoluto com finalidade escusa; no Congresso o corporativismo é prática corriqueira e condenável. Ademais, a obstrução a atos de corrupção encontra forte barreira no STF, especialmente na segunda turma, cujo envolvimento político parece indisfarçável. E assim, a corrupção impera e sua manutenção parece interessar aos três poderes da da República. É a simbiose do mal.

  2. Este Josimal ladraozinho com esta cara de besta debiloide realmente representa os anoes do orcamento versao 2.0 e que ja deve ter parido tantos outros os quais com ele formam esta quadrilha, esta organizacao criminosa, cuja especialidade nao deixa nada a dever ao pior dos despostas que ja circulou por esta terra chamada Brasil. Povo e eleitores do Maranhao, para o bem do Brasil que certamente a maioria dos maranhenses patriotas almejam, excluam este moleque nao o reelegendo em 2022.

  3. Boa reportagem, relembrando que cada um responde por seus atos, esses recursos sempre existiram para deputados e senadores, o correto seria acabar com essa farra, porque não fazem também uma investigação dessas verbas no estado mais rico do estado, ou vcs não podem, seria uma ofensa ao calça apertada.

  4. O MP e a PF não se emendam mesmo! Vão acabar sendo presos pelos políticos corruptos, pois esses, são blindados por alguns camaradas do STF/STJ - autointitulados garantistas.

  5. Agora o stf investiga corrupção? Estranho, achei que essa fosse atribuição da Polícia Federal. Aliás que eu saiba a única especialidade do stf é soltar corruptos.

    1. Mauro, “Não importa a cor do gato, 🐈 🐈‍⬛ contanto que ele cace o rato. 🐁 🐀 “

  6. Por isso a PEC para reforma do ministério público. Como investigam esses corruptos, atrapalham os negócios. Até quando dinheiro público continuará a ser desviado desta forma? Que tristeza nosso país!😞😭😭😭

  7. Essas quadrilhas tungam o dinheiro público e se blindam barrando com PECs e outras ações "parlamentares" contando com um judiciário contaminado e promiscuído. A grande mídia também ajuda essa bandidagem não dando a repercussão necessária para conhecimento público. Parabéns Crusoé!

  8. "EM BREVE O CONGRESSO TERÁ QUE DECIDIR O QUE FAZER COM OS ANÕES" Alguém tem alguma dúvida do que ele fará? Lá é a séde da maior ORCRIM neste Pais. A LavaJato já tinha "knowhow adquirido" para tratar esse tipo de conduta, a única chance(perdida) de passarmos este Pais à limpo. Entendem o por quê da existência da "Pec da Vingança" e para que ela serve ? Outra coisa desanimadora: A investigação corre em sigilo no STF e com o Levandowski. Triste Brasil!!!

  9. Após a Lava a Jato ser combalida pelo procurador que não procura e pelo Gilmar Mendes e seus amiguinhos os ladroes estão leves e soltos .

    1. A corrupção é uma doença incurável, que corre pelas veias do nosso País! Para manter esse estado de miséria moral e por enquanto sem freio, foi exigida a demissão do ex ministro Sérgio Moro!!! E agora, como estancar essa sangria???

  10. Pois é, nada muda.!!! Sabem que a impunidade é tônica deste país. Fazem o que fazem por pura leniência do Pode Judiciário e dos Órgãos de Controle Federal. No Judiciário temos uma trupe de Juízes que fazem de tudo para tornarem estes processos letra morta em todos sentidos.

  11. Investigacao? No STF? Já concluíram as investigações do Petrolao? Pra que um batalhão de gente cumprindo horário, a custo de ouro e encaminhar tudo para o arquivo ou a prescrição? É uma vergonha, essa corte!

  12. O STF contribuiu para a atuação desses ladrões de dinheiro público ao anular processos, cancelar investigações, e permitir que as ações judiciais sejam proteladas com os infinitos recursos.

  13. Diante de tantas evidencias, se estivéssemos num país sério, esse Maranhãozinho estaria preso. Mas seguirá em liberdade empenhado em destruir provas.

  14. Cada dia que passa diminui a esperança, o que estão fazendo irá demorar décadas para arrumar mas o povo grita mito o que fazer

  15. MAIS narrativas. o que o governo federal tem com isso, se estiverem roubando vai atrás e põe na cadeia. 😁😃😂😄🤧 . Mas o STF está aí 😁😃😂😄🐁🐁🐁🐁🐁

    1. o governo não pode prender ninguém isto quem deveria fazer é a justiça . fará? kkkkkk.

  16. Pela corrupção reinante nos poderes essas investigações irão para a gaveta de algum ministro, o acórdão e a reciprocidade entre eles anula qualquer iniciativa de correção de princípios

  17. Esse país realmente é uma vergonha. Muita investigação , para pouca punição.!E quando há algum tipo de punição devida, O nosso Supremo Tribunal Federal está a postos, para arquivar os processos e dizer que nada foi encontrado. Assim é muito fácil continuar desviando dinheiro do cidadão.

  18. Precisamos ter um presidente que não tenha o rabo preso como o Bozzo e nem vocacionado ao crime como Lula assim não será chantageado pelo STF e o Legislativo. Sergio Moro é a Unica solução para este país de politicos imundo e repugnante, não será nada facil mas ele vai fazer esta turma se dobrar diante da lei em que pese nossos tribunais totalmente contaminados, ainda há juizes que não se dobraram a bandidagem explicita dos nossos congressistas.

    1. toma vergonha vagabundo você é ridículo e covarde demais para usar um nome tão digno . seja homem e mostre os xifres.

  19. Maranhãozinho é dono de paraíso fiscal doméstico. Pode ter certeza de que esse não é um caso isolado. Há muitos Maranhãozinho por aí afora.

  20. esperamos que não fique nas gavetas do STF até a prescrição , e o trabalho da PF não seja só desperdício de dinheiro público, porque o mecanismo e a sujeira é quase do tamanho do Brasil .

    1. ficará nas gavetas naftalinadas da Corte Solta Ladrão per omnia seculum seculorum.

  21. Além de parasitas corruptos, pelo mau exemplo, ajudam a gerar mais corrupção e se o crime compensa, aparecem centenas de inescrupulosos bandidos se locupletando do dinheiro do sofrido povo brasileiro. BASTA! Precisamos de Sérgio Moro já. Ou mudamos nossas atuais instituições, Constituição, STF, etc. ou o Brasil ficará inviável.

  22. Agora está explicado o porquê de querem colocar em votação RAPIDAMENTE a PEC 5/2021 (pec da vinganca, ex-pec do Gilmar) - PEC esta q alterar a composição e poderes do MPF. Querem se infiltrar no Órgão q os investiga. Os desvios de $ são descarados e demonstram q realmente não estão nem aí p um Brasil melhor. E vem o Ministro Paulo Guedes e tem coragem de aumentar o IOF. É mais dinheiro p eles. Muito triste. Parabéns plea reportagem. E q os órgãos competentes façam algo o q isto acabe.

  23. Precisamos de um choque de transparência e honestidade que se mostra cada vez mais difícil de acontecer. A seriedade e a honradez está cada vez mais distante na medida em que tanto o governo federal quanto uma boa parte do congresso nacional têm trabalhado arduamente para enfraquecer as nossas instituições de Estado. Assim fica difícil!

  24. A roubalheira nunca deixou de existir no manuseio de verbas federais distribuídas sos municípios. Políticos com mandato federal são treinados pra roubar as verbas designadas às prefeituras. Com exceções, claro. Apesar de minoria, alguns desses parlamentares são honestos. E o pior é que todos sabem dessas trapaças, e ficam todos calados. Mesmo com essas denúncias da revista, verifiquem que nada vai acontecer. É assim que funciona desde sempre.

  25. Estou totalmente descrente deste país, deste congresso, deste STF. Nem li toda a reportagem pra não vomitar. Sabe no que vai dar? perguntem àquele deputado que escondeu dinheiro entre as nádegas.

  26. SOB BOZO E CENTRÃO ,O CONGRESSO TRANSFORMOU SE NUM ESGOTO A CÉU ABERTO .E COM AJUDA DO PGR E DOS ALIADOS COR RUPTOS A JUSTIÇA E BOAS PRÁTICAS SE DISSOLVEM ENQTO A IMPUNIDADE GANHA FORÇA

  27. Olha a cara do cara. Como dizem os americanos: " Você compraria um carro usado dessse homem " ? ? ? ? ? ? ?

  28. tem empresa de pesquisa dissendo que o Lula vai ser o próximo presidente!!!! AÍ ESSE TIPO DE ROUBO vai ser coisa de trombadinha.

  29. Políticos, togados, amigos aparelhados por toda estrutura do governo, esta tudo contaminado com esse vírus da cleptocracia. So com uma 3Via forte, com o retorno turbinado da Lava Jato, com Moro no MJ, com Deltan na PGR vamos poder começar o contra ataque contra essa casta politico social que tomou o Brasil a décadas. Essas orcrims ja sumiram com 2 PIB do Brasil e tem muita grana em caixa para brigar dentro e fora das cortes superiores. Então população patriota vote consciente em 2022, pesquise!

    1. Essa pesquisa e fácil de fazer e so ver como esses políticos votaram em assuntos que você tem interesse e se votaram contra a sua posição e so não votar nele, pronto super simples. Eu ja tenho a minha lista de políticos que votaram contrario as promessas de campanha e contra a tudo que eu penso e acredito. Aqui na Crusoe e no Antagonista você acha a lista de como os políticos votaram. Lembrando que esses políticos eram para ser nossos representantes e se eles não nos representam, não vote neles!

  30. A VAGABUNDAGEM DEITANDO NAS PILANTRAGENS SEM LIMITES. ESSE PARLAMENTARISMO CANALHA É RESULTADO DO ESTELIONATO ELEITORAL, TALVEZ O MAIOR DA HISTÓRIA. ESTAMOS DIANTE DO PIOR CONGRESSO DE TODOS OS TEMPOS QUE USAM AS PRESSÕES SOBRE UM DEMENTE QUE JAMAIS DEVERIA OCUPAR O CARGO DE PRESIDENTE, E O RESULTADO É ESSA TRAGÉDIA. UM DESGOVERNO ASSASSINO, QUE ESTÁ ACABANDO COM O QUE RESTA DA ECONOMIA, ARRASTANDO MILHÕES PARA A MISÉRIA. MORO PRESIDENTE E INTEGRANTES DA LAVA JATO PARA O CONGRESSO ESSA É A SAÍDA

    1. sr. 88 ... onde você estava quando quadrilhas desde 1994 assaltaram o pais como bem quiseram? por que idiotas só enxergam o que ocorreu no país nos últimos quinze anos? este é o país dos cegos , surdos e psicopatas desmemoriados vá ver uma nação com alzheimer.

  31. Tudo como dantes no quartel de abrantes. Brasil é o paraíso pro corrupto, enquanto roubam o povo se aliena com o futebol. Eta povo miserável. Merecemos tudo isso. Acorda Brasil!!! 🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  32. Eu acho que demoram demais investigando, se já sabem de todas as tramóias e quem são os responsáveis, tem é que punir logo todos eles, investigar mais para que??? Que justiça lerda essa nossa hein.

  33. rachadinhas e mais rachadinhas, isso é o que vem a tona , imaginam o que tem mais escondido, por isso esse pessoal quer ser politico, e depois vem com aquela de amor pelo País, gastam mais que vão receber como deputados ou senadores KKKK piada

  34. A Operação Lava Jato nos provou q temos condições de combater à corrupção desenfreada, q assola o Brasil há anos. Ñ vamos conseguir mudar o nosso Congresso da noite p/ o dia. Infelizmente ainda teremos políticos sem qualquer compromisso com o bem-estar do cidadão, pois o sistema podre leva a isso. MAS TEMOS QUE DIMINUIR A QUANTIDADE DESSES POLÍTICOS. Outra coisa, é que ñ teremos uma justiça ➕ DECENTE, tendo um PR indecente. Por isso precisamos do Moro , p/ combater à corrupção e a ineficiência.

  35. limitar sua atuação à matéria realmente constitucional. Exemplo: crimes de quem não tem prerrogativa de foro, deveriam ser julgados nad instâncias ordinária e especial por, v.g., Juiz de Direito, Juiz Federal, Tribunais de Justiça, Tribunais Regionais Federais e Superior Tribunal de Justiça, não cabendo recurso extraordinário e habeas corpus para o Supremo Tribunal Federal. Não se pode deixar na seara criminal que o STF tenha a última palavra para dizer, após o trânsito em julgado naquelas

  36. para que possa periodicamente ser renovado. É um exercício prolongado de poder quase absoluto não compatível com os atuais interesses da nação. Data vênia, com relação ao Supremo, o sistema de freios e contrapesos entre os poderes está visivelmente desequilibrado já que erros de ministros não sofrem censura alguma e a via recursal contra tais decisões não funciona e Qd a decisão é de Turma ou do Plenário aí é que recurso nenhum resolve. Como sugestão se poderia limitar sua atuação nas

    1. Instâncias, o que é constitucional e assim anular condenações através de habeas corpus como ocorreu na operação Lava Jato quanto à Lula e outros réus pelo simples fato de que é altamente contraditório à funcionalidade do sistema de Justiça e desmoralizante para o trabalho das instâncias ordinárias. Data vênia, como ensinou Ruy Barbosa, “só dentro da lei há salvação”. Que a Constituição seja mudada em benefício da própria Justiça antes que algum aventureiro resolva golpeá-la para atingir o STF.

  37. Cada dia mais decepcionada com nossos políticos.Como o combate à corrupção está cada dia mais ineficiente,essa praga de corruptos está cada dia mais forte e criativa!

  38. Com todo respeito, por essas e outras, é que a própria Justiça se enfraquece e muitos (entre os quais não me incluo) chegam a desejar a adoção de medidas autoritárias contra a mais Alta Corte do país, como a aposentadoria compulsória de ministros. Havendo motivos, quem deveria fazer isso via impeachment era o Senado Federal, também contaminado pela rede de interesses de proteção recíprocos. É preciso que ministros do STF não se eternizem lá por períodos de mais de 20, 30 anos para que possa ser

  39. Na verdade, meus caros e caras, o estamento sócio-político da nação foi altamente contaminado pela corrupção, conforme mostrou o Mensalão e o Petrolão…!! Quando a Lava Jato trouxe um sopro de esperança ao punir pessoas integrantes do citado estamento, logo foram socorridas pela própria Justiça que se encarregou de anular condenações transitadas em julgado em sede de habeas corpus e com base em pseudo provas pq ilícitas (gravações clandestinas feitas por hackers). Com todo respeito,

    1. É, realmente também não tinha nos governos anteriores. Então já está justificado os roubos de agora e os do futuro. Talvez não seja do seu Bosolnada, e sim o Luladrão que você vai ter que justificar.

  40. "Roubo de forma legalmente constituída no orçamento da união". Temos que prender aquela moradora de rua com 5 filhos que roubou 1 quilo de carne e duas batatas, porque não estava legalmente constituída na pu ta que pa riu. MEUS PARABENS PARA A CRUZOÉ. "tamo junto"

  41. Se depender do STF nada acontecerá com esses parlamentares desonestos. Funcionários públicos que ficam ricos no seus cargos é porque são corruptos. Cabe lembrar que juízes, procuradores, promotores, deputados, senadores, prefeitos, governadores etc são SERVIDORES PÚBLICOS, portanto são assalariados e não existe a menor possibilidade de se tornarem milhionários. Simples assim...

    1. errado acontecerá sim .. serão todos reeleitos.

  42. Me dá ânsia no estômago de ler isso.. tudo fica em Sigilo para que? Os trouxas do povo brasileiro ralam para sobreviver enquanto políticos enriquecem com milhões e milhões como um troco, e o pior nada acontece, justiça esqueçam e cadeia para políticos não existe. Lamentável 😞

  43. Sendo Lewan como relator dessas ações das emendas parlamentares vocês já podem imaginar o destino final de tudo isso: a impunidade geral e irrestrita. "Sempre haverá falta de provas (apesar de sobejamente ofertadas pela revista), dirá que são só delações, e por aí vai. Com isso, o Brasil afunda na corrupção desenfreada sem qualquer perspectiva de controle institucional. O Centrão comandando tudo ao seu bel prazer.

  44. "Eu acabei com a Lava Jato… porque não há mais corrupção no meu Governo", Bolsonaro, Jair. Estamos vendo porque a PF dominada, o MP imobilizado une TODOS os partidos. Se eles odeiam tanto o Moro e a equipe do Dalagnol é porque eles fizeram o seu trabalho em um país que estava acostumado a prender apenas os três "Ps".

  45. Se colou o argumento de que “o sítio não é meu” certamente colará alguma coisa parecida nesse caso. Realmente a sangria foi estancada.

  46. Parabéns Crusué, vocês não deixam os corruptos em paz! Se não fosse vocês muitos corruptos ficariam impune!! Quero ver quando esses corruptos, bandidos, ladrões, vão ser presos!!

    1. Caro José, com Levandowiski cuidando do caso você não vai ninguém acusado e condenado, nunca, ainda mais com essa dinheirama solta nas mãos desses corruptos. Dá pra você imaginar quanto o Lewan vai levar nessa?

  47. prática nova? não nos faça rir .. isto é que zoada de pinico nas madrugadas do sertão . foi só o que ocorreu de FHC a Temer . voltando agora é? lascou-se povo.

    1. Isto é como zoada ... falei

  48. Ladrões de recurso público. A eles a lei com todo rigor. E maranhenses: pensem antes de elegerem conterrâneos corruptos e decidam por alguém confiável. Basta de serem enganados por “doutores” do crime neste Estado nordestino. Os demais contribuintes do BR vão agradecer.

  49. Com a quantidade de dinheiro que é enviado para esses municípios do nordeste, pensa-se que devem ter padrão de cidade americana que se vê em filmes, mas basta dar um “street view” para se constatar que o dinheiro não chegou ali. E esses bandidos/deputados nem coram.

    1. Eunice a CGU apurou que deputados ckm verbas parlamentares compraram centenas de escavadeiras superfaturafas e suspendeu as liberações e aí o governo não aprova mais nada .. a banda toca neste tom.

  50. Lewandowski relator é piada. Todo mundo sabe para quem ele trabalha. Esse ministro desde quando ele entrou no STF, nunca vi ele dando decisão desfavorável a políticos com foro por prerrogativa de função.

  51. ORÇAMENTO SECRETO, RACHADINHAS, CORRUPÇÃO nas VACINAS e MANSÕES para o 01 e 04! BOLSONARO é um DEGENERADO MORAL que IMPEDE o BRASIL de AVANÇAR! Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. pois é meu fie .. que injustiça fizeram com o seu amado ladrão delator acusado de assassino de companheiros não antes de tortura-los .. haja cinismo ou é esquizofrenia?

  52. Que tal 30 anos de cadeia e devolução do dinheiro em dobro? só isso bastaria pra estancar a corrupção desenfreada. Faltam leis

  53. Essas reportagens são bem fundamentadas e esclarecedores para publico. Mas a cada descoberta dessas falcatruas me vem a memória todo o ataque sofrido pela equipe da Lava Jato pelas condenações executadas. Além disso qto mais revolta a sociedade ludibriada mais frusta pela impotência para lutar contra todos esses ladrões que não roubam galinhas e nem comida. A ação que poderei fazer é a do meu voto onde os candidatos vão passar por uma severa seleção .O meu voto vai ser muito caro.

    1. ..tomara a maioria dos brasileiros pensassem como você..

    2. Pois é Dona Suely. Tomara abmaiorua dis brasileiros eleitores pensassem como vc. Mas a realidade é muiito diferente. Anote: 70% dos eleitores brazukas, são semi-analfabetos, e votam em qqer um desses pilantras que inventam as “esmolas” como bolsa-família, auxílio-brasil, vale-refeição, valetransporte e outras picaretagens. Somos uns condenados a engolir essas pilantragens a cada 2 anos. Nunca vai mudar nada, nessa p.o.r.r.a de país.

  54. Este tipo de reportagem com dados e isenta me agrada e é por isto que assino a Crusoe! Realmente não mudamos muito desde de Cabral aportou até no nome é estados onde há mais corrupção ! Enquanto se condenarem os juízes e promotores e as redes sociais estiverem nas mãos de interesses globais comprados estaremos no atraso !

  55. sao muito cinicos , sem nenhum carater ou vergonha.... vivem para roubar... poder pelo poder.... e o supremo , em sua maioria, passa pano para bandido da politica..... Podridão

  56. Começou com um discurso, que era música nos ouvidos dos Brasileiros de bem , que queriam mudanças , aí fomos enganados por uma família de miliciano e corrupta que roubava salário dos funcionários fantasmas, não podíamos esperar mais nada a não ser cumplicidade com todo sistema podre que tem em Brasília , Agora além de Mansoes vem o resto , ou seja virou ataque de quadrilha sem ESCRÚPULOS!!PIOR, isto para Gadolandia é maneira de GOVERNAR!!!MUUUUUUUUUUU

    1. infelizmente não escaparemos da guilhotina já chegando na praça dos podres poderes . nem Zeus empata mais.

  57. Essa investigação sigilosa feita pelo #STFcorrupto não vai dar em nada. Corrupto não pode mais sequer ser investigado nesse país. Vide PEC do #GilmarMendes. 😠 O empenho do #STF em acabar com a Lava-jato, em inocentar o #Lula foi vergonhoso e DESMASCAROU esse Supremo Corrupto.

    1. Depende de quem faz a reforma. Se for esses indivíduos que estão aí? Melhor não reformar nada. Vide PEC do#GilmarMendes. Vide o que Arthur Lira está fazendo...uma nova Constituição.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO