Carlos Fernandodos santos lima

Terceira via: uma proposta mínima para um acordo nacional

28.05.21

Encruzilhadas sempre foram consideradas um local místico onde decidimos nosso futuro e as trilhas que pretendemos seguir para atingi-lo. Antigas religiões sempre colocaram nesses lugares seres mágicos, mestres da astúcia e da fraude, como Hermes para os gregos, Odin para os escandinavos, ou o próprio diabo para cristãos, para enganar os viajantes e fazê-los escolher o caminho errado.

Como quase todos os mitos, as histórias sobre encruzilhadas são metáforas da vida humana, pois constantemente nos encontramos dentro de um labirinto em que somos chamados a decidir pelos caminhos que desejamos seguir, sempre confrontados por nossos próprios demônios, que nos chamam pelo trajeto fácil da violência, da procrastinação, do medo ou do preconceito. São necessárias obstinação e força de vontade para optarmos pela via difícil do diálogo, do conhecimento, da tolerância e do esforço, únicas maneiras, ao final, de nos levar a um bom destino.

Entretanto, nem sempre os demônios a nos convidarem para o caminho errado são fantasias do nosso subconsciente ou do sobrenatural. Algumas vezes eles existem fora de nossa imaginação, materializando-se em pessoas que tentam nos manipular e nos transformar em massa de manobra para seus interesses sombrios. Os piores, aqueles que manipulam multidões, usam da religião e das ideologias políticas para alcançarem poder e dinheiro, mesmo que à custa da ruína à sua volta. O mais completo exemplo disso foi Hitler, que usou de seculares preconceitos de um dos povos mais educados do mundo para seu desejo de um reich de mil anos.

Em nosso país os demônios são menos pretensiosos, se isso pode servir de consolação. Alguns desejam não um reich de mil anos, mas a manutenção do poder para seu partido por 30 anos, sacrificando todo um discurso de probidade que usaram quando eram oposição para sistematizarem um esquema de corrupção como forma de dominação política tão logo chegaram ao governo. Outro, um diabrete menos sofisticado intelectualmente, mas conhecedor íntimo do pior do ser humano, aproveitou-se das revelações desses esquemas criminosos de corrupção para um discurso de ódio e preconceito, criando uma falsa polarização para chegar ao poder. Digo falsa, pois ambos são apenas as faces opostas de uma mesma moeda do fanatismo político.

Agora, esses líderes malignos dessas seitas políticas se colocam como as únicas opções para enfrentarem um ao outro nas próximas eleições presidenciais. Entretanto, apesar de fingirem serem inimigos, eles precisam um do outro, pois são gêmeos siameses que não existem sem a sua contraparte, um o espelho do outro, supostamente opostos, mas iguais. Esses extremistas, usando de manipulação dualista do bem contra o mal, rotulam todos aqueles que não os seguem com termos como fascistas ou comunistas, fazendo-os passar às suas legiões de seguidores ignorantes como representantes daquilo que elas mais temem.

Entretanto, 2022 não é uma encruzilhada com apenas dois caminhos. Há outras opções, ainda não fortes o suficiente para se contrapor a eles nas pesquisas, por ser cedo demais, mas que representam a saída desse labirinto. E como nosso sistema de dois turnos incentiva o pensamento maniqueísta, é importante que haja já no primeiro turno a união desses possíveis candidatos em torno de princípios, forjando um acordo para apoiar aquele mais viável a chegar no segundo turno e vencer qualquer um dos dois capirotos.

Esse grande acordo de uma terceira via deve seguir o caminho difícil do trabalho, do diálogo, da ciência, da tolerância com a opinião alheia, sem, contudo, cair na leniência com o errado e com o crime. Não é hora de vaidades, nem de lutas fratricidas, coisas que serão estimuladas não somente pelos xifópagos favoritos, mas também pela corte infernal de políticos interessados na manutenção de um ou outro no poder. Assim, não é hora de se falar em nomes, mas dos pretendentes apresentarem propostas e ideias para o Brasil.

Assim, a carta-manifesto a favor da democracia assinada por diversos candidatos no dia 31 de março já é um começo de um movimento de união em torno de princípios. Outros princípios podem ser trabalhados, pois precisamos urgentemente de um governo que respeite a ciência para que possamos voltar  trabalhar e crescer, que dê condições para que o esforço pessoal seja recompensado, que nos dê oportunidade para que possamos buscar nosso caminho para a felicidade, independente de sexo, raça ou opção sexual, mas que também corrija injustiças históricas e nossa desigualdade obscena, usando o dinheiro dos impostos, suor do trabalho dos brasileiros, para serviços públicos decentes e para construir uma infraestrutura para o progresso.

A terceira via, portanto, deve seguir esses princípios como um fio de Ariadne, que na mitológica história de Teseu contra o Minotauro, levou o herói para fora do labirinto após este ter matado o monstro. Para o Brasil, escolher um futuro presidente diferente de Lula ou Bolsonaro é um imperativo para que possamos seguir um caminho de paz social e progresso. Não basta, é claro, pois há muito a ser feito no futuro para destruir todo esse sistema político corrupto que é causa última de nossa desesperança, mas já é um bom recomeço.

Sei que a proposta para aceitarmos um candidato da terceira via em termos tão genéricos parece difícil, pois gostamos de imaginar nosso favorito como o melhor nome, mas essa ideia de acordo nacional nunca foi tão necessária e, justamente por isso, precisamos superar nossas idiossincrasias e preferências, bem como a vaidade e a sede de poder de muitos dos pretendentes.

Isto porque mais cinco anos da mesma polarização, dos mesmos impasses e confrontos ideológicos improdutivos, de uma guerra cultural sem sentido, da contínua chantagem do Centrão, dos equívocos econômicos e da crescente corrupção em todas as esferas de poder só resultarão em mortes, na destruição de nossa economia e no esgarçamento de nossa democracia, com risco elevado de rompimento institucional.

Dessa forma, cabe aos diversos candidatos, que vão da centro-esquerda até a centro-direita, buscarem o consenso em torno do princípio básico para a próxima eleição: ELES NÃO! NEM LULA NEM BOLSONARO! Como já dizia Leonel Brizola, na disputa entre o diabo e o coisa-ruim, quem sempre vence é o inferno. E nós precisamos escapar dele.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. concordo plenamente com o senhor. mas com esse grau de ignorância dos eleitores brasileiros, é deixar o diabo sempre líder nas pesquisas.

  2. Prezado amigo. O problema está nas brechas acintosas da constituição. Nas propositadas, falhas nas leis. O problema está no caráter do Parlamento, STF, PGR. O problema está no sistema, que alimenta-se diariamente da falta de interesse do povo em cultura. Preocupado com futebol e novela. Interessante, é ouvir funk e apoiar bandido. O dia que essa sociedade deixar de ser tupiniquim, não mais seremos governados por cleptocratas. Sodoma e Gomorra é logo ali... Ignóbil!!!

  3. Para o crescimento da terceira via crescer, já deveriam ter escolhido um nome. Nem que fosse por sorteio. Não acredito em altruísmo político. Os principais candidatos são vaidosos demais. O que vejo é um beco sem sabem escuro.

  4. É triste, mas, é a nossa realidade. No Brasil o serviço foi bem feito, nossa educação formal foi destruida, valores éticos e morais idem, tudo pensado ao longo de décadas para ser desse jeito mesmo. A elite política (oligarquias e seus satélites) construiu esse cenário e tudo fará para mantêlo assim, para seu próprio benefício. Basta olhar o nosso Parlamento, do tipo de gente que o compõem, uma parte de incapazes e outra, capazes de tudo. Pior, é o espelho mais fiel da nossa sociedade. Triste!

  5. Uma proposta mínima, porém clara. Tem tudo para ser eficiente, desde que chegue não só aos candidatos, mas, também, à população, sem demora. Antes que ela permaneça na encruzilhada, porque não conhece as trilhas. Há muitas pessoas doentes , nem precisa citar os motivos, não é só por covid. Um levantamento de consultas cardiológicas e neurológicas, seguidas ou não, de mortes e suicídios, mostraria aos xiitas:Ou o Brasil muda ou afunda , completamente; pois afundando, já estamos, há tempo.

  6. Dr. Carlos Fernando. Não poderia editar livro com todas as colunas q tem publicado na Crusoé? São colunas admiráveis. Difícil de imprimir pela revista.

  7. Enquanto candidatos "piadas prontas" como Luciano Huck, Dória, Cabo Daciolo, Marina...estiverem se apresentando para representar essa terceira via, a disputa vai ficar mesmo entre os dois capetas.

  8. O grande problema que é que nessa encruzilhada temos o "mal" indicando uma estrada e outro "mal" indicando outra. Só nos resta, de mãos limpas, roçar uma estrada do meio. Sem nenhuma garantia que chegaremos a algum "bem"

  9. A união entorno da 3a via precisa partir de princípios para então virar um conjunto de entendimentos sobre o caminho a seguir

  10. É exatamente o que penso, mas qdo falo sobre isso com bolsonaristas, me chamam de comunista e qdo falo com lulistas, me chamam de bolsominion kkk e raramente consigo chegar ao fim do meu raciocínio. Até agora, o que consigo dizer é: Nem Bozo, nem Lula, nós merecemos mais que isso!

  11. Essa terceira via seria o sonho de todo brasileiro sensato, mas, infelizmente, os egos dos possíveis protagonistas falarão mais alto!

  12. Além da vaidade, os candidatos alternativos precisam de um partido limpo e estrutura minima de apoio. Um congresso idôneo também seria necessário pra removermos as amarras do atraso

  13. Quanta lucidez em seu artigo, Procurador. Exatamente isso que penso. Um nome viável, de centro. Tem que ser um nome de consenso, viável e com chances reais, pois o sistema é forte e os eleitores, em boa parte alienada. Eu prefiro Moro/Joaquim Barbosa, mas temos que ver o mais viável. Parabéns, vamos trabalhar pela 3 via.

  14. Excelente texto. Pontua com uma lógica muito clara a cada parágrafo, chegando ao final cristalino. Para quem tem ideias concatenadas, e é uma pessoa lúcida, ciente das artimanhas, armadilhas dos políticos profissionais, eternos narcisistas que só querem roubar o estado, não há outra alternativa a não ser esta apontada pelo texto.

  15. Maravilha! A mitologia é a força oculta que conduz a humanidade pelo seu caminho evolutivo. Quanto a escolha da "via difícil", HPBlawatsky nos diz "no difícil está a Verdade". Parabéns pelo texto.

  16. Excelente texto Carlos Fernando. A terceira via é a coerência, é o diálogo, é a verdadeira essência das manifestações que ocorreram em 2016 e Bolsonaro de forma muito esperta se apropriou dela e agora mostra claramente o seu nível de loucura e falta de ética. #Elesnão

  17. Ótimo assunto, Dr. Carlos. Já surgiu aqui o #Eles não!!. Devagar chegaremos lá. Dilma caiu aqui (MG), apesar de todo o favoritismo.

    1. Zema é outro exemplo de #Elesnão. Com estratégia, a gente vira o jogo

  18. Em MG houve um movimento interessante. A imprensa notícia a Dilma Rousseff como a primeira colocada a uma vaga ao senado, bem a frente dos demais concorrentes. Aproximando das eleições surgiu uma ideia que logo foi disseminada. vote no segundo e terceiro colocado nas pesquisas, não importa quem seja. Essa ideia propagou rápido e foram eleitos o segundo e terceiro colocados na pesquisa e de sobra o quarto colocado foi içado ao terceiro. No primeiro turno vou votar no terceiro colocado.

  19. Essa terceira via, apesar de ser a única saída para o país, já encontra-se fragmentada demais e não vai parar em pé. Nenhum dos seus representantes tem condições de movimentar as massas e convencê-las do voto. Mas Bolsonaro será impeachado e lula está velho e bem desacreditado. Muita coisa vai acontecer antes de 2022.

  20. Faxina e esterilização do congresso nacional são fundamentais para que a via corretiva de rumos possa governar, sem ter que ceder ao centrão e sua esperteza. Poucos parlamentares merecem ser reeleitos...

    1. É verdade Sílvia, só o Congresso será capaz de mudar nosso País pra valer e pra isso, teremos que mudar sua composição. Já existem algumas sementes, entre elas o Partido Novo. Quem não conhece deveria pesquisar ...

  21. O grande problema está na falta de capacidade do brasileiro em descidir, pega sempre o pior . O povo tem o governo que merece. PAIS DE FAZ DE CONTA.

  22. A terceira via ideal seria Moro. O discurso é esse mesmo. Se não for ele tem que ser um nome fora da politica ou um político novo que tenha tido uma postura coerente , com posições claras e firmes sobre meio ambiente, combate à corrupção e educação.

  23. Dr. Carlos. O senhor expõe de forma clara e precisa a única saída deste pesadelo que se insinua para outubro de 2022. Queiram os deuses que os tantos pretendentes ao cargo maior da República compreendam a tarefa que se lhes apresenta e consigam abrir mão de seus interesses imediatos e de suas vaidades pessoais e se unam em torno do nome mais viável para enfrentar aquele dos dois demônios que lograr chegar ao segundo turno. Falar de pacto nacional entre nós soa tão falso, mas nunca foi tão vital.

  24. Muito oportuna essa discussão. A única saída é votarmos já no primeiro turno, no candidato de centro que estiver melhor nas pesquisas. Se for um bom candidato, tanto melhor ...

    1. Sim Renato, esse tem de ser o primeiro passo. Tirar um dos demônios do segundo turno. Depois...

    1. Sérgio Moro e Mandeta formariam uma chapa perfeita, independente de qual dos dois a encabeçasse. Particularmente achou que Ciro Gomes não é terceira via e sim mais um oportunista como Lula e Bolsonaro. Nessa trinca Belzebu, Cramunhão e Lúcifer.

    1. Acho Ciro um oportunista, foi ministro de Lula e nunca denunciou a corrupção. É um coronel. Numa entrevista disse que foi erro a lei da ficha limpa. Fou contra Sérgio Moro. É um farsante.

  25. Terceira via, sim. Só que para isso ser viável, a inteligência, a maturidade e o ideal precisam superar as ambições. Será que isso é possível?

  26. Não sou dos mais entusiastas do nome que vou sugerir aqui para significar uma opção razoável para encarnar essa 3ª via. No entanto, pelo seu passado de retidão e luta democrática, ainda que um de seus equívocos foi ter pertencido ao pior partido político deste século e do anterior, ainda acredito que Marina Silva, possa ser a válvula de escape p/a transição do país ao parlamentarismo: Marina Silva. Pensem nessa idéia. apscosta/df

  27. opinião sensata e coerente seria bom para o país e para o povo brasileiro a terceira via uma esperança .

  28. Excelente como sempre. Terceira via pode não ser um Moro ( seria luxo demais) porém não dá pra baixar demais as exigências e ceder a um Ciro Gomes, ou outro velhaco qualquer.

  29. Dr Carlos tem razão: nosso país precisa sim, se livrar do inferno da polarização Lula-Bolsonaro! E o “ paraíso” seria o surgimento de uma terceira via de centro-esquerda e/ou de direita. Neste sentido, o desejável seria que um empresário com espírito público se apresentasse para esse desafio. Oxalá chegue o dia em que tenhamos o discernimento de entendermos que a administração pública tem tudo a ver com a administração de uma empresa, onde o compromisso com a probidade é um mantra sagrado.

  30. O crime do Bolsonaro está mais que provado com a CPI da Covid. Ele tem que ser afastado do cargo se o Congresso quiser estancar as mortes. Ele não tem condição de governar o Brasil, pois falta um parafuso. MS

  31. Será que se pararmos de falar em Lula e Bolsonaro eles desaparecem? Gostaria que todos os ignorassem e que sequer cogitassemoa o risco da vitória de um deles. Se preciso for, consideremos como alternativa a quarta ou a quinta via. A primeira e a segunda só nos levarão para o caminho da destruição.

  32. O ideal mesmo era tornar Bolsonaro inelegível, eh inadmissível esta CPI nao ter como resultado final o impeachment. Caso Bolsonaro se livre, creio que faça parte do nosso aprendizado reelege-lo, pois quem o livrou de ser impeachado com certeza eh pior do que o próprio. Ha vezes que a tragédia eh inevitável para que algo melhor e realmente novo surja.

  33. ESTAMOS ESPERANDO A SUA CANDIDATURA JUNTO COM AQUELES QUE IDEALIZAM UM PAÍS LIVRE DE CORRUPÇÃO E MALFEITORES OCUPANTES DO PODER. REITERO QUE PODERÃO CONTAR COM UMA PARCELA SIGNIFICATIVA DA SOCIEDADE QUE ESTÁ ATENTA À DESTRUIÇÃO QUE ESTE DESGOVERNO TEM IMPLEMENTADO AO LONGO DOS ANOS ENFIM, NO MAIS ESTÁ CHEGANDO A HORA DE VIRAR ESSE JOGO. CONTAMOS COM A SUA INTELIGÊNCIA E RETIDÃO NESTE PROCESSO, BEM COMO OS DEMAIS INTEGRANTES DA LAVA JATO. # MORO E MANDETTA 2022 E A LAVA JATO PARA O CONGRESSO🚔🔪☠

    1. MM2022! Moro e Mandetta e o Sr como ministro da justiça.

  34. Óbvio que não vai dar certo tanto se o condenado ou Bolsonaro ganharem. Imprensa tem culpa afinal o cara equilibrado foi esquecido: Zema. Só notinha de rodapé.

  35. Com o presidente que temos, com o congresso que temos, com o stf que temos e com os eleitores que temos, o único Tertius que realmente pode por ordem nessa bagaça é sua majestade o F U Z I L !

  36. Carlos, como o senhor tão bem colocou junto com o Deltan, o PT implementou no Brasil, o Capitalismo de Compadrio. Bolsonaro hoje busca colocar em prática no Brasil, o Capitalismo de Milícia. Acabei de ver na rua um carro com um adesivo escrito "PRESIDENTE EU AUTORIZO". Deduzo que a pessoa autoriza um GOLPE. Se o fascismo fez uso das corporações, Bolsonaro usa parte da sociedade e das instituições, para o seu Capitalismo de Milícia. Como ñ tem todo o apoio das FA, ele cria um milícia nela.

  37. Um acordo nacional em torno de um nome viável, é como espuma que se desmancha na areia e pelas vaidades dos candidatos. Acho que como Teseu, vamos ter que abater o Minotauro, não pelas costas, mas pelo o voto, o pior é que teremos também que abater Minotouro. Nessa tarefa nem Ariadne vai nos ajudar. ?

  38. Nosso sistema é corrupto e para consertá-lo precisamos do voto de muitos corruptos. Não vejo conserto no horizonte, infelizmente.

  39. Carlos, vejo que (meu insistente adágio ELES NÃO, em Anta e Crusoé) tá pegando. Na sua reflexão dessa encruzilhada, quese foi a Goethe e buscou um apelo do Fausto à Satanás.! Ao oráculo que seja, vamos por todos os Deuses constuir esa terceira via. ELES, NÃO!

  40. como de costume, muito bom, sensacional as ponderações e esclarecimentos do momento em que nosso país está agonizando. pedindo socorro.

  41. Seria interessante vocês trazerem conteúdos sobre caráter e virtudes morais, sugestão de convidar Luiz Felipe d'Avila e o Heni Ozi Cukier para colaborar.

  42. Com esse sistema político modelado para sabotar tudo que nos traz um futuro melhor, percamos a esperança. Só gritando nas ruas,mas como?

  43. Será que ao contrário da piada (séria), feita pelo Papa Francisco, o Brasil tem salvação? Tá difícil, mas não perco a esperança...

  44. o problema é nome desta terceira via. todos a querem: doria, mandetta,ciro, eduardo. Porém no meu entender esta terceira via tem q vir de alguém realmente de fora da política, ao menos a oficial. Quando falam no Gentile, a imprensa não leva a sério. Isto nos leva a manter o foco nos mesmos: Lula e Bolsonaro. O tempo está correndo e esta terceira via deve aparecer logo e unificar todos.

  45. Dr. Carlos Fernando, o senhor é magnífico. Crusoé é excelente em tudo e o senhor nos alimenta com sabedoria elegante, profunda. Obrigada.

    1. Se me permitir, Vera, faço minhas também suas palavras. Comentário perfeito, Dr. Fernando é realmente magnifico a cada 15 dias. Outro presente de Crusoé, nos fazer conviver com mentes sábias.

  46. É certo que a escolha de um bom candidato para o Poder Executivo é fundamental. Todavia, com o poder judiciário que temos fica difícil qualquer progresso. Pelo voto, podemos corrigir 4 anos depois. E com esses sujeitos horrorosos de Toga? Podem ficar mais de 40 anos fazendo estragos.

  47. Irmãos siameses ,lula e bolsonaro se retroalimentam , precisam um do outro para se espelharem e não perderem a própria imagem . Quando Moro saiu do governo e a casa começou a ruir , era certo que tudo seria providenciado para tirar lula da prisão. O enfrentamento deles renovariam as recíprocas chances .É sabido que o somatório do eleitorado de ambos , resulta em percentual não suficiente para eleger um deles . Este é o verdadeiro horror da dupla. Ai nossa vitória . MORO/MANDETTA NELES !!!

  48. Parabéns e que os Brasileiros te ouçam, leiam mais você e o Antagonista, estamos no pricipício, segurando no galho de árvorinha que está para quebrar. Socorro, que se abram os neurônios de todos para fazer o que é certo. Parabéns; sempre encontro meu pensamento nos seus textos. Grata sempre aos Heróis Nacionais da Lavajato.

  49. Algumas encruzilhadas também são enfeitadas com galinha preta. Isso me faz lembrar de um certo tribunal superior habitado por juízes que agem mais como advogados de defesa de criminosos do que como defensores da Constituição.

  50. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” O Brasil finalmente terá Um Governo Fundado no “IMPÉRIO DA LEI!” Não seremos LUDIBRIADOS com o “Velho Plano de MELHORAS na ECONOMIA!” Triunfaremos! Sir Claiton

    1. Acho q este "sir claiton" é um robozinho. Posta o mm comentário, para qq assunto e não é de hj. Tá precisando de fazer uma "manutençãozinha" pq os bits estão emperrados.

    2. Claiton, esse excelente artigo nos mostra a realidade atual porem de nada vale elegermos essa 3a. via se continuarmos com esse stf e legislativo que temos. É isso.

    1. Kalil, Leite. Só não pode ser leite condensado nem mortadela. ELES NÃO> O q os separa é tão somente o espelho de dupla face.

  51. Que texto sério, coerente! Retrata com maestria o caminho para nos livrar do inferno. Parabéns pela inspiração!!!

    1. Grande Jose, concordo quase 100% contigo, pois neste caso eu concordo com o Paulo.

    2. Preconceito puro. Não concordar com a ideologia de alguém não representa discordar de tudo a pessoa fala. Brizola, inegavelmente, era brilhante.

    1. Ele também não. Já chega um desequilibrado. Outro, na outra ponta, NÃO.

  52. Não sei se o seu otimismo é real ou provocado pela necessidade de escrever algo que agrade os leitores. Não vejo como um moderado e honesto consiga se eleger. E, se conseguir, vai fazer o quê, com um Senado, Câmara e STF corruptos? E vale lembrar que na visão do Brizola, entre o diabo e o coisa-ruim quem deveria vencer era ele, o Brizola, um santo, como todos sabem.

  53. Raciocínio magistral. Síntese da lógica republicana, de fato num universo de 215milhões de cidadãos não há nenhuma razão aceitarmos o falso dilema de ter de optar entre o espeto e a brasa. Ainda há esperança para os homens e mulheres de bem nesse país. Como Fernando, eu ainda creio.

  54. Um olhar profundo, desenhando os labirintos insondáveis das intenções ocultas desses candidatos mofados pela longura do tempo. Ajuda-nos a entender e a nos defender das ciladas desses inimigos, nós que somos leigos e apenas desejamos ver florescer a paz e a prosperidade em nosso grande país. Parabéns por mais uma página de luz!

  55. Brilhante! Pena que o processo de saneamento de nossas instituições têm que atravessar o pântano da vaidade de Gilmar Mendes.

    1. É a última esperança que nos resta, senão Adeus Brasil. Está na hora de mostrarmos a nossa cara.... ir para a rua, não podemos esperar 2022.

    1. Maria e Marilda. A terceira via sempre existirá, desde que queiramos. Anular o voto é eliminar a possibilidade de que ela surja.

  56. Excelente texto como sempre. Mas reforço a opinião de que deveria se candidatar ao Senado. A mudança passa não só pela terceira via , mas por futuros representantes como o senhor, Dalagnol e tantos outros

    1. Maravilhosa exposição .Porque não Moro e o senhor ou vice versa. Está aí uma dupla imbatível. Dallagnol na PGR e adeus a essa dupla( diabo e coisa ruim )

  57. sábio artigo. Quem a viesse a terceira via. Esses dois meliantes, nenhum deles, deve ocupar o palcio do Planalto. Será uma vergonha para o nosso País, uma chacota para a nossa inteligência. Inaceitável esses dois. Estou disposto ir a guerra, com todas as suas consequencias: destruição e mortes, mas a liberdade ao fim.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO