Agência Senado

O Partido da Propina

Em tempos de Lava Jato, legenda que protagonizou o mensalão e o petrolão pede dinheiro à luz do dia no governo Temer: empresários admitem ter sido achacados no Ministério da Saúde por "homem da mala" que usava um bunker na capital paulista para esconder propina
04.05.18

O PP, recém-rebatizado de Progressistas, está na origem do mensalão e do petrolão – os dois maiores escândalos da história do país. Peça fundamental do autoproclamado Centrão, aquela massa amorfa de siglas cuja característica principal é a disposição para apoiar qualquer governo que concorde em aquinhoá-las com cargos rentáveis, o partido que já foi conhecido por abrigar Paulo Maluf é hoje controlado com mão de ferro por um consórcio de parlamentares liderado pelo senador piauiense Ciro Nogueira. Investigado em quatro inquéritos da Lava Jato e denunciado ao Supremo como um dos chefes da quadrilha que assaltava os cofres da Petrobras, o senador foi alvo de uma operação na semana passada, sob suspeita de tentar calar uma testemunha. Apesar da folha corrida, o partido de Ciro só faz crescer. Ao final do último prazo para troca de legenda, foi um dos que mais se expandiram no Congresso. O segredo está justamente nos dividendos que o partido consegue amealhar com seu conhecido talento para aderir aos governos.

Até então aliado de Dilma Rousseff, o PP não hesitou em apoiar o impeachment da petista quando recebeu do MDB uma proposta tentadora: levar, entre outros postos relevantes da máquina federal, o Ministério da Saúde, com seu orçamento anual de 119 bilhões de reais. E, como era de se esperar, em uma amostra da coragem e da ousadia de seus comandantes, transformou a pasta em uma central de propinas. Replicou, sem reservas, o mesmo modelo de negócios que o fez ser engolfado pelas investigações do mensalão e do petrolão. Na trajetória rumo ao estrelato da roubalheira, o partido chegou a montar até um bunker para esconder dinheiro sujo.

O caso que Crusoé revela a seguir é inquietante por mostrar que, com a Lava Jato em plena atividade, muita coisa segue como antes em Brasília. Na segunda metade de 2016, pouco depois de o PP assumir seu novo front na Esplanada, dois sócios da empresa paulista Semina, fornecedora de preservativos femininos para o Ministério da Saúde, foram procurados por um certo Davidson Tolentino. Amicíssimo de Ciro Nogueira, Tolentino tinha acabado de assumir o cargo de diretor de logística, a partir do qual controlaria todos os pagamentos da pasta, de compra de seringas a contratos bilionários com fornecedores de vacinas e medicamentos. A Semina tinha faturas a receber e seus donos, Dimitri Moufarrege e Geraldo Mattar Júnior, haviam procurado os burocratas do ministério na tentativa de regularizar os pagamentos. O pedido foi logo encaminhado a Tolentino, que passou a cuidar do assunto pessoalmente. Afinal, dinheiro é com ele. Falando em nome do PP, o novo “dono” do pedaço, ele mais do que depressa procurou os empresários. Queria conversar. A abordagem já começou estranha. Primeiro, por telefone, Tolentino pediu para encontrá-los pessoalmente. E fora (na verdade, bem longe) do ministério.

O encontro foi marcado para um hotel em São Paulo, nas proximidades da avenida Paulista. Tolentino foi logo anunciando o motivo do cuidado: queria fazer um “alinhamento financeiro”, segundo os empresários admitiram à reportagem, em conversas devidamente gravadas.  Em outras palavras, queria propina. “Ele falou: ‘Agora com o PP as coisas mudaram (…) Eu assumi o Departamento de Logística e queria fazer um alinhamento’”, diz Geraldo Mattar, o sócio que foi encontrá-lo no hotel. A mensagem era clara: em nome do PP, Tolentino avisou que seria preciso acertar um percentual para o partido caso os empresários quisessem de fato receber as faturas que estavam em aberto no ministério. “Eu já sabia que não ia vir coisa boa”, afirma Mattar. “Isso infelizmente é uma praxe no país. A gente sempre evita ter contato próximo para não dar abertura a esse tipo de negociação. Dar corda para essa turma é difícil, porque você já cria um vínculo”, prossegue. Tanto Mattar quanto Moufarrege garantem que não toparam o acordo, mas, sob pena de confessarem um crime, não disseram tudo. Pessoas que a partir de Brasília acompanharam de perto o desenrolar do achaque contaram a Crusoé, sob o compromisso de terem a identidade preservada, que tudo foi jogado às claras. Tolentino foi cristalino ao falar em nome da cúpula do PP: “Vocês foram escolhidos pelo partido como parceiros. Mas precisam nos ajudar. A gente está sem dinheiro”. A conversa, inicialmente cifrada, logo evoluiu para os números. Os empresários teriam que dar 3 milhões de reais de “entrada” mais 5% sobre cada pagamento a ser liberado. Embora afirmem que não pagaram um tostão sequer de propina, os empresários conseguiram o que queriam. Eles terminaram o ano de 2016 com as faturas devidamente quitadas: a empresa recebeu, ao todo, 41,2 milhões de reais do ministério.

Ciro Nogueira e Davidson Tolentino em uma festa em Brasília: o “homem da mala” do PP é parceiro do senador no trabalho e fora dele (Reprodução)
O procedimento se tornou um padrão no ministério. O relato do achaque à dupla de empresários é replicado, com pouquíssimas diferenças, por outros fornecedores da pasta. Grandes laboratórios acostumados a fechar contratos bilionários para fornecimento de remédios fizeram chegar mais de uma vez ao Palácio do Planalto queixas de que estavam sendo alvos do “jeito agressivo” de administrar do PP. O que o Planalto fez? Nada. As queixas revelam que se trata, na verdade, de um método – um método que começa justamente com convites para conversas reservadas em hotéis e, depois, parte para o pedido explícito de propina. Se a prática não chega a ser uma inovação no universo brasiliense, com o PP no Ministério da Saúde os canais para quem topa pagar para se beneficiar ficaram, digamos, mais azeitados. O trânsito de lobistas na pasta foi amplificado. Com destaque para alguns, de estimação. É o caso de Silvio Assis, conhecido nos subterrâneos de Brasília por facilitar a convergência entre interesses privados e interesses de políticos sempre dispostos a estender a mão. Até recentemente, ele tinha acesso livre ao gabinete de Ricardo Barros, que deixou o posto de ministro no mês passado para se candidatar nas próximas eleições. Na companhia de empresários interessados em estreitar os laços com o ministério e com o PP, o lobista entrava quando queria no gabinete – com direito a acesso livre pela portaria privativa do ministro, onde não é preciso deixar registro.

No lugar de Ricardo Barros, o PP colocou Gilberto Occhi, ex-presidente da Caixa, no Ministério da Saúde. Trata-se de um personagem que estreou com destaque na Lava Jato – um delator contou que Occhi tinha uma “meta de propina” a ser batida no banco em favor do partido.  A troca no ministério, por óbvio, foi autorizada pelo presidente Michel Temer a partir de um pedido de Ciro Nogueira. Importante dizer que Occhi, formado em direito e servidor de carreira da Caixa desde a década de 1980, nunca teve qualquer experiência na área de saúde – mas, evidentemente, isso não importa para o PP. Na mudança, algumas peças-chave do partido foram mantidas em seus postos. Davidson Tolentino, o diretor de logística, aquele que procurou os empresários para fazer um “alinhamento financeiro”, foi uma delas. Além de amigo de Ciro, Tolentino integra uma turma cara ao partido e que, antes de chegar à Saúde, ocupou cargos importantes na CBTU, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos. A CBTU foi feudo do PP no governo Dilma. Quando a sigla assumiu finalmente o controle do Ministério de Saúde, a turma foi transferida, como se houvesse alguma afinidade entre trilhos, trens, vagões e saúde pública. Tolentino, o homem do “alinhamento”, foi aboletado em um cargo estratégico mesmo já tendo aparecido nas investigações da Lava Jato. Em depoimentos prestados aos investigadores, ele surge exercendo exatamente o papel que fez na conversa com a dupla de empresários em São Paulo: operador de Ciro Nogueira e “homem da mala” do PP. Sim, senhores, “homem da mala”.

Quem falou à Lava Jato sobre o protagonismo de Tolentino foi a mesma testemunha que, segundo a Polícia Federal, Ciro Nogueira tentou comprar na ousada ofensiva que originou a operação da semana passada. Em depoimento, José Expedito Almeida, ex-assessor de Ciro Nogueira e de outros astros do partido, revelou a existência de um bunker em São Paulo onde o PP chegou a esconder, de uma só vez, 5 milhões de reais. Cabia ao próprio Expedito, como funcionário de confiança, levar e buscar dinheiro no esconderijo, que servia a vários dirigentes do partido – entre eles, o próprio Ciro Nogueira. O bunker funcionava em um apartamento no Itaim Bibi, em São Paulo. Para provar o que disse, Expedito entregou às autoridades uma mala cinza com 206 documentos. Crusoé teve acesso ao material. Um dos documentos é uma procuração assinada por Ciro Nogueira, em que o senador dá a Expedito poderes para administrar o imóvel.

O depoimento de Expedito à polícia: ele fala do apartamento-bunker, do             arrecadador do PP e das vezes em que entregou dinheiro a Ciro Nogueira
O bunker em São Paulo era uma espécie de posto de coleta. A missão de Expedito era receber o dinheiro, guardar e depois se arriscar em voos para distribuir as malas. Ele seguia um manual: diz que era possível levar até mil cédulas em uma única viagem, usando malas e os bolsos. Com sorte, conseguia transportar até 100 mil reais de uma vez. Houve ocasiões em que ele teve de fazer várias viagens para completar o serviço. Em algumas oportunidades, o encarregado de entregar o dinheiro a Expedito, segundo o depoimento, foi Davidson Tolentino – aquele mesmo, o homem do “alinhamento”, que hoje ocupa o cargo de diretor de Logística do Ministério da Saúde. Funcionava assim, de acordo com o testemunho: Tolentino arrecadava a propina, repassava a Expedito e Expedito, por sua vez, se encarregava da tarefa de guardar a bolada no bunker e, sempre que necessário, fazer a distribuição aos destinatários finais. À Polícia Federal, Expedito contou que só a Ciro Nogueira já fez entregas de valores que, somados, chegam a quase 1 milhão de reais. Outro parlamentar que ele cita como beneficiário é o deputado pernambucano Eduardo da Fonte, o Dudu da Fonte, também chefão do PP e também investigado na Lava Jato. Expedito menciona coletas e entregas de dinheiro ocorridas no período em que a Lava Jato já estava na rua.

Embora investigado, Ciro Nogueira – assim como seu parceiro Dudu da Fonte – não responde a nenhuma ação penal decorrente da Lava Jato até hoje. A denúncia apresentada ao Supremo pela Procuradoria Geral da República contra o chamado “quadrilhão do PP” não tem nem previsão de julgamento. Expedito, o homem da mala que administrava o bunker, teve que ser incluído no programa de proteção a testemunha. Já Davidson Tolentino, o arrecadador e amigo in pectore de Ciro, continua firme e forte como diretor do Ministério da Saúde. E, muito em breve, pode ganhar uma bela promoção. A pedido de Ciro, ele foi escolhido pelo presidente Michel Temer para ocupar uma diretoria da ANS, a Agência Nacional de Saúde Suplementar. Se tiver o nome aprovado pelo Senado, ele terá um mandato de três anos. E fará a ponte entre o poder público e as empresas que administram planos de saúde. Com a bênção do PP, o partido que, com o senador Ciro Nogueira no comando, integrou o último governo, integra o atual e seguramente tentará integrar o próximo. Que tal?

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Este cara tem que ser apanhado logo, senão ninguém o segura mais, com os planos de saúde nas mãos, ! Estes são sustentados pela classemédia que está totalmente sufocada, pois tudo estoura na nossa mão! Daqui há pouco seremos todos pobres, pois o número de desempregados está crescendo, e os estados estão falidos! Tem que entregar este cara ao Sergio Moro e a Plícia Federal! A saúde é gritantemente explorada por uma máfia onde estão incluídos o Governo Federal, Estadual e Municipal!

  2. Quando investigarem o MS e principalmente a secretaria executiva haverá uma revolta pior do que da Petrobras , quebrar uma empresa machuca mas a morte de pessoas e mà gestao do recursos da saude sao incalculaveis

  3. Imagine em que profundidade estaríamos se os ágeis prestidigitadores políticos de crises conseguissem transformar o sistema de governo para parlamentarismo!!? Faria alguma diferença?

  4. O loteamento da Esplanada sempre teve como meta a Corrupção. Se Bolsonaro chegar lá, sua promessa é estabelecer a Meritocracia. Será que conseguirá sepultar a Cultura do toma-lá-dá-cá, nas 2 casas da Mãe Joana. Abro as Apostas.

    1. Sim, Vanessa! Deixando de votar em todos os partidos antigos, já será um começo. Aos poucos, temos que renovar tudo.

    1. Eis o espirito da coisa, a tal constituição, tal como todas as leis são feitas para o proveito de quem as cria.

  5. Quando juntamos os desvios federais, estaduais e municipais não sobra nada para investir nas prioridades básicas, por isso que nada funciona neste país. E nós assistimos a tudo passivamente, de mãos atadas.

  6. Sistema político necessita de uma varredura e o lixo pagar na cadeia pelas situações nos hospitais, escolas públicas, violência, mobilidade e logística, investimentos públicos e tantas outras mazelas. Criminosos!

  7. Eu assinei a revista por vício de informação mas não tenho a menor esperança de mudança no Brasil , eh uma gente maldita, por isso estou economizando para ir embora não quero morrer aqui!

  8. Certamente não irá integrar o próximo se o próximo governo for chefiado por um capitão honrado, temente a Deus e com amor à Pátria.

  9. Porque será que nada disso me surpreende ? Há muitos anos comento entre amigos que fico admirado da "polivalência" dos políticos. Hoje estão no ministério dos Transportes, amanhã no da Saúde e assim vão. Realmente são de uma competência admirável !!!! Quanto ao dinheiro "propinado", também não causa surpresa...

  10. Muito oportuna, sugiro que façam uma visita ao Ministério dos Transportes e às suas vinculadas, onde o PR atua da mesma forma há mais ou menos 15 anos.

  11. É muito mais grave do que imaginava... Não vou viver para assistir alguma mudança benéfica no BR. Começando agora, ensino fundamental para TODOS e SAÚDE PÚBLICA eficaz, em 50 anos poderia surgir algo seguro no Brasil

  12. Não existe solução possível para esse nível de corrupção. É intervenção militar e Tribunal de Guerra para os corruPTos. Pena de morte é pouco.

  13. O foro privilegiado é outro achaque ao cidadão de bem. Tófoli está mandando para a primeira instância vários processos em que réus perderam esse foro. TODOS parados no STF! HC de ex presidente condenado é indevidamente conhecido e julgado, enquanto há processos aguardando construção há anos...

  14. Saudade de jornalistas investigativos.São matérias assim sendo aprofundadas que trazem esperança de reconstrução mais ética do país.

  15. Como disse Moro, não é a lava jato que vai acabar com a corrupção no pais.Temos que fazer a nossa parte e votar certo. Acessem o Ranking dos politicos, no minimo, para fazer uma boa escolha. Não podemos lavar nossas mãos e achar que as coisas vão melhorar sozinhas.

  16. Que tal? Uma lástima, pra dizer o mínimo. Quanto à reportagem, sensacional em todos os sentidos! E que texto gostoso de ler! Parabéns!

  17. É impressionante! O modus operandi para a arrecadação de partidos políticos e seus caciques não mudou nada...o achaque aos cofres continua a luz do dia, mesmo com a Lava Jato em andamento. Não aprendem! Pobre república e pobre dos brasileiros. "Cadeia para tosos",

  18. É a ANS que libera os reajustes dos planos de saude? Agora eu sei pq o meu plano sempre sobe muito,mas muito acima da inflação. #rolamuitapropina

  19. É a primeira reportagem que leio da Crusoé, que acabei de assinar. O texto é informativo, ágil e sem pedantismo. Soube da publicação pelo programa Manhatan Connection. Adoro o Mainardi! Parabéns e sucesso à equipe editorial. Vida longa pra revista Crusoé...

  20. O estado só pode dirigir ambulância, camburão e perua escolar. Tudo o que for operacional tem que ser privatizado. Se não, vai haver roubo. Sempre.

  21. Nunca foi feita uma p.e.c sequer para banir indicaçōes políticas nas chefias dos ministerios, estatais e agências executivas.

  22. Nunca foi feita uma p.e.c sequer para banir indicaçōes políticas nas chefias dos ministerios, estatais e agências executivas

  23. "Que bom a chegada da Cruzoé. Uma nova revista com a cara dos cidadãos de bem deste país". Partidos, siglas, mudanças, tudo, tudo mesmo, picaretagem e estelionato ao povo brasileiro.

  24. Canalhas! Corja de bandidos malditos! Assassinos covardes! Assaltam os cofres públicos,matando diretamente milhares de pessoas nos hospitais desabastecidos esucateados. Ladrões do nosso futuro! Nos tiraram a chance de viver em uma nação próspera, feliz e orgulhosa! Se esses saques continuarem, rumaremos ao colapso econômico, moral, ético. Quando não restar mais esperança nas instituições e principalmente em justiça, será o império da barbárie!

  25. Pelo jeito, até agora, não escapa um sem usar o subterfúgio para poder se locupletar dos valores em benefícios pessoais e dos partidos.

  26. Parabéns pela matéria investigativa! Vocês estão facilitando o serviço da justiça. Espero que todos os culpado por essa vergonha sejam punidos.E que no póximo governo, TODOS os cargos públicos sejam obrigatoriamente preenchidos por concurso! Basta às nomeações de comparsas!

    1. O problema nerval é esse o loteamento chefias de ministérios, estatais e agências executivas por meio de indicações partidarias e politicas. É esse o metodo de assaltar os cofres publicos.

  27. O país vai continuar um posto de coleta tendo a sua frente essa quadrilha nomeada por partidos. Esses cargos deveriam ser por mérito e não indicação decapaniguadis, à espera da propina. Não teremos um corajoso que acabe com essa farra, propondo uma lei que proíba indicações políticas? A hora da mudança está chegando...

  28. como pode um país manter esta turma de larápios, ladroes e assassinos em cargos que controlam a saúde? Como? Como? Quando poderemos nos livrar deste lixo?

  29. Se não houver mudanças radicais na forma de gerir o dinheiro público ele seguirá sendo público, de quem quiser pegar menos do povo. Retirar os atores nada adiantará se amanhã surgirão outros pra seguir na roubalheira.

    1. Nunca foi feita uma p.e.c sequer para banir indicaçōes políticas nas chefias dos ministerios, estatais e agências executivas.

  30. Triste de se ver como são loteados os Ministéiros, para que se locupletem e distribuam propinas, achacando empresários. Se isto não acabar, ou seja, se não se colocarem técnicos probos para gerir Ministérios nada mudará.

  31. Comprometido como está Temer é leniente e finge que não vê para se beneficiar politicamente. O texto é claro o país inteiro sofre com esses achaques . 119 bi de R$ de orçamento é uma tentação e o prejuízo acaba sendo de toda população brasileira.

  32. O MS é quase um caso perdido, mas não é terminal. O trem lá é grande, e se tornou esse gigante pela CF e seu SUS. O modelão vem da Lei Canadense de Saúde, que vem do NHS inglês, que vem em parte do sistema soviético... Merece o SUS, e o MS também, uns livros. E umas matérias bem feitas sobre o passado e o presente, institutos de antes do INPS, IAPAS, INAMPS, etc. valem a pena... o ObamaHillarycare, a obra comunista travestida de "justiça social". Vão ao trabalho, esclareçam-se e esclareçam.

  33. A saúde, na administração pública, é o segundo maior pilar. É revoltante e pensar que tantos brasileiros morrem por falta de recursos. Já imaginaram como será o julgamento desta gente lá com o Papai do Céu?

  34. Eu como médica enfrento a falta diária de medicamentos e insumos! O que dizer? Este é o país da cleptocracia! Vergonha!!

  35. É.. não tem jeito mesmo não, depois de tudo o que veio à tona, os caras continuam replicando os velhos esquemas sem medo de serem felizes. A democracia no Brasil falhou. Perdemos. Que venha uma revolução sangrenta.

  36. Nunca vi, em toda a minha vida, uma safadeza tão real. Temos que dar uma basta nesses canalhas, nas próximas eleições, tirando o emprego deles e os colocando na cadeia. Por essa razão, somos todos Moro!...

  37. O Estado controla quase 50% de toda produção no país. FHC ajudou a criar um Estado gigante, gordo, deformado. Regulamentações estupidas, imbecis, ineficientes ou super eficientes. O Estado imaginado por Fernando Henrique Comuna Cardoso esta posto em marcha desde então. O Estado se serve da população, o Estado rouba a si mesmo. Essa casta nojenta tem que ser controlada a descendia tem de prevalecer o Brasil não suporta mais o Brasil! Parabéns a reportagem Rangel e Coutinho.

    1. Somente acredito em prisao preventiva ate o julgamento. Doa a quem doer.

  38. Dói por dentro ao lermos matérias como essa, mas é necessário coragem para delatar, detalhar, expor esses malditos cruamente! Vida longa à Crusoé!

  39. Enquanto isso vamos com uma das maiores cargas tributárias do mundo sem o devido retorno juntamente porque a corrupção tomou conta. Parabéns pela iniciativa da revista e como pagador de impostos gostaria de ver todo empresário que é achacado gerando provas e contribuindo para passar a limpo o Brasil.

  40. Qualquer palhaço, que não entende absolutamente nada do alto cargo a que foi nomeado, pode ocupá-lo, desde que esteja apto a carregar malas repletas de dinheiro e distribuí-las a seus superiores hierárquicos.

  41. Certeza da impunidade,continuam cometendo crimes contra os cofres públicos (nossos impostos suados impostos). Chega de corrupção e impunidade.

  42. É apavorante ter que ler tal matéria. Chega a ser bizarro, e ao mesmo tempo cruel ao pobre povo brasileiro. Mas não tem jeito, vamos ter que conviver com isto por muito tempo ainda. Teremos que ter muitos "MOROS" para aliviar a situação.

  43. É para chorar de raiva e desespero. Uma parcela da sociedade que trabalha muito e é esfolada pelo Imposto de Renda, há anos sem atualização, fica enojada e vê e sente que o Brasil não tem futuro. Enquanto persistir a conivência do Presidente, ministros e seus agregados estamos completamente desamparados.

  44. E a ANA AMÉLIA, Senadora pelo PP, não se pronuncia? Desta forma, uma mulher exemplar, certamente será levada a "vala comum" dos corruptos. Que pena!

  45. Eu entrei numa campanha para convocar uma nova constituição, a atual é uma verdadeira colcha de retalhos, de nada vai adiantar renovação política com esta quantidade enorme de partidos, quem vai redigir? Ainda não sei, mas uma coisa é certa os políticos tem que estar fora, não podem nem sequer fazer emendas, é uma classe que que está com a moral embaixo do rabo cachorro, muitos deles não sabem nem falar, o que dirá escrever!

  46. A corrupção instalada no governo e cada vez mais aparente precisa ser extirpada. O Antagonista e agora Crusoé são armas importantes para fazer com que a sociedade acorde definitivamente e faça valer sua indignação.

  47. Crusoé precisa investigar o goiano Marconi Perillo. Perillo está envolvido até o pescoço em propinas da JBS, CCB/AGETOP, ODEBRECHT e outras. A chance de um furo é muito grande, dada a importância que esse malandro exerce no PSDB.

  48. Isto é um absurdo total! Este país não tem condições de continuar assim: a lentidão do judiciário é um drama que torna isto possível! O legislativo legisla em causa própria! O Planalto " não vê nada de errado " e ainda está sitiado por bandidos! O povo tá " no chão" e a cada dia sinto os extertores do pobre Rico Brasil... O país não vai se aguentar de pé até as eleiçoes: não há sequer um vestígio de confiança ou ânimo interno!!!! É desalentador ter estesvbandidos soltos e mandando no país!!!

  49. Artigo bomba. Retoma a antiga e clássica corrupção na saúde e na previdência quando não havia mensalão e petrolão. Imagino o que poderão encontrar em Anápolis e com os genéricos. Parabéns pessoal. Que início forte. Bah!

  50. Me pergunto: porquê os empresários, quando foram convidados para a reunião no hotel, não procuraram a PF e não fizeram uma ação controlada até o recebimento dos pagamentos? Aí o sr. Tolentino seria preso em flagrante. Acho que a PF deveria usar todos os empresários que tenham negócios com a Saúde para acompanhar o pagamento das propinas, que deixa de ser crime se for no âmbito de uma investigação. Fica a dica.

  51. Só acredito porque os acontecimentos dos últimos anos nos mostraram que o impossível acontece. Quer dizer, mesmo com todas essas investigações Sr Ciro e cúmplices continuam atuando impunemente. Espero ansiosamente que a Lava Jato os alcancem o mais rápido possível.

  52. Incrível saber que mesmo nos dias de hoje, com a Lava-Jato entre outras, criminosos continuam roubando assim. O foro privilegiado deve acabar já, para que esses políticos bandidos possam pagar pelos crimes que cometem descaradamente.

  53. Definitivamente, políticos não podem ter a chave do cofre. Sempre vai dar errado. Por isso , a minha tese é de que o estado não pode ser dono de nada; só o indispensável. Qualquer privatização, A qualquer custo, o país sai ganhando

    1. concordo Domingos, governo deveria receber imposto único e cuidar de escolas, saude e segurança, simples assim. Onde já se viu governo ser dono de banco, de empresa de energia, entre outros. Isto é negócio, não é para governo público.

    2. concordo Domingos, governo deveria receber imposto único e cuidar de escolas, saude e segurança, simples assim. Onde já se viu governo ser dono de banco, de empresa de energia, entre outros. Isto é negócio, não é para governo público.

  54. O fato é que toda essa relação acontece debaixo dos olhos de Michel Temer. Com o consentimento do mesmo. Assim como o Mensalão e o Petrolão jamais existiriam sem o conhecimento de Lula, toda esse propinoduto do PP não existe sem o conhecimento de Michel Temer. Fora!, já!

  55. Até no disfarce, o PP é falso: progressistas. Em Santa Catarina há as duas faces perversas do PP: a do ex-presidente, deputado Federal, servidor público da Fazenda Estadual, João Alberto Pizzolatti Júnior, envolvido na Lava Jato e que se abrigou num cargo fake no governo de Roraima para ter a proteção do foro, bem como Esperidião Amim Helou Filho (ex-governador, senador e prefeito de Floripa), simbolo do atraso, defensor da elite dos funcionários públicos e da alta burocracia com o votos do povo

  56. Fico enojada com esses seres. Psicopatas destemidos e ousados como todos são, avançam sob o sorriso dissimulado do Presidente da República. Um partido com um histórico desses deveria ter sido desmontado, fechado e seus políticos já deveriam estar inelegíveis. Quando e como acabar com a impunidade no Brasil?

  57. Deputados e Senadores foram eleitos para Legislar e não para tomarem conta de Ministerios, empresas estatais etc,etc, primeiro acabar as emendas parlamentares, e voltarem a trabalhar para o que foram eleitos. Hoje o executivo não executa, o Legislativo não legisla, executa e o Judiciario não julga legisla, tudo errado.

  58. Acho que só uma ação enérgica militar faria uma limpeza desses fatos na política do Brasil. Acredito que em dois anos todos seriam trancafiados.

    1. Nessa imensa granja com mais de 200 milhões de cabeças e cercada por uma imensidão de raposas, onde alguns insanos de dois neurônios ainda teimam em chamar de "país", a vestimenta recomendada seguramente não é o terno, camisa branca e a gravata, vestimenta que detesto e que pelo visto, foi adotada como traje oficial de ladrão de alto coturno. Recomenda-se pois o uniforme... uniforme verde, uniforme azul, uniforme branco, etc, etc...

  59. Impressionante...e os órgãos públicos continuam sendo administrados por gente dessa laia... servidores públicos de carreira quando enfrentam essa realidade vão pra geladeira porem sempre há um outro que ajuda e apoia esses trambiqueiros...e colhemos os frutos disso...sem educação sem saúde e sem segurança...não vejo luz no fim do túnel...

    1. Numa pocilga que mais se assemelha a uma granja com mais de 200 milhões de frangos e galinhas cercada por um bando enorme de raposas onde, alguns teimosamente ainda chamam de "país", a vestimenta adequada seguramente não são ternos e sim uniformes... verdes, azuis e brancos! Que Deus nos ajude!!!

  60. A corrupção tem um ciclo tão poderoso, que parece ser impossível de quebrar....Para o empresariado vender e receber do governo, tem que se marginalizar.... não que todos sejam vítimas, mas ou entra no esquema ou tá fora dele.... é tão asqueroso e deprimente isso que desanima demais...não consigo ver saída para o Brasil não....

  61. Ótima reportagem, bem escrita e didática. O PP significa para mim PARTIDO PODRE. Desde antes do mensalão já se fala disto. A única solução é proibir que partidos políticos possam continuar a indicar os "cargos de confiança" que na realidade só eternizam a corrupção.

  62. Reportagem excelente, e bem didática, mostra o habitual no BR. Ninguém vende material ou serviço aos governos sem ser achacado. E o grau de roubo é cada vez maior. O espanto é que, mesmo com reportagens eventuais sobre algum dos milhares de casos correntes não há atuação das polícias, dos MPs, etc. Os gatos são cúmplices e os ratos estão à vontade.

  63. Difícil crer que esse partido, bem como os outros, minguará/desaparecerá via voto ou ação do judiciário, com aplicação das leis. Talvez seja necessário, inicialmente, a aplicação de métodos mais prosaicos para eliminar os principais expoentes. Assim, possivelmente, o caminho da lei seria aberto e incentivado.

  64. Percebo as palavras do Mario Sabino no texto "Bem-vindo à nossa ilha" onde ele fala em "destemidos" e no objetivo da Crusoé de "ajudar o Brasil a livrar-se da escravidão da corrupção, da ignorância e do atraso q nos empobrecem e mantêm isolados do mundo moderno". Em se tratando das pessoas q sabemos fazem parte desta revista, acredito mesmo que algo vai mudar. O texto do Mario e este sobre o Partido da Propina é tudo que se quer ler.Tenho certeza q esta ilha vai evoluir e tornar-se continente.

    1. Concordo plenamente com você. Essa turma de reais Brasileiros me representa e com esta iniciativa atende o que Eu venho desejando. Um jornalismo independente, investigativo e sobre tudo de denuncias comprovadas.

  65. A gente sabe que essas coisas acontecem , conhecemos o Ricardo Barros de velho, aqui de Maringa, mas mesmo assim a gente se choca demais! Parabens pela coragem, continuem nessa linha!

  66. este é mais uma peça do conjunto q forma o “mecanismo” da corrupção liderada por este políticos podres. Estou otimista de q este é o começo do fim desta maldição.

  67. PP é um dos partidos mais nefastos da República! Tem que ser extinto nas urnas! Antes disto, que Ciro Nogueira e cia se enrolem cada vez mais com a PF.

  68. Excelente reportagem!! Esses caras tem certeza da impunidade. Somos governados por quadrilhas. São todos comparsas independente do partido político. #nãoreelegerninguém

  69. É assutador como mesmo em tempos de operação lava jato eles continuam. O Davídson é da família Tolentino primos do Aécio?

  70. ...e alguns jornalistas lacaios ainda insistem em condenar a criminalização da política. Somos governados por verdadeiras quadrilhas. Salve-se quem puder!!!

  71. A impunidade em casos passados, incentiva a esses corruptos continuarem com seus crimes, usurfruindo de seus golpes indefinadamente. Enquanto o STF não fizer cumprir a justiça para todos que eles julgarem, esses políticos continuarão cometendo seus crimes na certeza da impunidade.

  72. Excelente reportagem! Sigo Oantagonista desde sua criação e espero que continuem nesta linha de combate constante aos corruptos e aos maus políticos de qualquer partido. Já tive decepção com outros blogs, baluartes da ética e que mudaram radicalmente de postura quando a Lava Jato chegou a seus queridinhos. Tenho certeza que, conhecendo o Mainarde desde sua coluna na Veja(como mudou esta revista!) a Crusoé não corre este risco. Tamo juntos!

  73. Não de hoje essa prática. Pensar que ela é recente é ser muito “Poliana”. Um fato. A hiper exposição dos fatos sem dependência de Governos, será a única alternativa para tornarmos o Brasil, no mínimo, o país do gerúndio, e não do paticípio passado. Oxalá mantenhamos essa verve de vocês. Obrigado.

  74. Muito boa reportagem, como sempre os mesmos coronéis que se julgam acima das leis e da sociedade, continuam fazendo suas mazelas a luz do dia e sem preocupações

  75. Inacreditavel. Já estão conseguindo acabar com o pouco que tínhamos na saúde privada. O difícil é descobrir em quem votar.

  76. Tem que ter cadeia pra todos... revoltante!!! Penitenciaria para todos os corruptos ... e as eleições estão chegando .... nenhum deles irão se reeleger...

  77. Parabéns pela reportagem ... uma profundidade chocante. O Brasil não suporta mais tanta roubalheira. O trabalho investigativo de vocês é extremamente valioso!

  78. Já estava quase desistindo desse meu país pós Lula, quando mais uma vez sou surpreendido com esses gigantes das comunicações, os jornalistas e colaboradores do Antagonista. Parabéns pelo exemplo e pelo belo trabalho que, com certeza fará toda a diferença nas sextas-feiras de hoje em diante.

  79. Estou achando ótimo. Só mostra que país é este !!! O PP é forte e os habitantes um lixo. PARABÉNS JUSTIÇA OMISSA E COVARDE.

  80. Sou piauiense, e Ciro Gomes é nosso velho conhecido. Sugiro à Crusoé uma conversa com Robert Rios, Deputado Estadual e atual Secretário de Segurança Pública do Estado do Piauí.

  81. Fiquei sabendo hoje que tramita na Câmara dos Deputados, em regime de urgência, uma reforma da Lei dos Planos de Saúde, que só trará prejuízo aos usuários.Dentre as novas medidas: - retorno do aumento por faixa etária, para os maiores de 60 anos; - liberação do ajuste de planos individuais, regulados pela ANS; - exclusão das obrigações das operadoras cumprirem o Código de Defesa do Consumidor; - diminuição das multas impostas às operadoras, por negativa de atendimento.

  82. Gente, é inacreditável. Quatro anos após início da lava jato, ainda tem o mesmo esquema?? A política feita hoje no Brasil é nojenta. Não podemos tolerar esse presidencialismo de coalizão, onde só está em jogo as benesses, falcatruas e corrupção desses partidos da base aliada.

  83. Fatos como esse mostram o que os cidadãos minimamente esclarecidos sabem, a necessidade inescapável de elegermos pessoas que pautem suas vidas por princípios morais e éticos para comandarem a vida pública do país.

  84. A maneira de fazer política tem que mudar e o brasileiro precisa votar melhor em seus candidatos. Limpeza geral e não reeleger ninguém.

    1. Para que o Brasil deslanche é necessário: 1. Fim foro privilegiado 2. Prisão após condenação segunda instância 3. Fim da redução da pena 4. Fim da prisão domiciliar 5. Corrupção no governo, prisão perpétua 6. Homicídio, sem justificativa, 30 anos regime fechado 7. Extinção do STF 8. Fim da reeleição e mandato de 5 anos 9. Redução ministérios para 12 10. Fim estabilidade em cargos públicos 11. Extinção dos benefícios absurdos 12. Extinção das ONGs 13. Cargos público: concurso

  85. Primeiro texto que leio e já lhes dou meus parabéns! Estão cumprindo o que prometeram! É ótimo poder ler uma revista que não recebe anúncios do min. da Saúde! O ministro já renunciou? Em qualquer lugar decente já estaria na rua. E Temer, ele já renunciou? Já sei, já sei... O Brasil não é um lugar decente...

  86. Parabéns, Antagonistas! Achei sensacional a ideia da revista! Sou fã de vocês desde início, há mais de 3 anos e a sensação que sempre tive foi que escreviam pra mim (kkk quanta vaidade!) de tão simbiótico que era meu entendimento! Amo vocês e desejo muita sorte e sucesso!!

  87. Falta tudo a essa gente .Caráter é uma palavra abstrata e totalmente desconhecida. Vergonha é pouco para o que sentimos. É indignação mesmo, diante de políticos e instâncias sem a mínima noção de decência.

    1. Verdadeiramente o Brasil tem no governo uma percentagem muito alta de canalhas, de calhordas, para não dizer outra coisa.

  88. Cada vez mais absurdos! Fico aqui pensando que o país jamais sairá dessa vergonha! Seremos sempre um país de terceiro mundo (está mais pra quinto mundo) com esses políticos e esse povo corrupto!

  89. Sinto falta de uma CGI - Comissão Geral de Investigação, com amplos poderes e procedimentos sumários para escancarar a podridão.

    1. Isso é extremamente necessário para “limpar” o país!

  90. É um absurdo a administração da ANS pelo PP. Penso que seja uma das razões dos planos de saúde, principalmente a empresarial até 30 funcionários, terem aumento anual de mais de 20% sobre as mensalidades.

  91. Estes relatos do modus operandi de arrecadação de propina acontecem em todo o Brasil e não deixaram de acontecer mesmo com a Operação Lava jato em pleno funcionamento. Se houvesse denuncias em todos os órgãos públicos do país teríamos uma enxurrada de investigações tão grande que nem todo o efetivo da polícia federal seria capaz de investigar. Isso é um câncer com metástase em fase muitíssimo avançada. Mas a Lava Jato está mostrando que é possível se fazer algo a respeito.

    1. Muito bem colocado! Concordo em gênero, número e grau!

  92. Caramba! A Crusoé começou com uma matéria bem quente. Pelo visto, os brasileiros continuam “ferrados”. De nada adiantou, em termos de corrupção, mudar o governo. Teremos uma batalha muito difícil pela frente. Mas vamos lutar até o fim, ao lado da Crusoé...

    1. Com um “professor” como Maluf, o que mais poderíamos esperar?

  93. “Para o Brasil voltar a ser Brasil, se faz necessário que as Forças Armadas assumam o comando do Poder Executivo, feche os Poderes Legislativo e Judiciário e volte a governar com Atos Institucionais”. É como me sinto depois de ler a matéria acima.

    1. Eu prefiro como ministro da Fazenda, Paulo Guedes, já sondado por Bolsonaro.

    2. Augusto...nomear Delfim Neto para Ministro da Fazenda...isso eh piada nao eh?

    1. Eu diria “vespeiro”, com picadas extremamente desagradáveis!!!

  94. O titular da pasta na Saúde na época é famoso no seu estado de origem por situações parecidas. Imagine o que pode acontecer no Estado com sua esposa ocupando o cargo de Governadora às vésperas das eleições. Aliás, por que um engenheiro civil foi titular do Ministério da Saúde.

    1. É porque o PP queria “construir uma máquina de fazer dinheiro”.

  95. Excelente reportagem. Vocês estão de parabéns, depois da reportagem sobre os pobretões da família do Luladrão. Realmente, a estreia foi SENSACIONAL.

  96. É absolutamente nojenta a laia que ocupa os ministérios,a propina corre solta, a corrupção é o mantra. Tudo com a conivência do vice presidente da Dilma, oras, não é a toa.

    1. Temer, apesar ter estar controlando a inflação, reduzindo os juros, e esboçar uma reação na criação de novas vagas de emprego, pecou ao colocar pessoas sabidamente desonestas em seus ministérios. Não é à toa que seus índices de aceitação são tão ínfimos. Governos honestos necessitam de ministros honestos em sua equipe.

    1. Paguei, claro! E por acaso pequenos como nos podem deixar de pagar? A Receita Federal só não pega os graúdos, peixes grandes...

    1. Já estão todos denunciados, os inquéritos estão congelados no STF devido ao foro privilegiado...

    2. Tem! A Lava Jato vai chegar a eles, mas é preciso de tempo. Pelo jeito a Polícia Federal terá que aumentar bastante o seu quadro de investigadores e policiais.

  97. Só fico triste pois a população que precisa ter esse tipo de informação não pode pagá-la, ou mesmo não se interessa em se informar de maneira correta!

  98. Vergonha!!!! Será que ainda tem jeito? Este país é realmente muito rico... para roubarem tanto e ainda não ter ido à bancarrota... muito triste!!!

  99. Grandes obras de ficção não conseguem tão incrível enredo. Que a Crusoé construa, nessa ilha de jornalismo, um farol que guie os desavisados.

    1. Já deveriam ter seus registros cancelados. São Organizações Criminosas.

  100. Surreal demais... Tinham que estar de trás das grades. Como podem estar soltos ainda??? E chefiar a ANS é demais! De milionário a bilionário?

  101. Já valeu minha assinatura. Com essa revista não tenho duvida que iniciamos uma nova era no Brasil. Estamos salvos. Meus parabéns...... Abraço caloroso a todos.

  102. No acesso a Revista de N. 0 já fiquei encantada com a perspectiva jornalistica apresentada. Já estava ansiosa pela produção da Revista número 1 que será um sucesso Parabéns!

    1. Torço para que haja. Não confio nem um milímetro nas urnas eletrônicas.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO