FelipeMoura Brasil

A frente ampla pela impunidade

22.11.19

Depois de Lula, José Dirceu e Eduardo Azeredo, foi a vez de Rabicó ser solto com base na decisão do STF de vetar a prisão após condenação em segunda instância.

Rabicó é Antônio Ilário Ferreira, chefe do tráfico no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo-RJ, condenado a 27 anos e três meses de prisão. A polícia teme que ele vingue a morte de um comparsa, assassinado por um antigo braço direito seu, que mudou de facção.

Lula e Dirceu, petistas corruptos que não mais dispõem da máquina do estado para desviar dinheiro público, podem até não ter os meios para repetir seus crimes enquanto aguardam análise dos recursos aos tribunais superiores, mas qualquer crime cometido em liberdade por criminosos condenados em segunda instância terá tido, indiretamente, a cumplicidade moral dos seis ministros do STF que votaram contra a prisão neste momento do processo: Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Rosa Weber, Celso de Mello e Marco Aurélio Mello, o homem que mandou soltar o traficante do Rio de Janeiro.

Para afastar esse tipo de risco e reduzir a impunidade no Brasil, a CCJ da Câmara felizmente aprovou a PEC da prisão em segunda instância, por 50 votos a 12. Entre os deputados que votaram contra, estão os petistas Alencar Braga, José Guimarães, Maria do Rosário, Erika Kokay, Patrus Ananias e Nelson Pellegrino, assim como Talíria Petrone, do PSOL; além de Renildo Calheiros (PCdoB), irmão de Renan; e Clarissa Garotinho, cujos pais, Anthony e Rosinha, foram presos cinco e três vezes, respectivamente.

A proposta altera os artigos 102 e 105 da Constituição, acabando com os recursos especiais (STJ) e extraordinários (STF), de modo que as decisões em segunda instância transitariam em julgado.

Agora, a pressão popular será imprescindível para que a PEC avance também na comissão especial, no plenário e no Senado, onde a votação de outra PEC similar foi adiada para a próxima semana, após pedido de vista coletiva apresentado pelo senador petista Humberto Costa.

Além disso, os presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, já articulam unir as propostas de ambas as Casas Legislativas em uma só PEC, a fim de adiar a tramitação para 2020 e arrefecer a pressão popular, como apontam os parlamentares que defendem a tramitação ainda em 2019.

Do governo, Sergio Moro é quem atua pela aprovação da prisão após condenação em segunda instância, considerando uma “anomalia” que processos durem 15, 20 anos. “O próprio presidente Bolsonaro, que foi eleito com uma bandeira de combate à corrupção e à impunidade, muito pouco fez nesse primeiro ano de governo nessa pauta”, disse o procurador Eduardo El Hage, coordenador da Lava Jato no Rio. “Ele poderia estar fazendo movimentações no Congresso pela prisão em segunda instância.”

Nesse sentido, na verdade, a movimentação mais emblemática de Jair Bolsonaro foi a exclusão de uma postagem em defesa da medida, feita em sua conta oficial de Twitter no primeiro dia do julgamento da pauta no STF. O pavor de melindrar Dias Toffoli – que suspendeu em julho investigações com base em dados do Coaf, como a de Flávio Bolsonaro, e se enrolou todo para explicar sua decisão no plenário do STF nesta semana – ainda prevalece na família e em sua militância virtual, apesar da escalada autoritária do ministro que requisitou acesso a dados sigilosos de movimentações financeiras de 600 mil pessoas.

Enquanto Flávio depende do julgamento sobre compartilhamento de dados entre Coaf e Ministério Público, que continuará na semana que vem, os brasileiros precisam agir – contra a proliferação de Lulas e Rabicós livres – sem esperar o som do berrante.

Felipe Moura Brasil é diretor de Jornalismo da Jovem Pan.

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. triste ler um texto desses. o atraso sempre nos cobrindo sob suas asas. quem apostaria que JB fosse ser mais nocivo a lava jato que a própria Dilma e temer. pqp

  2. Perfeito seu comentário, Felipe. Em que pese o fato de mil vezes Bolsonaro ( com seus defeitos) do que Haddad , o fator Flavio tem que ser apurado e logo, sem mais demora.

  3. Verdade verdadeira.......é simplesmente uma "vergonha mundial" a atuação do STF e outros Órgãos da Justiça em favor da impunidade dos bandidos que roubam dinheiro público, através de muita corrupção e proteção da Lei.......isso é uma vergonha.

  4. Pobre Vera, perdeu a companhia do amigo de fé irmão camarada e ganhou um rapaz que tem dificuldade para ouvir e entender as coisas as mais elementares. Que sufoco!

    1. Quero me retratar.. o rapaz também contribuiu, sim, do seu jeito.. porém com um pouco mais de humildade e paciência para ouvir seus colegas poderia contribuir bem mais

    2. mas precisamos fazer justiça; o outro, senhor, que chegou é também muito bom

    3. Nosso receio (meu e de outros apreciadores do Programa) é ela cansar e partir, pois tem que ter paciência de Jó, até para assistir em certos momentos

  5. Infelizmente JAIR BOLSONARO ficou entre a bandeira anticorrupção, que o fez vencedor na eleição 2018 e a ação de FLAVIO, que não tinha forum privilegiado na data que o COAF o relacionou na lista de movimentações suspeitas. Egoísmo lá em cima, BRASIL que se resolva!

  6. O procurador Eduardo está coberto de razão afinal o presidente em nada está ajudando pelo contrário, o interesse dele é só proteger o filho do erro cometido. A bandeira de campanha contra corrupção está esquecida . O STF não se preocupa com os Rabicós e orcrins , desacreditam a estabilidade e a segurança do país. Para completar o polêmico presidente quer fundar o partido da família Bolsonaro. Este tal Aliança servirá a si mesmo. Na próxima eleição que estiverem perco o voto mas não entro nessa.

  7. Não é mais possível o presidente continuar protegendo seu filho, Flávio, se o senador errou, responda na justiça por seus atos, paciência se o menino fez o que não podia. Não podemos é ter dúvidas se o presidente está ou não enrolado!

    1. Seu JAIR (nosso presidente) precisa pedir um conselho para sua vitoriosa progenitora: - Que apoio paternal, faz filhos bem resolvidos?

  8. Vamos Presidente, está na hora de dar um empurrão no PEC da prisão em segunda instância, o povo brasileiro está esperando.

    1. Senador Oriovisto Guimarães. Que não pode nos abandonar. Sua intenção era um mandato só. Acredito que já reconhece que sendo patriota, tem que agarrar-se na cadeira e somar perspectiva para MUDA SENADO! MUDA BRASIL!

  9. Felipe, ir às ruas sim! mas..... onde estão os grupos de 2016? Só vi grupos mais radicais pedindo presença, difícil seguir uma rede social e saber quem está querendo nos manipular !!!!

  10. Muito bom! Quanto aos 6 (seis) ministros contrários à PRISÃO em SEGUNDA INSTÂNCIA tenho a segura opinião: se ocorrer uma tragédia de um filho ou neto deles ser atropelado e morto por um motorista embriagado e o assassino continuar solto após condenação pelo Tribunal em Segunda Instância e encontrá-lo num Shopping passeando irão continuar com a mesma opinião?

  11. O lupanário em que o STF transformou o Brasil tem como imperador o amigo do presidente dessa república bananeira. Esse é o meu maior desgosto. Não esperava nunca essa amizade espúria entre aquele em quem votei esperançosa e o hiena do Toffoli.

  12. Tive o prazer de ver ao vivo no RODA VIVA o José Nêumane dar uma sova de criar bicho nesse ministro pedante e amiguinho de advogados muito ricos e caros que transitam distribuindo $$$ pelas cortes. "Ministro, se eu fosse criminoso, gostaria muito de ser julgado no stf. Vc não confia na sua suprema corte? NÃO, ministro!"Quase vazou,c rabo enfiado,kkk. É um goela grande. Duvido que solte alguém sem que algum escritório desses advogados caros molhe a mão dele ou de alguém indicado por ele.

    1. Temos que fazer uma Engenharia nas instituições desse país,a começar pela Constituição.É só se basear na Americana com suas 27 emendas!!Redefinir a quantidade de deputados, senadores e vereadores!!Rever os Tribunais e Todos órgãos publicos.Dai por diante...

  13. A maioria dos ministros não leem processos diante de HC de gente famosa e com caixa alta. O Marco Aurélio, que gosta de formalidades, sequer solicitou manifestação legal e do MP como prudência que é marca de juízes de primeiro e segundo graus. Os ministros aceitam o que é dito no HC que às vezes é cheio de mentiras e invenções e nem checam para ver.

  14. O ministro Marco Aurélio continua o mesmo mau ator e canastrão do STF, deveria pedir pra sair o mais rápido possível de cena daquela corte deificada.

  15. Ontem Carmem Lúcia mandou o TRF 4 soltar todos os condenados em segunda instância... Mesmo que a milícia satânica do STF esteja errada, porém, se uma simples maioria impõe sua vontade, os demais contrários se acovardam e vão todos para o fogo do inferno.

  16. Sem problemas soltar "rabicós" neste momento. A prisão em SEGUNDA instância é essencial para guardar os bandidos de COLARINHO BRANCO. As PAUTAS ANTICORRUPÇÃO é o nosso foco. O fim do Foro privilegiado encerrará este período negro da instituição judiciário, que será reerguido das cinzas da cooptação.

  17. Sem futebol , carnival e bastante politicos corruptos soltos essa terra perde sua alma mater . Esses são os ingredients da pátria Brasil . A zona vai continuar , o STF garante .

    1. Acrescento espalhar lixo e conviver bem com ele na porta de casa...

  18. Quero acreditar que “sem esperar o som do berrante” não tenha sido dirigido à culta casta de assinantes da Crusoé, mas às boiadas que insistem em assistir às novelas da globo lixo e que curtem uma alienaçãozinha. No mais, a matéria estava indo bem, com comenta um leitor antes de mim.

    1. É...nunca houve um instante em que ficou tão nítida a preponderância de interesses inconfessáveis sobre os da nação. E se deixarmos nos narcotizar pelas novelas da globo, acabou! E hora de ir à luta! Pelo impeachment de ministros comprovadamente corruptos do STF, pela prisão em segunda instância, e pela continuação da Lava Jato!

  19. Vejam a lista dos que não assinaram: só de criminosos! Anotem, estarão na cadeia em breve! Teremos prisão após a 2ª Instâncias sim!!!!!!

  20. Toffoli age como um bebado, mas atrás de todo este Circo, está a obrigação de blindar a sua mulher (para honrar a mesada de 100 mil) e a finesse de blindar tambem a do amigão Gilmar Sapo. Ah, sim: E além disso ainda coloca o Capitão no colo com a promessa de livrar a cara do 01. Faz confusão para despistar que é um malandro capaz de dar nó em gota d’água. MAS, extrapolou tanto que por obra de sua incontrolável vaidade, deu um tiro no pé! Já não tem volta, o rei está nú (e o malandro tá pelado).

  21. Estão todos tentando se salvar,precisamos estar vigilantes e sempre cobrando fortemente a aprovação da prisão em segunda instância urgente!

  22. Certissimo, quanto a cumplicidade mesmo que indiretamente dos ministros do STF,com relação aos criminosos que estão sendo soltos. Precisamos também continuar atentos a essa "União "dos três poderes...eles ainda não desistiram de seus objetivos.

  23. Seu último parágrafo foi certeiro! Não podemos, enquanto nação, seguir cegamente líderes políticos ou religiosos. É preciso que tomemos as rédeas de nosso destino e futuro. As ruas são nossas e devemos fazer uso delas para pressionar todos os representantes (STF, Congresso e GOVERNO FEDERAL) para agirem de acordo com a verdadeira vontade popular! Chega de "mortadelas" e "berrantes" que tentam direcionar a massa popular (gado) para interesses mesquinhos, escusos e nada republicanos.

    1. Nós temos que ir para as rua fazer pressão. Assim estaremos lutando por um país melhor.

  24. Diz o ditado: "Não há bom sem defeito, nem ruim sem qualidade!" O defeito do Pres. BOLSONARO para os eleitores LAVA JATO, chama-se ANDRÉ MENDONÇA - AGU. O super evangélico que apoiou o cardápio milionário do STF, ex-assessor de Tóffoli para o qual acaba de lançar livro - 10 anos de TÓFFOLI; e que reabriu processo arquivado contra DELTAN; sob nosso olhar incrédulo. Quem não sabe que somos 57 milhões de apoiadores LAVA JATO, não deveria integrar a equipe do Pres. BOLSONARO.

    1. Temos de pressionar para que a forma como é feita essa indicação mude. Deveriam haver critérios sérios e técnicos para a indicação e penso que o correto seria uma indicação colegiada (de maioria técnica na área) e não de escolha exclusiva do presidente. Sabemos que o senado tem de sabatinar e aprovar a escolha, mas também sabemos que essa sabatina é uma farsa, na verdade ocorrem acordos espúrios para que o indicado seja aceito pelo senado, portanto é uma regra deturpada que deviria ser revista.

    2. Ainda temos que pressionar para👍que este André Mendonça não seja indicado para o STF.Imagine a dupla Mendinça-Toffoli? O estrago que farão?

Mais notícias
Assine
TOPO