Reprodução

O ‘Crash’ do hacker

A Polícia Federal segue no encalço dos parceiros do invasor das contas de Telegram de centenas de autoridades, rastreia novas transações suspeitas e descobre que Vermelho usava um telefone celular registrado nos EUA
06.09.19

Há três semanas, o hacker Walter Delgatti Neto, o Vermelho, autor dos ataques que resultaram no roubo de mensagens trocadas por centenas de autoridades brasileiras, sentou-se pela terceira vez em frente ao delegado federal Luiz Flávio Zampronha, para ser interrogado. Diagnosticado, segundo ele mesmo, como hiperativo, Delgatti Neto é sempre falante, mas pela segunda vez optou pelo silêncio em alguns momentos do depoimento. A primeira vez que se negou a responder às perguntas dos investigadores havia sido em 23 de julho, quando foi preso na Operação Spoofing com outros três comparsas: o casal Gustavo Santos e Suelen Oliveira e o motorista de Uber, Danilo Marques. Nas duas ocasiões, entretanto, o silêncio se deu quando surgiu o nome de Thiago Eliezer Santos Martins.

Como Crusoé mostrou há pouco mais de um mês, Thiago Martins é o quinto elemento na mira dos investigadores da Spoofing. Filho de um militar da reserva com passagem pela área de informática do Ministério da Defesa, o brasiliense de 30 anos é programador e, segundo familiares, “desenvolve aplicativos para bancos”. Em seu primeiro depoimento à PF, Vermelho se calou quando foi perguntado se conhecia Thiago e se havia realizado operações de câmbio para ele. Ouvido novamente, em 30 de julho, resolveu falar sobre o amigo e disse tê-lo conhecido na internet, em dezembro de 2018, por causa da compra de um veículo Land Rover.

Agora, com o terceiro depoimento, o silêncio de Vermelho parece dizer um pouco mais sobre a relação dos dois. O hacker preferiu não responder se uma pessoa com a qual ele mantinha contato na internet, identificada pelo apelido “Crash”, era, na verdade, Thiago Martins. “Me reservo ao direito de permanecer em silêncio”, disse. Embora tenha se calado quando ouviu a pergunta, depois Delgatti Neto contou ao delegado que o tal Crash o orientou sobre como roubar itens de um jogo virtual que eram posteriormente comercializados ilegalmente por Danilo Marques, o outro amigo, que foi preso juntamente com ele. O relato reforçou ainda mais a desconfiança da PF sobre a ligação entre os dois: Crash, ao que tudo indica, é um especialista em crimes na internet que serviu como uma espécie de guru na carreira criminosa de Vermelho.

Sergio Lima/Folhapress PODERSergio Lima/Folhapress PODERZampronha: no rastro do dinheiro da turma
Danilo Marques deu outras pistas. Ao depor, disse que Crash é “um programador especialista em descobrir bugs em sistemas de computação, o qual teria repassado conhecimentos sobre informática para Walter Delgatti Neto.” A suspeita de que Crash seria Thiago Martins, o Chiclete, o programador de Brasília com quem Vermelho mantinha contatos frequentes, aumentou ainda mais quando os policiais chegaram às transações financeiras do hacker de Araraquara. No depoimento, ele foi indagado sobre a razão pela qual fez uma transferência no valor de 4,5 mil reais para Chiclete. Vermelho alegou que a transação tinha relação com a compra da Land Rover de Thiago Martins. Uma cópia da transferência foi enviada para Danilo, o parceiro do hacker. Um dos documentos da investigação a que Crusoé teve acesso mostra que Vermelho usava um telefone registrado nos Estados Unidos. Parte de suas conversas, inclusive os contatos com seus comparsas, era realizada a partir desse número.

Após o depoimento de Vermelho e dos outros envolvidos, a PF produziu um relatório parcial da Spoofing em que indica quais são as frentes de investigação em andamento. Além de mirar a relação do hacker com Thiago Martins, o delegado Zampronha revela ter indícios de que o roubo das conversas de Telegram pode ter resultado em ganhos financeiros para Vermelho. O motivo da desconfiança é uma troca de mensagens de abril de 2019, cerca de dois meses antes das mensagens roubadas serem publicadas pelo site The Intercept. Em mensagem para o parceiro Danilo, Vermelho diz que “acabou a tempestade” e “veio a bonança”.

Embora não faça uma ligação entre os fatos, o delegado cita a necessidade de investigar a possível lavagem de dinheiro praticada por Vermelho e seus comparsas por meio de criptomoedas. “Foram encontradas no material arrecadado evidências do envolvimento de Walter Delgatti Neto (…) com ações voltadas à ocultação ou dissimulação da origem dos recursos de origem ilícita, configurando em tese o delito de lavagem de dinheiro”, diz trecho do relatório parcial da PF sobre a Spoofing. Em um dos celulares apreendidos com Gustavo Santos, a perícia encontrou várias referências a carteiras de criptomoedas. Também foi mapeada uma suposta intermediação de venda de bitcoins no valor de 1,5 milhão de reais. Os envolvidos na transação seriam pessoas identificadas como “Paraguai” e “Maku”. Para a PF, as explicações de Gustavo sobre esse ponto são contraditórias.

Presos no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, Vermelho e seus amigos aguardam os desdobramentos da investigação. Na quarta-feira, Ricardo Leite, juiz da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, manteve a prisão preventiva de Vermelho e dos outros três detidos na Operação Spoofing. Para os investigadores, ainda não é possível afirmar se Vermelho atuou realmente sozinho ou se mais pessoas participaram do roubo de mensagens. De novo, ao que parece, o caminho passa por Thiago Martins, o Chiclete. E, agora, também pelo dono do codinome Crash. Se é que os dois são pessoas diferentes.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Quem ligou para quem? Quem falou com Verdevaldo? Com quem Verdevaldo falou? Quem ligou para Gleisi? Para quem Gleisi ligou? Aliás, tanto a prisão de Chiclete quanto a "morte de Adélio" poderiam revelar um padrão semelhante. Se os indivíduos por trás do atentado e das invasões forem os mesmos, então eles tenderão a repetir o mesmo modus operandi quando tiverem que se comunicar e planejar qq coisa.

  2. A prisão de chiclete serve para se testar se há um iceberg, para ver se com a pena virá uma galinha. Quanto mais o cerco em torno dos hackers for se fechando, mais aqueles que estariam por trás deles seriam obrigados a sair das sombras e melar a coisa. A mesma lógica por trás da tática da "morte de Adélio" vale para a prisão de Chiclete. Quando ele for preso, onde o mapa de calor da corrupção vai indicar que a temperatura e a movimentação aumentou?

  3. Quem tinha interesse na invasão dos celulares tb tinha interesse na morte de Bolsonaro, pq as duas coisas não estariam então relacionadas? Às vezes é importante se juntar as coisas para entender que padrão e associação há entre elas. Assim, se houver alguma relação, as lacunas em cada uma delas poderiam ser preenchidas com as informações da outra e formar um quadro mais amplo. Resumindo, por trás tanto de Adélio quanto de Vermelho e seus comparsas pode haver um iceberg gigantesco.

  4. Tudo isto simplesmente torna inverossímil que Vermelho estivesse sozinho, da mesma forma que Adélio. Não existem coincidências neste mundo, uma série de indivíduos têm interesse na morte de Bolsonaro e ele sofre um atentado? Agentes de Estado e públicos cujos mesmos indivíduos têm interessem em desmoralizar tem seus celulares invadidos? Quem pagou os advogados de Adélio? Ele agiu sozinho ou recebeu ajuda de alguém? Os eventos podem parecer desconectados, mas há uma correlação.

  5. A rede que conecta todos os envolvidos pode ser ampla, não sendo possível se descartar a participação do regime bolivariano de Maduro, o que acaba trazendo gente de dentro do PT para a equação, o que acaba por trazer gente no Congresso, no STF e no STJ, além de tb haver uma interseção com o PCC e o CV, que por sua vez gera um possível interesse de gente na OAB. A questão é que havia uma série de gente dos mais variados matizes com interesse nas invasões.

  6. Crash não parece ser alguém disposto ou com disponibilidade de deixar o Brasil e ir levar uma vida no exterior, exatamente o oposto de Vermelho, tornando-o a opção ideal para servir de "cérebro" por trás de todo o esquema. Se uma transação de 1,5 milhão foi mapeada, o valor por trás de toda a operação pode ser bem maior (quanto mais gente envolvida, maior seria o montante necessário para financiar a operação).

  7. Pode ser que o financiamento tivesse mais de uma rota, uma no exterior e outra aqui dentro. Há que se lembrar tb que muitos congressistas recebem emails contendo ameaças, o que seria mais conveniente se fosse realizado por gente no exterior. Por mais cuidadoso que cada pessoa seja, algum detalhe sempre fica para trás, considerando que Verdevaldo provavelmente se acha um salvador da raça humana responsável por levá-la a um estágio mais desenvolvido, ele não deve ser exatamente cuidadoso.

  8. Não consta que Vermelho tinha alguém no exterior de posse de todo o material que ele roubou? Verdevaldo não disse que teve que tomar cuidados especiais para proteger sua fonte, como mandar o material para o exterior? Ambos não estariam se referindo à mesma coisa? Se os recursos de Verdevaldo tivessem vindo do exterior qual o sentido de internalizá-los para viabilizar o esquema? Por outro lado, por menor que fosse a estrutura montada aqui no Brasil, ela precisava ser financiada.

  9. É sabido que Vermelho é um admirador da cultura e da sociedade americana, nada melhor que ele fosse pago em dólares e fora do Brasil. Sendo um estelionatário, ele poderia ir viver no exterior e continuar com seus esquemas aqui no Brasil gozando de relativa tranquilidade para cometer seus crimes. Isto parece ser o suficiente para que ele aceitasse ser a mente criminosa por trás das invasões. Por outro lado, Vermelho teria que acreditar que não ficaria muito tempo na cadeia.

  10. Como o hacker sabia que ela não iria à polícia e melaria tudo? Pq ela não procurou a polícia e denunciou a ação aloprada. Não só isto, depois de ver que as invasões à celulares de agentes de Estado e públicos que poderiam até mesmo violar a Segurança Nacional estavam ocorrendo, pq ela não denunciou o que estava acontecendo? Independentemente da resposta, o interesse dela era que as invasões prosseguissem sem nenhuma interrupção.

  11. O erro de todo criminoso é achar que ele é mais esperto do que outros, é aí que ele mete o pé pelas mãos. Curioso que o celular de Manuela d'Ávila teria sido invadido a partir do estado da Virgínia, nos EUA. Pq lá? E pq o hacker precisou invadir o celular dela para depois enviar uma msg dizendo que tinha informações que poderiam interessá-la? Será que é pq o contato de Glenn não estava na agenda do Telegram dela e ele acabou optando por perguntar qual seria?

  12. Eu sinto uma VERGONHA danada vendo nossa JUSTIÇA tão SEM MORAL. Tudo isso por sua própria CULPA é de cortar o coração. O pior de tudo ISSO é QUE não VISLUMBRO uma SAÍDA honrosa no curto PRAZO. Fazer O QUE.

  13. Ora, daqui a pouco o hacker bizarro e triste será solto por um ministro seboso e triste, de uma justiça desleal e triste, fincada neste país calorento e triste... quem sabe o "machão" Vermelho Triste poderá se escafeder do país e se juntar aos Três Tigres Tristes, em algum paraíso muito longe daqui. Sim, porque aqui restarão apenas os corruptos, os servos (que trabalham para sustentar os primeiros e por isso não conseguem escapar desta pantomima) e os alienados mentais. Triste.

  14. Assim q prender quem pagou e quem mandou, esse assunto vai ficar muito melhor. Adoro ver bandido bem nutrido, elegante, influente de colarinho branco na cadeia. Nem me importo de ajudar a pagar a conta da despesa q nos dao. Depois e' deixa-los contar td q sabe. E'aquela historia de puxar uma pena e aparecer um ganso.

  15. Segurem todos estes caras no xadrez. Marmitex e um copinho de água apenas por dia. Se não falar, mandem para junto do Adelio...

  16. Vermelho está dando um nó na pf e sob a proteção do stf, que prefere acreditar no hacker e verdevaldo. Tudo contra Moro que sabia onde chegar seguindo o dinheiro. Aí Bolsonaro tirou o Coaf do ministro. Tudo arquitetado...

  17. Justiça Capenga, código penal feito por bandidos , começando com OAB que está cheia de filho da P... castelo de areia , boi barriga, Celso Daniel e por último Adelio e esses Hackers , e claro que tem coisa se ministro lá pra ser escondida, STf está na mão do PT

  18. Sinceramente, não se quer descobrir os culpados, a Manuela está saindo ilesa desta? claro que está envolvida m, vamos acreditar que o vermelho ligou para saber somente o tele fone do Gringo do Intercept, pô o cara sabia o telefone de todo mundo, somente não sabia o telefone do gringo, e ai perguntou para a Manuela, deve ter perguntado,onde estava o coelhinho da Páscoa, Papai Noel etc A PF não quer descobrir os reais mandantes. Enquanto isto Manuela, gringo etc estão dando risadas das vítimas

  19. SE O CASO VERMELHO não for RESOLVIDO ISSO nos o DIREITO DE desacreditarmos das NOSSAS instituições INVESTIGATIVAS ; P.F. - M. P. PROC. FEDERAL. ISSO È MUITO TRISTE. NÃO QUERO perder minha ESPERANÇA. AVANTE. PF, MP E PROC. FEDERAL

  20. Impressionante como as investigações simplesmente se arrastam indefinidamente sem soluções. Adelio, Glen/David/Jean Wiyllys, Manuela, Vermelho, Chiclete. Nada é devidamente esclarecido até surgir novo escândalo que faz com que o anterior caia no esquecimento.

    1. Também compartilho dessa sua crença, Lucia. Os brasileiros esclarecidos e observadores são capazes de perceber tanto as resistências quanto os avanços, especialmente na política. O diferencial contemporâneo é que a sociedade, esfolada pela corrupção, pelo desemprego, pela insegurança, pelos privilégios injustos, enfim, pelas decepções, a cada eleição está ficando mais exigente e seletiva, sem perder a esperança. Vamos em frente!

    2. Seu ponto de vista é perfeito , Max. Hj as investigações são sabidas por nós mas as forças sujas , superiores , fazem de tudo para sufocar o excelente trabalho dos investigadores da PF. Eu ainda acredito que , mesmo vagarosamente, as coisas vêm mudando no Brasil mas poucos olham com atenção e reconhecimento.

    3. No BR, já foi muito pior e pode voltar a sê-lo. Há pouco tempo atrás, sequer sabíamos sobre investigações dessa natureza o suficiente para comentarmos como agora. Há dois meses, um togado top bloqueou fontes valiosas de dados sobre movimentações financeiras suspeitas para interromper investigações contra "bebelôs" ligados a altas autoridades da República. As resistências são fortes e organizadas e o trabalho de investigação é hercúleo. Valorizemos sem deixar de criticar. Em frente PF!

  21. Essa questão da bonança não precisa ter nenhuma relação com as mensagens. Vermelho cometia diferentes tipos de crimes e obviamente não quer revelar seus comparsas em cada uma dessas frentes em que atuava. Para entender o que ele fez, é preciso compreender mais do seu próprio transtorno, o TDAH, associado nesse caso, a uma inteligência bem acima da média.

  22. Logo o beiçola solta e o bala.tofi suspende as investigações, tudo como antes no mundo de Abrantes, isto é, do Partido das Tramóias !!!

    1. “Tudo como dantes no quartel d’Abrantes”.. é a expressão..

  23. Tenho que acreditar que a PF é melhor que isso. Na verdade o interesse de desvendar nome passa por um crivo, que ainda nao sabermos. Muitos caciques e pouco índio.

    1. Somos todos palhaços - Bira pagar impostos para sustentar o circo!

  24. Alguma coisa tá ERRADA. Marielle, Adélio e Agora esse Vermelho. É só meter esses caras no PAU DE ARARA e choque elétrico nas partes deles . AÍ eles entregam até a MÃE. Tá faltando alguma COISA. Já que já esqueceram COMO fazer vagabundo dar o SERVIÇO.

  25. Antes considerava a PF muito sábia nas suas investigações. Mudei de ideia. Parece que o despreparo é evidente "demais". No caso de Adélio Bispo não convence ninguém. Nesse caso dos hackers não dá pra entender pq o quinto elemento não foi ouvido.

  26. É mesmo incrível a incapacidade de a PF arrancar a informação correta desse hacker... Ou será que a nossa legislação não permite o uso do polígrafo, ou do pentotal (soro da verdade)? Fosse num rincão distante, mesmo sem PF, garanto que a Polícia Civil já teria arrancado desse hacker a informação mais do que precisa sobre todo esse malfeito... No mais, é bastante expresssivo o codinome "Crash". Em TI em inglês, significa o momento em que um computador para subitamente de funcionar. Estranho, não?

  27. Jornalismo investigativo é assim, os fatos colocados à disposição para esclarecimento correto da opinião pública. As ações desses hackers são criminosas e devem ser punidas com rigor da Lei. Essa barbárie criminosa envolve a Lei de Segurança Nacional, inclusive dos pretensos jornalistas de plantão que vivem sob a égide sensacionalista em revelar conversinhas de bastidores, portando-se tal carolas velhas. A Policia Federal tem prerrogativas e condições para conclusão das investigações.

    1. Nada tem solução qdo chegam a esfera de gente maior. Torço pra polícia dar uma resposta pra este caso.Porque as mortes conhecidas, facada do Presidente ninguém chega lá.

  28. Nessa investigação como a Adélio Bispo no tocante a mandantes a PF está para esclarecer tudo ou infelizmente fracassar vergonhosamente

  29. Não vejo muito avanço nisso não o que demonstra que o Brasil continua se desmontando agora Com Aras e o firme propósito de Bolsonaro acabar com Moro , e a lava jato

    1. Você esta em profissão errada cara, faça um concurso na PF já

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO