RuyGoiaba

O triunfo do miliquismo de sunga

30.04.21

Ninguém pode me acusar de falar bem do Exército brasileiro: já comparei os gloriosos ministros militares dessa inteligência rara que supostamente nos governa ao Sargento Pincel dos Trapalhões — sem deixar de reconhecer que é uma tremenda injustiça com o personagem — e já escrevi que nós seríamos surrados pelas Forças Armadas da Guiana em caso de invasão. Também acredito que, para o grosso da turma de verde-oliva, qualquer coisa que não seja passar cal em meio-fio e tronco de árvore é rocket science e que aquele slogan “braço forte, mão amiga” só pode ser uma referência à atividade favorita dos adolescentes em idade de recrutamento (jogar videogame, leitor pervertido).

(Abro um parêntese para esclarecer que tentei servir à pátria — sem muita convicção, é verdade —, mas fui rejeitado, graças à bronquite e ao físico de etíope que eu ostentava na época. No grupo que fez o exame médico comigo, foram quatro os dispensados: um garoto de um metro e meio, outro com um desvio de septo nasal do tamanho de uma bola de gude, um terceiro com a coluna em S por causa da escoliose e eu. Foi de longe o melhor grupo de que fiz parte em toda a vida, inclusive porque nunca mais vi os caras. Fecha parêntese.)

Mesmo com essa alta conta em que tenho nosso Exército, confesso que fiquei espantado com as declarações de Luiz Eduardo Ramos, o ministro-chefe da Casa Civil, na reunião do Conselho de Saúde Suplementar na última terça, 27. No áudio do encontro, que foi vazado, tanto Ramos como Paulo Guedes brilharam muito — mais sobre Guedes abaixo, na Goiabice da Semana. Estas são as aspas do general sobre ter recebido a vacina contra a Covid: “Tomei escondido, né, porque a orientação era para todo mundo ir pra casa, mas vazou”. Sintam o drama: um general de quatro estrelas, com mais de 40 anos de carreira no Exército, que já foi comandante militar do Sudeste, tomando vacina escondido, como se fosse um moleque com medinho do chefe estúpido e negacionista.

Aqui me sinto obrigado a roubar a imagem de um amigo carioca para dizer: o governo Bolsonaro é uma espécie de triunfo do miliquismo de sunga. A imagem remonta ao fim dos anos 1970/início dos 1980, quando João Figueiredo — aquele do “quem for contra a abertura eu prendo, arrebento” — achou que era preciso dar uma modernizada na imagem do Exército depois dos anos de ditadura e, pior, acreditou que se deixar fotografar de sunga e tênis fazendo exercícios na Granja do Torto era uma BOA maneira de conseguir isso. Mas, na verdade, meu amigo quis se referir a um personagem clássico de Copacabana: o milico de pijama que tira o pijama, coloca a sunga e vai jogar seu frescobolzinho no Poshto Seish.

Podem reparar: com a exceção do general Santos Cruz — que não por acaso saiu do governo e é hoje um de seus principais críticos —, dá para imaginar todos os ministros militares de Jair Bolsonaro jogando frescobol de sunga em Copa e reclamando dessa pouca-vergonha que é o Brasil de hoje em dia. Mesmo aqueles que não são adeptos dessa prática (o general Ramos, por exemplo, prefere arrepiar na Harley-Davidson: born to be wild, mas tomando vacina escondido) circulam por aí vestindo sungas mentais e, como diria minha mãe, “mostrando as misérias”, principalmente a de terem topado ser sócios do desastre bolsonarista.

Até um país administrado pelos meus companheiros de rejeição no Exército, com escoliose e desvio de septo, seria mais habitável do que um lugar gerido pelo pensamento progressista e pela competência logística daqueles que, aprovados, hoje exercem o miliquismo de sunga. Minha única esperança é que a invasão da Guiana não demore — e que os militares guianenses pelo menos usem calças.

***

A GOIABICE DA SEMANA

Paulo Guedes reinou absoluto: na terça (27) de manhã, soubemos do áudio vazado em que ele dizia que “o chinês inventou” o coronavírus e, ainda assim, tinha uma vacina menos eficiente que a dos EUA — o que é coisa muito inteligente quando você é ministro da Economia e se refere a seu maior parceiro comercial, que por acaso também calha de ser seu maior fornecedor de vacinas.

Tinha como piorar? Ô, se tinha: mais tarde, tomamos conhecimento de outro trecho da reunião em que Guedes dizia que o problema da saúde pública no Brasil é que “todo mundo quer viver 100 anos, 120, 130. Não há capacidade de investimento para que o estado consiga acompanhar”. Então, brasileiro, faça o favor de parar com essa palhaçada de querer viver muito, que senão o ministro da Economia não consegue fechar as contas. Como disse o chargista Lafa, em um cartum anterior a essas declarações: se vocês morrerem, o Brasil decola!

Mathilde Missioneiro/FolhapressFoto: Mathilde Missioneiro/FolhapressHistória de superação: Guedes prova que é possível ser ministro sem ter superego

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Guedes me lembrou um episódio daquele seriado infantil Os Dinossauros. Existia uma lei ou costume de que o dinossauro que completasse 70 seria arremessado ao precipício para a morte. Já estou perto kkkk

  2. Mesmo com os milicos de sunga, o que esconde do chefe que tomou vacina e o que fez cocô na calça de medo de responder perguntas, Paulo Guedes leva a taça, com honra ao mérito.

  3. A inusitada falta de crime durante o governo presidencial obriga a imprensa a exercer sua criatividade de maneira anabolizada e grotesca. Esse goiaba é um bom exemplo com essa comédia bufa disfarçada de estudo antropológico-politico do país. Uma grande salva de gargalhadas para este texto.

  4. faltou o último comentário dele que qualquer filho de porteiro hoje em dia faz faculdade e assim não dá... referindo-se a bolsa de estudo tá na hora ro Guedes se aposentar pegou o vírus da família bolsonaro kkkk

  5. Seria interessante fazer uma pergunta ao Molusco 🦑: Temes tanto assim o Mourão para não pedir o impeachment do mandrião?

  6. Goiaba mesmo... maniqueísmo irracional( pleonasmo).. O comentário mais próprio dessa crônica seria uma frase do Procurador Carlos Fernando: “Tentar convencer ignorantes que são ignorantes é tempo perdido ! Eles querem simplesmente acreditar , incapazes que são de pensar por si mesmos”.. Ariano Suassuna também diria: “ Fanatismo e inteligência não podem conviver na mesma casa” Pense mais Sr. Goiaba! Desça do seu auto construído pedestal e tenha uma visão mais amplas dos fatos!

  7. O Brasil tinha fez reforma trabalhista, pois iria decolar é não decolou. Ah faça reforma na previdência que decola e não decolou. agora vamos fazer reforma tributária e administrativa que vai. Como já sabem que não vai dar certo, eles (governo) vai querer que quem se aposentar comete o suicídio. Pois daí o Brasil decola...

    1. Tenho ótima sugestão para o ministro Guedes. Copiar da Holanda a pílula do suicídio fornecida pelo Estado a quem tem mais de 70 anos e não quer mais viver. Um ganho para a Previdência e outro para o cidadão que fica livre dos genocidas e do Coronavirus. Sou candidata à pílula. Não ao corona.

  8. Quando o Bolsonaro ganhou as eleições, pensei: mais um presidente mequetrefe. Mas, pelo menos, teremos o Sérgio Moro e um ministro da economia liberal (ainda não conhecia o ministro Mandetta). Bem, o Moro não aguentou e saiu. Mas, depois desse vazamento (e de outros), ficou claro que o Guedes é tão despreparado nos demais assuntos quanto o nosso presidente. Tudo isso para dizer que a sua coluna é impagável. Dei grandes e altas gargalhadas! Parabéns! Rir é o melhor remédio.

  9. Paulo Guedes como ministro foi decepcionante! A ascensão de Bolsonaro ao cargo de presidente só foi possível porque ele tinha Moro e Guedes no seu ministério. Infelizmente os dois quase nada fizeram do que haviam prometido. Culpa total e exclusiva de Bolsonaro! As intenções eram as melhores porém o chefe “amarelou” com o vazamento do rachid do filho e trocou os pés pelas mãos botando tudo à perder!! Quem abandonou o barco logo no início conseguiu se safar do naufrágio. Os que ficaram, afundam..

  10. O projeto da pasta da Economia não contempla a saúde, para que todos morram cedo, nem o ensino, para que os pobres não ascendem socialmente, tampouco a saúde da economia a ponto de os pobres viajarem ao exterior. Para que serve um ministro da Economia senão para propiciar um ambiente favorável de oportunidades para todos os brasileiros?! O filho do porteiro,beneficiário do FIES, e a empregada doméstica, que visitou a Disney, sabem mais de Economia do que Guedes.

  11. Sou militar há 27 anos e o que mais vejo são esses incompetentes e borrabotas que estão no governo. Para ser militar basta ser bom em matemática e português e não ser corcunda. Daí para frente é só puxar o saco que o céu ou as 4 estrelas são o limite.

    1. Mas só permanece no governo Bolsonaro quem não tiver espinha dorsal, portanto sobra incompetência.

  12. Se era pra ser engraçada, a graça, talvez, foi esquecida no banheiro, desceu pelo vaso. Aliás, esta é uma das colunas que normalmente não leio. Besteirol puro, entediante, desimportante, tipo comédia brasileira filmada para ser exibida na “sessão da tarde”. Esperar o que de alguém que escreve para a Folha de SP? Mas não pude deixar de notar a... “preocupação” do “humorista” com militares (especialmente com a turma trajando sungas...). Constrangedor!!!! Freud certamente explicaria...

    1. Ahhh, é possível que o Exército brasileiro leve uma surra do Exército da Guiana como sugerido. Mas façamos breve reflexão: o Exército de cada país é formado apenas por nacionais (por naturalizados, em casos específicos); logo, o Exército brasileiro conta em suas fileiras apenas com brasileiros, não é uma premissa genial. Ora, se o brasileiro é um tipo covarde, metido a malandro, preguiçoso, golpista, chorão, indigno, despido de qq senso de civilidade e de patriotismo, o que a Goyaba esperava?

  13. A maior decepção do governo Bolsonaro, pois dele se esperava algo eh Paulo Guedes...a falta de habilidade assusta, nao consegue dizer o que tenta sem soltar um disparate que tira o foco...lamentável. Nao conseguiu sair de maneira honrosa como Moro, Mandetta e Teisch. Vai sair pior que a Karol com K...

    1. Nunca dei crédito ao presidente Bolsonaro, mas apostei minhas fichas nos seus ministros, principalmente, o da Economia. Veja só o fiasco.

  14. Quão estúpidos e boçais são esses dois ministros: Paulo Guedes e Eduardo Ramos. O Brasil e os brasileiros não merecem padecer dessa forma por causa desse (des)governo. Deus tenha piedade de nós!

    1. Marcone os dois velhinhos fazem parte do governo do capitão genocida que foi colocado no P. do Planalto pelos brasileiros. Nós merecemos sim o que estamos passando com o desgoverno desse louco. O povo ajudou a afundar o país e deixar políticos bilionários.Quem votou no Bolsonaro tem responsabilidade também sobre os mais de 400 mil mortos. Essa culpa não vou carregar.

    2. Alexandre, eu tinha certeza que era pior. Depois de um tempo comecei a ter certa dúvida. Agora acho que os dois eram ruins na mesma proporção.

  15. Sobre Guedes, cabe ao "gênio da economia" o que De Gaulle disse do Marechal Pétain: "A velhice é um naufrágio". Com relação ao general Ramos, fica difícil entender qual é o conceito de bravura ou coragem que ele tem. Talvez conheça bem o significado do vocábulo covardia. Fico a imaginar o general Santos Cruz, vendo o cabaré pegar fogo, sentir a chamada vergonha alheia pela subserviência dos estrelados no governo. O que um contra-cheque não é capaz de fazer...

  16. A imbecilidade, original ou fingida em apoio ao chefe idiota, é mais contagiosa que o coronavírus da COVID, como você brilhantemente demonstrou, Ruy Goiaba. Parabéns!

  17. Texto sem pe nem cabeça, mostra um humor deletério que esconde um ser frustrado, ressentido e com problemas com autoridade. Lamentável que espaço nobre seja desperdiçado com tanto lixo.

  18. Gostei do carioquês com SH, mas o prefiro com X poix fica maix jóia bixu... Nú maix 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏😂😂👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏🤝🤝🤝🤝🤝👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏🤝🤝🤝🤝🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🙏🤞🤞🤞🤞🤞🤞✌️✌️✌️✌️✌️✌️✌️✌️👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏😂👏👏👏👏👏👏😂😂😂👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏🤪

  19. CIRÚRGICA ESTA FRASE 'SE VCS MORREREM O BRASIL DECOLA' É BEM ESSA A IDÉIA MESMO. A INCOMPETÊNCIA É GRITANTE E A CULPA É DO POVO QUE NÃO AJUDA. QUANTO MAIS MORTES MELHOR PARA O GENOCIDA AFINAL DE CONTAS ESTÁ DIFÍCIL MANTER O PAÍS SEM QUE HAJA UMA REDUÇÃO EM BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS E AUXÍLIO EMERGENCIAL. O ORÇAMENTO DE 2021 É UM EXEMPLO DE COMO O PAÍS ESTÁ SENDO TOCADO E O CENTRÃO ESTÁ DEITANDO E ROLANDO NA IMBECIALIDADE DE UM MEMBRO DO BAIXO CLERO. PARA QUEM VIVIA DE RACHID AGORA É OTÔ PATAMÁ

    1. É só oferecer pelo SUS a pílula do suicídio como faz a Holanda. Não vai faltar candidato para ficar livre desses idiotas do desgoverno.

    1. Como o citado milico inútil, você tb ri escondido. ACORDA BOZOMERDA ESTÚPIDO!

    2. IZELIANA (que nome feio) porque você não pega seu boné e se manda?

  20. 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣 Goiaba, valeu ler a Crusoe inteira hoje, e ler você por último. Morri! 🤣🤣🤣🤣🤣🤣😅🤣😅😅😅🤣🤣🤣

    1. Pois é a primeira coisa que leio. É sempre 10. Mas hoje foi 10.000.

  21. Ah, agora entendi! O Bolsonaro só está matando este mundaréu de gente para que as contas do Paulo Guedes fechem. Eu, maliciosa incurável que sou, achei que as mortes acontecem pela falta de vacinas causadas pelo negacionismo. Mas, não! É questão matemática. Rui, você “é a luz, a verdade, a vida”...MS

    1. Lembre-se do comentário da assessora do PG, Solange Vieira, especialista em previdência, que vaticinou e glorificou o COVID, nos seus primórdios, que ajudaria muito as contas da previdência pois “matava” mais os idosos. É só procurar nos jornais da época.

  22. Muito bom texto. Quando bebia em botecos (parei de beber), certa vez um amigo chegou todo gracioso, com uma Harley que tinha comprado. Já estava meio bêbado, e tive que aguentar ele contar, o que esperava da vida com a nova motocicleta, pois nascemos para ser selvagens. Eu falei para ele que o mais certo, era ele estar passando por uma crise da meia idade. Um selvagem que se equilibra na vida fora da lei, não tem carteira, trabalho em horário comercial... e ñ se curvam a tomar vacina escondido.

  23. O poshto seish na verdade do irritante sotaque seria POIISHTO ,isso porque o eles põem x e i em tudo assim tambeinn é uma FEIISHHTA.

    1. Acho que o sotaque carioca é o responsável por grande parte dos brasileiros escrever "mais" em vez de "mas". Eles escrevem como ouvem falar.

  24. NÃO SOU FÃ DE BOLSONARO E NEM MESMO DESSES IDIOTAS QUE VOCÊ CITOU NO SEU ARTIGO, MASD REFLETINDO VOCÊ É TAMBÉM UM IDIOTA MEDÍOCRE.

  25. ri muito, muito mesmo com o "BRAÇO FORTE , MÃO AMIGA" nunca entendi direito porque chamamos soldados combatentes da segunda guerra de pracinhas, sempre me pareceu um menosprezo. mas imaginar um pracinha (na pracinha) braço forte mão amiga, è hilario.

  26. muito boa essa coluna, agora descobri porque Bolsonaro é contra o isolamento social e contra a vacina, porque quando mais morrer pessoas velhas mais a conta fecha e sobra dinheiro para os nossos queridos políticos.

    1. É aquela história: sempre pode ficar pior. A turma do "governo" é muito sem noção.

  27. Sérgio Porto liberou as crônicas de Stanislaw Ponte Preta, para que virassem livros. Deu nos Febeapá 1, 2 e 3 (o festival tinha muita matéria prima). Espero que o Rogério Ortega e o Dr. Eduardo Gonçalves façam o mesmo com seus alter egos, Ruy Goiaba e Tostão, respectivamente. Seus textos terão o gosto da atualidade por muito tempo, e sua leitura constitui sempre um prazer, todas as semanas.

  28. O maior problema é que os generais "mostram suas misérias" intelectuais... Além do General Santos Cruz, o general Brito também escapa dessa mediocridade. Goiaba, sua coluna sempre salva a semana.

  29. Muita ingenuidade,hoje tudo sai na mídia,esses pensamentos assim só no chuveiro,pois são pessoas com cargo público,e não tem o direito de expressar opiniões pessoais

  30. ótimo.Gosto do Guedes. Mas ele se deixou contagiar pelo horror do planalto, para não dizer pior e me deixar contaminar pelo Diogo no Manhattan

  31. Eu , como espiritualista, concluo que é preciso muita " calma " para enfrentar esse karma de ter nascido aqui. É de desafiar até a paz de um Buda! Torço para que a teoria da reencarnação esteja certa e que D.Pedro II, já tenha renascido e esteja i em idade de se candidatar, não pela volta da monarquia, esse tempo já passou, mas pela volta da inteligência e da decência na arte de governar. Quem sabe o Brasil vote a ser respeitado no mundo como nos tempos do grande estadista imperador!

  32. Não acredito que seja honesto julgar todos os militares e a Força- como instituição- apenas pela performance desastrada(concordo) de meia dúzias de generais. Da mesma forma não se deve julgar toda imprensa pela forma desastrada e tendenciosa de alguns jornalistas. Concordo plenamente com a interpretação que o artigo oferece sobre a subserviência de alguns generais no Governo, mas não é correto generalizar aos demais e à instituição como um todo.

    1. Dizem que o vírus ataca a quem tem baixa imunidade e seria ótimo se atacasse a quem tem alta impunidade.

    2. Pedro, a coluna do Goiaba é posta para propor algo engraçado nesse mar de críticas, mazelas e escândalos de quase todo o conteúdo. Sugestão: toda sexta, comece por ela e lembre-se o Exército existe para proteger as fronteiras e a ordem interna, sob o comando de generais, pagos com recurso dos contribuintes. Se o inimigo for um vírus, a vacina é a arma mais eficiente.

  33. Muito bom, como sempre. E como na semana passada, sem risos, mas pesar. Adorei as "sungas mentais"! Lamento as sungas mentais!

  34. ufa consegui abrir o artigo do Rogério ! E mais uma vez sensacional, hilário e inteligente como sempre! Não se fazem mais cronistas ao mesmo tempo eruditos e comicamente criticos como "Rogério Goiaba"...abraço querido etiope bronquitico!

    1. Precisa atualizar o site . Varias tentativas para acercar materia. Informação Genial como sempre.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO