Não às provas ilícitas

19.03.21

Responsável pela apuração interna, no Ministério Público Federal, da suposta tentativa de integrantes da Lava Jato de Curitiba de investigar ministros do Superior Tribunal de Justiça, o subprocurador José Adonis Callou de Sá se recusou a analisar as mensagens roubadas por hackers. Em manifestação enviada ao presidente do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, Callou de Sá destacou que a Constituição proíbe o uso de provas ilícitas para punir pessoas e afirmou ser ilegal o inquérito aberto de ofício pelo ministro em fevereiro para investigar os procuradores.

ReproduçãoReproduçãoCallou de Sá diz que as mensagens roubadas não têm valor para acusar

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Muito digno desse subprocurador. Honrando o Ministério Público como poucos e servindo efetivamente à JUSTIÇA, coisa rara até mesmo nas altas Cortes que disso deveriam se ocupar.

  2. Sim, está previsto na Constituição. Art 5º/LVI: "são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos". O Lewandowski, e também o Gilmar Mendes, não costumam respeitar a Constituição!

  3. Quando quero desabafar,vocês não comentam,será que agora devemos silenciar? Parabéns Sr Procurador ,haja pelo bem do País ,não a hipocrisia dessa gente .

  4. São os Funcionários de Carreira que ainda seguram este País e não os Carreiristas. Parabéns José Adônis, por fazer o que é certo.

    1. Servidor de carreira está em extinção no Brasil. Paulo Guedes quer acabar com tudo e sobrar só a rachadinha mesmo

  5. Parabéns, um que está cumprindo a LEI e dizendo não a organização montada para acabar com a lava jato, Sérgio Moro, Deltan etc

  6. ... estamos vendo, com a frequência menor do que esperávamos e seria necessário, aparecerem pessoas dotadas de conhecimento técnico, caráter e dignidade se posicionando contra esta "corja" que está no poder nos diversos poderes da República. Seja bem vindo Dr. Callou de Sá, tenho a certeza que esta não é sua primeira atitude neste sentido. Parabéns e conte conosco!

  7. Os Procuradores da República estão sendo massacrados por tribunais que deveriam ser superiores, mas são inferiores, pois não distribuem justiça, mas injustiça. Que bom que o Dr. Sá é destemido e, acima de tudo técnico.

  8. O óbvio será restaurado. Comprar um produto de roubo é crime também, para quem o adquire, Portanto, aqueles que aproveitam dessas mensagens roubadas, são criminosos. Acontece que ministros do STF estão acima da Constituição, e não defensores dela como apregoam. Deuses no Olimpo. Debocham da justiça. O ministro Gilmar Mendes é o cappo dessa máfia.

  9. Parabéns José Adonis até que enfim um sup procurador que atua conforme a lei e que não deseja enterrar de vez a lava jato que tanto contribuiu para a punição de bandidos até a OCDE está preocupada com os antis e corruptis .

  10. Pois é dr Callou de Sá, os comentaristas dessa revista, pouco se interessaram em marcar presença nessa espetacular iniciativa de coragem, destemor e honorabilidade. Fosse algo como um comentário sobre o Bozo, terism awui uns 200 coments. Vou reproduzir esse fato raro nas redes sociais o tanto possível. Parabéns pela sua honradez. apscosta/df

  11. A chamada da edição da semana apresenta o título da matéria exatamente o oposto de "Não às provas ILÍCITAS" ...

  12. Só o sr. Gilmar Mendes não sabe disso. Para ele isto não existe e continua a julgar os casos com mensagens roubadas dos hackers. Isto é ilegal.

    1. Pois é Dr Callou. Essa aqui preferiu corrigir a construção da chamada. Não deve ter percebido o tanto que a sua atitude é raríssima nessa m.e.r.d.a de país. apscosta/df

  13. PQP todos deveriam proceder assim. Serem constitucionais contra um STF inconstitucional... só na Banania é possível ter incompetentes, para não dizer algo mais grave, no supremo.

  14. Parabéns por ter feito o certo. Já chega dessa justiça customizada, que toma decisões ad hoc para proteger criminoso, e atacar os que fazem a justiça de fato.

  15. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE!” O Brasil finalmente terá Um Governo Fundado no “IMPÉRIO DA LEI!” Não seremos LUDIBRIADOS com o “Velho Plano de MELHORAS na ECONOMIA!” Triunfaremos! Sir Claiton

  16. Não se deve obedecer ordens manifestamente ilegais, mesmo que essas ordens venham do Olimpo/STF. Se todos os juízes, PF, agissem assim, a tal "segurança jurídica" voltaria aos trilhos.

  17. Homem na acepção da palavra, precisamos de muitos como ele para expor a podridão que existe nos poderes da República, acredito que provas existem e é o motivo do desespero de alguns, está passando da hora da sujeira vir a tona e todos conhecerem a verdade.

  18. Assinou a sua "pena de morte". Honestos não tem vez no alto escalão do judiciário. Vai fazer companhia a Deltan Dallagnol e outros tantos heróis descartados por insistirem em fazer o que é certo.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO