Lula Marques/Fotos Públicas

O algoz da Lava Jato

O plano de Augusto Aras prevaleceu e a maior operação anticorrupção da história, com suas forças-tarefas enfraquecidas ou extintas, está asfixiada
27.11.20

O método maquiavélico para promover ações impopulares já virou lugar-comum. Para reduzir danos, o poderoso que deseja acabar com um projeto exitoso e bem avaliado, por razões que raramente são republicanas, comunica ao grande público que fará exatamente o contrário, anunciando mudanças para torná-lo melhor e mais eficiente. Só que não. É essa lógica política que o procurador-geral da República, Augusto Aras, aplicou para implodir a Lava Jato. Na última quarta-feira, 25, o chefe do Ministério Público Federal encaminhou uma proposta ao Conselho Superior da instituição para criar cargos exclusivos de combate à corrupção em todas as capitais do país. À primeira vista, como sugere o texto redigido por Aras, a ideia parece convergir com os interesses de quem quer caçar crimes e punir criminosos. Os novos procuradores seriam cedidos por um ano para as “unidades” do Paraná e do Rio de Janeiro, onde “colaborarão” com as investigações, “se inteirarão das boas práticas ali adotadas” e depois as “replicarão” em seus estados de origem. Por trás da retórica, porém, está a consumação do plano para desmontar as forças-tarefa da Lava Jato, a fórmula de sucesso que impulsionou a maior ação já feita contra crimes do colarinho branco, e extinguir definitivamente a operação que incomoda uma extensa parcela da elite política e empresarial brasileira. Uma atuação que não apenas mina o cerco à impunidade como também compromete a recuperação de milhões de reais desviados dos cofres públicos.

Não faltam motivos para desconfiar do real objetivo do procurador-geral, que já disse ser contra o modelo de força-tarefa e que pretende acabar com o “lavajatismo” para “institucionalizar” os grupos de investigação. Aras encaminhou a proposta ao subprocurador Alcides Martins, seu aliado no conselho do MPF e relator do projeto de “redesenho” da estrutura da instituição, sem consultar a Lava Jato do Rio e de Curitiba sobre suas reais necessidades. Pior: sem garantir a continuidade das duas forças-tarefas, cujos prazos de funcionamento terminam no início de dezembro e no final de janeiro, respectivamente. Com mais de 400 investigações em curso, os coordenadores dos dois grupos já pediram a prorrogação por mais um ano e a manutenção do mesmo efetivo de investigadores, com dedicação exclusiva aos casos de corrupção. Ainda não tiveram nenhuma resposta. A urgência de Aras é mesmo para viabilizar o seu plano. No ofício enviado ao conselheiro, ele afirma que pelo fato de a proposta provocar a movimentação de muitos procuradores, “os meses de final de ano são os mais propícios para a realização dessas remoções” e, por isso, há uma “premência na adoção dessa solução”. Conselheiros ouvidos por Crusoé disseram que foram pegos de surpresa com a proposta e que sua implementação ainda depende de uma análise do colegiado, o que ocorrerá nesta sexta-feira, 27. Para eles, ao apresentar a ideia em cima da hora, antes de sequer prorrogar os dois braços mais importantes da Lava Jato, Aras tenta pressionar o conselho a referendar o seu plano de asfixiar a operação até extingui-la.

O desmonte paulatino das forças-tarefas ocorre de forma pouco ruidosa, com despachos aparentemente burocráticos, mas que produzem efeitos práticos altamente danosos. O principal deles é a revogação – ou, de maneira mais sutil, a não prorrogação – das liberações para que procuradores atuem exclusivamente na Lava Jato, sob o argumento de que é preciso reduzir gastos. Na prática, todos os casos relacionados à operação são distribuídos para o gabinete de um único procurador, por conexão. Por causa do acúmulo de casos complexos, que envolvem agentes poderosos, doleiros e sofisticados métodos de lavagem de dinheiro, esse “procurador natural” solicita ao PGR o auxílio de colegas, para que se dediquem exclusivamente às investigações dos esquemas já descobertos. Foi assim que surgiu a força-tarefa de Curitiba com Deltan Dallagnol, em abril de 2014, para investigar os desvios ligados à Petrobras, e a do Rio, há quatro anos, para investigar a organização criminosa de Sérgio Cabral. É unânime entre aqueles que atuam na linha de frente do combate à corrupção a importância da dedicação exclusiva dos procuradores nesses casos. Sem isso, as chances de sucesso são drasticamente reduzidas. Desde que assumiu o comando do MPF por indicação de Bolsonaro, há pouco mais de um ano, porém, Aras caminha na contramão, apesar do discurso de “fortalecer” as investigações. A doutrina Aras já resultou no fim da Lava Jato de São Paulo, com o pedido de demissão coletiva dos integrantes da força-tarefa, em setembro, e na fragmentação da Greenfield, operação iniciada em 2016, em Brasília. para investigar desvios bilionários em fundos de pensão, na Caixa Econômica Federal, no FGTS e em aportes do BNDES.

Paulo Lisboa/FolhapressPaulo Lisboa/FolhapressColetiva da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba em 2016: modelo de sucesso está em processo de desmonte
O plano do procurador-geral ganhou forma em julho, após a reação das forças-tarefas contra a atabalhoada investida da PGR para acessar os bancos de dados sigilosos da Lava Jato nos estados — um movimento capitaneado por Lindora Araújo, principal auxiliar do procurador na área criminal. Na ocasião, Aras lançou um edital para recrutar membros do MPF em todo o país dispostos a atuar como colaboradores nas operações, sem dedicação exclusiva, ou seja, acumulando o trabalho de combate à corrupção com as atividades de seus cargos de origem. A iniciativa foi um fracasso. Apenas doze procuradores se inscreveram. Desses, quatro foram alocados na força-tarefa de Curitiba, um reforço para o grupo de 13 investigadores que teve pouco efeito prático. Das centenas de procedimentos em curso, eles só atuam em oito casos mais “autônomos”, porque desconhecem as minúcias dos esquemas investigados há mais de seis anos pela Lava Jato, além de permanecer em seus estados acumulando os processos locais, que não têm a menor relação com os esquemas de corrupção.

Desde a saída de Deltan Dallagnol, em setembro, em meio a dois processos disciplinares e sob pressão velada de Aras, a instabilidade da força-tarefa de Curitiba só se agravou. Naquele mês, o PGR usou o poder de sua caneta para suspender uma decisão liminar de uma conselheira do Ministério Público Federal, Maria Caetana Cintra, e prorrogar a Lava Jata paranaense por apenas quatro meses. Maria Caetana havia estendido os trabalhos por um ano, como queriam os procuradores. “O Conselho Nacional (do Ministério Público) decidiu que Vossa Excelência é absolutamente incompetente para fixar prazo de prorrogação de força-tarefa de Lava Jato. Esta é uma competência exclusiva do procurador-geral da República”, disse Aras à subprocuradora na ocasião.

A falta de interesse em razão das condições de trabalho oferecidas por Aras também atingiu em cheio a Greenfield, que, assim como a Lava Jato, investigava crimes no sistema financeiro e resultou na prisão de figurões da política, como os ex-ministros Henrique Eduardo Alves e Geddel Vieira Lima, ambos do MDB. A Greenfield também se debruçou sobre a atuação do ministro Paulo Guedes em negócios com fundos de pensão antes de assumir a cadeira no governo de Jair Bolsonaro. Também foi nessa operação que a J&F, a holding da JBS controlada pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, celebrou um acordo de leniência para devolver 10,3 bilhões de reais, abrindo caminho para a delação premiada que revelou os pagamentos ilícitos do grupo para dezenas de políticos importantes.

Gilmar F.Estevam/FolhapressGilmar F.Estevam/FolhapressCelso Três, o novo coordenador da Greenfield, reza na cartilha de Aras e é um crítico ferrenho da Lava Jato
Diante da teia de investigados que só crescia, o então coordenador da força-tarefa, Anselmo Lopes, chegou a pedir o apoio de 15 procuradores com dedicação exclusiva. O pleito nunca foi atendido. A equipe chegou a contar com cinco investigadores, mas desde que Anselmo deixou a coordenação, também em setembro, todos os procuradores perderam a exclusividade. Uma das integrantes que divide as apurações sobre esquemas envolvendo cifras bilionárias com seus processos comuns no Ceará, por exemplo, teve de participar nesta semana de uma audiência de reintegração de posse na cidade de Limoeiro do Norte, no interior do estado, cujo orçamento anual corresponde a apenas três vezes o valor de 51 milhões de reais encontrados no bunker de Geddel em Salvador.

Em sua carta de despedida da Greenfield, Anselmo Lopes lembrou que, além de questões familiares, “pesou bastante” em sua decisão “a insuficiência de dotação de uma estrutura adequada de trabalho à força-tarefa”. Mais uma vez, Aras abriu um edital em busca de um substituto. Primeiro, com membros do MPF em Brasília, mas ninguém se habilitou. Procuradores ouvidos por Crusoé apontam os mesmos problemas para toparem a empreitada: a falta de estrutura e de apoio do PGR, o que pode fazer com que acumulem centenas de casos que jamais seriam resolvidos antes da prescrição. Aras fez, então, uma consulta a procuradores de todo o país. Na última quarta-feira, 25, a PGR divulgou que o único inscrito, Celso Antônio Três, assumirá o posto, sem precisar acumular a operação com casos de Novo Hamburgo, no interior do Rio Grande do Sul, mas também sem a obrigação de se mudar para Brasília, onde correm as ações da Greenfield. Experiente, Celso Três foi um dos responsáveis por dar partida ao caso Banestado, em 1997, que identificou pela primeira vez o esquema de evasão de divisas operado no Paraná pelo doleiro Alberto Youssef, um dos primeiros delatores da Lava Jato. Mas agora o novo coordenador da Greenfield é um crítico ferrenho das últimas ações anticorrupção realizadas no país, reproduzindo a versão de que os procuradores de Curitiba e o ex-juiz Sérgio Moro cometeram abusos para favorecer um projeto político da direita.

A portaria de Aras que indicou Celso Três foi embasada por uma decisão de seu vice na PGR, o subprocurador Humberto Jacques. No documento, o nome “força-tarefa”, abominado pela cúpula do MPF, não é mencionado uma vez sequer. Contrário ao modelo, 02 de Aras teceu críticas à Greenfield. De acordo com procuradores, se a estrutura não for incrementada, o prazo estimado para concluir os casos e atingir as metas passará de 2022 para 2042. Atualmente, há 49 ações penais e 24 investigações envolvendo 435 suspeitos, e cerca de 3 trilhões de reais — isso mesmo, trilhões — em movimentações financeiras de quebras de sigilos bancários a serem analisadas. Com o fim da força-tarefa em dezembro e a posse do novo procurador, boa parte do acervo será redistribuída para investigadores que não necessariamente têm familiaridades com os casos.

Gil Ferreira/CNJGil Ferreira/CNJLindora Araújo, braço direito de Aras na área criminal, é uma das principais peças do novo plano
O cenário que se desenha na Greenfield em Brasília já é realidade em São Paulo, onde, de fato, a Lava Jato já tem data para acabar. Desde o pedido de demissão coletiva dos procuradores da força-tarefa paulista, no fim de setembro, a procuradora natural do cargo que concentra os casos relacionados à operação, Viviane Martinez, já redistribuiu ou arquivou 29 procedimentos em caráter sigiloso, entre os quais casos envolvendo os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Michel Temer e partes das delações do ex-ministro Antonio Palocci e do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro. A meta definida por ela é “sanear” o estoque até o fim do ano. Viviane, que foi pivô da renúncia de sete procuradores da Lava Jato paulista há menos de dois meses, criticava internamente a atuação dos colegas por supostamente concentrar investigações na força-tarefa, em vez de distribuir por sorteio a outros procuradores. A queixa foi formalizada por outro procurador na corregedoria e motivou a abertura de uma sindicância no órgão que ainda não foi concluída. O grupo argumenta que todos os casos mantidos tinham conexão entre si e pediu reforço a Aras no início do ano. Em vão. Ainda estão com a herdeira dos processos da Lava Jato, que assumiu a cadeira em março deste ano, quase três anos após a criação da força-tarefa paulista, 275 investigações e ações penais envolvendo figurões da política, como o senador José Serra, os ex-ministros Gilberto Kassab, Aloysio Nunes e Alexandre Baldy, e o vice-governador Rodrigo Garcia.

O caso paulista ilustra bem um outro efeito deletério da instabilidade das forças-tarefas alimentada pela atual gestão da PGR. Isso porque a falta de segurança sobre o avanço dos casos e o cumprimento de acordos com o MPF inibe, por exemplo, as negociações de leniência e delação premiada, fundamentais para a obtenção de provas e restituição de dinheiro desviado. Só nos últimos meses, naufragaram em São Paulo duas grandes negociações envolvendo as empreiteiras Camargo Corrêa e Queiroz Galvão, cujos executivos estavam dispostos a colaborar com depoimentos e documentos sobre pagamentos de propina a agentes públicos em obras do Rodoanel e do Metrô paulista, além de construções realizadas em outros estados, como Amazonas e Ceará. O advogado de um executivo que estava negociando com os procuradores da extinta força-tarefa admitiu a Crusoé que o “caos” instaurado na Lava Jato deixou seu cliente inseguro em continuar a discutir uma delação. Considerado o eixo mais promissor da Lava Jato para os próximos anos, por ter sido o último a ser criado e envolver não somente políticos paulistas, mas grandes empresas e bancos privados, o braço da operação em São Paulo acabou antes mesmo de atingir o seu máximo, por causa da PGR, que já desidratava a força-tarefa sem prorrogar a atuação exclusiva dos procuradores e agora nem sequer acena com qualquer apoio.

O novo plano de Aras para “fortalecer” o combate à corrupção no país com a proposta de criação de um cargo exclusivo em cada capital surge no momento em que as equipes da Lava Jato em Curitiba e no Rio se organizam para estruturar seus respectivos grupos de atuação especial contra o crime organizado, conhecidos como Gaeco, para receber o acervo da Lava Jato caso Aras decida mesmo acabar com a operação. Como essa organização pode ser feita pelas chefias do MPF em cada estado, ela ficaria imune a qualquer ingerência política da cúpula da PGR em Brasília. No mês passado, Aras chegou a manifestar em uma reunião com o procurador Alessandro de Oliveira, sucessor de Deltan na Lava Jato de Curitiba, a preferência pelo Gaeco no lugar das forças-tarefas, depois que sua ideia de concentrar as investigações em uma Unidade Nacional Anticorrupção, a Unac, sob seu comando, perdeu força no Conselho do Ministério Público, que discute a adoção de um modelo independente que seja blindado dos interesses do chefe de plantão da instituição. Mas já há quem veja na nova proposta de combate à corrupção de Aras uma forma de manter estruturas regionais diretamente subordinadas a ele, o que enfraqueceria os grupos especializados a serem criados.

Pedro Ladeira/FolhapressPedro Ladeira/FolhapressO procurador-geral com Bolsonaro, que o escolheu: discurso de campanha do presidente foi para as calendas
No Rio, onda a Lava Jato acumula mais de 2 mil processos, a proposta de criação do Gaeco já está sob análise da chefia local. Ainda assim, os investigadores esperam que a força-tarefa seja prorrogada por pelo menos um ano, para que possam acompanhar as ações judiciais e a executar novas operações decorrentes de apurações já em curso. Com doze procuradores, o grupo pode ter obtido uma “sobrevida” após ter feito praticamente 99% da investigação que resultou na operação da PGR contra o governador Wilson Witzel, afastado do cargo por decisão do Superior Tribunal de Justiça, após suspeita de corrupção, e alvo de um processo de impeachment na Assembleia Legislativa. Witzel, até aquele momento, era um dos principais desafetos políticos de Bolsonaro, o responsável pela indicação de Aras para comandar o MPF em 2019.

Se dentro do próprio Ministério Público a Lava Jato vem sofrendo um grande revés, fora de lá a operação segue sob fogo cerrado. Do Supremo Tribunal Federal, onde os investigadores sofreram suas maiores derrotas nos dois últimos anos, sob a gestão do ministro Dias Toffoli, continuam partindo tiros potentes, disparados pela conhecida ala garantista da corte. Na terça-feira, 24, os ministros da Segunda Turma, que julgam os casos da operação, decidiram manter sob sua batuta o julgamento de ações já em tramitação, contrariando uma mudança de regimento apresentada pelo presidente Luiz Fux e aprovada pelo demais magistrados, em outubro, para enviar ações penais contra parlamentares com foro para o plenário. A medida de Fux foi vista como um sopro de esperança para a Lava Jato no STF, que vinha acumulando derrotas na Segunda Turma e imaginava um cenário ainda mais desolador com a posse do ministro Kassio Marques na vaga do decano Celso de Mello.

A nova manobra foi articulada pelo ministro Gilmar Mendes e acompanhada por Ricardo Lewandowski e pelo próprio Kássio. Carmen Lúcia não participou da sessão. Edson Fachin, relator da Lava Jato na corte, foi voto vencido. Com isso, a Segunda Turma garantiu para si, entre outros casos, o julgamento da suspeição do ex-juiz Sergio Moro, pedida por Lula, e recurso do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, contra a operação do Ministério Público do Rio que investigou o esquema de rachid em seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio. Na quinta-feira, 26, Fux reagiu, contestando a manobra capitaneada por Gilmar e dizendo que não permitirá a desconstrução da Lava Jato no Supremo. “Todas as ações penais e todos os inquéritos passarão pela responsabilidade do plenário, porque o STF tem o dever de restaurar a imagem do país a um patamar de dignidade da cidadania, de ética e de moralidade do próprio país”, afirmou o presidente. A ver até onde ele conseguirá fazer frente às poderosas forças que atuam contra a operação, inclusive no próprio Ministério Público.

Com reportagem de Fabio Serapião e Luiz Vassallo
Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Só basta olhar pra cara desse escroto. Afinal, o Jair foi buscar ele, escolhido a dedo, em meio a centenas de procuradores com índoles opostas à essa que ele escolheu pra fazer esse trabalho que tá fazendo. Ainda dizem que Bolsonaro é burro. Fez isso lá no início e ninguém imaginou que a intenção era essa. Achávamos que era só mais uma afronta do PR improvável contra tudo e contra todos. E se brincar e se livrar o menino traquino : vai pro supremo.

  2. Fabio Leite produziu um texto jornalístico de fôlego. Parabéns! Só tem uma coisa: Eu NÃO AGUENTO MAIS OLHAR PARA A CARA DESTE B*... (aras)

  3. O Bolsonaro deve estar muito satisfeito com o desempenho do PGR (Pilantra Geral da República) Aras e do KKK (Kássio Kopia e Kola) no STF. Aguardem seu reinado só irá até 2022. MORO vem aí e vai detonar todos vocês.

  4. Todo esse processo que está em andamento, é feito como base para proteger os políticos corruptos com processos e condenações, que prometem em troca salvar a pele de Flávio e Queiróz. Além disso, tem a promessa de Bolsonaro de indicar o Aras para a próxima vaga do STF, “dependendo de como ele se comportar”

  5. A operação lava-Jato foi um enorme sopro de esperança pela mudança nos rumos deste país. No sentido contrário, saem das sombras estas criaturas malditas, que pela falta de espírito público, e assumida incompetência, dedicam-se a criar ardis para solapar as esperanças de um país mais justo e viável.

  6. Hora e vez de Gilmar Mendes e Augusto Aras vai chegar... mais cedo ou mais tarde vai chegar... Nunca vi ervas daninhas produzir algo útil....

  7. Aqui é o calcanhar de Aquiles do Bolsonaro, não essas tolices infantis que a militância de esquerda fica repetindo. Se elegeu exaltando o combate a corrupção e a lava jato então quando chegou perto dos filhos abraçou o diabo aceitando esse sujeito pra dinamitar por dentro a operação. Lamentável. 2022 está aí!

  8. O pessoal da Crusoé dá muita credibilidade ao Aras, que foi apenas um instrumento utilizado para um certo fim. O famoso testa de ferro. Os créditos devem ser dado a outros. #wakeupdeadman

  9. Eu nunca entendia a criação do Inferno. Agora está explicado. Mas uma coisa é certeira: dentre brevíssimo tempo, o inferno de Aras e de sua trup, vai começar em grande estilo. Aguardemos.

  10. :-( esse país nunca será uma nação séria enquanto prosperarem essas quadrilhas amparadas pelo alto escalão do executivo, legislativo, judiciário e ministério público. Do que eles têm tanto medo?

    1. Não adianta amaldiçoá-los. Eles têm poder e continuarão a fazer suas maldades. A nós , o povo, nos resta trabalhar e pagar impostos .

  11. Quando Deus criou o mundo -não se formavam, ainda, Grupos de Trabalho àquela altura- foi indagado por um arcanjo, por que havia ausência das intempéries que, diletantemente, distribuíra ao longo de todo o globo terrestre e, naquele continente, onde o Brasil seria instalado, nenhum daqueles fenômenos estavam presentes. Então, ELE respondeu: Deixa estar, pois lá viverão "meus filhos", que terão os governantes que merecem!!! EU OS ABENÇOAREI!🤣

  12. é triste vermos nosso futuro sendo jogado no esgoto , e sempre por aqueles indicados politicamente sempre pelos piores critérios, sem meritocracia , temos um país que sempre que começa a andar pra cima combatendo os maiores e piores criminosos , vem os do andar de cima , que parece que são colocados lá estrategicamente para beneficiar os que realmente roubam e destroem nossa rica nação, e conseguem na canetada destruir tudo , exatamente como os políticos que invertem tudo e vendem o oposto.

  13. Perversidade. Políticos, juízes de reibunais superiores, MPF todos em conluio para dilapidar o povo, nada diferente do poriodo colonial. Vamos ganhar esse jogo somente na urna, pois todas essas manobras estão dentro da lei. Não desistirei!!!

  14. Ótima reportagem! Com tudo que foi relatado, o que acontecerá é que o Brasil continuará na sua categoria de "país em desenvolvimento". O combate à corrupção é um dos pontos chaves para uma mudança de patamar. Cartão vermelho para o Aras!!

  15. A História nunca foi nem será escrita por perdedores, por vitimistas que esperam ganhar os reinos dos céus porque foram honrados, honestos,defenderam o bem contra o mal. Quem pensa e age assim deve ocupar os templos e rezar, orar pela Providência Divina. Quem vive na guerra faz a guerra. Inimigos não são intocáveis, todos têm telhados de vidro, rabos de palha, taras e paixões. Do you understand?

  16. Ótima reportagem. Infelizmente: o nosso país não tem mais jeito. Tem que surgir um salvador da pátria. Esse pessoal só querem impunidade e corrupção.

  17. Se entendi, o PR, o PGR, a Cúpula do CN, e os garantistas do STF estão unidos contra a "LavaJato"(Força tarefa do MPF que criou "knowhow" próprio contra as Orcrim)? Única chance do Brasil lutar contra criminosos que o assaltam desde o Império? Isso me lembra aquela expressão: "Pau que nasce torto, morre torto". Triste Brasil. Triste povo que xinga político ladrão, porém, sempre vota nêle. Bolsonaro, como me arrependo de ter votado em você. Minha única opção para tirar a esquerda do Poder.

  18. E nós ainda pagamos os salários dessa gente. É a raposa tomando conta do galinheiro. Se o Brasil ainda tem jeito está bem longe de ter.

  19. Na minha opinião sempre que for usado o termo "garantista do STF" deve ser colocado aspas ou ser completado por "da impunidade". Pois é disso que se trata: garantista da impunidade.

  20. Procuradores deveriam fazer greve geral p que as manobras de Aras sejam denunciadas. Esse é o legado deste presidente chefe de quadrilha. Estamos sendo governados por “crápulas”

  21. Augusto Aras (Sara ao contrário) já mostrou que é contra a lava jato e assim sendo é a favor do crime. Simples assim. Aras ou Sara?! As duas faces da mesba6 pessoa.

  22. Obrigado Bolsonaro por nos presentear com essa pérola. Ele vai fazer o que você mais quer, livrando seu filho das malhas da lei. Você cagou no prato que comeu. vai voltar pro baixo clero com o rabo entre as pernas. Isso se conseguir se eleger novamente para a câmara.

  23. Esse Aras é um grandessissimo fdp posto e escolhido a dedo exatamente pra acabar com a Lava-Jato. Desgraçado. Esse tb tem q ser impichimado do poder. Praga

  24. Será que o presidente do STF - Fux - conseguirá no próprio Supremo a onda a favor da impunidade e contra a corrupção? Duvido!

  25. Seria muito interessante o PGR e o PR darem os braços, pegarem seus banquinhos e saírem de fininho. A atitude de ambos apoia e corrobora a corrupção. Resumindo CRIME. Quem compactua com crimes, criminoso é. O Bolsopetismo ama o PGR. Será pela semelhança entre os lados?

  26. Isso tudo significa impunidade para os roubos cometidos ? Ate quando o pais pode aguentar esses assaltos ? Obrigada pelas informacoes nessa reportagem, obrigada se alguem souber responder as duas perguntas

  27. Centrão já venceu!" Triste verdade verdadeira! Não há mais esperança para o Brasil, pois nosso voto não muda nada. Taí o Bolsolixo como prova. Portanto somente sobra uma solução de força........................os militares! Alguém vai chutar o pau da barraca, é só questão de tempo. Se será melhor ou pior que a nossa atual "democracia oligárquica" saberemos só depois que a casa cair.........e aí será tarde demais para arrependimento. Os políticos estão alimentando a serpente que irá picá-los...

  28. O desmonte da Lava-Jato interessa apenas e tão somente aos corruptos e corruptores. Vamos anotando cuidadosamente nome por nome dessa quadrilha que está conseguindo asfixiar a Operação. O povo também tem se sentido asfixiado. As ruas são o limite.

    1. Esses porcos não tem a menor preocupação com isso. Como um deputado disse: "o povo vota de qualquer maneira em nós".

  29. Nenhum órgão pode barrar o Aras! Me pergunto se em 2022, se o Moro ganhar para presidente ele conseguirá retornar o combate a corrupção depois desse desmanche completo promovido pelo Aras com as bênçãos do Bolsonaro!

    1. Pq o povo do Paraná tem pagar de 2.000 a2029 20. Bilhões do roubo no banestado. Tudo está na mão do MP!

    2. Bolsonaro traiu o povo brasileiro! bolsonaro é bandido! Foi eleito com a bandeira do combate à corrupção... e se juntou aos corruptos.. fdp

  30. Existem reportagens que são difíceis de serem lidas devido à exatidão (e frustantes) informações expostas. Esta é uma delas. Parabéns!

    1. Ainda existem saídas. Uma delas será varrer este pessoal do governo deste país, votando maciçamente contra todos que participaram desta manobra!

  31. Estamos com Juízes que querem ferir Sérgio Fernando Moro e o que ele e a força tarefa ( hoje, inexistente) criaram, a Lava Jato, vá com todos para lixo. Este PGR é o eixo disto tudo. É a pessoa mais odiada deste País.

  32. Risos frequentemente são coisas de bobos. O largo sorriso do petista de confiança do Bolsonaro, Augusto Aras, confirma essa assertiva. No caso os bobos somos nós. Das inúmeras traições do capitão-presidente, mais capitão do que presidente, o afrouxamento do combate à corrupção é a pior delas. Anima-o os problemas familiares e dos tantos amigos políticos, em geral, à esquerda e à direita do espectro ideológico. (ou será espectro macabro?)

  33. Até esse cara deixar o cargo, terá feito um bom estrago. Desde a primeira vez que bati o olho nesse sujeito, meu santo se sentiu incomodado. Quando isso acontece, é de lei: - isso não vai prestar! E não presta mesmo!

  34. Como cereja do bolo vem o 02 (todos filhos zero, como se vê...) chefete da comissão de relações exteriores da câmara, escrever com o desassombro e ignorância costumeiros, em redes sociais (!!!), ofensas ao nosso maior aliado comercial: a China 🇨🇳... assustador mesmo: com apoio e conivência do vice Mourão e do neófito ministro titular do Itamaraty Ernesto Araújo. São todos copiadores do ídolo Trump, que já caiu, que só fala pelas redes...

    1. Vou trabalhar para que Bolsonaro perca. A Lava-jato é nosso orgulho. QUANDO MORO ACREDITOU NAS MENTIRAS DE BOLSONARO É DEIXOU UMA LINDA CARREIRA MEU CORAÇÂO CHOROU. EM QUEM VOTAR. GOSTARIA QUE O REGUFE SE CANDIDATASSE, MAS ELE PRECISARIA DE MUITO APOIO. É CORRETÍSSIMO! VAMOS ESPERAR PARÁ VER NO QUE VAI DAR! DEUS É MAIS.

  35. As respostas da dita sabatina antes de assumir tais mamatas públicas deveriam por si só servirem de provais cabais para que O POVO cobrasse e demitisse certas figurinhas. Canalhice. Disse que era a favor da Lava Jato. Nojo. Mal sentou na cadeira começou a destruição. Vem MORO! Assinado: Ana Cristina

    1. Quem confia no STF onde a maioria dos ministros agem como advogados de bandidos, os senadores e Deputados a maioria tem rabo preso e sabe que os advogados de bandidos do STF podem salva.los ! só Deus nessa causa ! lena

    2. Pior! não é um país,mas as instituições criadas e bem pagas para proteje-lo.

    3. A quem interessa o Crime de acabar com a Lava Jato? A resposta é clara como água de bica.Se não reagimos,Consumatum est.

  36. Valeu Nero.. vc incendiou maior conquista dos brasileiros nas últimas décadas.. ainda tirou o MORO do front do combate da CORRUPÇÃO.. agradecemos por ter cumprido suas promessas de campanha.. meu voto nunca MAIS..

  37. O brasil quer saber em que unidade MILITAR os valentes filhos (todos os zeros inclusive aquele que pegou o condominio) em que unidade militar serviram quando fizeram 18 anos. O jair MALANDRO se apoia nos militares, mas quer que os filhos sejam POLITICOS.nem mesmo um aninho no serviço militar ??

  38. Ao ler esta matéria esclarecedora escrita por Fábio Leite, qualquer brasileiro descente percebe que o poder exercido por certos “servidores públicos” age deliberadamente contra os interesses nacionais, para “garantir a impunidade” de políticos e empresários que há décadas cometem ilícitos e sustentam escritórios de advocacia, num toma-lá-da-cá institucionalizado e corrupto. Enquanto a Operação Lavajato e outras atuaram contra essas OCRIM, o Jair e o Aras atuam para protegê-las. Taoquei?

  39. Um quadro caótico e desanimador, um futuro negro para as gerações que terão que lidar com a corrupção, a injustiça e a total falta de ética. Que país será o Brasil no prazo de 3 anos? Um covil de ladrões.

    1. Lucia, infelizmente o Brasil já é, há muito, um covil de ladrões dos impostos exorbitantes e injustos (pois quanto mais rico, menos paga) que bovinamente lhes damos mensalmente, até o fim da vida.

    1. E nós apostamos todas as fichas nesse charlatão , um verdadeiro cavalo de Tróia. # fora bolsonaro e Augusto aras. lena

  40. Eu sinto nojo e vergonha, como brasileira, da derrocada dos valores mínimos de nossa cidadania, sob o comando bolsonarista e dessa verdadeira gangue de desclassificados que aparelham cargos, na medida certa para poupar malfeitores corruptos aliados de prestar contas à Justiça...

    1. Eu me sinto, ao mesmo tempo, furiosa, explorada e impotente. Parece um pesadêlo, a diferença é que jamais acordarei, e ele será vez mais aterrorizante (embora isso agora pareça impossível). Bolsonaro é só a ponta de um iceberg sinistro. Um instrumento de psicopatas maquiavélicos e predatórios. Um homem-bomba genocida, lançado entre nós para gerar o caos e destruir de vez as instituições, leis, meio ambiente e qq resquicio de democracia. Mas acima de tudo: nossas vidas.

    2. essa segunda turma deveriam pensar mais no Brasil decente

  41. há um dia, o Covid19 vai abraçar estasv excelências com muito carinho. E o que vai sobrar deles para a história? novos judas? espero que sim.

    1. Esse comentário recapitula um outro que fiz anteriormente. Parece até que rezam pela mesma cartilha do "Verdevaldo" quando ainda permanecia na Intercept Brasil. Algumas frases parecem até plágios, constantemente repetidos e incorporados na mente manobrada de alguns "ministros" conhecidos da corte "suprema"...

  42. Nossa vingança vai ser terrível, já começou nessas eleições e vai culminar em 2.022. Vamos a desforra, quem se posicionou contra a lava jato, é porque estão presos ao passado. É desse passado que vamos atraz. Nossa vingança vai ser terrível...

    1. Marilia, permita-me, p. favor, uma nota. Ao se examinar o calendário, vê-se motivo para esperança. Em dezembro, Papai Noel chega com as vacinas, neutralizando o coronavírus, o verdadeiro cacicão do País. No mês seguinte, o panelaço usual abre alas para o "General da Banda", entoado pela inesquecível Elis Regina (Catuca por baixo/Que ele cai), a ser ovacionado por civis e militares avessos a radicais: Brucutus, Brutukus e notórios fisiologistas do Quadrilhão Central. Logo, 2022 bate à porta!!!

  43. Medíocres também são notáveis, ora pela estupidez, ora pela insignificância. A própria figurinha dele é característica, sem brilho próprio, sem discurso inédito e sem proposta plausível. É daqueles que desejam fazer diferente, mas não apresenta metodologia executável. Em resumo: Sem capacidade de construir, opta por destruir.

  44. Esse Aras, figura repugnante, faz parte do esgoto que está no poder. É degradante ver um ser humano se rastejando em busca de poder. Sem caráter.

  45. Aras..Lindora..Gilmar...lewandoviski...Cássio..Toffoli..que horror ,que vergonha!!!!o nome de vocês já estão no lixo da história

    1. País da vergonha com um presidente asqueroso,infame,que cobre de lama por onde passa. Presidente MARICAS. Família MARICAS. TEM MEDINHO. AS RACHADINHAS. VCS NÃO SENTAM NA AREIA. VAI FICAR A MARCA.

  46. Regra do sistema de poder! Você pode até assumir com boas intenções, mas, se seu telhado for de vidro, o sistema irá lhe cooptar. Como no Brasil a árvore da política não dá frutos bons, dá profetizar nosso futuro.

  47. Em 2018 o jumento que hoje pasta no Planalto se beneficiou de uma eleição plebiscitária. Em 2022, o mitômano conseguirá que os corruptos retomem o poder dada a sua mais completa rejeição por quem tem um pingo de caráter. Mas uma coisa o sórdido de plantão terá deixado como inspiração para a população de maricas que vê ordinários acabarem com o país: “quando acaba a saliva, vem a pólvora”...

  48. Este aí, coitado, está lambendo as botas do JB pensando na indicação para a próxima vaga do STF. Vai ser preterido mais uma vez.

  49. Bolsonaro e sua Familícia são os maiores criminosos interessados nos planos diabólicos do ARAS e Cia em acabar com a corrupção sistêmica instalada porque usam e abusam do sistema. E o pior, os militares brasileiros como os da Venezuela são complacentes, aproveitando também da corrupção.

    1. Vá esperando sentada, depois contemple as ruínas que restarão para sua descendência...

  50. Fux sabe que é duro ser honesto em cleptocracias. O patamar de dignidade, ética e moralidade é a miragem que o contribuinte persegue, reconhecendo que constitui apenas boa intenção de um Juiz digno, apto e benigno. Infelizmente, cruzar um pântano cheio de criaturas vorazes é tarefa riscosa. Mas nada de desânimo, Presidente Fux! 2022 bate à porta, havendo quem jure ter avistado mouro na costa. Confirmada a notícia, se detectará a desidratação decorrente, não de soltura, mas da diarreia nacional.

  51. Ate quando vamos ter que aturar esses desmandos , porque não conseguimos fazer alguma coisa para eles saberem que que nos não aguentamos mais?

  52. Hoje em dia, a teoria de Cesare Lombroso foi superada. Mas o biótipo dos algozes da força-tarefa Lava Jato tem algo de lombrosiano...

    1. Getulio, certos argumentos (nem todos) desses algozes "casam" com as conspirações e insinuações fora do contexto do "Verdevaldo". Esses covardes demonstram terrível medo de que a operação permaneça descobrindo e revelando um exorbitante volume de atos de corrupção de empresários, réus confessos, de operadores vindos do mundo das sombras: Tudo a favor de si próprios, de suas negociatas e de políticos canalhas de diversos partidos.

    2. Bevi, muito bom ponto. Cabe, entretanto, lembrar que o Professor Lombroso contribuiu para o avanço da Criminalística. Ficam resíduos, sem dúvida. Há quem jure reconhecer um bandido pelo seu jeito de rir e falar. Tudo isso é supérfluo. Até num país como o Brasil, no qual a metade da população adulta é analfabeta (10% de analfabetos absolutos mais 40% de analfabetos funcionais), se acolhe a sabedoria milenar de identificar a árvore por seus frutos -- e não pelo ranger dos seus galhos abundosos.

  53. Se estas pessoas usassem a sua energia para o bem, a história seria outra mas parece que continuamos nas mãos do que existe de pior na raça humana.

  54. Essas operações limpeza, uma vez realizadas, incomodam muito os ladrões poderosos. Acabam por serem terminadas pelos reus. Paises corruptos como Brasil, Italia, e outros precisam delas, mas dificilmente conseguem incorpora-las. Eleitores burros e/ou coniventes serão roubados sempre. A Lava Jato deveria ser a regra, mas não passa de uma esporádica exceção. A corrupção está na alma brasileira, como o futebol e o carnaval. Infelizmente, é triste mas é verdade.

  55. É desolador que a alta cúpula da PGR se preste a esse papel de acabar com aLava-Jato, um programa que dignificou os brasileiros , descobrindo a alta traição de políticos e empresários que usurparam e roubaram escandalosamente seu patrimônio . Parabéns ao Ministro Fux ,Presidente do Supremo que levantou a voz ,condenando sumariamente ,o fim da Lava-Jato.

  56. Um misto de vergonha alheia , indignação , espanto , medo , é assim que me sinto . Aguardo 2022 com esperança e muita vontade de votar e banir todos os políticos corruptos e simpatizantes que conspiram contra o Brasil

  57. É desolador que a alta cúpula da PGR assuma esse papel de agir contra à população brasileira. Considera-se uma desfaçatez o que fazem com o Brasil, visando exclusivamente que políticos e empresários continuem a roubar e enriquecer às nossas custas ,de um país pobre ,com inúmeras desigualdades,vergonhosas. Nosso total apoio às palavras do Ministro Fux que se expressou dignamente ,com firmeza,sobre a continuidade do projeto Lava-Jato.

  58. Que o Aras é um calhordas maléfico sabemos. Gostaria de imaginar o que seu filhos, netos e bisnetos, pensam do ARAS, que tanto desserviço presta ao país, de forma amoral e imoral.

  59. Claro que o governo de turno faria isso. Sujos unidos contra a limpeza. Nada de novo. E o judiciário me envergonha. Não confio na justiça mais.

  60. Desde que ele foi indicado e se reuniu com o “lado escuro da força” do STF, estava claro seus objetivos. Por isso crítico esse negócio de presidente indicar juízes do STF, PGR, AGU, e outros cargos importantes para democracia funcionar bem. Deveria, como nos EUA, ser através de eleição e com perfil de ilibada atuação carreira correspondente (juiz, promotor, auditor, etc.)

    1. Nas eleições de 2022 precisamos nos lembrar d q por trás de todos os malfeitos do Aras está o presidente Bolsonaro , fora direta extrema. foraesquerdalha.

  61. Foi para isso que o patriarca das rachadinhas colocou esse pgr lá. Um sujeito que nem concorreu à lista tríplice da pgr. O amigo das milícias consegue ser mais pernicioso que o lula. Além de mandar no pgr, manda na pf, interferiu no coaf, destrói o meio ambiente e mata milhares de pessoas por falta de atendimento na pandemia ( o Brasil provavelmente vai chegar a 200.000 mortos, e daí?. só não é deposto porque o Brasil é dominado por corruptos.

  62. Dentre tantos canalhas que transitam pela cena política brasileira, este aras está cavando seu espaço! Dizem, alguns, que é pior q renan calheiros. Será?

  63. Alguém ainda duvida porque Bostanardo foi procurar por fora da lista o novo procurador geral? Acho que isso de colocar alguém de agrado do presidente e escolhido por ele fere a moralidade e a constituição.

    1. Nunca, roube algo e veja onde passará a noite. O que existe é uma transferência do poder da antiga Metrópole para as mãos de um pequeno bando de cleptocratas. A colônia explorada é representada pelo “Zé povinho”. Se preferir uma outra analogia, no brasil os ladrões de casaca entram com o pé (ou com uma parte cilíndrica da anatomia masculina), o povo entra com a bunda.

  64. E muito triste que as esperanças de renovação e moralização da política tenham sido frustradas. Temos que passar essa mensagem neste domingo e, em 2022, com Moro.

    1. Sem Luciano huck e suas “mulheres cariocas loucas para encontrar um gringo”... não entendeu? Dê uma busca...

  65. o bandido bolsonaro é o verdadeiro distruidor da lava jato,pilantra se elegeu nas costas das lava jato e agora mostrou realmente quem é,enganou a todos.

  66. Como pode alguém que se elegeu sobre as asas do combate à corrupção, cujo ícone é a LAVA JATO, virar a casaca de forma tão contundente. Fui obrigado a votar neste estelionato eleitoral e faço votos que em 2022 não seja novamente encostado na parede tendo que escolher o menos pior. #forabolsonaro. J Walter

  67. Descumpem, saiu apenas a manchete do G1 equivocado! Repetindo... Orçamento 2021: governo prevê R$ 28,6 bi em investimentos, 56% a mais que em 2020!!!! Este calor aí acima mostra a disparidade entre o que o governo pretende investir no país no ano que vem e os valores envolvidos com os corruptos da Lava-Jato! 3 (TRÊS) TRILHÕES DE REAIS!!!!! Este valor que sequer cabe na sua maquininha de calcular é equivalente a praticamente 105, eu disse CENTO E CINCO ANOS de investimentos a ser feito no país!

    1. Este dinheiro não tem paralelo no mundo e com isto sempre irá aparecer um Augusto Aras para cunhar um termo pejorativo “ o lavajatismo” para uma das raríssimas coisas enaltecedoras que tivemos neste país para combater a corrupção, ao contrário, não faltarão “LAVAJATANDOS” para pegar uma boca destas garantida de impunidade! Estamos trabalhando feito loucos para garantir a nossa sobrevivência e ao pagar estes impostos escorchantes estamos enxugando gelo imaginando que colaboramos com a país!

  68. Esse Aras me embrulha o estômago só de ver, tanto quanto o que ocupa o Palácio do Alvorada. Eles se merecem, retrocesso intencional, cruel, desavergonhado... A história vai registrar a mancha que esses dois deixam no Brasil, um horror...

  69. ESSE SENHOR CHAMADO ARAS ENTRARÁ PRA HISTÓRIA DESTE PAIS COMO O PIOR PROCURADOR DA REPÚBLICA DE TODOS OS TEMPOS. ESTÁ TRABALHANDO, DE FORMA INQUESTIONÁVEL, A FAVOR DA CORRUPÇÃO. INFELIZMENTE O CRIME COMPENSA NO BRASIL.

    1. o que é lamentável. Vergonha de pertencer a esse país.

    2. Ele não está nem aí para o que podem pensar, julgar ou comentar.

  70. Crusoe e Antagonista + estão difícil de entrar. Deve ser atuação de hackers. vão ter que melhorar a segurança na Internet.

  71. Votei Em 2018 Para Prestigiar Os Guerreiros Da Lava Jatos E O Ilustre Juiz Sergio .Bolsonaro Nunca Mais. # Sergio Moro Orgulho do Brasil.

  72. Em 2022 SÉRGIO MORO “PRESIDENTE LAVA JATO PURO SANGUE” é nossa resposta ao ACORDÃO de BOLSONARO com o ESTABLISHMENT! Não seremos LUDIBRIADOS com o “velho plano de MELHORAS NA ECONOMIA!” Triunfaremos!

    1. Acabamos de saber que a cúpula do PSDB foi toda delatada. Aécios, Serras, e MUITOS. Tenho ABSOLUTA CERTEZA QUE MORO NÃO SE MANIFESTARÁ contra seus cupinchas. Posso apostar que se MORO os criticar os céus cairão e o Sol nascera em plena madrugada. Infelizmente Moro foi derrotado pela assessoria que tem em sua própria cama. Assim como elas fazem um presidente, podem mais facilmente enterrar um homem que foi honesto, coerente e discreto.

  73. Conclusão: os criminosos ganharam!! se Aras e outros não reagirem a uma reportagem como essa, confessam que são realmente bandidos...

    1. É INACREDITÁVEL QUE ALÉM DE SUPORTAR OS PETISTAS ADORADORES DO LULADRÃO , GRITANDO SUA INOCÊNCIA, AGORA TEMOS OS BOLSONARISTAS ADORADORES DO BOLSONARO E FILHOS,GRITANDO TAMBÉM SEREM VÍTIMAS DE SÉRGIO MORO. BOLSONARO ACABOU COM A COAF, SANCIONOU O AUMENTO DO FUNDO ELEITORAL,NÃO VETOU O JUIZ DE GARANTIAS, NOMEOU O PETISTA INIMIGO DA LAVAJATO PARA PGR, NOMEOU O PLAGIADOR KASSIO MARQUÊS PARA O STF , ENTREGOU A CABEÇA DO MORO PARA A TURMA DO CENTRÃO E COMEMORA O FIM DA LAVAJATO , ETC... ACORDEM!!!

    2. Moro era juiz de 1ª Instância e esses políticos do PSDB citados,sempre tiveram Foro Privilegiado!Portanto,nunca seriam da competência do Moro e sim,do STF.Além do mais,juiz só julga e Não investiga..Qta informação errada!!!

  74. O Aras é o aio do Bolsonaro. Ambos seres desprezíveis que não estão nem aí para o que pensa o povo brasileiro. Aguardem as urnas, asnos vagabundos!

    1. ambos 2 fdps e o resto que batem Palma, vendo o país ir pro buraco e a população morrendo de fome.desgraçados, malditos aguardem o fim de vocês.

    2. a amostra já veio nas urnas das eleições municipais.Aguardem a próxima e a próxima e....

    3. ARAS não é aquele cidadão que foi aplaudido por toda a Canhota ao assumir a PGR ?

  75. explicando bolsonaro: bolsonaro é aquele cara envolvido até a medula com os milicianos , quando a PM da bahia mata o bandido amigo e sócio dele. ele imediatamente com os olhos girando nas pálpebras, labios sem cor diz, FOI QUEIMA DE ARQUIVO ...como assim ohh mister M (de merda). aí a explicação é: ALGUEM PEIDEI NÃO SEI QUEM FUI !!

  76. DESDE O MOMENTO DA NOMEAÇÃO DE AUGUSTO ARAS PARA PGR ,FICOU CLARO QUE O PLANO ERA ACABAR COM A LAVA JATO. BOLSONARO SE ELEGEU COM A BANDEIRA DA LAVA JATO,E ELEITO A QUEIMOU EM PRAÇA PÚBLICA. O BRASIL ELEGEU BOLSONARO COM A ESPERANÇA DE UM PAÍS MELHOR , SEM A CORRUPÇÃO QUE A DÉCADAS SUGA E ENVERGONHA OS BRASILEIROS. ELEGEMOS UM RATO PARA ACABAR COM OS RATOS , E AGORA VEMOS OS RATOS CADA VEZ MAIS PODEROSOS E VORAZES. MORO 2022 , O PRESIDENTE QUE O BRASIL PRECISA E MERECE.

    1. Paulo, no momento atual, existe uma clara convergência de interesses de corruptos de todas as ideologias, todos querem exterminar a lava jato. Só os ingênuos seguem acreditando em seus mitos de “ direita” e “ esquerda”.

    2. Aras ao assumir foi aplaudido vigorosamente por toda a esquerda e vaiado pela direita. Lembra desse FATO ? Por que mudar de opinião, é como OBAMA ? Aplaudido, mas se falar a verdade sobre o Rato de Curitiba passa a ser um ser ignóbil. Imagino como OBAMA deva estar preocupado !

    3. Excelente análise. E TB triste realidade. PR e PGR unidos contra o combate a corrupção!

    4. SE O STF QUISER PODE PARAR COM ESSA SAFADEZA DO ARAS E SEUS AMIGUINHOS ADESTRADOS.

  77. A solução ė decretar a pena de morte para todos os integrantes do establishement. Augusto Aras ė pau mandado do JB e dos poderosos. Mudou-se às moscas, mas a medida continua a mesma

  78. antes de ler, faço questão de comentar: arasqueroso é um sociopata capacho do sociopata estelionatário que assaltou a eleição de 2018, agora que já falei, me sinto menos pior.

  79. Não esqueçamos jamais quem colocou este petista lá, com o propósito, que agora vimos exitoso, de acabar com a lava jato. Este pilantra, em quem votei, que foi chamado de mito (só no Brasil), se elegeu com o discurso de forte combate à corrupção. Ao se ver enrolado, assim como a filharada, em diversas falcatruas (chinelagem), porque não sabem nem roubar, não pensou duas vezes em acabar com a operação. Baita cretino. Pior que a petezada. Acorda Brasil!!! 🇧🇷🇧🇷🇧🇷

    1. ACORDA BRASIL 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  80. Tudo isso capitaneado pelo improvável presidente, que se elegeu com discurso de combate à corrupção. Percebe-se que a corrupção está radicalmente entranhada em todos os níveis da coisa pública e é invencível.

  81. Atônito , sem palavras para qualificar isto! Aras é cria do Bolsonaro , o qual cada vez mais caracterizado Como uma imensa fraude , um embuste !

  82. Passando por milicianos e rachadinhas teremos de chegar inegavelmente às LAVA-JATOS e sem transgressões, estas aconteceram em Curitiba, como demonstrou, com provas válidas, THE INTERCEPT BRASIL e outros órgãos de imprensa. Não se pode olvidar que a doença denominada por Padre Vieira ainda no século XVII em sua obra clássica A ARTE DE FURTAR virou epidemia durante a pandemia do Coronavírus em alguns estados do Brasil. Então a impunidade é o melhor caminho para consolidar a nossa democracia?

    1. O Toni, afinal qual o seu lado. Confuso pacas. Provas do Verdivaldo !!!!!

    1. ACORDA BRASIL 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷. Fora direita extremada. Fora esquerdalha. MOURO E MORÃO na próxima eleição.

  83. Chorei com essa reportagem. Um choro triste de alguém que um dia sonhou com um país melhor. O establishment venceu. O Brasil continuará sendo o país de se levar vantagem em tudo. Morrem a moralidade e a honestidade.

  84. Augusto Aras está execurando primorosamente a tarefa para a qual foi incumbido por Bolsonaro para acabar com qualquer ação de combate a corrupção. Nossas instituições estão PODRES.

  85. Precisamos dar mais publicidade a Crusoe pois ha muitos canais desconstruindo a realidade e difamando os bons homens da lava-jato. Informar para termos um 2022 decente. Sugiro a , Crusoe liberar algumas reportagens para podermos compartilhar com quem não eh assinante. ;)

  86. ...e saber que este V.erme do Aras esta neste cargo pela mãos do Bostonaro... um vaga.bundo que vai ser derrotado nas urnas em breve, pena que o país tem um congresso pra lá de m.erda, pois este bandido deveria ser expulso da cadeira presidencial. E eu votei neste Cretino PQP!

    1. Temos que parar em pensar em salvadores da pátria, eles não existem.

  87. Para a infelicidade do país os três poderes estão contaminados por uma gentalha inescrupulosa que defende os bandidos poderosos que assaltam os cofres públicos. Gente inescrupulosa que atua em forma de quadrilha. Com a interrupção do avanço do combate à corrupção ficaremos muitos anos mais na miséria econômica e moral.

  88. Acordão de vento em popa. O desgraçado mentiroso e traidor Bolsonaro, em quem votei, é principal o responsável por tudo isso. Promessa de campanha, azar de quem acreditou. Brasileiros que se danem, aos filhinhos e outros queridinhos corruptos, proteção total. Nomeações, de PGR ordinário, de ministro kopia e kola e outros contraentes de dívidas impublicáveis. Acordos espúrios com o Centrão. Todo santo dia, uma merda nova no noticiário. Brasil acima de tudo? Deus acima de todos, canalha.

  89. Parabéns pela reportagem! Ela sedimenta o pq do rótulo do Brasil como um país onde a corrupção é abençoada por poderosos. O Sr Aras e cia entram para a história como os executores do plano do sepultamento da operação lava jato..Pobre país.

  90. Como um ser que foi eleito pra acabar c/a corrupção apronta essa traição e continua no poder, se aqui tivesse gente de valor, ele teria sido arrancado de lá, povo frouxo!

  91. Até quando vamos ficar inertes diante de tanta falcatrua para proteger corruptos, vamos à rua contra essa elite criminosa, precisamos dar um basta.

  92. Todos pagam aqui na terra... Os que mostram seus instintos bestiais devem ter vida complexada, precisam de algo para compensar seus descompassos. Vida dura a deles...

  93. Desanimado, desconsolado, injuriado. Melhor ficar alheio a tudo, e ir pra roça plantar batatas, sem radio, tv e internet. Saco cheio de tudo isso.

  94. Até onde esses "humanos" brincarão de Deuses? A sociedade pensante tem que continuar a denunciar essas ações nefastas. A Crusoé é um sopro de liberdade no Brasil. Olho nos três "poderes.

  95. O criador da Rachadinha só precisa ter acesso aos podres dos Ministros do Supremo para adorar a mesma metodologia que ele usou na Alerj

  96. estão abrindo caminhos para o roubo generalizado. um país onde corruptos não são punidos não tem investimentos, empregos e futuro. Só vejo um caminho MORO 22

    1. Depois querem os estrangeiros investindo aqui, país desgovernado e corrupto, é uma piada!

  97. Os bolsonazifascistas são parvos, descaradamente milicianos, descaradamente corruptos, descaradamente sem caráter, racistas, ignorantes,"retardados", mas estão concretizando tudo o que querem e como querem.Somos 214.999.000 de PATETAS.

  98. O ineditismo das ações do Cavalo de Tróia principal é que de dentro dele saíram outros, igualmente destruidores, contaminando ainda mais o já corrompido sistema BR. Talvez não haja mais outra solução para esta descontaminação que não o “general reset”.

    1. Fim da operação “Lavo Jato” o mal venceu o bem. pára tudo e volta no trivial burocrático de sempre. Daqui para frente, tudo se apura e investiga e nada se descobre sera um festival de enrolação. Sera processos do fim do mundo, sera um tudo se cupia e nada se cria.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO