Edilson Rodrigues/Agência Senado

Vídeos comprovam crime de responsabilidade, diz Simone Tebet

24.07.21 14:33

A senadora Simone Tebet (foto), do MDB do Mato Grosso do Sul, encaminhou à equipe de Renan Calheiros, relator da CPI da Covid, as gravações de reuniões coordenadas pela Casa Civil, em agosto e setembro de 2020, para tratar da adesão do Brasil ao Covax Facility. O material revelado por Crusoé, diz a senadora, é prova de “omissão dolosa” do governo de Jair Bolsonaro e constitui crime de responsabilidade.

“Só confirma omissão dolosa, intencional, de atrasar compras de vacinas. A pergunta sobre o porquê – negacionismo, intenção de disseminação por contaminação de rebanho, estímulo à medicamentos ineficazes em conluio com as farmacêuticas – importa pra entender a política de quem governa o país, mas não importa pra tipificação penal”, afirma a parlamentar. “Estamos falando de crimes. Crime contra a saúde pública. Crime de responsabilidade. Sabemos o que crime de responsabilidade pode ensejar. Só depende da Câmara dos Deputados”, diz.

Senadores da CPI da Covid no Senado acreditam que o colegiado já tem provas robustas de que Jair Bolsonaro é diretamente responsável pela omissão do governo no combate à pandemia e na compra de vacinas. “Havia uma consciência da ilicitude das condutas deles, ou seja eles tinham consciência de do que estavam fazendo, porque tinham um objetivo muito claro que é a imunidade de rebanho por contágio”, afirma Tebet. 

Em razão das omissões do governo, a tendência é que o relatório final da comissão, a ser apresentado por Renan Calheiros, impute crime de responsabilidade a Bolsonaro, além de crimes comuns contra a saúde pública também cometidos pelo presidente.

Com isso, o colegiado poderá recomendar à Câmara dos Deputados a abertura de um processo de impeachment, apesar da resistência de Arthur Lira, presidente da casa, que detém o poder de dar andamento ou não ao pedido. 

“Toda prudência e preocupação com preços e afins que deram na CPI pra não comprar mais doses via Covax foi embora quando quiseram pagar mais caro por 400 milhões de doses imaginárias de AstraZeneca”, acusou o virologista Átila Iamarino, referindo-se às negociações obscuras entre o Ministério da Saúde e a empresa Davati Medical Supply, ocorridas no início de 2021.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Essa é outra parlamentar que também quer aparecer aproveitando a cpi contra o governo. Quando Bolsonaro for reeleito ela muda de lado.

    1. Exatamente Jose. Os deputados analisam frequentemente o termômetro dos movimentos nas ruas. Isso influencia muito na tomada de decisões.

    2. Sei não. Se o povo se revoltar, o centrão muda rapidinho de posição. Foi assim com a Dilmanta, que foi rifada!

  2. Tudo que é complicado e obscuro para o governo Bolsonaro, é facilmente compreendido até por uma criança de 10 anos. Qual criança de 10 anos, não optaria pela compra da Pfizer e por um percentual maior de adesão ao Consórcio Covax? Tudo que é obscuro para o cidadão brasileiro, o governo Bolsonaro não tem uma explicação aceitável, como às negociatas com a Precisa e com a Davati. Nós queremos luz e vida, o governo Bolsonaro só nos deu treva e morte. Nós queremos paz, esse governo quer guerra.

  3. Observando a história notamos e confirmamos que as maracutaias dos governantes aparecem no terceiro ano do mandato e daí aumentam consideravelmente, parece com algo atual ??

  4. Os vídeos não deixam dúvidas. Crime de responsabilidade claríssimo. Estou pasma! Muito triste pq muitas mortes não ocorreriam em outras circunstâncias de vacinação.

    1. Nyco Penyco, o receptáculo dos produtos intestinais dos bozistas, tentando posar de democrata, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Quem diria! Bozista querendo posar como democrata, kkkkkkkkkkkkkkk. Deixa o Bozo descobrir que ele cortará a tua alfafa, muar descontrolado! Nyco Penyco! Nyco Penyco!

    2. Como é bom viver num país livre né PAULO palhaço? ,,, Se é um país um pouquinho mais linha dura, isso que tu postou poderia ocasionar o cancelamento do teu CPF. Agradeça todo dia ao teu PR. pela plena liberdade em que vivemos.

    3. Eu sou um imbecil, igual ao ardo (que já arde neste inferno, desde 2018). Votei neste criminoso fdp. Mas pelo menos admiro que errei. já é alguma coisa. Mas o ardo continua imbecil, porque acha bonito o país ser esculhambado e destruído por este rato de esgoto que transformou o Brasil numa escarradeira. Maldito seja o Adélio, que escolheu uma faca vagabunda. Poderia ter sido uma boa peixeira de 12", e nós estaríamos livres deste monstro que nos preside.👹

  5. Por essas e outras que assino a Crusoé desde a número 1. Sempre podemos contar com vcs pra mostrar os bastidores dessa sujeira. Obrigada

  6. Se os políticos não cumprem seu juramento sobre a Constituição os Antagonistas/Crusoé vem cumprindo seu compromisso com o Jornalismo que respeita a informação da verdade. Parabéns por respeitar o leitor assinante.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO