Divulgação/Câmara

‘Qualquer alteração faz o Brasil atrasar’, diz relator sobre PEC Emergencial

05.03.21 19:41

Relator da PEC Emergencial na Câmara, o deputado Daniel Freitas, do PSL de Santa Catarina, sinalizou nesta sexta-feira, 5, que não fazer mudanças ao texto avalizado pelo Senado. A proposta abre caminho para o auxílio emergencial e, em contrapartida, cria regras para o controle das despesas públicas.

Freitas adiantou que deve entregar o relatório na segunda-feira, 9. A conclusão da deliberação, com o aval ao texto, tende a ocorrer dois dias depois, segundo informou o presidente da Câmara, Arthur Lira, do Progressistas de Alagoas.

O Brasil tem pressa. Nós precisamos fazer o Brasil voltar a crescer. Então, a urgência dessa matéria é evidente. Nós precisamos dar celeridade a esse processo. Qualquer alteração nessa PEC faz o Brasil atrasar“, disse o deputado, em coletiva ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

A PEC limita em 44 bilhões de reais os gastos do governo com a nova rodada do auxílio emergencial em 2021 — no ano passado, foram cerca de 300 bilhões de reais. Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro declarou que o benefício deve ser pago entre março e junho, com quatro parcelas de 250 reais.

Questionado se o valor do teto para as despesas com o auxílio podem crescer, Guedes desconversou. “O que eu posso dizer o seguinte: todo o espírito desse programa é de compromisso com a saúde e com a responsabilidade fiscal. Se você começa a desequilibrar de um lado ou de outro…“, comentou.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. 1.1 - "Quem tem fome, tem pressa", já dizia Betinho. Quem tem ambição desmensurada também. Esses como o Flávio Bolsonaro, tem pressa de viver no luxo. Flávio, o homem de 1 milhão de dólares, valor mais ou menos que ele declara que pagou por uma mansão, que na minha análise vale mais. Milhões receberam R$ 1000,00, divididos em 4 parcelas de R$ 250,00. Milhões de brasileiros que podem saber o que é um senador, mas não devem saber que existe um tal de mármore carrara, área gourmet, suite master.

    1. 1.2 - Milhões de brasileiros q elegem 1 senador, para q esse depois se enclausure em suas mansões com muros cada vez + altos, se afastando da pobreza, para ñ ser importunado. Nesse período de clausura, só tem contato com os pobres que são seus serviçais. Depois na próxima eleição, voltam com às mesmas mentiras, vencem a eleição, voltam para a sua suíte master, tomam um banho para tirar o cheiro do povo, e o ciclo recomeça. Bozo pai até se mistura com o gado, pois alguém tem q manter o cercadinho

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO