Valter Campanato/Agência Brasil

Procuradores-chefes do MPF saem em defesa de colegas da Lava Jato do Rio

21.10.21 17:30

Um grupo de 37 procuradores-chefes de unidades do Ministério Público Federal assinou uma nota em solidariedade a colegas da extinta força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro. Na última terça-feira, 19, o Conselho Nacional do Ministério Público abriu processo disciplinar contra 11 procuradores que participaram das investigações.

A representação contra os procuradores da Lava Jato do Rio foi feita com base em um pedido da defesa dos ex-senadores Edison Lobão e Romero Jucá, denunciados pelo Ministério Público Federal no Rio por corrupção nas obras da usina nuclear de Angra 3. Eles argumentam que os procuradores divulgaram dados que estavam sob sigilo em um release publicado no site do Ministério Público Federal no qual informavam sobre a denúncia oferecida contra os caciques do MDB, como valores supostamente pagos em propina aos políticos.

Os chefes de unidades do MPF defenderam a atuação dos colegas. “Ser membro do Ministério Público é representar a sociedade, com serenidade, na promoção da Justiça, e na defesa da lei, e os citados colegas nada de diferente fizeram no episódio, no qual limitaram-se, de forma absolutamente legal, a cumprir corriqueira obrigação constitucional de dar publicidade à atuação de um órgão de estado”, afirmaram os procuradores-chefes na nota divulgada nesta quinta-feira.

“A injustiça dói, ademais a quem é atingido cumprindo seu dever, e tanto se dedicou a recuperar o estado e a coisa pública, notadamente no estado do Rio de Janeiro. Que tenham a certeza de que a dor que sentem é também sentida por seus colegas espalhados pelas unidades do MPF em todo o Brasil. Não estão, e não estarão sós. A Justiça prevalecerá”, acrescentaram os integrantes do MPF, na manifestação de solidariedade aos colegas.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Infelizmente o político Aras conseguiu destruir a imagem da PGR, graças ao Bolsonaro. Muito triste isso. Sem esperança para este país de terceiro mundo.

  2. os procuradores com Moro deram dignidade ao povo cansado de tantos assaltos a seu erário e da impunidade a uma escória cínica criminosa e ousada . a lamentar que a banda podre do poder os imunizou como a tantos .. que o diga André do Rap.

  3. O Brasil está cada vez mais próximo da ficção. Na nossa versão tupiniquim de "Harry Potter e a Ordem da Fênix", Bolsonaro é Dolores Umbridge; Lord Voldemort é representado pelo Centrão, comandando tudo das trevas do Congresso; os alunos da Ordem da Fênix são os ex-integrantes da Lava-jato e Harry Potter é Sérgio Moro, nossa última esperança! Por enquanto, o filme está seguindo o mesmo roteiro tenebroso... e só Deus sabe como isso vai terminar...

    1. Bem, Suzane, no film podemos prever um "happy end". Já para o Brasil prevejo um "sad end" entre um psicopata e um ladrão.

  4. A Lavajato foi uma um lampejo de esperança para os brasileiros de bem e destruída pelos bandidos investigados, sob a custódia do STF. A coragem dos promotores para investigar e dos juízes como Moro e Bretas para julgar e colocar na cadeia os bandidos do colarinho branco, nos fizeram acreditar que o Brasil iniciava uma nova era. Como a esperança é a última que morre, embora a minha esteja na UTI, sigamos esperançosos.

  5. Ainda bem ! Os procuradores precisam , todos, se defender e não concordar com essas manobras fajutas e inconstitucionais que querem acabar co o MP.

  6. Finalmente alguns criam coragem, e manifestam sua indignação com o estado de coisas patrocinado por esse governo, que prometeu proteger e intensificar a Lava Jato, mas quando se sentiu ameaçado, juntamente com alguns membros do judiciário, uniram-se em um acordão. Estão tentando dominar todas as instituições, onde ainda ha algumas pessoas honestas. Abram o 👁. O Mecanismo - PT e seus Partidos Anexos, MDB, PP, PL, PSDB estão à toda, depois da volta triunfal de Lula com a ajuda da 2ª Turma do STF.

  7. Onde há bambu há flecha. A lava jato resisitirá aos corruptos de colarinhos brancos. Deixou esperanças ao povo deste país, que almeja o fim desta bactéria que destrói os tecidos dos verdadeiros valores humanos. O STF se mostrou conivente com a decadência de nossa justiça, resgatando o direito à cidadania de um criminoso, Lula, condenado por três instâncias da justiça.

    1. A Lava - Jato deixou rastro de competência.

  8. Parabéns!! Esses heróis, nesse momento de ataque das falanges da corrupção, necessitam muito de solidariedade. Não apenas dos demais integrantes do Min. Público, mas de todo o povo brasileiro. Meu reconhecimento e profunda gratidão.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO