Jefferson Rudy/Agência SenadoO ministro da Economia, Paulo Guedes: a cada dia mais fraco e mais vulnerável

Debandada na Economia: quatro secretários de Guedes pedem demissão

21.10.21 18:15

A confirmação de que o governo vai propor um valor de 400 reais para o Auxílio Brasil sem detalhar as fontes de recursos e as manobras para furar o teto de gastos e abrir espaço para uma gastança eleitoreira levaram a uma debandada na equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Dois dos principais assessores do chefe da pasta pediram demissão nesta quinta-feira, 21. O secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, e o secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, anunciaram a saída do ministério e alegaram “razões pessoais” para deixar os cargos.

Em nota divulgada nesta quinta, Funchal e Bittencourt agradeceram Guedes “pela oportunidade de terem contribuído para avanços institucionais importantes e para o processo de consolidação fiscal do país”.

A secretária especial adjunta do Tesouro e Orçamento, Gildenora Dantas, e o secretário-adjunto do Tesouro Nacional, Rafael Araujo, também pediram exoneração. O governo ainda não anunciou os nomes dos substitutos.

Nesta quinta-feira, a bolsa caiu e o dólar operou em forte alta por conta dos temores do mercado com relação ao desrespeito à regra do teto de gastos. A moeda americana bateu no patamar de 5,67 reais.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Parece que havia ainda um pouco de sanidade nesta equipe econômica fracassada. Vamos aos resultados: 1) real derretido; 2) desemprego em alta, 3) fuga dos investidores, 4) inflação de dois digitos, 5) recessão eterna. Parabens bozistas, voces vobseguiram fazer o que bem a Dilmanta, com toda a sua prepotência, conseguiu fazer. Vocês são criaturas pervertidas.

  2. Este canalha está colhendo o que plantou, perdeu a credibilidade, o controle da inflação, mantém grana em paraiso fiscal pra fugir do IR no país em que é ministro da economia, me sinto um otário, enganado por este falastrão cara de pau. Temos um governo a deriva comandado por figuras nefastas e viciadas com práticas politicas da pior espécie. Chega desta gente desclassificada e sanguessuga dos cofres públicos. O que esta gente quer é mais Brasilia e menos Brasil.

  3. A diferença entre Moro e Gudes, os dois pilares que deram ao Bozo alguma credibilidade após as eleições, é simples, Moro saiu na primeira curva que apontava para a falta de seriedade. Guedes jurou fidelidade para participar do butim, sabe-se lá quanto faturou ficando no meio dos escroques. Já está caindo de podre, infelizmente.

    1. Tem gente que a cegueira é uma deficiencia mas enxerga melhor do que ninguém, mas para outros a cegueira politica está entranhada, deve ser gente que não conviveu com uma inflação de 90% ao mes e fica falando merda o tempo todo defendendo um governo inepto e incompetente. Tá na hora de acordar pra realidade.

    2. Guedes ganharia mais se estivesse fora do governo, o dólar já estaria R$ 7,00 , sem ele no comando . Estudar economia faz bem ao seu bolso.

    3. Ele só ganhou no paraiso fiscal em 1 ano e meio só 10 milhões de reais devido a variação cambial promovida por ele e o presidente do banco central. Um canalha falastrão e muito cara de pau.

  4. Deus nos livre desses demagogos, populistas de direita ou de esquerda. Vamos mandar Lula e Bolsonaro para o esgoto da vida pública. Precisamos de um governante competente, honesto, dígno, honrado e que faça da vida pública um sarcedócio a serviço do progresso do Brasil. Por um Brasil decente SERGIO MORO Presidente!

  5. O Ministro Guedes fez o que Lula faria se entrasse . Este governo literalmente pois o Pais de cabeça pra baixo. As bolsas famílias serão aumentadas, os caminhoneiros ganharão 4 meses de $ 400,00 reais ,o teto caiu e nós pagamos o pato. Eita, descoisaram o que já estava coisado.

  6. Guedes, pelo jeito, não aprendeu muita coisa em Chicago, mas fazer conta, achei que tinha aprendido. Potencializaram à inflação através de sucessivos erros, penalizando os mais pobres. Agora a GRANDE IDEIA, é aumentar o bolsa família, recuperando parte do poder de compra. Mas isso tende a gerar insegurança fiscal, juros mais altos, q compromete investimentos e gera desemprego...ou seja, coloca o Brasil num ciclo vicioso, q obviamente vai prejudicar com mais intensidade os mais pobres. Mor🇧🇷.

  7. Queria saber como foram nomeados ? É política pequena ou sacanagem mesmo ! Política Grande está difícil ! Será que não têm Brasileiros para ajudar a comandar ? Ou querem um Chinês para “Chefe “ da “Seleção “ ?

  8. Quem vai apagar a luz para estes gados pararem de comer Alfafa !!! Quem tiver um pouco de neurônio , não fica com esta turma de imbecil, estão levando o Brasil a bancarrota, os economistas se demitindo e o jumento Bozobosta, prometendo auxílio para os caminhoneiros, assim ele vai , de auxílio em auxílio , aniquilar o Brasil, cara que viveu de rachadinha, acha que o Brasil è um Saco sem fundo!!! Louco e Incopetente!!!

  9. Solução? Acabar com a reeleição. Todo governo que está próximo de reeleição passa o trator no que for preciso visando ser reeleito.

  10. O ômi já tinha dito na campanha eleitoral que não entende nada de economia! MAS, garantia que o Paulo Guedes tomaria conta diso. Foi eleito, abandonou todos os compromissos de campanha, e o resto é História! Estelionato eleitoral na veia! Mas, como diz o sambista: "Malandro é malandro, mané é mané!"

  11. Depois do genocidio agora o golpe final nas futuras gerações. Estamos assistindo a um louco e seus asseclas desmontarem um país para satisfazer seus planos eleitoreiros. Pobre brasil. Minusculo mesmo

    1. Um louco, sua prole desajustada e corrupta em conluio com seus asseclas ambiciosos civis e militares, afundaram o país, num retrocesso nunca dantes visto. Tudo em nome de Deus, pronunciado por falsos cristãos, falsos religiosos.

  12. Só irão sobrar os burocratas corruptos e criaturas do pântano político que se associaram contra o povo brasileiro, seu Paulo Guedes canalha!

  13. É impossível trabalhar com o imponderável…. Eles até tentaram mas a estrutura força o razoável… ninguém assina petição para carrascos !!!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO