Agência Brasil

Oposição traça estratégia para barrar urgência da privatização dos Correios

20.04.21 14:47

Deputados de oposição ao governo Jair Bolsonaro reuniram-se no início da tarde desta terça-feira, 20, para traçar estratégias para barrar a votação do requerimento de urgência do projeto de lei que abre caminho para a privatização dos Correios. A votação deve ocorrer na sessão agendada para as 15 horas, conforme anunciou o presidente da Casa, Arthur Lira.

Se a urgência for aprovada, haverá dispensa de exigências, prazos e formalidades regimentais na análise da proposta. O texto não precisará passar por nenhuma comissão da casa e poderá ser votado diretamente no plenário.

Parlamentares da oposição pedirão formalmente a Lira o adiamento do debate, mas a investida não deve surtir efeito. Os deputados tentarão então partir para a obstrução da matéria, que inclui a apresentação de requerimentos visando a retirada do projeto da pauta. Os pedidos precisarão passar pelo crivo do plenário, o que atrasaria a análise da urgência.

Na tarde desta terça-feira, 20, os oposicionistas tentam mobilizar as redes sociais para pressionar contra a votação. Em uma das publicações, o deputado Glauber Braga, do PSOL do Rio, pediu para que os internautas cobrem “pelo menos um parlamentar” a fim de evitar aprovação da urgência.

Bolsonaro entregou o projeto de lei ao Congresso no final de fevereiro, ao lado dos ministros da Economia, Paulo Guedes, e das Comunicações, Fabio Faria. O texto prevê a transformação dos Correios, empresa 100% estatal, em uma sociedade de economia mista.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. JÁ VAI PRIVATIZAR TARDE!!! TENHO PEDIDOS DA CHINA QUE NO MÁXIMO EM MENOS DE UMA SEMANA CHEGAM AO BRASIL E JÁ FAZ UM MÊS DESDE QUE MINHA ÚLTIMA COMPRA CHEGOU AO AO PAÍS E O CORREIOS AINDA NÃO ME ENTREGOU,TODAS AS VEZES É ASSIM,UMA PORCARIA DE SERVIÇO !

  2. Devemos nos perguntar a quem interessa obstruir privatização. Ora, sem duvida a quem arranjo uma boquinha nesse imenso cabide de empregos . O governo é péssimo administrador e tem que deixar o setor privado cuidar dessas empresas que só geram corrupção.

  3. Meu Deus! Isto aí é uma tranqueira, um cabide de emprego, é caro, ruim e não garante nada! Ten que vender esta porra ontem. Se der de graça é lucro!

  4. Privatiza logo esta porcaria, que não entrega os pacotes que enviamos de outros países. Roubam as mercadorias e não devolvem o dinheiro. Band o de incompetente dos infernos! MS

  5. Na Alemanha aconteceu o mesmo há + de 20 anos. Finalmente conseguiram privatizar uma empresa ruim e cara. C/ isso ela teve q se reinventar. Resultado: hj ela é mto melhor q as concorrentes e mto + barata e virou internacional: Die Post/DHL q, aliás, tem interesse na compra dos Correios. Enqto a Die Post cuida das coisas pequenas (cartas, pacotinhos, etc),a DHL cuida dos pacotes de todos os tamanhos.Paguei pelo transporte de 3 portas de correr,todas em espelho, 2,50 altura x 1,10 largura (cont.)

    1. (cont.) mto pesadas.Por ñ caberem no elevador os rapazes tiveram q subir 6 andares, 3 vezes, p/ deixá-las na porta do apto. como rezava o contrato (queriam deixar na portaria, mas eu rodei a baiana :). Esse transporte (as 3 portas!) me custou a bagatela de 29,-Euros.No Brasil o correio pediu + de 1500,00 Reais p/ levar um tapete de palha de Manaus até Florianópolis (o tapete custava 1.000,00 Reais!!). Claro q não comprei. ROUBO!! Perdeu o artesão, perdi eu, perdeu o correio. TEM QUE PRIVATIZAR!!

  6. Qualquer coisa é melhor para a EBCT do que ser administrada pelos Bozistas ladrões e corruptos. Desta forma, os muares Bozistas, como o Joãozinho, fixaram sem a dose diária de colonião. Zurra muar, zurra. A tia vida medíocre é apenas um zurrar permanente.

    1. Leia-se ficaram ao invés de fixaram e tua ao invés de tia. O Celular foi contaminado pelo Bozismo.

  7. Em compra efetuada no mercado livre, recebi em dois dias pela logística do ML. Em compra efetuada e enviada pelos correios, recebi com quinze dias. Privatização já.

  8. O artigo só citou o dep Glauber Braga do PSOL, mas oposição é muito mais que isso. De qq forma, qto mais demorar mais o país perde. A empresa está perdendo valor a cada dia. Vai ser vendida e o preço ficando baixo conforme se demora.

  9. tem que privatizar. A EBCT é uma empresa de faz de conta. Demora 45 dias para entregar uma correspondência dentro de uma mesma região metropolitana. Chega tudo vencido ou fora do prazo.

    1. Na Alemanha vc coloca uma carta às 17:59 hs (às 18:00 hs o correio fecha), no dia seguinte, antes do meio-dia ela está na caixa do destinatário. Pacotinhos também. O mesmo acontece c/ compras pela Amazon ou semelhante. Vc compra num domingo de noite, no dia seguinte, entre 11:00 e 12:00, está recebendo. Custa entre 3,99 e 4,50 Euros.

  10. A oposição joga sempre contra o país. Não interessa se a proposta é boa. Simplesmente dão o contra.

    1. Sempre a oposição coloca um entrave, para que o país não caminhe! Enquanto isso é o povo que paga!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO