Adriano Machado/Crusoé

O que Lula pensa sobre a CPI, mas prefere não dizer publicamente

12.04.21 10:20

Nos tempos de presidente, Lula cultivava o hábito de escalar emissários para orientar o PT sempre que pairavam dúvidas no partido sobre o que o petista pensava a respeito de temas delicados, mas ele não podia expor publicamente, sob pena de deixá-lo em maus lençóis com o eleitorado.

De lá para cá, Lula deixou o poder, elegeu e reelegeu a sucessora, foi preso e solto 580 dias depois por decisão do STF, mas os métodos permaneceram praticamente os mesmos.

No fim de semana, dois dos principais interlocutores do ex-presidente, o governador do Piauí, Wellington Dias, e o senador Jaques Wagner, saíram a campo com a missão de jogar água na fervura da CPI da Covid. Dias pediu “serenidade” para que não se criem falsas “guerras diárias”. Wagner, por sua vez, falou em “momento inadequado” para a instalação da comissão – detalhe, o parlamentar sequer assinou o requerimento de abertura do colegiado.

Ambos agem a pedido de Lula. O petista não quer saber de CPI. Avalia que politicamente a comissão pode até ser importante o suficiente para desgastar Bolsonaro, mas não pode ser incendiária o bastante para provocar um impeachment – e, como já disse Crusoé, Lula quer enfrentar Bolsonaro no segundo turno de 2022.

Como a principal marca de toda CPI é a sua imprevisibilidade, o petista prefere que ela não vá adiante. Se for inevitável, que seja “controlada”. Por isso, os pedidos de Wellington Dias por “serenidade” reforçados por Wagner com palavras igualmente amenas. O petismo já entendeu o recado.

No Twitter, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, segue – e seguirá – posando de defensora tanto da CPI quanto do impeachment de Bolsonaro. Mas todos no partido sabem que ela joga para a plateia.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. O Brasil tem de ser maior do que o atual presidente e de seu contraface, o ex. Com 215 milhões de habitantes, não é razoável supor que nosso capital humano e político se resuma a dois homens e, pior, a áulicos e lacaios ainda menores, que se prestam a sabujos de seus chefes. Já é incrível que um senador que chegou a ser cogitado como candidato a presidente em 2018 não assine o requerimento da CPI do vírus. Pior é saber que se omite a mando de "seu mestre". Isso não é servir ao país e ao povo!

  2. Lula sabe que Bolsonaro chegará tão, mas tão desgastado em 2022 que não lhe interessa complicar o governo ainda mais, pois se o PR cair via impeachment, será muito mais difícil derrotar o vice Mourão e mesmo o outro candidato de centro que concorrerá com risco efetivo de deixá-lo fora do 2º. Turno em 2022.

    1. Felipe, se não sabe contestar limpa sua boca. Comentei um fato real, não quer dizer que sou a favor de Lula; aliás nunca votei nele. Votei em Bolsonaro e não voto mais, assim como outros milhões que votaram nele para derrotar o PT, só que ele não entendeu isso e acha que essa ideologia barata de direita o elegerá. Os brasileiros são de centro e não gostam de extremismos. Vê se aprende alguma coisa de política, mas não esquece de limpar a boca antes de falar.

  3. Lula manda, os petistas Wagner e Wellington obedecem. Nada de perigo de impeachment; nada de CPI da covid e tudo para manter o sonho da disputa Lula/Jair em 2022

  4. Estamos falando de quadrilhas e gangsters. O maluco blz continua o mesmo, sem tirar nem por. Vão investigar as prefeituras do pt e ver o desvio milhonário de recursos públicos para o partido. Esta é a questão. Não se pode esquecer que foi inácio quem instaurou a corrupção institucionalizada no pt. A nuvem de Celso Daniel continua presente da mesma forma.

  5. Bandidos se entendem...e nos sobra escolher entre um ladrão condenado em duas instâncias e um maluco genocida, incompetente..

  6. Chega a ser asqueroso e ultrajante o circo mambembe montado em torno da tal CPI, onde com certeza proliferarão as brigas paroquiais e pontuarão os egos mastodônticos dos ilustres parlamentares. Houvesse real interesse em apurar responsabilidades, bastava trazer à lide o estudo sobre o comportamento administrativo e normativo do governo federal em relação à pandemia, realizado pela FSP/USP em janeiro/21 e só difundido pela imprensa estrangeira. É batom na cueca!

    1. Verdade Velho. Estudo mais detalhado não existe. O relatório explode todos os argumentos nocivos e fantasiosos usados pelos bozistas para proteger o dono deles. Nada como usar evidências concretas para desmascarar os que trabalham contra o país. O Bozo é realmente um genocida!

    1. infelizmente você está enganado....se Bolso concorrer com Lula, perde feio!! Milhões de eleitores, como eu, nunca mais votarão nesse genocida

  7. Dá pra confiar numa oposição dessa? Justamente quando é mais urgente e importante ter uma oposição que batalhe pelo impeachment do genocida o mafioso de São Bernardo só pensa na eleição de 2022! Desse jeito não há dúvida em votar nulo se sobrarem esses 2 no 2o turno

  8. O Lula passou mais de um ano pensando lá em Curitiba e não adiantou nada. Como tem brasileiro que não difere um picolé de uma buchada de bode.

  9. Fiquei sabendo que Lula comprou uma casa num condomínio de luxo em Lauro de Freitas, Bahia. Aqui, o reduto petista ainda resiste. Se, por algum motivo, Lula não puder concorrer em 2022, o candidato dele é Rui Costa, governador da Bahia. Acontece que "Rui Correria" anda correndo do MPF pq, junto com o Consórcio Nordeste, torrou 49 milhões com a compra ds respiradores de uma empresa americana q só existia no papel. O processo corre em segredo de Justiça, ate aonde seu. Então, "CPI não interessa".

  10. Tática e expectativas sobre tudo que é possibilidade !MENOS O QUE INTERESSA! APURAR E CONTRIBUIR CONTRA A IMPUNIDADE. BOLSOLULISMO NO PIOR ESTILO ...

  11. Vejo muitos reclamando de um lado e outros tantos do outro lado. Só gostaria de lembrar, que apesar de 2022 já está logo ali, batendo na porta, ainda dá tempo de APRENDERMOS a votar... Lembrando sempre, que lugar de político corrupto é na cadeia. Se o processo no judiciário é demorado até uma decisão final, nós como eleitores não podemos ter dúvidas, tem processo na justiça, não deve ser eleito...

  12. Ele tem coragem porque pode fazer CPI sobre a roubalheira do governo dele!kkk, mas senado não tem coragem de investigar CPI dos senadores lobistas da china 5G. A CRUSOÉ também não tem coragem de investigar!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO