Adriano Machado/Crusoé

Após repercussão negativa de conversa com Kajuru, Bolsonaro ensaia recuo

12.04.21 11:56

Após a divulgação da conversa com o senador Jorge Kajuru, do Cidadania, o presidente Jair Bolsonaro indica um recuo na postura de confronto com o Supremo Tribunal Federal. No diálogo tornado público pelo parlamentar na noite de domingo, 11, Bolsonaro pede a ampliação do escopo da CPI da Covid e defende o impeachment de ministros do STF, como forma de chantageá-los.

Na manhã desta segunda-feira, 12, Bolsonaro demonstrou irritação com o assunto, principalmente depois que soube que o áudio da conversa caiu como uma bomba no Supremo. Na Esplanada dos Ministérios, ainda há dúvidas se o diálogo foi um jogo combinado que deu errado ou se Kajuru divulgou o áudio à revelia do presidente da República. Bolsonaro quer emplacar a segunda tese.

“Fui gravado numa conversa telefônica, a que ponto chegamos no Brasil, gravar o presidente e divulgar”, afirmou o presidente nesta segunda, 12, em conversa com apoiadores, ao deixar o Palácio da Alvorada. “Falei mais coisa naquela conversa, pode divulgar tudo, da minha parte”, acrescentou.

Após a declaração de Bolsonaro, Kajuru disse em entrevista à Rádio Bandeirantes que, no trecho não divulgado, o presidente da República teria afirmado que “iria para a porrada” com o senador Randolfe Rodrigues, da Rede, autor do requerimento para a instalação da comissão de inquérito.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Mais um Xaveco dos Antas , com distorções contumaz , informações xavequeadas com 10 % de veracidade , o resto é xaveco .

  2. Td vez q abrem a boca, JB ou seus filhos nos envergonham. Eles deveria aprender o sábio ditado q diz - Se o q vc vai falar não melhora o silêncio, fique calado. No caso deles melhor seria ficarem mudos.

  3. Essa gravação tem jeito de armação combinada entre Kajuru e Bolsonaro. Como um presidente fala ao telefone sem sistemas de segurança na ligação? Essa é demais.

  4. Conversa de botequim feito por dois personagens insignificantes. Este Kajuru é uma besta quadrada que puxa o saco do Mandrião que até se constrange e este ppor sua vez exercita o papel de presidente numa repiblica de bananas

  5. O diálogo entres os asnos mostra como votamos no Brasil. Dois desqualificados, imbecís, arrogantes. Um presidente, outro, Senador.

  6. Quanto mais bate boca, mais o que precisa ser investigado passa despercebido. Menos se analisam as as mazelas da saúde, da educação, do meio ambiente, da segurança, das rachadinhas e da economia. Gerar polêmicas nas redes sociais, na imprensa e, como agora, entre autoridades dos Poderes, é o que o Jair precisa para ganhar tempo e velar os erros do desgoverno geral.

    1. O bate boca também é especialidade do senador Kajuru. Ja a atividade parlamentar...

  7. o que os deputados e senadores estão esperando para tirar da cadeira de presedente, esse incompetente. serão todos convardes? ou tem mais alguma coisa nessa suruba.

  8. UE! Cabe o Principio da transparencia dos atos do Pres da Rep. Alem do fato na tal conversa haver uma AMEAÇA ao Sen Randolfe. Ameça é capitulada como Crime. Não dava para o Sen Kajuru ficar calado.

  9. SE O BOZO MORDESSE A METADE DO QUE LATE, E O PROBLEMA DESSE BOSTA É TIRAR O FOCO DAS INVESTIGAÇÕES. É UM MERDA FANFARRÃO QUE VAI CHEGAR O DIA EM QUE VAI LEVAR UM PAU PARA NUNCA MAIS ESQUECER. COVARDE QUE USA DO CARGO PARA TENTAR AMEAÇAR MAS O DIA DESSE ESTRUME ESTÁ CHEGANDO.🚔⚔🔪☠

  10. Bolsonaro, chega de minimi, é só uma cpi zinha, vai ficar chorando até quando! Isso é coisa de Boiola. Vão te investigar, e dai. Acabou porra! Você é Messias mas não é Deus. Quer muito, mas não pode fazer nada.Agora com certeza, não é a sua calça que tá apertada,é outra coisa né?

    1. Ângela, formidável a seu comentário 👏👏👏👏👏

  11. quando tive acesso ao áudio divulgado pelo Kajuru, fiquei perdida... essa história não está bem contada... Bolsonaro não estaria medindo as reações, prática costumeira desse presidente?

  12. Não é possível só pode ser proposital. Ele fala M.... toda semana, o que tem atrás de tudo isso? Algo para disfarçar as rachadinhas? Compra da mansão? As milícias do Rio... tem osso neste angu.

  13. Tratando-se do Kajuru e o Bolsonaro, ambos do mesmo clero, fica apenas a dúvida se ambos combinaram o "vazamento" ou se o Senador implodiu a hemorróida.

  14. O pais a deriva e o mandatário fazendo futrica politica. É isto que dá eleger figuras despreparadas e sem ter a estatura pro cargo.

    1. Concordo plenamente. Trata- se de um representante do Centrão ( 28 anos mudando de Partido) que se fez passar por um representante da direita. Fomos traídos, eu votei nesse traidor, foi um voto anti PT, hj vejo que eles se complementam.

  15. Mais do mesmo, o valentão capitão cloroquina, rei de desdizer o que disse e voltar atrás. Que agonia aguentar até 2022 para por esse desqualificado para fora. O bom é que nem deputado ele será por pelo menos 4 anos! #forabolsonaro

    1. ..e vc. um Gado sem vergonha nem dignidade! Vai lamber o saco nojento do seu mito Geraldo!

    1. O pior é que nem mesmo a capacidade de dar porrada em alguém ele tem!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO