Reprodução

Nova York exigirá comprovante de vacinação de funcionários do setor privado

06.12.21 19:49

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio (foto), anunciou que funcionários de empresas privadas que trabalham presencialmente no escritório terão de tomar pelo menos uma dose da vacina contra a Covid até o dia 27 de dezembro.

A medida terá de ser seguida por 184 mil negócios na cidade. Funcionários que não precisam ir ao escritório não terão de se imunizar.

A cidade já determinou que funcionários públicos precisam se vacinar. Quem quiser frequentar restaurantes e estádios tem de mostrar um comprovante de vacinação ou um teste recente. A partir do dia 27, o teste não será mais aceito.

Crianças a partir de 5 anos também terão de comprovar que tomaram ao menos uma dose para comer fora de casa ou ir ao cinema. Quem tiver mais de 12 anos terá de comprovar duas doses.

Os casos de Covid em Nova York mais do que dobraram desde o início de novembro. O aumento foi observado antes da descoberta da variante Ômicron, no sul da África, e dos primeiros relatos de casos nos Estados Unidos.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
Mais notícias
Assine 50% off
TOPO