Divulgação/Senado

MP de Roraima pede ao STF acesso a provas de inquérito sobre Chico Rodrigues

23.11.20 16:54

O Ministério Público de Roraima pediu ao Supremo Tribunal Federal acesso às provas do inquérito em que a Procuradoria-Geral da República investiga o senador licenciado Chico Rodrigues (foto), do DEM, flagrado pela Polícia Federal com dinheiro entre as nádegas, como revelou Crusoé. A decisão cabe ao ministro Luís Roberto Barroso. 

Autor do requerimento, o promotor Luiz Antônio Araújo de Souza espera usar a documentação em um procedimento preparatório instaurado para apurar a prática de improbidade administrativa na compra de equipamentos de proteção individual superfaturados da Quantum Empreendimentos, empresa ligada ao parlamentar, pela Secretaria Estadual de Saúde. 

Em setembro, a investigação do caso na esfera penal resultou na Operação Desvid-19, que mira o desvio de 20 milhões de reais em emendas parlamentares destinadas ao combate ao novo coronavírus. Na ocasião, a PF encontrou 33,1 mil reais na cueca do parlamentar. 

Em razão do episódio, o ministro Luís Roberto Barroso determinou o afastamento de Chico Rodrigues do mandato pelo prazo de 90 dias — a ordem teria de ser aprovada pelo plenário do Senado. Para sair dos holofotes, o próprio parlamentar pediu uma licença de 121 dias, abrindo mão do salário.

“O pedido de compartilhamento de provas em comento se justifica pelo fato de ter se tomado público o possível envolvimento do parlamentar Francisco Rodrigues na contratação da empresa Quantum Empreendimentos e Saúde, de modo que poderá restar implicado nos atos ímprobos investigados pelo Ministério Público do Estado de Roraima”, anotou o promotor Luiz Antônio Araújo no pedido endereçado à Suprema Corte.

Como mostrou Crusoé, Chico Rodrigues tem uma relação próxima com a Quantum. O parlamentar chegou a pedir ao ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, em abril, um avião da FAB para transportar materiais da empresa. A informação consta do inquérito ao qual o MP-RR quer acesso.

O requerimento causou estranheza porque, como destacou a Polícia Federal, “o ônus e os custos correspondentes do transporte incumbem, por regra, à empresa contratada pelo Poder Público”. A Quantum recebeu 3,2 milhões de reais para fornecer kits de detecção de covid-19 para o governo de Roraima. 

A empresa está registrada em nome de Roger Henrique Pimentel, cunhado de uma assessora de Chico Rodrigues. A servidora, identificada como Samara de Araújo Xaud, é mulher de Jean Frank Padilha Lobato, apontado por testemunhas como o operador do senador.

Além disso, nas investigações, a empresa foi identificada pela PF como uma das que supostamente se beneficiava da influência do senador dentro da Secretaria Estadual de Saúde.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Não desistam! 2022 vem aí, precedido por eventos quentes. Dezembro trará Papai Noel com seringas de vacinas variadas. Em janeiro frequentemente se ouvirá General da Banda, na voz de Elis Regina (Mourão, Mourão/Catuca por baixo/Que ele cai). Logo, o contribuinte -- que a todos remunera, além de quitar as faturas inevitáveis do (des)governo -- esquadrinhará o cardápio de candidatos ao Governo. Cansado de pagar por bom bacalhau e receber em troca apenas arroz com carapau, o contribuinte se rebela.

    1. O contribuinte se cansou de Brutucus da Esquerda e Brutukus da Direita. Do Quadrilhão Central o contribuinte já se cansara há muito. Advertido por Janaína Paschoal, o contribuinte só apoiará candidato que trilha a Quarta Via. Como Davi Eleitor, sempre munido de seixos e estilingue certeiros, o contribuinte insistirá na sua missão de abater vampiros e zumbis. E como são numerosos! E como têm famílias ENOOORMES, uns pelicanos bem papudos, sempre à aspera das sardinhas custeadas pelo contribuinte!

  2. Tanto esforço para nada acontecer quando esse processo chegar depois de uns 7 ou 8 anos de tramitação e chegar à Suprema Tramóia Federal. O mundo gira e o STF continuará o mesmo para nossa indignação com suas figuras carimbadas, irritantes, (Beiçola, Tofinho, Lewan e Kássio - Kopia e Kola), que certamente atrapalharão ainda por muito tempo o efetivo combate à corrupção. Infelizmente a limpeza no Supremo vai levar alguns anos caso não haja mudança na legislação.

  3. É incrível como essa corja não se envergonha de nada que faz. Não é possível que todos os psicopatas do mundo estejam aqui, portanto são podres mesmo...

    1. A alternativa lá é o retorno de Jucá. Até Sarney, já moribundo, foi senador pelo AP.

  4. O brasileiro não aguenta mais a corrupção do Brasil, e para agravar o sentimento de incapacidade das pessoas a impunidade tem garantia do STF, dando ao corrupto salvo conduto de liberdade, somos escravos da senzala atual, trabalhamos para pagar impostos senão o rigor da lei da mordaça será aplicada, até quando vamos aguentar, está na hora do surgimento de um Zumbi dos Palmares, sugiro a desobediência civil sem pagar impostos por 30 dias, ou então rasgar a maldita CF 88, dita cidadã.

    1. E amigo sou assinante mais e difícil acessar algumas matérias, tipo do Sergio Moro .

  5. Se deixar quieto esse assunto morre!!! Parabéns O Antagonista e Crusoé, assino os dois e já dei assinatura de presente. Quero ler aqui a queda do bolsonazifascista e caterva.

    1. Minha assinatura expirou e não vou mais renovar. Essa revista não é mais imparcial como quando começou. O nosso irmão Diogo Mainardi, só tem raiva no coração, não sabe agradecer a um presidente que fez o que ele mais queria, tirar o PT do poder.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO