MID

Em retaliação a sanções do Reino Unido, Rússia bane a entrada de 25 britânicos

23.11.20 16:17

O Ministério de Assuntos Estrangeiros da Rússia anunciou nesta segunda-feira, 23, o banimento de 25 cidadãos britânicos. Com a medida, eles ficarão impedidos de entrar em território russo. A decisão foi tomada como forma de retaliação a sanções aplicadas pelo governo britânico a autoridades estrangeiras envolvidas em abusos aos direitos humanos.

Em julho, o chanceler britânico, Dominic Raab, anunciou sanções contra 25 cidadãos russos envolvidos na morte do advogado russo Sergei Magnitsky, 20 sauditas que participaram do assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, dois generais implicados no genocídio de Rohingyas em Mianmar e duas organizações que usam trabalho forçado na Coreia do Norte.

“Fornecemos repetidamente comentários e esclarecimentos exaustivos sobre todos os relatórios relacionados à morte de Sergey Magnitsky, mas Londres, aparentemente, prefere ignorar nossas declarações. Não há fundamentos claros sobre os quais eles escolhem ‘atribuir’ o culpado e determinar sua ‘punição’. As ações da Grã-Bretanha não podem ser definidas como nada além de uma tentativa de interferir nos assuntos internos de outro estado e pressionar o sistema de justiça russo”, declarou Maria Zakharova, porta-voz da chancelaria russa, chefiada por Sergey Lavrov (foto).

Magnitsky foi um advogado e auditor fiscal que revelou, em 2007, um desvio superior a 230 milhões de dólares em um fundo de investimentos russo. Ele foi preso e processado pelo estado russo por ter sido cúmplice de evasão fiscal. Vítima de agressões na prisão, morreu em novembro de 2009. Em 2013, depois de morto, foi condenado no processo em que foi acusado por evasão fiscal.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Esses ditadores sanguinários sempre tem argumentos para seus desmandos... É preciso manter as pressões através de sanções como essas, ou tais condutas nunca serão punidas.

Mais notícias
Assine
TOPO