Adriano Machado/Crusoé

Mourão nega envolvimento com disparos em massa na campanha de 2018

18.10.21 18:51

Alvo de duas ações no Tribunal Superior Eleitoral que pedem a cassação da chapa pela qual se elegeu ao lado do presidente Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão (foto) negou ter qualquer envolvimento com os disparos de mensagem em massa pelo WhatsApp durante a campanha eleitoral de 2018.

As ações foram apresentadas pela coligação do petista Fernando Haddad, derrotado no segundo turno, e pedem a cassação da chapa Bolsonaro-Mourão e a inelegibilidade de ambos por oito anos por suposto abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação durante as eleições.

No último dia 15, o corregedor-geral do TSE, ministro Luís Felipe Salomão, liberou as duas ações para julgamento. Nas alegações finais, a defesa de Mourão afirmou que o vice-presidente não tem nenhuma relação com os supostos crimes eleitorais, que, segundo a denúncia, teriam sido praticados por empresários bolsonaristas, como Luciano Hang. Ele nega as acusações.

“É indubitável que o investigado general Mourão não tem qualquer responsabilidade sobre os fatos relatados na inicial por supostas práticas ilegais de terceiros, tornando impossível o pedido de declaração de inelegibilidade do investigado. E não havendo qualquer prova de compra de pacote de disparo de mensagens em massa, deve a presente ação ser julgada improcedente”, afirma a defesa de Mourão.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. Já de volta para o GO, Globolixo. Você anda escrevendo muitas besteiras, precisa ser reciclado.

  1. Concordo que o Mourão não fez nada. Ele é tão inútil que não sabe de nada, e não sabe nada. Aliás, sabe somente receber seu salário de vice-nada. Se tivesse pena por inutilidade e desonra, certamente seria condenado. Vaquinha de presépio de quatro estrelas do Capitão Cloroquina.

  2. Único país do mundo , que um capitão das rachadinhas manda em general do exército de pijama!!! O Bozobosta só se caga de medo é do Conde Temer , será que o conde pode chupar o sangue da Micheque????

  3. Obvio Mourão não participou dos disparos nas eleições de 2018! É inconteste q as redes foram comandadas pelo Carluxo & Seus Asseclas.

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO