Pedro Ladeira/Folhapress

Ministro da CGU rebate acusação de prevaricação: ‘Calúnia é crime’

15.09.21 19:02

Aliado de primeira hora de Jair Bolsonaro, Wagner Rosário (foto) rebateu a acusação de prevaricação feita pela cúpula da CPI da Covid. O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União foi às redes sociais afirmar que “calúnia é crime” e dizer que aguarda “ansiosamente” a convocação para depor na comissão.

Mais cedo, o presidente da CPI, Omar Aziz, chamou Wagner Rosário de “prevaricador” e “omisso” após ser informado que a CGU tem, desde outubro de 2020, informações que implicam Roberto Ferreira Dias e não orientou a exoneração dele.

O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde foi demitido somente em junho deste ano, após o policial militar e representante da Davati Medical Supply, Luiz Paulo Dominguetti, acusá-lo, em público, de pedir propina na negociação de vacinas.

Senador @OmarAzizSenador, calúnia é crime!!! A autoridade antecipar atribuição de culpa, antes de concluídas as apurações e formalizada a acusação também é crime!!! Aguardando ansiosamente sua convocação“, escreveu Wagner Rosário.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. PelamordeDeus, será que alguém do rebanho do Clorocorno pode me informar o nome de um sujeito honesto que ele nomeou? Pelo menos um!!!

  2. Liga não, senador Omar Aziz… esse ofendido está se utilizando do velho receituário dos sem razão: a melhor defesa é o ataque!

  3. Este energumeno capacho do Bozobosta, se não fosse a CPI o vagabundo ladrao deste Diretor de Logistica estava lá chefiando a quadrilha do Partido Progressista!!!

  4. Huuuum. A bonequinha ficou pistola. Hoje só sossegará quando for acalmado pelo Carluxo, tal como o Joãozinho Necrófilo faz quando em crises existenciais.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO