Adriano Machado/Crusoé

Lava Jato do Rio diz à ONU que advogados de Lula fazem ‘narrativa canhestra’ e defende Bretas

27.11.20 21:01

A força-tarefa da Lava Jato no Rio de Janeiro enviou nesta sexta-feira, 27, um ofício à Organização das Nações Unidos rebatendo de forma dura as acusações feitas à instituição pelos advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira, defensores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No documento, os procuradores afirmam que Zanin e Teixeira fizeram uma “narrativa canhestra” perante à ONU “com a finalidade de lançarem uma cortina de fumaça sobre crimes gravíssimos” pelos quais são acusados na Operação E$quema S, que denunciou, em setembro, a dupla e outros advogados por desvios de 151 milhões de reais da Fecomércio do Rio.

Os advogados de Lula fizeram uma queixa à ONU dizendo que a operação de busca e apreensão executada pela Lava Jato fluminense foi feita para “intimidar” os advogados do ex-presidente petista. Questionaram também a imparcialidade do juiz federal Marcelo Bretas, porque ele seria “um grande apoiador” do presidente Jair Bolsonaro, adversário de Lula.

Em outubro, o relator da ONU sobre Independência do Judiciário, Diego Garcia-Sayan, enviou uma carta ao governo brasileiro cobrando explicações sobre a operação que aprendeu celulares e documentos de Zanin e Teixeira, por supostos desvios na Fecomércio do Rio, que não guardam relação com os casos da Lava Jato de Curitiba nos quais Lula foi condenado.

Na resposta à ONU, além de mencionar as provas obtidas contra os advogados de Lula na E$quema S e ressaltar que o caso não tem nenhuma relação com o ex-presidente, os procuradores do Rio destacam que a mesma operação fez buscas e denunciou inclusive o ex-advogado da família Bolsonaro Frederick Wassef por ter recebido dinheiro da Fecomércio.

“É, portanto, absolutamente esdrúxula e vazia a versão conspiratória apresentada às Nações Unidas pelo Sr. Roberto Teixeira e pelo Sr. Cristiano Zanin Martins, que, ao revés de exercerem o seu legítimo direito de defesa pelo uso do pródigos recursos disponíveis na legislação brasileira, buscam via heterodoxas para artificializar narrativas e alcançar vitimização e blindagem contra a possível punição por atos criminosos pelos quais vêm sendo acusados pelo Ministério Público Federal”, afirmam os procuradores.

Sobre a conduta do juiz Marcelo Bretas, a Lava Jato do Rio afirma que os advogados de Lula não tomaram nenhuma medida legal no Brasil contra a suposta parcialidade do magistrado e que “pretendem apenas fazer barulho” com a reclamação na ONU. “Não foram identificados em nenhuma de suas decisões ou atos processuais quaisquer elementos que pudessem indicar a sua falta de isenção objetiva ou subjetiva no âmbito da Operação E$quema S”, afirmam.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Virou moda. Qualquer criminoso agora tenta incriminar seus acusdores. Aprenderam rapidinho com o ex-presidiário-mais-suspeito desse país. Como os órgãos internacionais são claramente perfilados com a chamada esquerda, tudo tem ficado mais fácil pra essa corja.

  2. Festival de idiotices: 1) Advogados de Lula vão se queixar à ONU; 2) Lava Jato do Rio manda ofício à ONU contestando os advogados. Qual a importância disso? Zero! Ou alguém de bom senso acha que a ONU vai ficar preocupadíssima com esse assunto esse assunto, quem sabe convocando uma reunião extraordinária do Conselho de Segurança? Me poupem! Perda total de tempo, tanto dos advogados como da PGR. Vão trabalhar, busquem usar seu tempo com algo mais inteligente.

  3. Dois advogados corruptos que maculam a advocacia brasileira. Cadê a OAB para enquadrar esses dois bandidos??? Eles ficaram milionários com as propinas que recebem.

    1. PARA A OAB (ORGANIZAÇÃO DA ALTA BANDIDAGEM) ENQUADRAR ALGUÉM, TERIA DE SE ENQUADRAR...

    2. MARIA A PROPRIA OAB JA ESTÁ SOB OS OLHOS DA PF. ESSES ADVOGADOS ESTÃO MILIONÁRIOS. AJUDARAM O LULA QUE FOI PRESO E OUTROS A ROUBAREM MUITO MAIS MUITO MESMO. O HOMEM MAIS HONESTO DO MUNDO PODE A QUSLQUER MOMENTO VPLTAR PARA CADEIA. ENTÃO,DE HONESTOS NÃO TÊM NADA.

    1. Esses " adevogados " inclusive já são acusados de maracutaias na falência da Varig. Ou seja, são useiros e vezeiros em falcatruas pra se apropriarem do dinheiro alheio. Só no Brasil, com essa OAB que temos, que ainda tem seu registro.

    2. Sua definição é impecável. De fato, são o que há de pior!

Mais notícias
Assine
TOPO