Divulgação/Sforza Holding

Justiça autoriza retenção do passaporte de Carlos Wizard

18.06.21 19:16

A pedido da cúpula da CPI da Covid, a juíza Márcia Souza, da 1ª Vara Federal de Campinas, autorizou nesta sexta-feira, 18, a Polícia Federal a reter o passaporte do empresário Carlos Wizard (foto) tão logo ele pouse no Brasil.

A comissão pleiteou a medida cautelar após o bilionário faltar ao depoimento agendado para a última quinta-feira, 17. Wizard deixou o país em 30 de março rumo à Cidade do México e, em 14 de maio, chegou aos Estados Unidos, onde está desde então. A defesa do empresário informou à CPI que ele acompanha o tratamento médico de um familiar.

Após as informações da Delegacia de Policia Federal em Campinas, verificou-se que o Senhor Carlos Wizard encontra-se fora do Brasil. Assim, em acatamento à segunda parte da ordem, determino à Polícia Federal que cumpra o último parágrafo do ofício 1560/2021 CPI PANDEMIA, ou seja, proceda a retenção do passaporte de CARLOS ROBERTO WIZARD MARTINS imediatamente após o seu ingresso em território nacional”, afirmou o juiz federal, pouco tempo após a PF bater à porta do empresário e não encontrá-lo.

O bilionário é suspeito de integrar o “gabinete paralelo“, que aconselhou o presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia às margens das orientações do Ministério da Saúde. A estrutura extraoficial teria, por exemplo, recomendado a propaganda da cloroquina para o tratamento da Covid-19 e investido na tese da “imunidade de rebanho“.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
    1. E pensar que Zezinho diarreia tentou aprender inglês na Wizard…

    2. E também para pagar a alfafa dos muares decrépitos Bozistas, tal como o mulambo do Joãozinho.

  1. Veja o nível das pessoas, que estavam tomando às decisões de vida ou morte, para milhares de brasileiros. Wizard como um rato, fugiu para os USA. Sendo o Bolsonaro um líder fraco na tomada de decisões, coube a esse empresário, fazer o país enveredar pelo caminho da carnificina, a frente do Gabinete das Sombras. Implementaram a estratégia da imunidade de rebanho pela contaminação, e o uso de medicamentos ineficazes. E agora, foge como um rato, para escolher qual vacina vai tomar nos USA.

    1. Quer dizer que o a fixação do muar Joãozinho pela calça apertada do Dória tem uma explicação financeira, kkkkkkkkkkk. O muar continua nos surpreendendo.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO