Divulgação/Governo de São Paulo

Governo de SP aplica primeira dose da Coronavac

17.01.21 15:47

Longos 330 dias após o registro do primeiro caso de Covid-19 no país, a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus foi aplicada em território brasileiro.

Mulher, negra e enfermeira, Mônica Calazans, 54 anos, recebeu uma dose da Coronavac, imunizante desenvolvido pelo Instituto Butantan e pelo laboratório chinês Sinovac, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

A inoculação ocorreu minutos após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizar o uso emergencial e temporário da vacina. Mônica trabalha na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo.

A enfermeira Jéssica Pires de Camargo, 30 anos, do Controle de Doenças e Mestre de Saúde Coletiva pela Santa Casa de São Paulo, foi responsável por aplicar a dose.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. No mundo inteiro teve cerimônia de vacinação simbólica, mas aqui o Doria não pode porque tá fazendo marketing. Se está, pelo menos está em cima do palanque que ele construiu e não querendo tirar casquinha do palanque alheio como alguns.

  2. Tem gente educada que faz comentários construtivos. Tem mal educado que sem argumentos só escreve pra ofender. Esse não deveria ter lugar numa revista dessas.Pega mal.

  3. É irrelevante a acusação de que a primeira vacinação (finalmente) contra o vírus da pandemia Covid - ocorrida na tarde de hoje (17-1-2021) - tenha sido apenas um caso de “marketing político”. O que ficou demonstrado foi a PERSISTÊNCIA e COMPETÊNCIA (que faltou totalmente ao governo federal) com que o governador João Doria coordenou os esforços do Instituto Butantan – juntamente com a Sinovac Chinesa – no desenvolvimento da vacina Coronavac. Gol de placa do Doria

  4. avisem o super ministro da saúde e seu chefe que não quer nada da China, que o insumo para fazer a Oxford também é da China.

    1. Isolina — No final, o sonho erótico de todo bozista é ter um vermelhinho para chamar de seu.

  5. Este simples mostrou para o governo bozista genocida que a esperança pela vida sempre será maior do que a necrocracia que ele tenta implementar no país. Está na hora de rompermos com o marasmo. Está na hora de defenestramos os genocidas do poder. O Brasil não aguenta mais esta situação!

  6. Instituto Butatan e governo de SP parabéns pela opção pela ciência e pela vida dos brasileiros do bem. A MELHOR VACINA É A ÚNICA QUE TEM NO BRASIL devido ao negacionismo do PR ignorante e criminoso. Essa vacina é a única LUZ no fim do túnel para o BrasilSimples assim!

  7. A depender da maestria do Pazuello em distribuir as vacinas do plano nacional, é capaz de SP aplicar as 2.000.000 de doses que ele nao conseguiu roubar antes de aplicar a primeira no resto do Brasil.

  8. ...e o bunda mole do Pazaniello, mandado pelo Bosta criminal, foi logo criticar esse início de vacinação. Filhos da puta criminais. Por eles ainda estávamos na merda! Aguardando Zeus e a Índia. BRAVO DORIA!!!

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO