Pedro Ladeira/Folhapress

Fachin manda PGR se manifestar sobre prorrogação de inquérito envolvendo Renan e Jucá

08.04.21 07:31

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, determinou que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre o pedido feito pela Polícia Federal em favor da prorrogação do prazo do inquérito que investiga Renan Calheiros (foto) e Romero Jucá — ambos teriam recebido 5 milhões de reais em propina da Odebrecht.

A PF argumenta que precisa de mais 60 dias para ouvir testemunhas e receber informações sobre um hotel em que as transações teriam ocorrido. Somente depois disso, ressaltaram os investigadores, será possível elaborar o relatório final.

O inquérito baseia-se em acordos de colaboração premiada de executivos da Odebrecht. De acordo com delatores, Renan e Jucá receberam os recursos irregulares em troca da aprovação de uma medida provisória que garantiu vantagens fiscais para empresas que atuavam no exterior, realizando alterações em benefício da empreiteira.

Em depoimentos gravados, o ex-diretor da Odebrecht Cláudio Melo Filho declarou que Jucá era o responsável pelos contatos com a empresa, mas deixava claro que também falava em nome de Renan.

Os repasses constam do sistema Drousys, usado pelo setor de Operações Estruturadas da Odebrecht para controlar os pagamentos de propina a autoridades e políticos. As transferências foram relacionadas ao tema “exportação”, o que indica, na visão da Procuradoria-Geral da República, “que o pagamento se deu em contrapartida à aprovação da MP que cuidava de créditos no exterior”.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Felipe Moura Brasil, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. FACCHIN: uma no cravo outra na ferradura...como se vê o "supremo" é inconteste defensor do PT. Por mim toda a camarilha continuaria sendo processada, independente de cores partidárias.

  2. Pode-se instruir devidamente o processo, reunir provas cabais do crime, entretanto, porém, todavia, surgem nos bastidores do STF, o quarteto convivente com a corrupção: Tofinho, Lewan, Gilmau, Kássio - Kopia e Kola que estragam tentativa punição aos políticos corruptos. Eles ficam de prontidão para dar um parecer, ou uma decisão enterrar/arquivar o processo na origem. Lamentável.

  3. As investigações devem ser bem feitas e o consequente relatório muito bem embasado para que não restem dúvidas e nem faltem provas consistentes para que o STF não tenha desculpas para não condenar esses corruptos mal feitores.

  4. Outros dois coisas ruins, nos quais, com toda certeza, o vírus morre ao atingí-los!!!! Não é possível que se vá tanta gente boa ou inofensiva e essa escória geral do "mecanismo" sobreviva a essa praga!!!! Isso é trabalho de pesquisa para a Ciência atestar com a metodologia científica.

  5. Outros dois coisas ruins, nos quais, com toda certeza, o vírus morre ao atingí-los!!!! Não é possível que se vá tanta gente boa ou inofensiva e essa escória geral do "mecanismo" sobreviva a essa praga!!!! Isso é trabalho de pesquisa para a Ciência atestar com a metodologia científica.

  6. 60 dias? Muito tempo. Manda a PF trabalhar. Para perseguir as pessoas que denunciaram o uso da Abin para beneficiar o filho do genocida, a PF foi rápida e eficiente. O Governo genocida é uma aberração da natureza!

    1. Takagado, meu pet favorito. Zurra um pouco mais, criatura bozista decrépita. Zurra! Por fim, não mete Deus nesta história. Só o fato deser bozista já mostra que você é discípulo do demônio!

    2. Esse tal de Jose sem assento não deve ter familiares, usando o termo pet, se tiver família deve ser odiado pelo pai, mãe, avós e avos, netos e bisnetos. Enfim um coitado. Que Deus te abençoe abençoe.

    3. Raiva? Kkkkkkkkk. Zurra rapaz, pois nem o seu nome você consegue escrever! Bozista é assim: ignorante!

    4. Essa raiva toda é saudade da teta perdida?. BOLSONARO 2022.

    5. Kkkkkkkkk. Agora os bozistas querem se apropriar do apelido dos não-bozistas, kkkkkkkk. Está estratégia já foi usada aqui e sem sucesso. Bozistas são medíocres. Da gosto de ver eles se desesperarem com os meus comentários. Bozistas são os meus pets preferidos.

    6. José, você não trabalha? Comenta todas as matérias o dia todo? Vai procurar o que fazer na vida.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO