Divulgação

Eletricidade é 100% restabelecida no Amapá, garante o Ministério de Minas e Energia

24.11.20 10:50

O fornecimento de energia elétrica foi completamente restabelecido no Amapá, três semanas depois do início do apagão no estado. Segundo o Ministério das Minas e Energia, às 3h30 desta terça-feira, 24, ocorreu o religamento do segundo transformador na subestação Macapá, o que permitiu a normalização do fornecimento de eletricidade no estado.

“A energização de mais um transformador na subestação Macapá, transportado de Laranjal do Jari, integra um conjunto de ações que vem sendo desenvolvidas, coordenadas pelo Ministério de Minas e Energia, no âmbito do Gabinete de Gestão de Crise, juntamente com as instituições e agentes envolvidas”, informou a pasta, por meio de nota.

No sábado, 21, o presidente Jair Bolsonaro visitou o Amapá e ativou geradores de energia, mas a ação não resolveu o problema. Depois da passagem do presidente pelo estado, foram registradas novas explosões no sistema de eletricidade. O apagão no estado começou em 3 de novembro.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Os trabalhos para troca de transformadores de grande porte são muito especializados e demorados pela sua própria natureza , acredito que as equipes técnicas trabalharam muito e de forma confiável . O problema é na concepção do sistema, tem que ter redundância de equipamento , opções alternativas e rápidas troca de alimentadores etc que podem em questão de horas recompor o sistema mesmo com diminuição provisória de confiabilidade . Acredito que eng. Especialistas previram isto mas depende de cima

    1. Ou seja , a Área Técnica sempre depende de decisão política em níveis superiores para poder realizar os projetos e raramente encontra eco .

  2. A grande massa populacional desse Estado que é igual à população de Ribeirão Preto deve estar super feliz. Certamente afetará o PIB do Brasil ! O Governador deve estar feliz agora que conseguiu corrigir o problema DE SEU GOVERNO e RESPONSABILIDADE.

  3. Aleluia quase 1 mês o povo sem energia elétrica, esse bando de patetas fazendo pose pra foto é muita cara de pau, amapaenses deem um chute no traseiro desses políticos incompetente nessa eleição, troquem todos

  4. A Natureza se revolta contra oa Alcolumbre. Principalmente contra o trava-pauta para o desenvolvimento, Batoré Alcolumbre e, resolveu ajudar. Um raiozinho aqui outro nas linhas de transmissão, ajudam a emperrar tudo. Efeito colateral é o derreter dos votos que quer o Alcolumbre candidato, mano véio.

    1. O Estado do Amapá, o mais preservado da Federação, possui 3 hidrelétrica gerando energia para o resto do país, mas, ironicamente, sofreu um apagão de quase 1 mês (exatos 21 dias). Onde está a compensação ao nosso estado, afinal, aqui também é Brasil! E, diga-se de passagem, foi o único estado que lutou para fazer parte do Brasil.

Mais notícias
Assine
TOPO