Lula Marques/Fotos Públicas

Eduardo Bolsonaro quer norma para proibir suspensão de contas suspeitas nas redes

14.06.21 19:02

Filho 03 do presidente da República, o deputado Eduardo Bolsonaro (foto) foi às redes sociais nesta segunda-feira, 14, defender a edição de uma norma pelo governo federal para proibir, em território brasileiro, a suspensão preventiva de contas suspeitas nas plataformas digitais.

O parlamentar manifestou-se após o Twitter derrubar temporariamente perfis numa ação regular contra o uso de robôs. Eduardo se posicionou em alinhamento a dezenas de bolsonaristas que reclamaram da perda de seguidores.

Em nota enviada a Crusoé, a empresa explicou que a suspensão vale somente até os donos das contas confirmarem dados como senha ou número do celular, como prova de que o perfil não é automatizado. A ação global, anotou o Twitter, visa “proteger a integridade e a legitimidade de conversas em seu serviço“.

A conta é excluída definitivamente somente se a verificação não for concluída. Até que cumpram essa etapa de confirmação, as contas ficam temporariamente desabilitadas, com funcionalidades limitadas, e deixam de entrar no cálculo para contagem de seguidores. Isso significa que esse número pode oscilar quando fazemos essas checagens regulares globalmente”, completou.

Em sua conta oficial, Eduardo relatou ter perdido 15 mil seguidores “repentinamente” e classificou a ação do Twitter como um “abuso“. “Sem qualquer explicação para seus clientes as Big Tech fazem o que querem e o temor é que em 2022 isso piore. Governo federal precisa urgentemente publicar decreto e enviar MP ao Congresso para acabar com esses abusos“, escreveu.

O deputado argumentou que a liberdade de expressão trata-se de um “direito sagrado“, o qual pode se suprimido somente “por decisão judicial, após um devido processo legal, garantido o direito a ampla defesa e contraditório”. “Redução de liberdade sem esses requisitos é censura!“, emendou.

O filho de Jair Bolsonaro citou como um exemplo de sucesso a legislação da Polônia, que, segundo escreveu, impõe multas às big techs em caso da remoção de publicações que não tenham conteúdos criminosos. “Garantir respeito à liberdade de expressão é papel do Estado“, concluiu.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. É surreal. quer o direito de continuar espalhando milhões de fake-news com seus robôs e canhões, enganando o povo, destruindo reputações, combatendo a ciência buscando construir um mundo de treva e barbárie?

  2. o filhinho esta irritadinhi kkkkkkk e quer multar o que, quandi é para servir aos interesses midiaticoa políticos da familia ele usa e abusa da liberdade agora que a corda aperta nele também fica querendo privilégio... Hipócrita, que vai babar de tanta loucura que provocou no povo. a loucura dele será cuel.

  3. A criatura tem mais de 2 milhões de seguidores e faz um agá porque sumiram 15 mil? Me poupe! Deveria ficar quieto, pois no final do dia a equipe já terá criado 30 mil novos perfis falsos.

  4. O "direito sagrado" a opinião parece ser entendido somente do lado dos adeptos do rapaz. Pensar diferente disso já dá problema.

  5. O registrante do dominio tem o direito de criar ou excluir regras ou pessoas em seu proprio site. Vide ICANN. Twitter é um dominio. FB é outro. Registre seu proprio dominio e acabou a censura. Politico ignorante.

  6. Vai querendo, 🐥 patetóide bananinha, que, acéfalo por herança genética, continua sendo alvo de desprezo e de chacotas!!!.... Como é sem noção, não se toca!!!! Vá trabalhar, encosto de máquina pública!!!...

  7. Esse cara é ridículo! Quem ele pensa que é para achar que tem essa "força" toda?? Um deputado vagabundo, desqualificado (talvez só saiba "fritar hamburguer"), eleito na onda de um antipetismo que está levando o país para o abismo e que todo dia fala bobagens, como o pai, um verdadeiro asno!

  8. estão tirando "a água" desse pessoal? vão acabar morre do de sede! essa família.nao faz sentido, não consegue sobreviver sem os robôs, as fakenews, as mentiras ..

  9. É impressionante ver os bozistas completamente sem vergonha de fazer esse tipo de defesa. Eduardo bananinha e familícia não tem medo de perder o que resta do rebanho ao confessar, através dessa norma estapafurdia, que seus seguidores são robôs? Claro q não, pois quem não é robô é gado lobotomizado que não pensa por si só. Essas duas raças de zumbis lobotomizados (lulistas e bozistas) são o grande mal desse país.

  10. Fora robozada, agora a realidade acabou caíram na realidade só ficaram com a milícia e com os mamadores , igual a petezada antiga , se fuderam!!!!!!

  11. O Bananinha quer ter o direito de disseminar fake news? É um governo cujo pilares, são a mentira e o autoritarismo. Aqui na Crusoé é garantido o direito do cara colocar às fale news. Mas aqui temos os demais assinantes para se contrapor. Para mim o Bozo ao ser eleito, tinha a POSSIBILIDADE de dar um autogolpe. Agora diante do genocídio, ele tem a NECESSIDADE de dar um autogolpe. Se às FA e de segurança enveredarem pelo caminho do golpe, estarão apoiando um ditador genocida. Isso terá um custo.

Mais notícias
Assine 7 dias grátis
TOPO