Governo do Estado de São Paulo

Doria diz que vacinação para Covid começa em janeiro em SP

03.12.20 15:22

O governador de São Paulo, João Doria (foto), afirmou nesta quinta-feira, 3, que a vacina Coronavac será aplicada na população paulista a partir de janeiro.

A vacina começará a ser produzida neste final de semana pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A Anvisa, contudo, ainda não deu o registro. O governo estadual pretende enviar o pedido em dezembro e aguarda a liberação do registro para janeiro.

“Em São Paulo, de forma responsável, seguindo a lei, no próximo mês de janeiro, cumprindo o protocolo com a Anvisa e obedecendo aos princípios de proteção à vida, nós vamos iniciar a imunização dos brasileiros de São Paulo. Não vamos aguardar março”, disse Doria.

Segundo um anúncio do Ministério da Saúde, a vacinação deverá começar em março no Brasil para profissionais de saúde, maiores de 75 anos e indígenas. O governo federal inclui em seu cronograma as vacinas da AstraZeneca, com a Universidade de Oxford e a Fiocruz, e a Covax Facility, da Organização Mundial de Saúde. A Coronavac não consta na lista do Ministério da Saúde.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

Só R$ 1,90* no primeiro mês

Edição nova toda Sexta-Feira. Leia com Exclusividade!

Assine a Crusoé

*depois, 11 x R$ 14,90

Deixar para mais tarde

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Não sou simpático ao Doria mas tenho que reconhecer que em relação a pandemia está tendo uma atuação responsável e proativa ! Ao contrato do negacionismo do governo Bolsonaro de forma irresponsável !

  2. Acho que o governo de São Paulo está certo em iniciar a vacinação já em janeiro. O Butantan é uma instituição séria, não iria liberar a vacina sem ter certeza de sua segurança. A população está ansiosa. Quero ver o Bolsonaro (aquele da gripezinha) impedir a vacinação proposta pelo governo de São Paulo. Se o fizer vai colocar uma pá de cal nas suas pretensões para 2022. Quem viver verá.

  3. Todos os produtos oriundos da democrática China são de primeiríssima qualidade e tem garantia total por toda a vida e mais uns 50 anos. Eu tenho um guarda-chuva chinês que foi do meu tataravô e está em perfeito estado, apesar do uso diário(uso também para proteção solar). Por isso não vejo a hora de testar essa vacina que o Dória trouxe.

  4. Pior de tudo é tratar como GRIPEZINHA essa doença que vem matando brasileiros mais que uma guerra.. Para JB e para todos os políticos é GRIPEZINHA mesmo, pois recebem todos os recursos e terapias, por mais raros e custosos que sejam, sem esforço algum e sem gastar nem um centavo. Essa gente representa a si mesmos, sempre!

Mais notícias
Assine
TOPO