Jefferson Rudy/Agência Senado

CPI vai impulsionar investigação da PF contra Francisco Maximiano e fraudes na Saúde

14.10.21 20:04

As provas reunidas pela CPI da Covid vão impulsionar a investigação da Polícia Federal sobre fraudes na compra de medicamentos para doenças raras pelo Ministério da Saúde. O principal alvo da operação é o empresário Francisco Maximiano, da Precisa Medicamentos. Ele é acusado de participação de tratativas fraudulentas para o fornecimento de remédios – à época, o deputado Ricardo Barros, do Progressistas, era ministro da Saúde.

O delegado José Augusto Campos Versiani, da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da PF, pediu ao presidente da CPI da Covid, Omar Aziz, o compartilhamento de todas as provas obtidas pela comissão a respeito do caso. Na justificativa, ele lembrou do suposto caso de favorecimento à empresa Global Gestão em Saúde, que também é de Francisco Maximiano.

Hylton Vieira Coelho Júnior, delegado da PF que assessora os senadores da comissão parlamentar de inquérito, já se manifestou favoravelmente ao compartilhamento. A tendência é que Aziz libere as provas reunidas pela CPI sobre o caso.

Já é assinante?

Continue sua leitura!

E aproveite o melhor do jornalismo investigativo.

O maior e mais influente site de política do Brasil. Venha para o Jornalismo independente!

Assine a Crusoé

CONFIRA O QUE VOCÊ GANHA

  • 1 ano de acesso à CRUSOÉ com a Edição da Semana: reportagens investigativas aprofundadas, publicadas às sextas-feiras, e Diário, com atualizações de segunda a domingo
  • 1 ano de acesso a O ANTAGONISTA+: a eletrizante cobertura política 24 horas por dia do site MAIS conteúdos exclusivos e SEM PUBLICIDADE
  • A Coluna Exclusiva de Sergio Moro
  • Podcasts e Artigos Exclusivos de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Ruy Goiaba, Carlos Fernando Lima e equipe
  • Newsletters Exclusivas

Os comentários não representam a opinião do site. A responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos.

500
  1. Na maioria das fraudes na saúde citadas na CPI estão ligadas ao nome do Ricardo Barros. O cara e um ladrão da pior espécie.

  2. Cadeia nele o maximi-anos possíveis!!!! Cadeia nele!!!!! Cadeia no covarde e nos demais covardes envolvidos!!!!! Cadeia neles!!!!!

Mais notícias
Assine 50% off
TOPO